História Os 9 problemas de ser a ex do Castiel - Capítulo 40


Escrita por: e alytha

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Castiel, Personagens Originais, Rosalya
Visualizações 59
Palavras 800
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Literatura Feminina, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


PERA PERAPERPAREPRPAP
QUE LINDO
100 COMENTÁRIOS NESSA BOSTA
E 4.000 VISUALIZAÇÕES MDS AJSJAJDJAJ
TÔ PASSANDO MAL
"Amas você só notou agora?"
SIM PROBLEMA?
a-hem
Brigadenha de coração ♡ Titia Amy ama vocês

ENFIM
BOALEITURANESSAJOSSA

Capítulo 40 - Risos


- A festa? Rosalya, eu já disse que..

- Tudo bem, tudo bem. - Ela levanta os braços e se levanta em seguida, jogando o celular no sofá. - Não quero te forçar a nada. Me preocupo contigo. Mas seria bem mais legal se você fosse. - Ela fala um pouco manhosa e se senta do meu lado, abraçando minhas coxas.

Solto uma pequena risada e olho novamente para a janela.

- Desculpa. Eu realmente não quero ir.

- No problem, B.

- B?

- Bitch.

Dou um pequeno tapa no braço dela e a prateada se senta direito, passando a mão pelo local.

- ESSA DOEU!

- ERA PRA DOER MESMO!

- Por que você fez isso?! O bebê vai ficar dodói! - Ela chora falsamente.

- Ah, vai se fuder. Você não tá nem perto de ser um bebê. - Me sento mais próxima dela e encosto minha cabeça ao encosto do sofá.

- Nossa, falou a bebezona agora, né? 

- Fica xiu.

- Eu não. ATAQUE DE FOFUCHO!

- O que..? NÃO, PERA, EU TÔ DESPREPARA-

Começo a rir desesperadamente por Rosalya ter se jogado em cima de mim e começado a fazer cócegas por toda a minha barriga. 

- ROSA... P-PARA! P-POR FAVOR!

- NUUUNCA! - Ela me aperta mais, me fazendo rir em um nível de minha barriga começar a doer bastante.

- R-ROSALYA! P-PARA! AGORA! - Falo ficando um pouco irritada e pegando suas mãos.

Agora era Rosalya que ria sem parar. Louca.

- Tu tinha que ver... a sua cara! - ela fala entre as risadas altas e escandalosas.

Solto algumas risadas vendo o desespero dela e assim, lá estávamos nós, juntas rindo como duas retardadas. Há quanto tempo não fazíamos isso juntas e rir ao ponto de doer a barriga?

Acabamos por cair no chão, totalmente descontroladas e fora de nós mesmas. Que sensação incrível e nostálgica.

Após um tempo, ofegantes, nos acalmamos e sorrio olhando para ela.

- Valeu. - Murmuro.

- Você sabe que eu tô aqui pra isso, doida. - Ela sorri de canto e dá um soquinho leve no meu ombro.

Sorrindo, nos encaramos por um tempo. Percebi que faz tempo que não passamos um tempo bom juntas. Isso me faz bem.

- Então... Lety? - pergunto quebrando o silêncio e olhando para frente.

- É... - ela também se vira. - É uma garota da faculdade. Ela vai fazer festa à fantasia. Vai ser bacana.

- Quem mais vai?

- Eu não tenho a mínima ideia. Mas já convidei algumas pessoas.

- Quem? - Pergunto um pouco receosa.

- Ryan, Troyan, Derick...

- Eles?! Sério? - Solto uma risada olhando pra ela.

- Ei! Eu convidei mais gente, tá? Mas você só conhece estes. - Ela olha para mim. - O Ryan já ia antes mesmo de eu convidar. E o Derick só vai porque o Troyan insistiu. Enfim. Metade do squad vai.

Sorrio um pouco e me viro pra frente.

- Se Alexy e Pryia estivessem aqui, eles também iriam.

- E te obrigariam a ir junto.

- Com certeza. Uns cuzões.

- Totais cuzões.

Ficamos alguns segundos em silêncio e começamos a rir novamente. Dessa vez de uma forma mais natural e descontraída.

- É... tudo cuzão. - Rosalya fala, por fim.

- Então... já sabe com que roupa você vai? - Pergunto me virando pra ela.

- Ah, é. Eu vou com uma fantasia de unicórnio.

- A mesma que você usou na festa da formatura ano passado?

- Isso.

- E a mesma que você usou no ano retrasado na festa de 16 da Pryia?

- ...Isso.

- E a mesma que...

- CHEGA, JÁ ENTENDI.

Começo a rir.

- Tem outra fantasia não, caralho? - pergunto me virando pra ela.

- Posso até ter. Mas eu fico fabulosa demais nessa fantasia.

- Se eu discordar vou mentir.

- Viu? - Ela disse sorrindo. - A festa vai ser incrível, tô falando. Amanhã, se a ressaca não atacar tanto, eu passo na sua casa e te conto tudo que aconteceu.

- Beleza.

- E se tu pensar em não dormir bem de novo hoje à noite, se prepara que eu vou te socar.

Solto uma risada abafada.

- Tudo bem.

- E não se esquece de comer, demonho. Comer faz bem.

- Já enten...

Rosalya me surpreende me abraçando com uma certa força.

- Eu te amo, muito. É uma tortura de ver pra baixo desse jeito... entendeu? - Ela sussurra no meu ouvido.

Sorrio fraco e a abraço de volta.

- Entendi. E eu já sabia.

- Fala que me ama também, estraga prazeres.

Solto uma pequena risada.

- Eu também te amo, Rosa. Pera, você tá chorando?! - Falo me afastando depois de sentir minha camiseta molhar.

Rosalya realmente estava chorando.

- Claro, sua idiota! Você me deixa preocupada... chata. - Ela fala rindo enquanto chora.

Solto uma risada.

- Se acalma.. ei, eu tô bem agora. - Falo colocando uma mecha de deu cabelo atrás do seu ouvido.

- Eu espero.

- Enfim. Já ta escurecendo, não quer ajuda com a fantasia?

- Você sabe que eu quero. - Ela enxuga as próprias lágrimas e nós duas soltamos risos abafados.

- Eu te ajudo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...