1. Spirit Fanfics >
  2. Orphet Era sol nascente >
  3. Emboscado

História Orphet Era sol nascente - Capítulo 40


Escrita por:


Capítulo 40 - Emboscado



Nigel estava seguindo Zaatar enquanto seu coração batia rapidamente, o mesmo era para os quatro ao seu lado, inicialmente eles pensaram que estavam tudo bem, mas conforme o tempo passava, mais bizarro o caminho ficava, Gritos angustiantes e cortes vinham da estrada, o som de cavalos sendo mortos e o clarão de algo pegando fogo

Ele estava certo, pegar uma carruagem evitou problemas, Varios bandidos e homens estranhos estavam esperando na borda das estradas, apesar da classificação "Bandido" cada um deles tem o nivel de um iniciado, e não é um ou dois não o numero chega a ser ridiculo

Andando em grupos armados ate os dentes com varias boinas de clãs diferentes em suas testas, Zaatar escolheu uma rota dificil de andar, era uma subida chata e dolorosa de passar mas ao mesmo tempo era seguro, os nobres que sairam mais cedo agora estavam gritando e pedindo por misericórdia

"O que esta acontecendo com o mundo?"- Nigel pensava consigo mesmo, enquanto notava o olhar dos outros quatro provavelmente pensando a mesma coisa, a floresta estava ficando cada vez mais umida e fria, e não havia uma vida a vista, os unicos seres vivos era os pelotões na estrada havia 10 iniciados comandados por um abertura, havia 20 esquadrões exatamente assim caminhando para a cidade sol nascente, limpando tudo no caminho

Os 20 esquadrões eram comandados por um oficializado

*BOOOOOM!

Nigel e os garotos se ocultaram, quando ouviram um som de explosão vindo a distancia, eles estavam longe demais mas o som chegou ate eles, e uma nuvem parecida com um cogumelo negro apareceu no céu

"Continuem, eles apenas encurralaram alguem com isso"- Zaatar mostrou o anel em seu dedo, e eles concordaram com a cabeça, o calor abrasante ainda tocava seus rostos vindos do local da explosão, Nigel se perguntou quantas pessoas morreram com essa explosão

De repente, sem aviso, som ou qualquer vestigio Nigel sentiu um arrepio profundo que foi da ponta da sua espinha a sua nuca, foi rapido mas ele conseguiu detectar e olhou para frente, Zaatar sinalizou para eles se ocultarem e cada um se dispersou em um canto da floresta

O que ouve? a onde esta?

"Ora, é um só, eu jurei que teria mais de um pelo cheiro"- Uma voz feminina porem grossa soou no ouvido de nigel e ele ouviu o som de um galho quebrando, seus olhos viraram para direita e observou uma mulher obesa segurando um guarda chuva rosa

Zaatr puxou a mão e removeu um prego que estava em seu bolso, Nigel viu o prego saindo das suas roupas e ficou surpreso

Quando ele colocou ali?

"Entendo, então, ele usou objetos metalicos espalhados em uma linha para espalhar um odor maior, inteligente, dessa forma presas comuns pensariam que ele estava em grande numero"- Nigel virou o rosto e viu outro homem com um guarda chuva tambem 

Um arrepio subiu a pele quando os dois fecharam os guarda chuvas, eles tinham uma enorme boca cheia de dentes em seus rostos que cobria toda a parte de baixo, seus pescoços eram grossos de maneira que tornavam viavel essa constituição e havia e dez olhos em sua cabeça formando um circulo em sua cabeça que dava uma visão de todos os angulos, o nariz em seus rostos não eram comuns eram dois buracos ocos que desciam para seu estomago, nigel podia longos fios de cabelo que cresciam em suas cabeças, eram meio azulados e escorriam apenas para uma lado dos seus corpos deixando o outro careca


Eles eram simplesmente bizarros e assustadores


"Vocês são?"- Nigel se sentiu realmente assustado, ele se perguntou como zaatar conseguia se comunicar com isso normalmente, arrepios ainda subiam completamente em sua pele, ele tentou estimar o grau de força dessas coisas mas não tinha aura, eles não eram deste mundo suas vitalidades eram diferentes

Resumindo eles não eram humanos

A mulher gorda fez o que parecia ser um sorriso e seus olhos cairam no corpo de zaatar

"Você machucou nossos brinquedos, machucou eles feio, e ainda roubou nossa tecnologia, como vai nos compensar por isso"

"Brinquedos?"- zaatar fez um movimento com os dedos para eles não se moverem

"Sim, vou chama-los e vamos castiga-lo por sua insolencia"- A mulher disse com uma voz confiante e depois soltou um longo assobio pela floresta

"Então devo lutar com você?"- Ele perguntou para a mulher que sorriu, o homem com o terno se aproximou um pouco falando 

"Não, acha mesmo que pode lidar com nos dois, você ja enfrentou uma fada e quase morreu e por um milagre a matou, você não pode com dois de nos então vamos fazer um joguinho"

"Um jogo?"

"SIm sim, vamos testar nossas cobaias em você e coletar dados sobre o uso de aura nova que seu corpo apresentou, você não se importaria em ajudar em nosso experimento se importaria?"- Filhos da puta, Nigel se contorceu mentalmente enquanto recebia o  olhar de aviso de udogat esses dois estavam em um nivel descente como magos

"Entendo, se for assim eu posso me preparar para produzir resultados aceitaveis?"- Os dois se olharam com seus multiplos olhos e começaram a rir

eles riram de verdade por varios minutos ate que o homem disse com as duas mãos na barriga

"Claro claro, que empenhado você, mas não tente fugir garoto, a não ser que você fosse um oficializado você não teria a minima chance de revidar"

"Certo, sem problema"- A calma e compostura deixaram os dois em alerta, Porem zaatar não fugiu como eles esperavam ele colocou sua bolsa em uma parede, e sutilmente enviou aura para um cristal em sua bolsa, o cristal se despedaçou fazendo um som leve de rachadura

"O que foi isso? hm?"- A mulher o olhou e se aproximou a uma velocidade absurda, ela colocou a mão dentro da bolsa e tirou um caco de vidro

"A arrebentou, que pena"- Ela supos que foi um frasco de farmacia que zaatar tinha ali, ele rachou os dois ao mesmo tempo mas era um frasco vazio e o outro com o cristal de emergencia

"Que medicamento é esse pó vermelho algo novo?"

"É um remedio para me manter acordado, estava muito ocupado estudando suas cobaias e precisava me manter acordado, era muito divertido sabe"- A mulher fez os olhos agressivos por um segundo, e o encarou com hostilidade

Nigel ficou impressionado com o quão zaatar era liso, ele tirou o manto cinza e depois ficou com a mesma velha roupa de couro que o fazia parecer uma pobre criança que veio da roça e caçava todos os dias

"Ei ei algo esta matando minha curiosidade, como vocês me detectaram?"- Zaatar caminhou ate um tronco de árvore ele começou a massagear suas panturrilhas alongar seu corpo

"Ele faz muitas perguntas"- O homem disse com um olhar estranho, ele olhou mais uma vez para floresta como se para confirmar algo e depois virou para zaatar novamente

"Porque esta questionando? apenas cale-se ate nossos bebes chegarem para começarmos a brincar"

"Qual o problema? combinamos de disseca-lo de qualquer forma quando ele não aguentar mais" a mulher disse para o homem irritado, que apontou para zaatar e disse

"E se ele tiver algum trunfo?" 

"Que trunfo ele poderia ter? é apenas um humano ignorante, mesmo que tenha talento como um usuario de aura, não funciona se ele morrer antes de poder dar frutos, estamos em vantagem aqui, a muitos de nos e os outros mundos vão preferir nos ajudar caso algo aconteça"

"Tch, não sei, só não me sinto bem"

"Se não quiserem responder tudo bem, eu só estava curioso, achei incrivel a dedução que tiveram"- Zaatar os interrompeu movendo as mãos

"Olha isso, qualquer um estaria nervoso agora esse cara tem algum trunfo"- O homem disse apontando para zaatar e depois disso a mulher suspirou e se aproximou

"Levante os braços e abra as pernas"- A mulher disse com um rosto cruel os olhos serrados e estranhos, zaatar fez o que ela mandou e ela se aproximou passando seus dedos longos e delgados por dentro da armadura de couro

"Porque esta com essa cara enquanto toca seu corpo, não sabia que gostava de mortais"

"hahaha~ eles são nojentos, mas a falta de expressão desse garoto atissou algo em mim, sinto vontade de fazer esse rosto gelado mostrar dor e tristeza, desespero e arrependimento... não tem nada com ele, o anel em seus dedos é um item de comunicação mas aparentemente esta sem energia"- Os olhos no rosto do homem ficaram mais suaves e ele disse em seguida parecendo tranquilo

"Tire suas mãos agora você não precisa me provocar assim" o homem disse parecendo ciumento

" ahahaha que gracinha " A mulher se aproximou do homem e os dois se abraçaram e começaram a se beijar, baba verde escorria das suas bocas enquanto eles se pegavam apaixonadamente e depois de 3 minutos de tortura psicologica ela se virou e disse

"Nossa raça estão entre os melhores alquimistas dos planos inferiores de nivel 5, para nos esse plano inferior de nivel 1 é meio.... divertido vocês usuarios de aura são ingredientes em si, como alquimistas de alto nivel, nós podemos sentir o cheiro e marca-lo para sempre, um dos nossos homens coletou um pouco do seu sangue, e agora independente para onde você va nosso olfato pode nos dar uma tragetória do seu percurso"- Zaatar se inclinou na árvore com um rosto realmente impressionado

"Que incrivel, mas é só isso? quer dizer, beleza vocês conseguem me seguir e tals, ouou que demais, mas um cão tambem pode fazer a mesma coisa"- A palavra cão fez os dois olharem para zaatar de maneira selvagem 

Aparentemente foi um ponto fraco

"Mas que lingua impertinente"

"Devemos degolala amor?"- o homem disse parecendo irritado

"ahahah ele é apenas um macaco curioso que nunca viu nada diferente, por isso esta falando o que mais proximo veio a mente"- a mulher riu escondendo seu odio e se virou falando

"Nosso olfato é 3 mil vezes mais sensivel que o de um cachorro, podemos deduzir a saude, o tempo de vida, e ate mesmo a força dos individuos que enfrentamos, mesmo que estejamos com metade da nossa força aqui, posso dizer coisas que nem  você sabe sobre si próprio"

"Como por exemplo"- Zaatar parecia realmente curioso ele se olhou com um olhar estranho para os dois, como se fala-se eu duvido

"Exemplo? posso dizer que você esta seguindo uma rotina restrita para purificar sua linhagem humana, aumentando seus atributos com base no temperamento corporal, posso deduzir que você ingere venenos em doses perigosas uma vez por semana a um bom tempo, e posso deduzir, que você tem trabalhado em farmacia nos ultimos dias"- A mulher olhou para zaatar aguardando uma reposta porem seu rosto não ficou impressionado

"você só falou metade das coisas, você me disse que podia falar coisas que nem eu sei e eu sei tudo isso, acho que você esta superestimando suas capacidades, e se eu estou errado, Prove!"- As palavras eram comuns mas o problema eram seus olhos 

Ate nigel se sentiu provocado, esse cara tinha uma cara de poker atormentadora, ele imaginou que ate mesmo alguem frio como peterson perderia a cabeça se começa-se a ser insultado por esse cara como esses dois 

A mulher soltou o abraço do homem e encarou zaatar com seus multiplos olhos, ela se aproximou intimamente da sua testa e fungou duas vezes e depois se afastou

Todos seus olhos ficaram brancos e seus cabelos estranhos subiram a fazendo parecer um monstro, Ismir estava se controlando o maximo para não gritar, mas seu medo e vontade de viver era maior que seu desespero de modo que ela estava completamente ocultada em um arbusto

O monstro feminino voltou ao normal depois de um tempo e começou a falar

"Sua alma assim como boa parte dos mortais esta machucada, você usou um medicamento para costurar sua alma, mas mesmo assim ela ainda nem começou a se recuperar e só esta costurada"

"Machucada?"

"hehehe ele não sabe de nada"- O homem disse enquanto a mulher bateu na cabeça de zaatar com as palmas levemente varias vezes como se ele fosse algum tipo de filhote de cão

"são apenas macaquinhos ignorantes, eu disse, quando um individuo morre, ele se desvincula mais da sua origem, sua origem é sua alma, quanto maior o talento para magia de um individuo maior sua conexão com sua origem, é certo dizer que humanos são cascas vazias, seus corpos são fracos pois é o que suas almas podem suportar, um individuo com nenhum machucado em sua alma com uma ligação completa com sua origem tem o nivel de talento 5 ja você e a maioria das pessoas desse mundo, tiveram suas origens tão derrotadas que seus  talentos regrediram para 3 ou 2 e em casos ate 0 quando alguem chega no 0 isso significa que sua origem se foi, é muito complicado curar isso e alguem teria que construir sua nova origem"

A mulher disse com orgulho e zaatar sorriu escondendo sua excitação

"Incrivel, você é realmente capaz... me perdoe mas como é seu nome lady?"- A mulher riu com as mãos na cintura e disse

"ashararts"- Zaatar fez uma cara que entendeu, mas foi um sussurro muito estranho

"Eu estou realmente impressionado conseguir deduzir tudo isso com apenas meu cheiro... é incrivel"

"hahahaha isso é porque sua alma tambem emite um odor, claro para sentir eu preciso me aproximar a 3 centimentros da sua testa, a sua esta podre, sua alma ja chegou ao Lv 0 e você usou algum medicamento para curar, isso e pensar que esse mundo ja conseguiu produzir algo do tipo muito bom, eles serão ingredientes melhores assim quando pegos"

"ele me lembrou nosso avô"- o homem disse com nostalgia

"Sim, Avô desenvolveu varios remedios para si, porem é uma pena que ele tenha morrido, ele era um talento e tanto para alquimia"

"Então a maneiras de contornar isso?"- Zaatar perguntou fazendo os dois ficarem com um olhar de pena

"CLaro que sim, nossa mas como sua raça é ignorante, sua alma esta machuada por isso seu talento é baixo, você não tem atalhos como os outros, então basta você criar sua origem, claro isso é impossivel para seus cerebros inuteis, hahahahaha criar um caminho por si só é o dom dado apenas aqueles com sangue puro em suas veias, individuos como nós"

Nigel olhou para zaatar com os olhos completamente surpresos

Esse cara era um fodendo pilantra

"Entendo, Origem hm, eu nunca saberei o que é eu acho, ei, eu ja aceitei que vou morrer, vocês dois podem por favor me explicar o que é origem? ou me contar a história do seu avô? seus homens vão demorar para chegar suponho eu é bom que não ficamos entendiados"

"ele ja aceitou a morte?"- o homem perguntou e olhou para zaatar com um pouco de interesse, a falta de medo o deixou relamente curioso tambem

"Provavelmente sim"- A mulher disse parecendo um pouco séria, ela se perguntou se seria divertido matar isso, porem esse pequeno macaco a deixou curiosa, ela era uma pesquisadora de espécies de qualquer forma

Esse humano era peculiar

"Bom... nosso avo se chamava Asafagarsaa ele fundou nosso clã a varios e varios anos atrás, porem seu talento era nulo para magia, então começamos como alquimistas..." foi uma hora longa para Nigel, Zaatar parecia uma criança escutando uma história de dois avós, os dois começaram a demonstrar magias e os três se perderam no assunto 

Nigel começou a sentir passos vindo da floresta depois de um longo tempo, um gigantesco grupo de homens e mulheres começou a chegar no local, metade das suas cabeças eram raspadas e todos vestiam uniformes estranhos, eles ficaram respeitosamente em silencio enquanto nigel agredeceu aos céus por formarem grupos parecidos com o de um exercito em torno dos dois se afastando dos cinco

Eles ficaram ali parados enquanto os 3 concluiam a conversa

"Nossa você quer dizer que seu avô se sacrificou por sua familia após concluir com sucesso o desenvolvimento do seu poder magico, isso observando feras magicas ... entendo entendo.. as feras magicas se desenvolveram instintivamente, então deve ser por isso faz sentido, então A origem deve ser criada usando um dos dois polos, Energia positiva, energia negativa, essas duas energias serão a origem e a fonte da força da alma"

"Ate que ele entende rapido, sim, por exemplo com a energia negativa como fonte de origem, você vai receber uma pequena compatibilidade com elementos, você pode usar a energia negativa e a positiva para converter nesses elementos, a unica diferença é a fonte"

"Sua familia não deve ter falta de poderosos magos acredito eu"- Zaatar disse com uma admiração sincera e os dois riram

"Não é facil assim, digamos que é muito dificil produzir esses remedios e passar pelos rituais de origem, os genes do nosso avô não eram os mesmos para seus decendentes então sem uma analise profunda de si mesmo é impossivel, e como nossa linhagem é muito pura, somos todos muito diferentes então nós mesmos precisamos desenvolver um metodo para si próprio usando os resultados de pesquisa do avô como fonte de estudo"- Zaatar fez um olhar impressionado os dois pareciam gostar de ouvir isso e pareciam de bom humor 

"Oh... O tempo voou, parece que eles chegaram"- Zaatar disse enquanto colocava as costas no tronco da árvore e o casal olhou para trás

O macho tossiu algumas vezes e depois disse

"vocês façam fila vocês vão lutar com ele ate a morte entenderam?"- Todos colocaram as mão em sua cabeça em um movimento militar e começaram a obedecer roboticamente

Nigel fez um rosto sombrio ao ver os numeros 

Tinha mais de mil homens aqui, entre eles 200 estavam no estagio de abertura, eles começaram a chegar aos montes depois de varios minutos e  formaram varias filas, nigel viu ate mesmo 2 oficializados

O merda


Puta merda



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...