História Oque vem depois?! - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias O Segredo do Vale da Lua
Personagens Personagens Originais
Tags Lua, Magia, Romance, Segredo
Visualizações 24
Palavras 1.068
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Científica, Magia, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


(Foto acima representa o castelo da família Blanck)

Capítulo 6 - Amizade ou Rivalidade?


Fanfic / Fanfiction Oque vem depois?! - Capítulo 6 - Amizade ou Rivalidade?

Bella on

—Robin? 

Digo após o garoto me soltar quando entramos em um dos cômodos vazio do castelo, eu sabia que era ele sua voz e perfume eram inconfundíveis. 

—o que você está fazendo aqui? Como entrou? Ninguém lhe viu você tem certeza disso? 

Robin estava parado me olhando parecia que estava esperando eu acabar minhas perguntas para começar a falar e quando percebi isso logo me calei. 

—Obrigado...eu estou aqui porque estava te procurando, fui a sua casa e não havia ninguém lá, fui ao lago e também não havia ninguém e sabendo que você estaria com esse vestido curto imaginei oque queria fazer, vim lhe "ajudar" a não ser morta! 

Ao ouvir a parte "sabendo que estaria com esse vestido curto" me seguro para não ficar vermelha, Robin estava reparando em meu vestido? Como ele sabia? Será que Lovedei havia o contato ou ele percebeu? Essas seriam dúvidas que ficariam em minha cabeça pois eu não iria perguntar a ele!.

—Eu não preciso de sua ajuda! Você só irá me atrapalhar, volte para sua casa ou sei lá para onde vai. 

Robin ficou surpreso com minha atitude e com meu jeito de falar e eu fiquei contente com isso, após oque ele fez comigo no dia anterior eu não iria mais ser aquela menina boba que ele conhecia, agora serei a princesa forte e destemida que eu sempre quis ser. Vejo um sorriso irônico se formar nos lábios de Robin. 

—Não precisa de mim princesa? Eu deveria ter deixado aquele guarda lhe pegar quando estava olhando o quarto da princesa maluca lá

Okay, retiro oque eu disse sobre meu mini discurso de princesa independente no parágrafo acima eu ainda precisava de Robin mas não iria adpular

, apenas reviro os olhos para ele e logo levo um susto, ouvimos passos no corredor fora ao cômodo nos escondemos caso eles entrassem no cômodo mas eles apenas passaram reto. 

—É nossa chance de fugir 

—E como pretende fazer isso Bella? Sair do quarto e dizer um oi amigável? Entrar aqui é fácil porém sair que é complicado.... 

—Eu já fugi de sua casa! Aqui é o de menos

Olho em volta procurando alguma coisa útil para ter uma idéia de fuga, vou até a janela olhar oque tinha em baixo e para nossa ou azar mas para mim era sorte havia um rio em baixo, a única coisa que tínhamos a fazer era pular

—Vamos! 

—Para onde louca? 

—Vamos pular da janela até o rio e nadar até a beira! 

—Você só pode estar maluca

—Virou medroso derrepente Robin, oque houve com sua coragem? 

Robin me olha friamente ele realmente não gostou nada do que eu disse, uma coisa que eu havia aprendido é nunca duvidar da coragem de um Dinoa, Robin vai até a janela e abre a mesma com cuidado para não fazer barulho

—Você tem certeza Bella? Não vou salvar ninguém lá em baixo 

Agora era ele quem estava me irritando me salvar? Quem pediu isso a ele? Em resposta a sua pergunta estúpida subo na janela e antes que ele pudesse me segurar pulo da janela, fecho meus olhos rapidamente sentindo o frio e o vendo em minha pele meus cabelos se bagunçam sinto que iria vomitar talvez a jenela fosse mais alta do que eu havia imaginado mas logo sinto o impacto que meu corpo tem ao cair na água gelada daquele rio fundo, nado até a superfície da água e olho para cima não demora nem 1 segundo direito Robin cai na água. Nado até a beirada e resupero meu ar assim que saiu do rio Robin faz o mesmo e logo me olha indignado. 

—Você está ficando maluca Bella? Pular daquele jeito, e se não tivesse caído no lugar certo? E se tivesse se machucado? 

—E você se importa? 

Robin fica em silêncio na hora me olhando, foi oque eu havia imaginado ele não se importa comigo apenas tem a vontade de sempre estar certo das coisas, não prolongo mais aquela conversa 

—Já passou e é isso que importa, se vai me ajudar e investigar comigo pare de tentar agir como meu pai me dando ordens eu faço oque eu quiser Robin Dinoa! 

Após dizer isso me viro e caminho para minha casa tranquilamente e até mesmo sorridente Robin ficou sem palavras 2 vezes apenas hoje isso era realmente um milagre ou até mesmo presente dos deuses para mim, chego em casa sem nem ao menos me importar com as roupas molhadas vou até meu quarto tomo um banho e coloco outra roupa eu estava feliz mas a pesquisa não poderia parar, durante a tarde eu iria até a biblioteca ler um pouco para tentar descobrir quem são eles e se havia algum tipo de magia com sua chegada. 


QUEBRA DE TEMPO 


Alguns meses se passaram eu e Robin investigamos oque podíamos sem nos meter em problemas, mesmo eu tratando Robin diferente ele não mudou continuava o mesmo de sempre me dando ordens e tentando me "proteger" sempre, mas eu confesso gostar que ele não mudou eu quem tinha que mudar e ter um pouco mais de amor próprio. Com o tempo o castelo da nova família foi crescendo cada vez mais até se tornar quase tão grande quanto a de minha família e de Robin os camponeses começaram a se perguntar se eles seriam a nova família dominante oque deixava meu tio muito furioso já que o vale tecnicamente era dele; Não tive nenhuma notícia da “nova princesa” ou de sua família eles não colocavam o pé para fora de seu castelo. Estava tudo parado e muito tediante até que em uma manhã quando fui sair de casa vi uma carta em frente a porta era para nossa família, quando abri era um convite que diria exatamente assim. 


“ 📜  Olá senhores e senhoras nós da família Blanck gostaríamos de lhe convidar e a sua família para o baile de época medieval que estaremos realizando nesse final de semana com o intuito de vocês nós conhecem melhor, todos estão convidados deis dos mais ricos aos mais pobres.Por favor vir a caráter para a festa e com um acompanhante. 

Atenciosamente:Cedric Blanck ”


Fecho a carta curiosa e até mesmo surpresa pelo convite, estavam realmente querendo que todos fossem a esse baile e eu tinha certeza que algum intuito tinha que não era apenas uma apresentação.. Mas oque estava realmente me preocupando era... Quem seria meu acompanhante? 



Contínua.... 



Notas Finais


Não irei pedir para escreverem, mas se fuderem comentar oque acharam eu ficaria feliz e poderia me ajudar a ter mais incentivo, desde já agradeço ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...