1. Spirit Fanfics >
  2. Orbit >
  3. "Daisan"

História Orbit - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 3 - "Daisan"


Fanfic / Fanfiction Orbit - Capítulo 3 - "Daisan"

Eu gentilmente abro a porta do meu quarto, me certificando não fazer nenhum barulho. O barulho que ouvi parece ter parado. Foi só uma coincidência?

Eu ando até as escadas que levam ao hall. Daqui de cima, é ainda mais impressionante.

Eu olho em volta silenciosamente, mas não vejo nada. Nem no andar de cima, ou no corredor.

Eu definitivamente não tenho coragem de descer para ver o que é. Eu prefiro olhar daqui de cima. Mas ouço outro barulho e decido descer.

Quando chego ao final da escada, percebo que o barulho parou.

Alguém está tirando graça com a minha cara? Eles estão tentando me assustar? Ou é simplesmente a minha imaginação?

Eu abro a porta da sala de estar. Não tem ninguém. Apenas o som do fogo crepitando silenciosamente na lareira.

Eu vou para a sala de jantar, mas de novo, a sala está vazia. Estou começando a achar que é só a minha imaginação pregando peças em mim, mais uma vez.

Desde que cheguei aqui, coisas estranhas têm acontecido. É fácil deixar sua imaginação correr solta.

É emocionante.

Você pode realmente dizer que está família é extraordinária... em mais de uma maneira. E é muito excitante, mesmo que eu não esteja confortável o tempo todo com relação ao comportamento deles.

Por exemplo, eu nunca comi com eles. Não somos em muitos, e tem lugar suficiente na mesa, mas curiosamente eu sempre como sozinha. E a pele deles.... está constantemente fria, como se eles estivessem congelando!

Não é normal para alguém da idade deles, que supostamente estão saudáveis.

Sem falar no Neji. Ele deve ter falado dez palavras para mim desde que cheguei aqui e sempre em um tom gelado.

Mesmo que ser rude não signifique que ele seja estranho, mas não é amigável, muito menos tranquilizador.

Só o Naruto parece ser normal. E de novo, eu tenho certeza de que ele está escondendo alguma coisa também. Ele é sempre tão triste.

As peças de piano que ele toca no seu quarto são sempre tristes. Talvez seja isso que me fez pensar que ele é triste.

Estou perdida em meus pensamentos quando ouço aquele barulho estranho de novo.

Está vindo do segundo andar. Onde estão os quartos e o meu em particular. E eu quero voltar a dormir.

Não estou muito confiante, mas decido voltar para meu quarto. Agora não é hora de explorar a mansão.

De qualquer forma, se voltar pra cama agora, tenho certeza de que não vou conseguir levantar quando estiver na hora de ir para a aula. Então é melhor eu resolver esse mistério e achar de onde esse som misterioso que eu fico ouvindo vem.

Quando subo as escadas, percebo que o barulho parece vir do quarto do Sasuke. O terceiro irmão, o que eu ainda não conheci.

Eu franzo a testa. Se eu ainda não o conheci, foi porque ele não estava na mansão. Então, o quarto deveria estar vazio.

Eu me aproximo do quarto devagar. Felizmente meus pés no chão de madeira são discretos.

Ainda ouço um barulho vindo de lá de dentro, e agora eu consigo distinguir de onde está vindo.

Não há dúvidas sobre isso, está realmente vindo do quarto do Sasuke. Isso é a prova de que alguma coisa estranha está acontecendo por aqui.

Eu me dirijo para o quarto que deveria estar desocupado, já que o Sasuke só volta amanhã.

Pelo menos, foi o que o Neji me disse...

Talvez o Sasuke tenha chegado antes do esperado. No entanto, isso me parece improvável.

Seu quarto fica bem ao lado do meu. Se ele tivesse voltado para casa eu teria ouvido alguma coisa ou teria notado.

Eu viro a maçaneta devagar. Felizmente não faz barulho.

Eu abro a porta. Obviamente, ninguém parece ter pensado em trancar o quarto.

O quarto está escuro, mas meus olhos, vagorosamente se acostumam com a escuridão e começa a enxergar as sombras.

A curiosidade me empurra a entrar imediatamente.

Estou tentando não me sentir culpada por causa disso. Eu ouvi um barulho estranho, é legitimo verificar o que está acontecendo... certo?

Uma vozinha dentro da minha cabeça me avisa para não ir além. Mas eu não consigo evitar. É como se eu fosse atraída por esse quarto... Provavelmente o perigo.

Para alguém como eu, que nunca gostou de paz e tranquilidade, estou feliz!

Minha curiosidade toma conta dos meus medos e olho em volta do quarto do Sasuke.

Assim como no meu quarto a cama é grande. Os lençóis ainda estão no lugar, o que confirma que ninguém esteve aqui está noite.

Eu tenho que admitir que estou exausta... e que a coisa mais inteligente a fazer é voltar para a cama. Mas me permito alguns minutos para observar. Eu não estou fazendo nada de errado afinal.

Raios de luz passam através das janelas que emolduram a cama. As cortinas não estão fechadas, me permitindo olhar ao redor do quarto. E, também, me permitindo andar devagar sem esbarrar na mobília. Bem quase...

De repente, algo toca minha perna.

Por um momento, tive a impressão de que eram os ramos do meu sonho, mas foi só o cinto de um roupão de banho.

Eu não vou me intimidar!

É apenas um cinto de roupão de banho, não um ramo. Eu não estou na floresta!

No escuro é normal confundir as coisas. Não tenho por que me preocupar.

Eu pego e deslizo entre meus dedos. No escuro vagamente consigo distinguir a cor, mas pelo toque é cetim.

Uma vez em minhas mãos não dá mais para ser confundido com um ramo.

Eu sorrio comigo mesma pelo meu equívoco antes de coloca de volta ao lugar, então eu vou em direção a uma das janelas para observar o parque.

Está tudo calmo, os galhos das árvores mal se mexem... até a natureza parece estar dormindo. Nada perturbador.

Meus olhos pousam no criado mudo e nos objetos que estão nele. Um caderno, uma pulseira e uma caixa de fósforos.

Como se me atraindo como um imã, meus dedos deslizam pelo caderno. Eu estou morrendo de vontade de abri-lo para ver o que tem dentro. Mas eu imediatamente mudo de ideia. Isso seria deixar minha curiosidade ir longe demais. Você não pode bisbilhotar as coisas dos outros.

Então eu apenas olho e observo o quarto todo. Uma grande prateleira cheia de livros ocupa uma parede inteira.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...