História Orações - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Taehyung (V)
Tags Pwp, Taekook
Visualizações 246
Palavras 398
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, LGBT, Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


pwp baseada naquela brincadeira que ta rolando no twitter

Capítulo 1 - "Céus, não pare!"


— Você e o Taehyung estavam orando ontem? — Hoseok indagou assim que Jungkook se juntou a ele na mesa do café da manhã. 


— Hã? Como assim? — o Jeon franziu o cenho.


— Ei ouvi vocês dizendo coisas como "Ai meu Deus" e "Céus, não pare" 


Jungkook engasgou com a própria saliva. Agradeceu por os outros garotos não estarem na mesa pois não queria ter que dar explicações para todos. Por mais que todos eles tivessem lhe ouvido na noite passada!


"— Meu Deus! — o moreno choramingou arranhando a parede com suas unhas curtas. — Tae, não para!


— Eu não vou parar, Guk. — Taehyung disse segurando o maxilar de Jungkook e o virando para que lhe olhasse. — Não vou parar até que você esteja gritando o meu nome!


Os dois estavam em pé embaixo do chuveiro, a água fria caía em suas costas mas nenhum deles realmente se importava em ficar limpo. Jungkook estava posto contra a parede e Taehyung atrás dele, segurando a cintura fina com força e assistindo o modo como o cuzinho de Jungkook engolia seu caralho. Não era a primeira vez que faziam aquilo, mas Jungkook continuava sendo apertado como um virgem!


— Céus! — o mais novo choramingou. Encostou a testa na parede e jogou o quadril pra trás. — Jesus, isso é tão bom!


— Ajoelha. — Taehyung disse saindo de dentro dele e se distanciando. Jungkook obedeceu a ordem e foi com a boca até o pau de seu hyung. — isso, caralho! — gemeu.


Taehyung podia até falar palavrões demais durante o ato e xingar Jungkook de diversas coisas, mas mesmo assim ele era carinhoso com seu menino. O mais novo que não gostava tanto assim desse carinho e preferia ser tratado com violência.


— Vai gozar pra mim, hyung? — Jungkook perguntou masturbando o pau grande com as duas mãos. — você vai sujar o meu rostinho ou vai me fazer engolir?


Taehyung grunhiu e agarrou Jungkook pelos cabelos. A boca gulosa o recebeu até a garganta e foi lá que Taehyung gozou. Fazendo o garoto ter que engolir tudinho, mas não é com se ele não gostasse daquilo.


— Bom garoto. — Taehyung elogiou fazendo carinho nos cabelos de Jungkook. — por que não vamos para o quarto agora? Eu posso te deixar sentar na minha cara!"


— É, a gente estava orando. — respondeu com as bochechas vermelhas.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...