1. Spirit Fanfics >
  2. Os cavaleiros da luz e o amor eterno >
  3. Cavaleiros e polaróides

História Os cavaleiros da luz e o amor eterno - Capítulo 15


Escrita por:


Notas do Autor


Oieee
Tudo bem com vcs?
Bem vou dizer algo interessante!
Estou abrindo vagas para personagens do proximo cap
Pois estou sem criatividade e quero que a história seja mais interativa.
A ficha para criar e a seguinte:

Nome:
Idade:
Altura: (opcional)
Fisico:(corporal)
Elemento regente: (ou elementos)
Poder: (tipo uma individualidade)
Estilo: (roupas que gosta de usar)
Comida favorita: (nescessario)
Armadura: (em detalhes para eu poder criar)
Personalidade:
Cor dos olhos/cabelo:
Raça furry:

Capítulo 15 - Cavaleiros e polaróides


POV DIEGO

Acordo com o sol iluminando meu rosto, hoje promete ser um longo dia de treinamento. 

O sol estava bem forte e refleti no jarro de vidro vermelho, uma parte do quarto estava vermelha com reflexo. 

Me sento na cama para acordae um pouco mais, me espreguiço ate que levanto da cama em rumo a cozinha. Ao chegar me pergunto "o que vou fazer para comer?" bem não sei, acho que vou fazer um sanduiche para mim, para os ômegas acho que o mesmo. Hoje sera o dia de treinamento deles, ira vir um polaróide. 

Polaróides são como heróis, são cavaleiros com poderes extra como o Hagu kari que tem poderes de criar espinhos venenosos; alem disso os polaróides tem codinome, como nome de super-heróis. O Polaróide que vai vir é nada mais nada menos que Tsukaki Baronzy o Tecno Batisuki ou também Tecno Ray. Ele tem um grande historico de salvamentos e na ficha diz que seus resgates tem uma tacha de 98% de reféns e civis salvos em trabalho. 

Max e adepto a ser um polaróide, mas se continuar desse jeito que esta vai ser mais facil ainda. Ele e um otimo companheiro de equipe (que esta escrito na ficha da escola) seu ponto ruim e que ele ainda não tem controle do seu corpo, não consegue controlar sua excitação, alem do mais ele e um beta! Betas não tem cio! Bem ele é mais misterioso que vários outros. 

Ao chegar na cozinha pego os pães e começo a fazer os sanduíches, pego o pão coloco uma folha alfaçe coloco três  rodelas de tomate uma fatia de presunto artificial coloco duas folhas de rucula e coloco queijo e presunto(artificial) coloco os molhos e finalmente o pão. Tenho de admitir eu adoro sanduíches sem muita carne, prefiro comer pouca carne. 

Vou acordar os omegas e o Max que é um ciomento ( hahahahha que piada com cio, extraordinária). Eu abro a porta e adentro ao quarto.

Diego: oiii bom diaa! Vamô acorda que vocês tem que treinar!

Max: treinar.. pra que? Não era o Alon!

Diego:bom dia pra você tambem!! Na verdade voces todos vão treinar... mas pra animar sabem qem vai vir ajudar no treinamento....

Max: um cavaleiro iniciante...

Diego: não... irá vir o Cavaleiro Naito.

Max: o Naito! Ele e o segundo cavaleiro mais importante da vila! Claro so perde pra você...-diz em um tom de sarcasmo

Marco: quem?? 

Max: bom dia meu lobinho! O cavaleiro Naito... ele uma lenda viva!! Seus poderes de luz, gelo, e ar! 

Marco: nossa ele e mesmo bom... ai ai- o lobo reclamou de dor e passa a pato pelo abdômen que era aonde doía. 

Max: que tal eu tirar essa dor... 

Marco: não nem vem!

Diego: o cafe esta pronto! Max quero saberde alguma coisa....

Marco: vou tomar cafe-ele desce da beliche e vai a cozinha

Max: diga... o que quer saber

Diego: se você e um beta_

Max: ja sei se sou um beta por qu tenho cio.. bem... não sou beta!

Diego: oqueeeeeee! Como assim!!

Max: sou um ômega! Mas finjo ser beta! Pode reparar pelo cheiro! 

Diego: e que numca vi um ômega saciar o desejo de outro ômega! 

Max: eu tambem não... acho por que tenho um pau grande! 

Diego: ta bom vai tomar café! Saimos para o campo daqui três horas! Vou acordar o Alon. 

Diego: alonnnnn!!-grito pertoda orelha fo lobo-ibérico 

Alon: ahhhh! Barnalinho! Cadê? Aonde eu tô? Na lagoinha? 

Diego: não você está no casarão do cio e logo vai para o campo de treinamento de herois!

Alon se levanta rapidamente e vai ate a cozinha e se sentana mesa. Todos começam a comer. Eu os aviso sobre o que vai acontecer e saio do dormitorio correndo, meu objetivo era encontrar meu raposo(Lean). Encontro o raposo olhando meu quadro, suas patas estavam fechadas e parecia as apertar mais do que o necessário.  Corro ate ele e ao chegar perto dele...

Diego: oiii meu rapo_ 

Sou surpreendido por um soco muito forte do mesmo. Seu soco era muito forte e me fez cair no chão. 

'Lean tem o mesmo poder que eu, o chamado" Força de todos", o poder amplia ao maximo sua força corporal, alem de pode-la distribuir por todo corpo ou so em uma área.'

Mesmo assim seu soco foi totalmente sincero, não utilizou seu poder.

Diego: p-porque fez isso Lean?-pergunto a ele e passo meu dedo sobre  focinho, vejo que esta sangrando- d-doeu raposo.

Lean: e-eu pensei que tinha dito me amar!-gritou ate suas lagrimas começarem a cair-eu pensei....

Diego: mas eu te amo meu raposo! Eu te amo muito! Lembra eu sou só seu! 

Lean: eu fiquei sabendo o que você fez!! Eu pensei que era seu ômega! Parece que que não! 

Diego: você e meu alfa! 

Lean: então por que fez isso!-gritou em soluços e pausas para enxugar as lagrimas- por que fez isso?!?

Diego: ahn? O que eu fiz? Não estou entendendo?

Lean: eu fiquei sabendo que você.... transou com o Marco.... e verdade?

Diego: ah entendi... Lean... e verdade....

Lean: por que não me disse antes? Por que escondeu de mim?

Diego: eu não sei!!-disse com o choro tomando conta de mimha expressão- eu nem queria estar aqui! NÃO QUERIA INCOMODAR!

Lean: você e importante pra mim! Eu te amo! Não esconda essas coisas! Suportar o cheiro de cio de três ômegas e não pegar nenhum não e tão facil eu... eu te compreendo!

Eu não pensava nada alem de querer dar meu poder a ele. 

Diego: não da pra simplesmente... eu transferir meu poder a você.. e depois me matar? Não sirvo pra nada! Eu transei com um cara mais velho que eu por que ele ta no cio!

Lean: não nao da- o raposo diz com um sorriso sincero- eu te amo Diego. Nada vai mudar!

Eu não penso duas vezes e pulo para um abraço, em centésimos eu mudo de idéia. E ao chegar mais perto dele eu junto seus labios ao meu. Enquanto o tempo não passava eu beijava o MEU raposo.

Eu adoro ele, eu o amo. Eu sou só dele!

Enquanto o beijo continuava o raposo pede passagem com a lingua que e cedida por mim sem exitar. Nesses momentos sua lingua adentradava minha boca e a explorava suavemente. Eu podia sentir todo o sentimento que o raposo transmitia, sentia o gosto de nossa saliva se misturando e assim aprofundaando o beijo. O beijo estava tão confortante e gostoso, mas nos separamos pelo oxigenio que nos fez falta. Nos separamos e me despedi de Lean, ele faz o mesmo e tomamos nossos rumos. 

Ao chegar no dormitorio os ômegas ja haviam arumado ps equipamentos para o treinamento. Saimos de la e vamos ao campo de treinamento 

AO CHEGAREM LÁ 

Chegamos no campo e logo foram se trocar. O uniforme de treinamento era uma camisa preta com listras retas em cor de azul, as listras passam desde a gola ate a barriga dando uma imagem que parece um rio que passa na gola, mangas, pelas costas e barriga. A calca era de moletom fino e tinha uma listra azul dos dois lados. Eles usavam um tenis preto com os cadarços azuis.

Bem esta na hora dos heróis chegarem. 

Diego: bem.. esta na hora! Em fila!

Max: não to com vontade.... 

Marco: vai logo! E so ficar do meu lado!

Max: vou ganharo que?

Marco: um dia de treinamento com o Cavaleiro Naito Hatzukimi!

Max: ta bom... que saco.

Se passa quase um minuto quando ouço  passos metalicos. Não muito longe chega o lendario cavaleiro Naito. 

O cavaleiro usava um sobretudo cinza claro com mangas curtas mas largas, em suas patas tinha luvas de pano fofas e macias que ficavam por baixo de uma luva metalica com um simbolo ao lado. Tinha ombreiras de ferro em tal formato normal, seus braços eram guardados pela armadura, ja o peitoral aparecia o mesmo simbolo so que maior e com detalhes a mais como alguns simbolos. Em seu peitoral saiam longas astes de ferro (quatro no total, duas perto dos ombros e duas perto de sua barriga) que iam se envergando comforme iam passanfo das costas do cavaleiro , na ponta das astes pequenas lanternas. Na borda de baixo do sobretudo de tecido grosso era uma barra de alumuino que na ponta tinha uma estrela de cada lado. Ele usava uma calça fina com revestimento metalico da armadura, suas botas eram de aço e eram maiores que o nescesaario, elas iam ate seu joelho e tinha sistema de molas e tambem eram hiper resistentes.  

Naito era um lobo cinzento albino ( que engraçado ver isso não?) seus olhos eram tatalmente eterocromaticos com os olhos violetas em degradê de azul-safira e um pouco de verde esmeralda (por isso ele e dito como joia rara, hahahaha), seu pelo era branco como a neve e seus cabelos tinham mechas em variadas cores como amarelo, verde esmeralda, azul céu, e  violeta. 

Naito: ola! Eu como ja devem saber sou o Cavaleiro Naito! Eu troxe algums convidados comigo... alguns discípulos e alguns polaróides!

Marco: o que e um polaróide? 

Max: bem...... um polaróide é meio que um cavaleiro que tem poderes, cada polaróide tem seu poder especifico.. como exemplo o Deadly Thorn ou Hagu Kari com o poder de criar espinhos e lanca-los de seu corpo, alem de poder transformar os mesmos em lanças e outros!

Alon: e se o cavaleiro tiver poderes ele tera que se tornar um polaróide?

Naito: não! So se ele quiser ser um polaróide! Se você tem algum poder voce que decide se vai ser heroi ou polaróide!

Marco: ata...

Naito: ai vem eles!-diz ele apontando para o lugar aonde iam chegar os polaróides.

De la sai o polaróide n° 1 Tecno Batsuki. Ele usa uma armadura roxa, em suas patas usava uma luva roxa com um círculo paracedo com uma argola, seus braços e pernas estavam cobertos pela armadura, por cima usava um sobretudo preto que ia ate seus tornozelos, e  com mangas largas, suas botas eram um pouco maiores que do Naito mais com o diferencial, eram mais tecnológicas, eram de ultima geração. Seu cabelo era um degradê de preto perto das raizes e roxo um pouco mais abaixo. Seu penteado era mechas pontiagudas que cobriam seu olho direito, e mechas juntas ainda mais pontiagudas que se inclinavam em direção ao ceu. Ele usava um visorem linhas retas (ou pra quem joga gacha life, o visor n°3 aquele bem estiloso) e grudado ao visor um aparelho cumunicativo em forma de uma pequena chama(other 15). Perto dos ombros capinhas saiam de la. E em suas costas um modulo de polimeros de alta tecnologia (wing 6, so que com alterações em forma que permita ter mais asas). Seus olhos eram violetas com um diferencial, em volta de suas pupilas havia como uma mira, que era parte de seu poder individual. 










Notas Finais


Perdoem-me a demora
Estou terminando com os problemas
E vou postar mais cap de uma fic por vez
Por mais que demore vai ter mais caps pra vcs

Ate maisss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...