História Os 9 problemas de ser a ex do Castiel - Capítulo 38


Escrita por: e alytha

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Castiel, Personagens Originais, Rosalya
Visualizações 56
Palavras 489
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Literatura Feminina, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 38 - Um momento para pensar (parte 1)


"É muita coisa pra pensar em uma cabeça só. Então eu fui pro lugar mais calmo (e deprimente) que eu conheço.

Fui até o campo de futebol abandonado que eu e Cast sempre íamos antes de namorar. E foi onde eu me confessei pra ele. E foi onde eu notei que gostava dele e... uou, esse lugar tem lembranças.

Me sentei no gramado e olhei para o céu nublado de inverno. Estava frio, mas não um frio que incomoda, um frio que relaxa. 

Resolvi me deitar e olhar para o lado. Vi uma mecha do meu pequeno cabelo tingida de vermelho. Lembrei de como conheci o Castiel e de como nós viramos íntimos com o tempo.

Lembrei da vez em que passeamos com o seu cachorro. Da vez que ele me levou ao parque. Do nosso primeiro beijo. Lembrei de cada momento que passei com ele. Me senti nostálgica.

Lembrei também do meu querido e odiado mural de coisas que odeio nele. Eu sempre anoto tudo que odeio no garoto de cabelos vermelhos e olhos com vida e colo no mural.

Fecho os olhos e começo a sentir o vento batendo no meu rosto, me fazendo arrepiar de leve.

Me lembrei do dia que falei sobre a faculdade. Me lembrei de como em menos de quinze minutos, ele acabou com todos os dois anos que passamos juntos. Lembrei das palavras que ele me dissera. Palavras que mais pareciam facadas no meu peito. Palavras que eram piores do que um lindo soco na cara. Lembrei do dia que o Castiel acabou com a minha vida.

Lembrei dos dias vazios e tristes que passei em NY. Do frio que eu sentia em apenas estar sozinha. Dos meus olhos doendo por tanto derramar lágrimas e da minha cabeça gritando. Lembro de Rosalya me ajudando a esquecer.

Me lembro de como conheci Ryan.  Me lembro como me acostumei com ele. Me lembro como viramos tão próximos. Me lembro de quando começamos nossa relação de... amizade colorida? 

Da sua confissão, os seus olhos intensos e verdes. Seu cabelo cheirando à shampoo de mel e seus fios negros macios. Dos seus dentes brancos e sacanas. Da sua língua que me deixava louca e principalmente do seu corpo, que mantinha o meu aquecido quando estava frio. Que me confortava enquanto estava a chorar. Que me passava uma sensação de proteção quando estava assustada. Lembrei de Ryan. Apenas Ryan importava naquele momento.

É estranho pensar em como no momento tudo parecia tão horrível, confuso e assustador. Mas é bem simples, olhando para trás agora. Eu amava o Ryan. Não o Castiel. Pelo menos não mais.

- Não esperava te encontrar aqui... quer dizer.. Você voltou? - uma voz rouca pergunta. Ah, essa voz. Há quanto tempo não a escuto? Há quanto tempo não há sinto bater em minha pele em formas de sussurros. Era uma voz baixa, perto de mim.

Abro os olhos e olho para ele.

- É bom te ver também, Castiel - falo soltando um sorriso"



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...