História Os 7 pecados capitais(Imagine BTS) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Oi!! Voltei baby's!!

Sobre o cap de hoje peço que imaginem um hotzão pesado okay? Pq foi assim q eu imaginei e escrevi...

Espero que gostem!

Boa leitura!

Capítulo 2 - A Ira (Yoongi)


Fanfic / Fanfiction Os 7 pecados capitais(Imagine BTS) - Capítulo 2 - A Ira (Yoongi)

"A ira é um sentimento de raiva e rancor qur pode ocasionar o sentimento de vingança,o desejo de fazer algo a alguém que lhe provocou." 


Manter um relacionamento secreto com minha secretária não foi algo planejado,mas que acabou acontecendo. Quando S/n passou a trabalhar comigo,a princípio não senti nada por ela,mas com o passar dos meses,nossa aproximação me causou uma certa excitação,um desejo carnal,uma vontade de tê-la nua em minha mesa,gemendo meu nome,eu queria tê-la para mim,e assim o fiz. 

Na nossa primeira transa eu quis apenas sanar aquela vontade que estava sentindo,mas meu desejo por ela apenas aumentou quando vi que a garota meiga e educada esconde muitas coisas.


Com o passar dos meses,S/n e eu nos aproximamos cada vez mais,ultrapassando o limite entre chefe e secretária,cada vez que ficávamos juntos até tarde na empresa,era como um convite para que eu a tivesse ali mesmo,nua sob minha mesa,gemendo e gritando por mim. 


Não se enganem,não fui eu quem deu o primeiro passo,suas provocações eram sempre óbvias,insinuações do tipo:"Estarei sempre ao seu dispor chefe" num tom de malícia,ou quando ela deixou escapar um:"Existe um ponto sensível nas mulheres que se bem tratado,será bem aproveitado." 

A forma como ela deixava que as palavras saíssem de sua boca em um tom sexy e sensual me faziam ter pensamentos impuros com ela,sua feição de menina doce com um olhar de mulher selvagem,foi isso o que me fez chegar ao meu limite.



Hoje em um jantar de negócios,onde se encontravam dois dos maiores investidores de Seoul,foi o dia em que S/n resolveu me provocar mais do que já fazia. Estávamos sentados ao lado um do outro,enquanto os irmãos Kim estavam sentados a nossa frente sem desconfiar de nada do que acontecia debaixo da mesa. 

"O que essa garota está fazendo?" 

A repreendi com o olhar quando senti o leve aperto de sua mão em meu membro. O sorriso sacana em seu rosto dizia que a noite estava apenas começando. Tentei a máximo me concentrar na conversa que estava tendo enquanto era masturbado por mãos alheias.

-Os juros sairão mais baratos se juntarmos ambas as partes.-Diz Kim Namjoon. 

-Creio que será um ótimo investimento.-Digo tentando não deixar transparecer a excitação que a mulher ao meu lado estava me causando. 

Segurei sua mão descretamente assim que senti seus dedos puxaram o zíper de minha calça social. 

-Trouxe os papéis?-Kim Taehyung pergunta e eu olho para S/n.

-Trouxe os papéis senhorita S/n?

-Sim senhor Min.-A garota distanciou sua mão de mim e foi em direção a pasta que ela carregava consigo. Suspirei aliviado,porém o incômodo em minha calça não me ajudava.-Estão aqui senhor.-Peguei os documentos de suas mãos e direcionei para os homens a minha frente que logo o pegaram e passaram a ler com atenção. Estremecia ao ter novamente a mão de S/n em meu membro,mas dessa vez seu toque foi mais firme,a olhei com um ar de reprovação e gesticulei um:"Está me deixando excitado." E ela respondeu com um:"Essa é a intenção." 

Respirei fundo e mirei sua mão massageando me membro por cima da calça,deixei que um sorriso soprado saísse e direcionei meu olhar a mulher ao meu lado dizendo:"Quando chegarmos em casa conversamos." A mulher apenas sorri e continua com seus movimentos.

"Droga! Não posso gozar aqui." Pensei ao perceber que talvez não aguentasse por muito tempo. 


-Pronto!-Direcionei meu olhar para os homens a minha frente.-Aqui está.-Taehyung estendeu os papéis em minha direção e eu os peguei.-Espero que tenhamos investido certo. 

-Não irão se arrepender.-Sorrio. 


(...)


Finalizado o jantar,ambos os irmãos foram embora deixando assim,apenas S/n e eu naquela mesa.

-Quase pôs tudo a perder.-Me virei para a mulher.

-Eu só quis te relaxar,estava muito tenso.-O sorriso perverso permanecia em seu rosto. 

-Quando chegarmos em casa vou te deixar relaxada também...-Me aproximei de seu ouvido.-...de quatro na minha cama.-Vi a mulher se arrepiar e me afastei apenas para ter a bela visão de suas pernas se apertando e seu lábio inferior ser mordido.-Vamos senhorita S/n,temos uma longa noite pela frente.-Sorrio pegando minha pasta e me levantando da cadeira. 


(...)


Durante todo o trajeto do restaurante até minha casa,o silêncio predominou meu carro,de tempos em tempos olhava para S/n que parecia pensativa. 

Estacionei meu carro na garagem e saí do mesmo logo me direcionando para abrir a porta do passageiro onde estava S/n. Abri a porta e estendi minha mão para que ela segurasse e assim o fez,fechei a porta e adentramos minha casa. Deixei minha pasta no sofá e S/n fez o mesmo,tirei meu paletó e afrouxei a gravata logo olhando para a causadora de todo meu desconforto durante o jantar.

-Sabe o quão grave foi o que você fez?-Ela nega com a cabeça de forma inocente,mas seu olhar era selvagem. Me aproximo dela e a puxo com possessividade pela cintura assim unindo nossos corpos. Segurei seu queixo e forcei seu olhar de encontro ao meu.-Você foi tão malvada hoje baby.-Acariciei de leve seu lábio inferior.-Sabe o que garotas malvadas merecem?

-Punição?-Vi o brilho em seus olhos se acender.

-Exatamente querida.-Colei nossos lábios em um beijo sedento,a peguei em meu colo e em passos cegos segui até meu quarto,a colocando na cama e deixando meu corpo sobre o seu. 

Suas mãos se enlaçaram em minha nuca enquanto que as minhas mãos percorriam seu corpo,desci meus beijos para seu pescoço deixando alguns chupões e mordidas que deixariam marcas evidentes,direcionei minhas mãos para seu blazer o tirando e jogando para qualquer canto no quarto. Passei a desabotuar sua blusa mas desisti e apenas rasguei.

-Yoongi!-Ela me repreende separando nossos lábios.

-Eu compro outra para você baby.-Volto a beijá-la enquanto tirava o restante de sua roupa,assim que ela estava completamente nua,me levantei e me pus de pé em frente a cama a encarando.-Vou tentar pegar leve com você.-Sorrio tirando minha gravata e voltando em direção a garota.-Os pulsos.-Sem exitar,ela estende seus pulsos em minha direção e eu amarro eles com a gravata,levei seus braços acima da cabeça amarrando a mesma na cama de forma que não a machucasse. Me direcionei a gaveta na cômodo ao lado e tirei de lá uma venda que usava apenas nesses momentos.-Vamos trabalhar seus outros sentidos.-Levei a venda até o rosto de S/n e cobri seus olhos. Pus minha mão em seu queixo e desci lentamente até seus seios e os apertei fazendo a garota gemer.-Eu ainda nem comecei e já está assim baby?-Um sorriso se forma em seus lábios. Volto a descer minha mão passando por seu abdômen e parando em sua intimidade.-Tão molhadinha.-Passei a fazer movimento circulares em seu clitóris ouvindo gemidos manhosos saírem dos lábios da garota.-Abra as pernas.-E quase que instantaneamente ela obedece. 

-Yoon...-Ela geme manhosa.

-Me diga baby,o que quer que eu faça?-Por um instinto a vejo fechando as pernas mas as seguro de modo que continuassem abertas.-Me diga.-Ouço um suspiro sair de seus lábios.

-Me chupa daddy.-Ela pede em um gemido e deixo um sorriso sacana surgir em meus lábios.

-Como quiser baby.-Me posicionei entre suas pernas tendo a mais bela visão de sua intimidade completamente molhada e vermelhinha,sem pensar muito passei a me deliciar de seu sabor enquanto podia ouvir seus gemidos. S/n passou a rebolar em meus lábios ansiando por um toque mais profundo,apenas levei dois de meus dedos até sua intimidade e a penetrei lentamente enquanto sugava seu clitóris,passei a movimentar meus dedos mais rapidamente conforme seus gemidos aumentavam. 

Senti meus dedos serem apertados por sua intimidade,ela estava perto de chegar ao seu ápice,então como um bom castigador,parei o que fazia ouvindo um gemido de reprovação da menor.

-Ainda está cedo para você gozar baby.-Passei meus dedos levemente por sua coxa e a apertei.-Sabe,o que fez hoje mais cedo foi algo que me desagradou muito.-Passei a desfivelar o cinto de minha calça enquanto me afastava um pouco da mulher deitada em minha cama.-Sua provocação me deixou um tanto irritado.-Tirei o cinto de minha calça logo abaixando a mesma e notando o volume que a mulher havia deixado ali em minha box.-E você sabe o que acontece quando me deixa irritado.-Voltei a me aproximar de S/n deixando o cinto ao seu lado na cama e a virando de modo que ficasse de quatro para mim,obviamente cuidando para que não machucasse seus pulsos.-Amo quando fica nessa posição.-Acariciei sua bunda e peguei o cinto de volta logo me posicionando atrás da garota e passando o tecido de couro por sua bunda.-Vou bater 10 e quero que você conte.-Ordeno.-Vamos lá.-Bati o cinto contra sua pele que logo ficou vermelha.

-Um...-Ouço como um resmungo baixinho.

-Mais alto.-Bati agora do outro lado.

-Dois...


Ao final de todas as cintadas que dei,joguei o cinto no chão e acariciei novamente sua bunda aliviando um pouco da ardência no local. Me afastei da garota apenas para tirar minha box e me posicionei entre suas pernas.

-Chegou a hora da diversão baby.-Segurei em meu membro e passei a pincelar ele em sua intimidade ouvindo um resmungo de insatisfação da garota.-Calma baby,a noite é longa.-Passei a introduzir meu membro em sua intimidade sentindo seu aperto em torno dele e então soltamos um gemido baixo.-Tão apertadinha.

Passei a me movimentar lentamente,apenas por provocação e satisfação de ouví-la perdir por mais.

-Yoon...-Ela geme manhosa.

-Me diga baby.-Segurei em sua cintura.

-Mais rápido.-Ela pede em uma quase súplica. 

Passei a acelerar meus movimentos gradativamente ouvindo seus gemidos aumentarem conforme meus movimentos,nossos corpos se chocavam causando um som excitante no ar,seus gemidos ecoavam pelo lugar como musica para meus ouvidos,a cama que começou a bater na parede por minhas estocadas que passaram a ser fortes e bruscas e o cheiro de sexo que pairava ali,estávamos ambos necessitados e sedentos um pelo outro naquele momento e tudo o que queríamos era acabar com todas aquela excitação. 

Desci uma de minhas mãos até sua intimidade e passei a fazer movimentos circulares em seu clitóris. 

-Goza baby,goza para mim,uh.-Senti seu interior se contrair e passei a acelerar os movimentos com minhas mãos,logo senti seu líquido escorrendo por entre meus dedos e então os levei até a boca os lambendo. Me retirei de dentro dela e a virei de modo que voltasse a deitar na cama na posição inicial.

-Abre a boca.-Ordenei e logo vi a garota fazendo o que mandei. Passei a masturbar meu membro perto de seu rosto deixando escapar alguns gemidos roucos,depois de alguns minutos me desmanchei gozando em sua boca.-Engole tudo baby.-Segurei em seu queixo e a vejo abrir sua boca para me mostrar que havia feito o que mandei.-Boa garota.-Depositei um selar em seus lábios e logo tratei de desamarrar seus pulsos da cama,assim que tirei a gravata,também tirei a venda que tapava seus olhos e me deitei ao seu lado a puxando para que deitasse em meu peito.

-Eu te machuquei?-Pergunto e ela nega.-Tem certeza?

-Tenho Yoon.-Ela beija meus lábios e eu sorrio com seu ato.-Acho que vou te provocar mais vezes.-Ela sorri.-Você fica bem mais selvagem quando está irritado.

-E você é uma safada.-A abraço de lado.

-Mas você bem que gosta.

-Eu amo.-Permanecemos ali trocando algumas carícias até que decidimos tomar banho. 


Depois de tomarmos nosso banho,voltamos a deitar na cama e S/n logo pega no sono. 


-O que você fez comigo garota?-Sorrio bobo.


Todo lado safado precisa de um pouco de romance,S/n me fez descobrir algo que nem eu mesmo sabia sobre mim,algo que me fez ter a certeza de que ela é a mulher certa,S/n me transformou em alguém romântico,alguém capaz de fazer tudo por ela,mesmo com tudo o que fazemos,nós temos nossa conexão,seja no sexo ou não,apesar de ter começado como algo bem mais sexual do que romântico,nós fomos feitos um para o outro e sabemos disso. 

Sei que suas provocações não vão acabar,e sei que muitas outras punições virão,mas quem disse que nos cansamos disso? 



"A ira e um sentimento de raiva e rancor que pode ocasionar o sentimento de vingança,o desejo de fazer algo a alguém que leh provocou." 



Notas Finais


Peguei as informações sobre o pecado capital(ira)em um site,então se tiver algo errado me desculpem.

Sobre o tema abordado se alguém se sentiu afetado de forma errada me perdoem,foi apenas pra abordar bem o tema.
Bom,eu não sou muito boa com hot então eu tentei dar o melhor e fazer com que ele ficasse bom.

Espero que tenham gostado!

Até o próximo capítulo!


Minhas fics:

Imagine Jungkook(1°e 2°Temp.):

https://www.spiritfanfiction.com/historia/o-mais-puro-e-sincero-amorimagine-jungkook-14922176

https://www.spiritfanfiction.com/historia/primeira-e-unicaimagine-jungkook-segunda-temporada-16913730

Imagine do Namjoon:

https://www.spiritfanfiction.com/historia/noite-casual-imagine-namjoonhiatus-14962496

Imagine do Taehyung:

https://www.spiritfanfiction.com/historia/baby-boy-or-daddy-imagine-taehyung-16532058

Imagine do Yoongi:

https://www.spiritfanfiction.com/historia/meu-melhor-amigo-me-amaimagine-yoongi-14611777


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...