1. Spirit Fanfics >
  2. Os Décimo Quarto >
  3. Capítulo 2

História Os Décimo Quarto - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Capítulo 2


Kanda já havia tirado sua katana de perto do olho de Allen ainda os encarando com seu olhar afiado e frio que deixava o albino sem jeito, Ashley ainda desconfiada de Kanda havia feito pequenas bolhas com nuvens cinzas carregadas de raios em volta da cintura do azulado que não havia as notadas

- A-Abrir o portão?! Nós lhe permitimos a passagem Allen e Ashley Walker – Os três olhavam para o portão que aos poucos ia abrindo deixando Kanda um pouco desconfiada

Allen/Ashley: Waah!! – Novamente o azulado aponta sua katana dessa vez no olho direito de Ashley

Komui: Chottomatte Kanda

Kanda: Komui, o que está havendo?

Komui: Sinto muito. Essas crianças são pupilos do General. Desculpe-se, líder do esquadrão, vai, vai

Reeve: DO JEITO QUE VOCÊ FALA PARECE QUE A CULPA É MINHA!!

Komui: Timcampy está com ele, e está é uma prova, eles estão do nosso lado – O azulado afasta sua katana do olho de Ashley recebendo o golpe de uma prancheta na cabeça Lenalee

Lenalee: Grosseiro – Os três olham para a esverdeada que estava levemente irritada com a atitude de Kanda – Eu disse para parar, se não entrarem logo, vou fechar o portão. Entrem

Ashley: Espere – Antes que o azulado pudesse se mover a cacheada desfaz as bolhas as fazendo virar pétalas de uma flor de Lotus – Tinha que me prevenir

Allen: Quando fez aquilo?

Ashley: Quando ele quase furou seu olho – O albino olha indignado para a irmã que sorria e coçava a nuca – Mas veja pelo lado bom

Allen: QUE LADO BOM? EU QUASE PERDI MEU OLHO

Ashley: Esse é o lado bom – Uma aura escura começa a se apossar do corpo de Allen começando a assustar a menor – A-Allen...

Allen: Isso vai ter volta Ashley – A voz de Allen era assustadora fazendo um calafrio percorrer pela espinha vertebral de Ashley

Ashley: H-Hai A-Allen-sama

Allen: Bom vamos entrar – Allen volta ao seu estado normal seguindo para dentro da Ordem Negra junto de Lenalee

“Ashley: K-Kowai”

Lenalee: Eu sou Lenalee, assistente do supervisor. Eu vou leva-los até ele

Ashley: Prazer em conhece-los

Allen: Oh, Kanda! – Allen se dirige até um distancia razoável de Kanda que se virando lançando um olhar frio para o albino que se sente um frio em sua barriga – Esse é o seu nome, não? É um prazer em conhece-lo – Allen estende sua mão vendo Kanda não expressar nenhuma sensação

Kanda: Quem gostaria de um aperto de mão de um amaldiçoado – Kanda deixa Allen plantado com a mão estendida muito irritado fazendo sua aura negra se apossar de seu corpo novamente

“Allen: Discriminação...”

Lenalee: Sinto muito, ele acabou de voltar de uma missão está um pouco cansado

Ashley: Vamos indo, né Allen – A cacheada se aproxima do albino tocando seu ombro tentando fazer aquela aura do mesmo desaparecer se arrepiando com o olhar do mesmo – A-Allen-s-sama

Allen: Vamos – O albino se dirige para o lado de Lenalee já sem sua alma negra

Todos olhavam para os jovens não tardando de falarem sobre a aparência e sobre os gêmeos algo que já que não os incomodava mais, conforme andavam Lenalee mostrava algumas partes importantes da Ordem Negra para os gêmeos

Lenalee: Todos os exorcistas partem para missões daqui, então alguns chamam está base de “Lar”. E há aqueles que propositadamente evitam voltar aqui

“Ashley/Allen: Meu mestre...”

“Allen: Lar em...”

“Ashley: Acho que podemos considerar futuramente”

Os gêmeos voltam a seguir Lenalee logo encontrando com um homem alto com um jaleco e uma caneca azul com um coelho

Komui: Olá, como vão vocês hoje? Eu sou Komui Lee, supervisor do grupo cientifico – Os gêmeos ficam olhando com uma gota na cabeça o supervisor, o trio começa a seguir Komui até a enfermaria – Bem-vindos Allen, Ashley. Tivemos alguns probleminhas, não?

- E DE QUEM FOI A CULPA? – Komui ignorar os cientistas continuando andando até a enfermaria

Komui: Então, pode me mostrar seu braço, Allen?

Allen: Hã?

Komui: Há um instante, você foi atacado por Kanda e sua arma foi danificada. Não precisa esconder – Allen levanta a manga mostrando seu braço danificado na mesa de alumínio vendo Komui analisar o ferimento – Parece que os cordões nervosos foram danificados, Lenalee traga-me a anestesia. Pode ativa-lo?

Allen: Ah, claro – “Ativar”

Komui: Oh...hmm. Você é do tipo parasita – Komui bate no que seria a lataria do braço de Allen – Vocês são do tipo parasita

Ashley: Tipo parasita?

Komui: Sim, significa que pode tornar seu próprio corpo uma arma

Ashley: Ah, na verdade, eu tinha minha própria, mas eu acabei fazendo uma merda e ela se fundiu comigo

Lenalee: Como?

Ashley: Eu sou filha de uma bruxa, por causa de um feitiço mal feito minha arma anti-akuma se fundiu comigo

Komui: Bom de todos os tipos de arma anti-akuma está é a mais rara – Komui larga sua caneca pegando o necessário para o braço de Allen – Já que uma arma do tipo parasita entra em sincronia com o corpo é mais possível de ser afetada

Allen: O que você vai fazer com essa coisa? – Ashley olhava um pouco apavorada para o que tinha quatro agulhas gigantes enquanto Allen tinha um ponto de interrogação em sua cabeça

Komui: Hm? Vou concertar seu braço, bom será um pouco...chocante – Cuidadosamente Komui começa a aproximar uma de suas armas no braço do albino começando a deixa-lo apavorado

Ashley: Boa sorte, Nii-san – Ashley se encontrava ao lado do batente da porta dando um tchauzinho para Allen saindo da sala

Komui: Se não quiser presenciar o trauma...melhor não olhar

Allen: Cho-Chottomatte

Allen: GYAAAAAAAAAAAA~~!! – Os gritos de Allen ecoam por toda Ordem Negra mas para todos aquilo já era normal

“Ashley: Nunca nessa vida eu vou ousar me machucar seriamente”

Lenalee: Komui-nii-san, depois disso você vai levar para aquele lugar, né? Para ver se o Allen e a Ashley são humanos ou não? Apenas em caso de...

Komui: Hm? Não, tudo bem, ele é humano

Lenalee: Como sabe?

Komui: Neste mundo, os únicos organismos que podem ser amaldiçoados são os seres humanos – Uns minutos depois Komui termina de consertar o braço Allen que tinha um fantasminha seu saindo de sua boca – Yoshi! Allen já está curado, Ashley sua vez

Ashley: Minha? – Lenalee empurra a menor para dentro da sala de novamente, Ashley engole em seco retirando os sapatos e as roupas de baixo se deitando na mesa vendo Komui analisando rapidamente suas feridas

Komui: Até que não estão tão feio, vou apenas enfaixar sua cintura, quadril e coxa

Ashley: Ok – “Aleluia”

Rapidamente Komui enfaixa o ferimento de Ashley, com a ajuda de Ashley o albino que estava um pouco groge por causa da anestesia é arrastado para o próximo destino que Komui não havia revelado enquanto se recuperava da anestesia

Komui: Seu braço não pode ser mover devido à anestesia, mas já está bom

“Allen: Eu nunca mais vou deixar machucarem esse braço de novo”

Komui: Há alguns efeitos colaterais, mas tipos parasitas são raros. Agora...o tipo de vocês é um dos melhores na ativação do poder da “Innocence”

Allen/Ashley: Innocence

- Vocês possuem a Innocence de Deus, o poder da onipotência intelectual. Uma vez mais temos em mãos dois deuses

Komui: Esse é o pessoal dos nossos superiores, comandante-chefe. Agora, mostrem a eles o valor de vocês



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...