História Os Deuses daqui - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias God of War, Mitologia Brasileira, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Personagens Originais
Tags Brasil, Deuses, Fantasia, God Of War, Lendas, Mitologia, Percy Jackson
Visualizações 13
Palavras 274
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Aventura, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Magia, Saga
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - A proposta(atualizada)


Fanfic / Fanfiction Os Deuses daqui - Capítulo 2 - A proposta(atualizada)

Então Anhangá olhou no fundo dos meus olhos e disse.

- pouparei as desprezíveis vidas sua e de seu irmão, que sirva de lição, aprendam a não caçar animais indefesos.

Então os corpos de meus pais foram reduzidos a pó, diante de meus olhos.

Osório (bêbado)

- AHAHAHA você é um ótimo inventor de histórias garoto.

Edgar (dono da taverna)

- HAHAHA falta me dizer que vai querer vingança.

Petric

- EU VOU ACABAR COM AQUELA ABERRAÇÃO.

Edgar

- Ok, agora está tarde para um jovem estar fora de casa, vamos, para casa!

Então Edgar pegou Petric pelo colarinho e o levou para fora, meio contrariado más partiu andando pelas ruas geladas e escuras do vale do bomvento, quando derrepente ouviu um baixo chamado

Desconhecido

- Ei garoto.

Era uma figura misteriosa, um homem alto, usava uma espécie de capuz para esconder o rosto.

Petric

- o que você quer ? Falou em tom intimidador.

Desconhecido

- eu ouvi sua história, acredito em ti, tenho uma informação que pode ser interessante para você.

Petric

- pois bem, diga

Desconhecido

- as coisas não são assim, antes preciso de um favor, sei que você e Edgar são no mínimo amigos, ele nunca deixaria um garoto se quer entrar na taverna, ainda mais a essas horas.

Petric

- Sim o conheço bem, o que você quer, diga logo!

Desconhecido

- ele guarda uma adaga dentro do quarto, ela me pertence e significa muito pra mim, me traga ela e então eu lhe conto.

Petric

- aaa eu não sei não, não quero confusão com o Edgar.

Desconhecido

- não terá confusão, a adaga é minha, além do mais valerá muito a pena, posso lhe garantir.

Então Petric se viu preso em um impasse, aceitar ou não a proposta, e você jovem gûarinim, o que faria ? Comente.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...