História Os Cullen antes de Crepúsculo - Capítulo 29


Escrita por:

Postado
Categorias Saga Crepúsculo
Visualizações 30
Palavras 1.309
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura ♥

Capítulo 29 - Isabella Swan


Fanfic / Fanfiction Os Cullen antes de Crepúsculo - Capítulo 29 - Isabella Swan

(POV) Alice

2010. Estamos a um ano e meio em Forks, nos adaptamos muito bem, Esme fez uma amiga, Joana, da loja. Fomos ao chá dela ano passado, e conhecemos Lauren , que não é nenhum pouco simpática como a mãe.  No colégio não progredimos muito em termos de amizade, e talvez isso seja bom, porque quando estamos sós podemos ser nós mesmos. 

Amanhã iniciam as aulas pós  férias de verão . Verão, é engraçado falar de verão em Forks, é sempre tão nublado e chuvoso. Perfeito. 

Estávamos na sala, como sempre, fazendo o que costumávamos fazer, Emmett, Jasper e Edward estavam vendo futebol,  enquanto Rose  e eu conversamos no sofá, e Esme e Carlisle estavam abraçados conversando. Fofos. 

Eu tive uma visão. Geralmente tenho visões que envolvem nossa família. Mas dessa vez foi diferente.  Eu tive a visão de uma garota, chegando em Forks, branca, com cabelos castanhos ondulados, mas eu nunca havia visto em toda minha existência. Qual a relação dela com minha família? 

- Alice, Alice o que você viu? - Rose me perguntou. 

Quando olhei ao meu redor todos estavam ali, me olhando curiosos.

- Eu vi uma garota, eu..eu

- Você a conhece querida? - Esme me perguntou

- Não, eu nunca a vi - Respondi

- Eu também não, ela é bem jovem, acho difícil que um de nós a conheça- Edward falou, vendo a imagem dela em minha mente. 

- Porque acha que eu a vi? - Perguntei para Carlisle. 

- Não sei, se você diz que não a conhece, eu realmente não entendo. - Ele respondeu pensativo - não se preocupe com isso, ela está chegando na cidade, normal. 

Eu concordei. 

Chegamos à Forks High school. Era o último ano de Rose, Jasper e Emmett. Mas Edward e eu ainda temos dois longos dois anos pela frente. 

No almoço, entramos e fomos direto para nossa mesa. Quando sentei, vi uma menina nova, na mesa no meio do refeitório, com Jéssica Stanley. Era a menina da minha visão. 

(POV) Edward.

Ouvi os pensamentos de Alice e me virei para a garota nova. Ela era linda, incrivelmente linda. A pele branca como marfim, os olhos castanho escuro e o cabelo perfeito. 

- Quem é ela? - Emmett me perguntou

 Eu tentei ouvir os pensamentos dela, mas não ouvi nada. Absolutamente nada. Então me concentrei nos pensamentos de Jéssica.

- Ela é Isabella Swan. - Eu disse

- A filha do chefe de polícia? - Rose me perguntou. 

- Só pode ser. É o único Swan na cidade- Jasper respondeu. 

Nossos olhos se concentraram nela por alguns segundos. 

- Jéssica já disse algo sobre nós para ela? - Emmett me perguntou. 

- Apenas a verdade. Nada muito aterrorizante dessa vez. Estou desapontado. - Eu brinquei.

Emmett riu.

Lauren se aproximou da nossa mesa, para falar com uma garota. Pude ouvir a luta de Jasper. Estávamos semanas sem caçar, estava sendo difícil para ele. 

Edward, como ele está? - Alice pensou, virei automaticamente para ela. Sacudi a cabeça para cima e pra baixo, sim. Nós temos um código. 

Obrigada,  me avise se alguma coisa mudar - Ela sorriu.

Eu acenti. 

- Ajuda pensar na família deles - Alice tentou ajuda-lo - Ela é Lauren , a mãe dela convidou Esme para um chá lembra? 

- Sim, eu sei quem é ela- Jasper disse com a voz seca. 

- Fique tranquilo, só segure a respiração. - Rose sugeriu.

O sinal tocou. 

Fui para a aula de biologia, e os outros seguiram para suas respectivas salas. 

Me sentei na minha mesa de sempre, sozinho. A novata estava na porta da sala, acompanhada por Mike Newton e Erick alguma coisa. Não lembro o nome dele. 

Infelizmente, ela passou em frente ao ventilador, o cheiro dela era muito atraente, delicioso. Minha primeira reação foi tapar o nariz, como se isso fosse ajudar alguma coisa. 

Para o azar dela e desespero meu,  o único lugar vazio na sala era ao meu lado. 

Ela caminhou até o lugar vazio, e com certeza, mesmo não conseguindo ouvir o que ela pensava, tenho certeza que ela percebeu meu desgosto, porque jogou uma cortina de cabelos entre nós. Eu me afastei o mais longe possível dela.  

Dei Boas vindas à queimação. 

O restante da aula foi insuportável. Minha cabeça estava cheia de pensamentos, opções. Matá-la,  sair de sala como um louco, ou simplesmente ser forte e resistir. Eu escolhi a última. Não podia destruir tudo que Carlisle construiu por nós todos esses anos.

Finalmente o sinal tocou. Corri para fora da sala como um louco, entrei no meu carro e fiquei esperando meus irmãos. Eles estavam demorando e eu precisava sair dali o mais breve possível. 

Finalmente eles chegaram.

- Desculpe a demora, tínhamos trabalhos para entregar. - Rose falou entrando no carro.

- Tudo bem - Respondi.  

Eles notaram minha frustração. 

Edward, não faça isso - Alice pensou. 

- Agora não Alice- Eu murmurei. 

Por favor...

- Alice- Eu disse irritado. 

Ela se afundou emburrada no banco de trás do carro e todos os outros se olharam sem entender. 

Estacionei em frente de casa.

- Vou falar com Carlisle- Disse para Alice,  enquanto eles saiam do carro.

- Edward, pense bem, por favor - Ela me pediu. - Eu explico tudo a eles. Mas a Esme não. 

Esme iria ficar arrasada,Alice não iria ter como falar algo a ela.

Fui para o hospital, eu não podia tomar uma decisão e não falar com Carlisle. Não podia fazer isso com ele.

Eu e meus irmãos tínhamos ido muitas vezes ao hospital para falar com ele, então eu conhecia os recepcionistas. O Hospital não me agradava, os pensamentos me deixavam louco, mas eu precisava falar com ele.

- Vim ver meu pai, o Dr. Cullen,  ele está livre? - Eu perguntei à recepcionista.

- Dr .Cullen...sim querido,  pode ir no escritório. - Ela me respondeu. 

Fui até o escritório de Carlisle.

- Carlisle.

- Edward,  o que você faz aqui?- Ele me perguntou. 

Resolvi ir direto ao ponto. 

- a garota da visão de Alice, o nome dela é Isabella Swan, o dia hoje foi terrível,  o cheiro dela é horrível para mim, eu não estava conseguindo me controlar ao lado dela, eu ia matá-la.

- Edward, eu sinto muito, o que você quer fazer sobre isso?- Ele me perguntou.

- Eu vou ficar longe por um tempo.  Eu não sei se vou conseguir ficar perto dela mais uma vez- Eu disse, olhando para baixo, não queria ver a expressão de Carlisle quando eu falasse isso. 

- Está tudo bem Edward, faça o que achar necessário. Ficaremos bem- Ele disse colocando a mão em meu ombro.

Olhei para a foto da família na mesa dele. Era horrível ter que deixa-los. 

- Obrigado. - Eu disse - Vou passar em casa, pegar umas roupas....

- Para onde você vai? - Ele me perguntou. 

- Não sei ainda, vou decidir no caminho- Respondi. 

- Eu tenho plantão hoje, use meu carro.- Ele falou.

- Obrigado.

Ele me puxou para um abraço. 

- Cuidado filho.- Ele me desejou enquanto eu saía do escritório. 

Voltei para casa na Mercedes de Carlisle,  subi  para pegar umas roupas e encontrei com Alice na escada. 

- Fale baixo, não quero que Esme saiba que estou aqui.- Eu disse para ela.

- Não faça isso Edward, não nos deixe- Ela me pediu baixinho.

- Alice, eu preciso disso. - Respondi. 

- Pense em Esme e Carlisle, você vai fazer falta- Ela disse. 

- Já falei com Carlisle, e Esme tem vocês- Respondi.

- Não é a mesma coisa- Ela disse me puxando para um abraço. - vou sentir saudades.

- Eu também. Carlisle vai contar para Esme, você cuida dos outros certo?

- Sim, eles vão sentir saudades também. Até Rose.- Ela disse rindo.

- Por incrível que pareça, eu também vou sentir saudades dela.

Ela riu.

Peguei minhas coisas, e olhei Alice no alto da escada. Acenei para ela.

Ainda não sabia para onde eu iria. Mas eu precisava ir para longe de Forks, mais precisamente, para longe de Isabella Swan. 







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...