1. Spirit Fanfics >
  2. Os 10 passos para conquistar alguém - Imagine Jeon Jungkook >
  3. Decisão

História Os 10 passos para conquistar alguém - Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 16


Escrita por:


Notas do Autor


Oioioi amores, tudo bom? ✨

🍭Não postei o capítulo na quarta porque não tive tempo :') 🍭

BOA LEITURA 🌙

Capítulo 16 - Decisão


Fanfic / Fanfiction Os 10 passos para conquistar alguém - Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 16 - Decisão

15 de novembro - Seul, Coréia do Sul

Jeon Jungkook

Point of view


Bocejo. Abri meus olhos lentamente me sentindo bastante sonolento. Apesar de está meio desnorteado por ter acabado de acordar, senti a respiração de ______________ se chocar contra meu pescoço. Sorri. Ela estava totalmente encolhida e sua cabeça estava apoianda em meu peitoral desnudo. Foi inevitável não me lembrar da noite passada e isso só me deixou ainda mais sorridente, as incríveis sensações que senti jamais sairiam de minha memória; a eufória que senti ao degustar o gosto dos lábios macios da garota; a felicidade de contemplar e tocar seu corpo perfeito; a satisfação de ouvi-la gemer e se contrair a medida que eu me enterrava nela e até mesmo a maneira acolhedora que sua boca abrigou meu pau; foi tudo perfeito. Pelo visto, a conversa que tive ontem na parte da tarde com Jimin Hyung me ajudou muito mesmo. Eu finalmente consegui tomar alguma iniciativa e avancei um passo, um passo em tanto eu diria, pois eu planejava apenas experimentar seus lábios, não contava que as coisas esquentariam daquela forma, claro que não me arrependo, só não quero parecer apressado demais.

Estico meu braço lentamente para não acordar a garota que dormia serenamente e pego meu celular no criado-mudo, olhando as horas e suspirando aliviado por ainda está dentro do horário para não chegarmos atrasados no colégio. Consigo ver pela barra de notificação que minha Omma me mandou uma mensagem, avisando que já tinha chegado de viagem e que conseguiu fazer tudo o que tinha que ser feito antecipadamente e por isso tinha voltado antes da data prevista. Isso era ótimo.

- Kookie?!

Escutei a voz da garota e devolvi o celular para o criado-mudo, me virando em sua direção.

- Bom dia!

Falei baixo e faço uma careta quando percebo que minha voz sai mais rouca do que eu esperava.

- Bom dia!

Sussurrou, fechando os olhos e sorrindo em seguida, mas não demorou para a garota se sentar na cama num pulo com uma expressão totalmente assustada, me deixando extremamente confuso com seu comportamento repentino.

- Céus! A-a gente... A gente transou?! - Perguntou e eu sorrir concordando com a cabeça. - Tipo eu e você, você e eu?! - Perguntou novamente parecendo não crer no que eu falava ou muito menos no que realmente aconteceu. - Puta merda! A gente transou! - Falou mais uma vez parecendo se convencer sobre o acontecido. Pelo menos era o que eu pensava. - Jungkook você tem certeza?!

Bufei e revirei os olhos sentindo minha paciência evaporando.

- Sim ____________! A gente... - Apontei para nós dois. - Transamos! - Fiz um gesto obseno com as mãos e sorrio ao ver sua careta em resposta. - Você gostou? - Perguntei, me aproximando da garota.

- E-eu gostei sim...

Sussurou tão baixo que se eu não estivesse totalmente concentrado no que me falava não teria entendido.

- Eu também gostei!

Admiti. ____________ me encarou surpresa e desviou o olhar logo em seguida por está corada.

- Jungkook... Bem... Eu...

- Você?...

A incentivei a continuar, apesar de ter uma idéia do que me falaria.

- Não me leve a mal, eu realmente gostei mesmo, mas... Acontece que eu e você somos amigos e bem... Eu acho que precisamos de...

- Um tempo! - Completei sua frase. Foi exatamente as mesmas palavras que Jimin Hyung usou, ele me alertou que _____________ iria querer um tempo por está tão confusa quanto eu e se eu quisesse dar um passo eu deveria está totalmente consciente para aceitar as consequências. E eu aceitei. - Irei dar o tempo que precisar para colocar seus pensamentos no lugar, posso dizer que até mesmo eu preciso desse tempo, talvez até mais que você. Minha Omma chegou de viagem e eu volto para casa hoje mesmo, assim te darei mais liberdade para pensar melhor!

- V-você não vai ficar com raiva de mim por isso, vai?

- Não. - Sorrio. - Você está confusa e eu mais ainda, vamos apenas esperar a poeira abaixar! Claro que se precisar de mim não pense duas vezes para me chamar!

- Está bem!

{...}

- Omma?!

Chamei assim que cheguei em casa.

- Estou na cozinha querido!

Escutar seu grito de volta e ter a certeza de que estava aqui era certamente muito reconfortante. Deixei minha mochila escolar e minha pequena mala próximo a porta e caminhei apressado até a cozinha me deparando com minha Omma preparando alguma coisa e pelos ingredientes postos em cima da pia, julgo ser um bolo. Assim que ela percebeu minha presença largou o que estava fazendo para vir me abraçar.

- Filho!

Apertei o máximo que pude recebendo até um sermão por isso. Sorri.

- Eu estava com saudades!

Falei fechando os olhos em seguida tentando aproveitar ao máximo esse abraço. Eu precisava dela mais que tudo nesse momento.

- Eu também estava querido. Nunca mais fico tanto tempo fora, céus, eu já estava sentindo saudades de mandar em alguém pegar as coisas para mim!

Sorrio. Nos soltamos do abraço e ela voltou a fazer o suposto bolo.

- Então... Como foi a viagem?

Perguntei me escorando no balcão e observando tudo no que mexia.

- Foi ótimo, tirando algumas partes que pensei que explodiria de raiva. Céus, aquele povo é tão ignorante! - Revirou os olhos. - No final das contas deu tudo certo. Mas e você? Como esteve esse tempo?

- Estou bem, na medida do possível!

- Isso é ótimo. Cadê ____________? Pensei que ela viria com você!

- Ah, ela está ocupada... Bem... Eu vou para meu quarto guardar minhas roupas!

Ela concordou. Voltei para sala pegando as mochilas que deixei e as levei para meu quarto. Comecei a organizar minhas roupas.

Será que eu e ______________ ficaríamos muito tempo sem nos falar?! Céus, como eu estou confuso. Tenho medo de achar que o meu sentimento por minha amiga seja algo momentâneo, já que ficamos muito próximos - até demais - nesses três meses e quem eu realmente amo seja Lalisa.

Me joguei de cara na minha cama pensando em tudo que está acontecendo. Eu precisava de alguém agora.

- Jungkook?! - Escutei a voz de minha Omma adentrar o quarto, me sentei na cama a encarando com um biquinho nos lábios. - Aconteceu alguma coisa filho?

Ela caminhou e se sentou ao meu lado me puxando logo em seguida para deitar em seu colo.

- Omma por que tudo tem que ser tão complicado?


✧ ཻུ۪۪ૢ༘࿐


21 de novembro - Seul, Coréia do Sul

_____________ Park

Point of view


Já tinha se passado uma semana desde o dia que eu e Jungkook transamos. Céus. Como era extremamente difícil olhar para o garoto e não se lembrar do melhor momento de toda minha vida, lembrar do beijo apaixonante que demos; lembrar de suas mãos passeando pelo corpo; me recordar da visão esplêndida do Jeon nú; me lembrar da maravilhosa maestria que ele tem com sua língua; me lembrar de sua voz rouca gemendo e falando palavras pervertidas no meu ouvido enquanto mete em mim da maneira mais gostosa possível. Começo a ficar excitada por apenas mim lembrar. Mas apesar de ter adorado tudo o que aconteceu, eu continuava com o sentimento de que não deveria ter acontecido. Eu e Jungkook sempre fomos melhores amigos, sempre fomos inseparáveis e eu tenho a absoluta certeza de que melhores amigos não transam. Com certeza não. Eu achava que era errado, mas não quer dizer que me arrependo disso, eu apenas espero e não quero que nossa amizade acabe.

Suspirei pesado pegando o molho de tomate e o colocando em meu carrinho. Sorrio, ao me lembrar da última vez que fiz compras e que JK veio comigo, foi exatamente nesse corredor que dei dicas de flertes para ele.

Contei para Jimin-ah poucos dias depois do acontecido e a reação dele certamente me surpreendeu. Eu esperava que ele fosse falar coisas como "Até que enfim né ____________-ah, eu sabia que vocês só estavam se fazendo de difícil!" Ou "Aaaeeeeeee! Céus, como esperei por esse momento!", Mas ele simplesmente disse um "Eu já sabia.". Claro que eu não queria que meu primo anunciasse aos quatro cantos que eu e JK transamos, eu apenas não contava com uma reação tão natural quanto aquela. Me perguntei várias vezes se Jungkook não teria conversado com ele antes de mim e isso explicaria sua reação. Eu pedi concelhos a Jimin oppa e ele achou certo eu querer dar um tempo, disse que seria bom eu e ele se reorganizar. Admito que minha vontade também era de contar para Yoongi sobre o que está acontecendo, até porque ele vive me perguntando o motivo de eu e o Jeon está mais afastados esses dias. O Min vem sendo uma companhia incrível; ele tem uma facilidade enorme de me fazer rir e mesmo que eu me sinta mal por ele me contar inúmeras coisas pessoais e eu ser a única a "esconder segredos", eu ainda tenho medo de confiar totalmente nele. Não por nada mas, tenho medo de quebrar minha cara de novo e para que eu volte a ter confiança nele, talvez demore mais um pouco.

Lisa tem ficado cada dia mais próximo ao Kookie e eu estaria mentindo caso dissesse que não me sinto desconfortável com essa aproximação toda, vamos convenhar que não tem tanta necessidade assim deles dividirem até o mesmo lanche no intervalo. Apesar de não está contente com isso, penso que esse é o certo. Jungkook tem que ficar com Lalisa, pois desde o início dessa confusão toda foi esse o propósito. Eu aceitei e prometi ajudar JK a conquistá-la, foi por isso que peguei aquela listinha, para ajudá-lo com isso e não para que ele me conquistasse, esse tópico foi apenas um erro de cálculo meu. No final das contas a culpa deve ser minha mesmo, eu não deveria ter me deixado levar em certos momentos e talvez seja por isso que Jungkook está tão confuso. Tenho certeza que ele gosta dela e se percebe isso ao ver os dois juntos. Então eu irei terminar o que comecei.

- Eu tomei minha decisão! Eu ____________ Park terminarei de ajudar a Jeon Jungkook a namorar com Lalisa Manoban!

Só percebo que falei alto demais quando vejo uma moça e uma criança ao seu lado que julgo ser seu filho, me encararem assustados. Céus, eu falei tão alto assim?!

- E-eu quis dizer que... Tomei minha decisão de levar esse miojo ao invés desse!

Peguei qualquer pacote que encontrei primeiro em minha frente e mostrei para os dois. Eu não deveria ter feito isso. Tentar provar que não sou uma louca por conversar sozinha não deu nem um pouco certo, já que ao invés de pegar um pacote de miojo eu peguei um de farinha o que arrancou risadas dos dois e para não ficar ainda mais vergonhoso comecei a rir também - mas de nervoso. Peguei meu carrinho e saí daquele corredor o mais rápido que pude.

Ao passar minhas compras no caixa, peguei todas aquelas sacolas e saí do mercado seguindo caminho para minha casa.

- Céus!

Murmurei. Eu deveria concertar as coisas o mais rápido possível, precisava de Jungkook comigo para me ajudar a levar as próximas compras para casa.


Notas Finais


✨E então? O que acharam? Os comentários são todo de vocês, sintam-se a vontade para comentar :3✨

⚠ Estou bem ocupada com os trabalhos online, então os capítulos da fic serão postados aos SÁBADOS! ⚠

🌙Quem quiser e poder, dá uma olhada na minha oneshot:
https://www.spiritfanfiction.com/historia/arte-de-desenhar--imagine-jeon-jungkook-18422675 🌙

Até o próximo capítulo 🧡
Biju de luz pra vocês :3

@Evaporei
Puuf 💨


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...