História Os Elementais - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Agua, Deuses, Elementos, Fogo, Protagonista Feminino, Terra
Visualizações 7
Palavras 2.029
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Luta, Romance e Novela
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Imagens do Google.


Tenham uma boa leitura.

Capítulo 1 - Minha manhã


Fanfic / Fanfiction Os Elementais - Capítulo 1 - Minha manhã

Capitulo 1

 

*** POV ALICE ***

 

Acordo todos os dias da mesma forma desde que eu me lembro...

- ALICE!!! ERICH!!! JORDAN!!! ACORDA!!! ESTA NA HORA DO CAFÉ!!! (???)

... com minha mãe gritando da cozinha para eu e meus irmãos descerem para tomar o café da manhã.

- JÁ VOU MÃE!!! (Alice)

Assim que abro os olhos volto a fechar por causa da luz saindo da fresta da janela e luto contra a vontade de voltar a dormir. Quando finalmente consigo levantar e começar a me arrumar para a escola sinto um estranho sentimento de que algo ruim vai acontecer...

- ALICE QUERIDA!! SE VOCÊ NÃO DESCER LOGO SEUS IRMÃOS VÃO COMER A COMIDA TODA !!(Mãe da Alice)

- JURO POR ÁMAR* QUE SE TOCAREM NA MINHA COMIDA VOU TRANSFORMAR ELES EM CINZAS!!! (Alice)

(Ámar – um dos 4 deuses Elementais, deus do amor e do fogo.)

Dizendo isso termino de me arrumar o mais rápido que posso pego minha mochila (que graças a Ámar já tinha deixado arrumada ontem) e desci correndo as escadas e fui para a mesa de jantar em que todos já estavam sentados me esperando para tomar café.

- Bem, maninha, você pode até tentar, mas é mais provável que você se queime já que... (???)

Meu irmão mais velho Erich nem consegue terminar a frase antes do nosso pai intervir.

- Pare já com isso Erich! Alice também! Lembro que já falamos sobre isso e não quero ter que repetir, não gosto que fiquem pegando no pé da sua irmã só porque ela não é Elementista**! (Pai da Alice)

(Elementista – é uma pessoa de um dos 4 clãs Elementais
Terra, Água, Fogo e Ar, que pode controlar um elemento.)

- Calma pai! Eu estava só zoando um pouco com ela. (Erich)

- É querido, todos adoramos a Lice pelo que ela é, não se preocupe. (Mãe da Alice)

Minha mãe declara quando chega a sala com a bandeja de panquecas recém feitas, beija meu pai para acalma-lo, coloca a bandeja na mesa e fala.

- Bom apetite meus anjos. (Mãe da Alice)

Minha mãe diz com um sorriso caloroso e gentil um pouco antes de atacarmos a mesa cheia de comida.

- Obrigado mãe!!! (Alice, Erich, Jordan)

- Obrigado querida. (Pai da Alice)

- De nada. (Mãe da Alice)

Qualquer um pode ver que minha família é muito unida e todos que a veem de fora acham que somos felizes e normais, mas não é bem assim. Nós fazemos parte do Clã do principal do fogo, somos os Ray. A mais de 5 séculos nós nos autodenominamos Elementistas, aqueles que controlam os elementos e os guardiões da cidade de Clouver. Existem quatro clãs, um para cada elemento, e três famílias em cada clã, sendo que uma é a representante principal, ou seja, a minha família representa o clã do fogo.

Se bem que estamos mais para sub representantes, já que o atual chefe é o meu avô, Raymond Ray, um homem de quase 2 metros, musculoso de pele morena, cabelos brancos e olhos avelã, e o próximo chefe é o meu tio, irmão mais novo do meu pai, Devon Ray, um homem de 1,95 também moreno com cabelos brancos e olhos avelã. De modo que eu e meus irmãos estamos na família principal só no nome mesmo.

Agora você me pergunta, normalmente não seria meu pai o próximo chefe já que ele é o filho mais velho e tal?

A resposta é simples. Sim. Meu pai era o próximo chefe.

Mas quem disse que a vida é fácil assim?

Meu pai, Jacob Ray, mesma coisa que meu tio só que menos musculoso, mas não menos forte, sendo o filho mais velho tinha muitas responsabilidades para com o clã e uma delas era se casar com uma Elementista de uma das casas secundarias do clã do fogo, pois é tradição que o chefe e os futuros chefes sejam o mais conectados possível com o deus do fogo Ámar então o chefe só pode ser alguém casado com outro Elementista de fogo e bla blabla blabla...

Enfim! Já deu pra adivinhar que não foi bem isso que aconteceu né?

Meu pai se apaixonou sim por uma Elementista, mas não uma do clã do fogo e sim uma do clã da água, mas não qualquer uma ele se apaixonou logo pela filha do chefe do clã principal da água!

Sim, meus queridos, vocês ouviram bem, CLÃ PRINCIPAL DA ÁGUA!!!

Minha querida mãe, Marissa Khouri (na época, hoje ela se chama Ray né :p), uma mulher esbelta de longos e lisos cabelos pretos e olhos um pouco puxados azuis e pele cor de marfim que faz ela parecer uma beldade, é do clã da água o elemento oposto do fogo, obviamente não seria possível seguir a tradição se meu pai se casou com ela, então ele foi lá e desistiu de suceder meu avô!

E ai que o caldo engrossa!!

Meu vô ficou muito bravo com meu pai, que só pra constar só resolveu anunciar que não iria mais suceder no dia da cerimônia de sucessão em que meu avô e os outros chefes iriam dizer quem seria seu sucessor para todos os clãs Elementais (e sim o sucessor é escolhido pelo chefe, mas normalmente é sempre o filho ou filha mais velho), então pode-se imaginar como foi uma baita de uma confusão quando não só o sucessor do clã principal do fogo (que pelo que eu soube não foi tão problemático assim já que todo mundo já era acostumado com o clã de fogo fazendo bagunça), mas também a sucessora do clã principal da água, que é o clã mais tradicional dos quatro, renunciarem a sucessão para poderem ficar juntos.

Eu vou resumir se não vai ficar meio longa essa introdução, o vô Ray no final perdoou o meu pai e o tio Devon aceitou ser o sucessor no lugar dele, mas a vó e o vô Khouri ficaram horrorizados com a afronta da minha mãe ao desobedecer e resolver se casar com um Elementista do fogo (os dois clãs não se davam nada bem na época e depois disso então nem se fala), só sei que nó final eles deserdaram a minha mãe e ela já não é nem mais considerada filha deles. Não que minha mãe ligue muito já que ela não se dava bem com a família dela de qualquer forma. Ela se casou com meu pai e foi muito bem acolhida no clã de fogo por incrível que pareça. E eles tem vivido muito bem os últimos 20 anos de casados então os únicos que realmente perderam alguma coisa naquele dia foram os pais da minha mãe que deixaram de ter uma filha maravilhosa ao lado deles só por causa do orgulho.

Meus pais tiveram filhos obvio, eu to aqui contando minha história certo? O filho mais velho, Erich de 18 anos, cabelos brancos (pra todo mundo no colégio é um loiro muito claro, mas é branco mesmo), olhos azuis, pele branca, mas não aquele branco anêmico nem albino, um branco saudável que junto ao seus 1,87 de altura faz com que ele seja bem popular no colégio e a desgraça ainda é inteligente como diacho eu consigo zoar de volta uma pessoa sem defeito assim? Ele controla chamas de cor azul, seu controle é melhor que qualquer um, pode controlar a temperatura de modo que ela fique tão quente quanto magma ou tão fria que pode congela as coisas. Meu irmão mais novo, Jordan, tem 12 anos e ainda é um baixote de 1,20 de cabelo preto e desgrenhado (igual ao do nosso pai) com olhos avelã e pele morena, pode controlar algumas correntes elétricas que sinceramente as vezes é uma dor de cabeça, já que se ele perde o controle ele solta uma corrente elétrica forte como uma arma de choque indiscriminadamente em um raio de 20 metros ao redor de si graças a Ámar meu pai sempre dá um jeito de acalmar ele, só pra constar meu pai controla eletricidade também, mas num nível muito diferente já que quando ele perde o controle (o que graças a Ámar quase nunca acontece) um blecaute na cidade não é estranho, a eletricidade produzida pelo Jordan é verde e a do meu pai branca. Minha mãe como é do clã da água obviamente controla a água, mas ela é uma daquelas raridades que nascem com todos os três dons possíveis nos clãs ela controla a água, o gelo e a nevoa fazendo dela provavelmente a Elementista da água mais forte do último século!

E essa é a minha família pra você. Confusa né?

Hum? E eu você pergunta? Bem, eu sou uma linda jovem de 15 anos, pele clara de olhos azuis e cabelos marrom avermelhados de 1,65 altura e como já foi dito pelo meu pai ainda pouco eu não sou uma Elementista.

Por que eu não nasci Elementista? Não sei, um dos prováveis motivos deve ser pelo fato dos meus pais serem de elementos opostos, mas ninguém tem certeza. Todos perceberam que tinha algo de errado comigo quando eu nasci e não sentiram a energia Elemental em mim, mas tiveram certeza que eu não era uma Elementista quando eu fiz 5 anos e meu poder não despertou sendo que ele sempre desperta aos 4 anos. Pelo que eu me lembro foi uma zona, meus pais choraram, meu avô e tio fizeram cara de pena e apoiaram meus pais, meus avós maternos quando souberam só fizeram uma cara de esnobes como se isso fosse uma punição. No final todos na minha família se acostumaram até bem com o fato e eu cresci sem quase nunca me sentir inferior por causa disso.

Então, sim. Minha família é feliz. Mas definitivamente não se pode dizer que somos normais. Com exceção de mim nenhum humano que conhecesse nosso segredo diria que somos normais. Mas sinceramente eu prefiro ela assim.

- Terminei! Suas panquecas estavam deliciosas hoje também mãe! (Alice)

Digo sorrindo levantando da mesa e levando a louça para a pia da cozinha.

- Obrigada querida. (Marissa)

- Lice você não tinha que ir mais cedo hoje por causa da reunião de representantes? (Jordan)

- Que?! Que horas são?! Eu esqueci da reunião?! Tchau mãe, tchau pai, se eu correr ainda devo de conseguir pegar o ônibus!

Sem nem dar tempo deles me responderem eu peguei minha mochila e sai correndo de casa.

 

*** POV AUTORA ***

 

- Ela vai ficar muito brava quando notar que a gente já acordou cedo por causa dessa reunião dela, então ela não está nem perto de se atrasar? (Jordan)

- Brava é pouco! Você sabe que ela é vingativa. (Erich)

- Eu estava só brincando! Eu não achei que ela ia sair correndo sem olhar nem o relógio do celular! (Jordan)

- Eu só sei que quando ela se vingar eu quero estar bem longe. (Erich)

- Eu só espero que eu não tenha que intervir como da última vez. (Jacob)

- Verdade, demorou muito para voltar a energia no ultimo blecaute e um monte de comida estragou na geladeira. (Marissa)

- Boa sorte Jon! (Erich, Marissa e Jacob)

Falaram os três com uma cara de pena para o menor que teria que suportar a ira da vingança da irmã mais tarde.

- Não só fiquem olhando e me ajudem! (Jordan)

Diz o menor já com uma cara chorosa começando a perceber a enrascada em que se meteu.

 

***

Em algum lugar~

 

- Só espero que o seu não atrapalhe o meu! (???)

- Já discutimos sobre isso! Demoramos muito tempo discutindo e no final não chegamos a lugar nenhum! (???)

- Eu sei. Nós estamos meio atrasados, mas antes tarde do que nunca. Tome criança que dizem que os deuses abandonaram... (???)

- AQUILO QUE SEMPRE FOI SEU!! (??? e ???)

- Boa sorte criança pois agora é com você. (???)

 

***

 

- Hum? Achei que tinha ouvido algo...

A garota para no meio de sua corrida para não se atrasar, pois pesou ter ouvido algo, mas como não achou a fonte das vozes volta a correr e esquece o evento estranho que acaba de acontecer.


Notas Finais


Obrigado por ler.

Minha primeira história postada aqui no spirit então eu to doida pra saber o que acharam.

Dependera muito da minha paciência para o próximo capitulo sair já que eu sou uma leitora não uma escritora, mas vamos ver no que vai dar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...