História Orgulho e Preconceito - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Naruto Uzumaki, Sasuke Uchiha
Tags Drama, Narusasu, Naruto, Orgulhoepreconceito, Romance, Sasuke, Sasunaru
Visualizações 120
Palavras 545
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


KWJSSKSJSJSNSBSNNS EAI

gente, essa fanfic vai ser uma loucura pq eu n planejei nada jesusss tive a ideia ontem quando estava vendo orgulho e preconceito e pensei comigo mesma: hmmm daria uma bela história sasunaru

"amas vc n tem criatividade" n tenho mesmo foda-se

enfimmm, vamos aos avisos pq são necessários...

sim, a história é baseada no livro/filme então eu basicamente estou fazendo uma releitura (acho que é essa a palavra k) então se vocês forem ler ou já leram o livro, verão que vai ser a mesma história, com a mesma linha temporal, os mesmos acontecimentos e tal... vou mudar algumas coisas é claro mas só tô avisando pq n quero ngm perturbando nos comentários

todos os direitos e créditos vão para a Jane Austen aksjaksj que infelizmente já morreu mas obrigada por fazer esse livro!!!

vai ser um capítulo curto só pra vcs verem como vai ser a "pegada" da fanfic (bem calma e sem muito sofrimento mesmo)

aproveitem...

Capítulo 1 - O Curioso Caso do Solteirão de Konoha Park


• Prólogo •

Nossa história começa no início do século XIX, quando a ciência e a estética ganharam popularidade pelo mundo, o Romantismo buscava exaltar o exagero dos sentimentos com a proximidade à natureza e a Revolução Industrial ascendia por toda Europa. 

Mas o conto só terá sua verdadeira forma quando nos encontrarmos com nosso protagonista, que reside em uma pequena cidade no condado de Hertfordshire, não muito longe da famosa Londres.

"Era uma vez, na casa da família Namikaze…"

- Querido? - A bela ruiva conversava com seu marido - Sabia que Konoha Park foi finalmente alugado? - É claro que Kushina tinha conhecimento da resposta, mas tinha que ser a primeira a contar, ao menos, uma informação útil.

O Sr. Namikaze balançou negativamente sua cabeça.

Ela não desistiria.

- Pois tenho dito - Retomou ao assunto - Estava conversando ainda há pouco com a senhorita Akimichi, que contou-me tudo - Quando viu que não teria uma resposta sequer, voltou a insistir de modo impaciente - Não tem curiosidade em saber quem alugou a casa?

O barulho de seus tamancos ressoavam pelo cômodo.

- Querida, tenho a impressão que você já sabe de tudo - Minato riu - Estava apenas esperando que me contasse.

E esse convite fora mais que o suficiente.

- Bom, pelo o que a senhorita Akimichi me disse, a casa foi alugada por um jovem muito rico do Norte da Inglaterra - A ruiva dizia de forma animada - Soube que ele chegou na segunda-feira em uma carruagem com quatro cavalos e adorou o local. Provavelmente estão se organizando nesse momento.

- Qual o nome dele?

- Nara. 

- E qual o estado civil do sujeito?

- Um solteirão com uma fortuna de cinco mil libras anuais - Kushina dava pequenos pulos pelo assoalho de madeira - Uma ótima notícia para nossas filhas!

Com uma sobrancelha arqueada, o marido perguntava implicitamente a razão daquela afirmação. Levando a um revirar de olhos da esposa.

- O que elas têm a ver com isso?

- Ora, meu caro - O sorriso malicioso da mulher já respondia tudo - É a chance perfeita para um casamento.

- Não vejo razão alguma para isso - Disparou - Mal conhecemos esse tal de Nara. 

- Temos muito tempo para conhecer nosso futuro genro, homem - Cruzou os braços enquanto se perdia em inúmeras ideias sobre vestidos e arranjos.

- Espero que ele tenha uma irmã, talvez Naruto possa conseguir uma esposa - Pensou alto. Alto demais para o gosto de Kushina, que tinha os lábios retorcidos.

- Naruto não é melhor que as irmãs, Minato - Bufou em descontentamento - Com certeza não é mais bonito que Ino e nem tão alegre como Sakura. Ainda não entendo esse seu favoritismo com nosso filho.

- Estás enganada, querida. Naruto é um garoto especial - O Namikaze sorriu entre os próprios devaneios.

Mesmo com as discussões, era isso que os completavam. Talvez fosse pelo forte temperamento de Kushina junto a mentalidade dócil de Minato. Ou talvez fosse apenas o amor que os rondavam durante anos de casamento.

Vai saber…

Mas isso não tirava Kushina de seu principal objetivo: casar suas filhas e infernizar a vida de todas as raparigas que chegassem perto de Naruto. 

Afinal, mãe é mãe.


Notas Finais


aksjsksjsks empolguei real

foi bem curtinho e praticamente idêntico ao início do livro, mas prometo que os próximos capítulos serão maiores e diversificados :)

enfim, até algum dia...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...