1. Spirit Fanfics >
  2. Os Caminhos Até Você >
  3. A Família Kent

História Os Caminhos Até Você - Capítulo 28


Escrita por:


Capítulo 28 - A Família Kent


Fanfic / Fanfiction Os Caminhos Até Você - Capítulo 28 - A Família Kent

Delegacia de Storybrooke

Kara está arrumando suas coisas na delegacia, organizando os papéis quando o telefone toca

- Delegacia de Storybrooke, como posso ajudar? 
- Xerife! Sou eu Lex…
- Ah senhor Luthor… Como posso ajudá-lo? 
- Bom Xerife… É um assunto delicado - começa o homem - Você sabe que eu sou dono da imobiliária da cidade… Tenho muitos locatários… 
- Sei sim… - fala Kara sem entender onde Lex quer chegar
- Então… Estou tendo um probleminha com um dos locatários, ele está com o aluguel atrasado há meses e eu pedi o prédio e ele não quer sair, gostaria de saber se tem como a Xerife passar lá e informá-lo sobre as leis…
- Desculpe senhor Luthor… Acredito que essa não é bem a minha função como Xerife… - fala Kara tentando não ser grosseira 
- Xerife… Eu não quero entrar na justiça contra eles… São uma boa família, com dois filhos… Não quero estragar essa família, talvez com uma autoridade informando eles que eles devem sair do estabelecimento… Talvez eles entendam melhor o recado…

Kara percebe que as intenções de Lex não são de boa fé, mas pensa em tentar ajudar essa família e decide concordar com Lex

- Tudo bem… Me passa o endereço por favor! 


Jornal de Storybrooke

Os donos do jornal de Storybrooke, Lois e Clark, estão preocupadíssimos com a situação que eles se encontram. O prédio onde o jornal funciona é alugado e o dono é Lex Luthor! 

- Clark… Você ouviu ele… - fala Lois
- Eu ouvi Lois, mas ele não pode fazer isso! Nós atrasamos um pagamento, ele precisa dar um prazo pra nós sairmos! Ele não pode simplesmente nos expulsar do prédio no dia seguinte do atraso - fala Clark
- Ele não pode! Mas ele é um Luthor… Ele sempre consegue o que quer… - fala Lois
- Oi pessoal! O que aconteceu? - fala Alex entrando no jornal
- Oi Alex! - fala Lois abraçando ela 
- Aconteceu que Luthor quer o prédio pq não pagamos o aluguel… - fala Clark
- Você já falou com a tia Martha? - pergunta Alex
- Já sim… Ela não tem nenhuma o suficiente...
- Eu… Eu posso pedir pra Lena adiantar meu salário… Não é o suficiente, mas já é alguma coisa - fala Alex
- Não prima… Não precisa fazer isso - fala Clark
- Nós vamos dar um jeito Alex… - fala Lois
- Eu sei! Vocês sempre dão! Mas eu quero ajudar! Vou falar com Lena! - fala Alex
- Com licença… - fala Kara entrando no jornal

Alex se vira e vê Kara e se assusta com a presença dela, não se assusta com ela, mas por ela parecer tanto com uma pessoa de seu passado. 

- Xerife! - fala Clark

Kara se aproxima com uma expressão amigável

- Bom dia senhor… - fala Kara
- Kent! Clark Kent! - fala Clark esticando a mão até Kara - Essa são Lois, minha esposa e Alex minha prima…
- Alex! Tudo bem… - fala Kara olhando em direção a veterinária - Nós já tivemos a oportunidade de nos conhecer… - explica Kara
- Sim!! Tudo certo Kara… - fala Alex
- Lois Lane! - fala Lois esticando a mão até Kara - Mas pode ser só Lois…
- Prazer… - responde Kara
- O que lhe trás aqui? - pergunta Lois diretamente

Kara se sente desconfortável mas resolve explicar logo a que veio 

- Eu recebi uma ligação do senhor Luthor… 

Clark adota uma expressão séria, enquanto Lois uma mais indignada 

- Ótimo! Mais uma autoridade que segue tudo o que os Luthors mandam! - dispara a jornalista 
- Não.... Não é isso! - fala Kara tentando se explicar - É ele pediu pra que eu desse uma passada aqui… Eu odiei a ideia mas eu vim, por vocês… Não por ele! Ele disse sobre entrar na justiça…
- O que? Ele é louco? - fala Lois
- Lois… Calma! - pede Clark - Xerife o que ele disse exatamente? 
- Nada muito específico, apenas disse que não queria ter que entrar na justiça… - conta Kara
 - Pessoal, ele não vai parar… Eu vou até o centro falar com Lena… - fala Alex - É melhor que a gente resolva isso de uma vez antes que ele faça algo contra nós… 
- Ela tem razão Clark… - fala Lois
- Tudo bem… Vou dar um jeito de arrumar o resto do aluguel! Obrigada prima! - fala Clark 
- Desculpe pela acusação Xerife… - fala Lois - É que nós estamos acostumados aqui com que as autoridades sigam o que os Luthors falam… 
- Não se preocupe… Eu apenas sigo a lei! Nada mais! - fala Kara - Alex! Eu posso te dar uma carona para o centro se você quiser… - oferece Kara
- Claro… Obrigada! - responde Alex

Elas se despedem do casal e seguem até o carro da Xerife. Alex continua olhando para Kara incrédula com a semelhança e resolve investigar

- Xerife… Lena me contou que veio com sua irmã… - começa Alex já a caminho do centro
- Sim!! Nós somos muito próximas… A gente morava junto na capital e ela veio passar uns meses comigo - conta Kara
- Ah! Que bom… É sempre bom ter companhia em uma cidade nova… - fala Alex - E o resto da sua família? 
- Ah não… Somos só nós duas mesmo… Nossos pais faleceram quando nós éramos bem jovens… Temos uma tia, mas acabamos nos afastando… - conta Kara - E você? É daqui mesmo? Tem família aqui fora o Clark? 

Alex parece um pouco ansiosa e desconfortável com o assunto mas segue

- Bem, na verdade eu não sei… Clark não é meu primo de verdade, não de sangue… Minha mãe me deixou na fazenda dos Kent quando eu tinha 6 anos… Os pais do Clark, me criaram… Eu sempre chamei eles de tio e tia… Portanto Clark seria meu primo - conta Alex rindo 

Kara relembra de sua história, que também foi deixada na porta dos Swan’s e adotou uma postura mais séria 

- Que bom que encontrou uma família… - fala Kara sem olhar para Alex

A veterinária percebe a mudança da Xerife mas decide não continuar o assunto. 

As duas chegam ao centro e encontram Lena na porta de entrada

- Lena… Podemos conversar - pede Alex 
- Claro! - fala Lena percebendo que há algo de errado com Alex - Está tudo bem? 
- Tudo… Eu vou guardar minha bolsa… Te espero em sua sala - fala Alex
- Kara… - fala Lena 
- Você sumiu ontem… - dispara Kara com um leve sorriso
- Desculpe! Eu precisei sair… - fala Lena levemente incomodada 
- Está tudo bem? - pergunta Kara notando algo diferente em Lena
- Eu só estou de cabeça cheia… - tenta disfarçar Lena - Nos vemos por aí! - fala Lena entrando no centro

Kara fica parada na porta do carro tentando lembrar se ela fez algo que poderia ter causado essa atitude distante de Lena. Passou alguns minutos ali, mas de nada lembrou. 

~~~

Casa dos Mills

Emma acaba de chegar na casa de Regina para tentar reparar o erro do dia anterior. Joane a recebe e a faz esperar na sala de visitas. Emma se senta e é pega repentinamente pela lembrança do dia da avaliação de Regina, a forma com que elas ficaram próximas no momento da transferência. Imediatamente ela balança a cabeça tentando fazer aquele pensamento ir embora. Ela se assusta por estar pensando naquele momento e tenta buscar uma razão para aquilo. Alguns minutos se passam e nada de Regina vir recebê-la, ela começa a entender que provavelmente Regina não quer recebê-la e por isso não aparece. Começa a refletir e perceber que foi uma ideia terrível ter vindo. A cabeça dela é inundada por pensamentos sobre como a Regina a odeia e não quer voltar a vê-la, ela sente sua cabeça explodir de dor. Massageia as têmporas e decide ir embora. Emma se levanta da poltrona e sai da sala, quando ela coloca a mão na porta de saída escuta

- Senhorita Swan…


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...