História Os fetiches e manias de Min Yoongi - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Seokjin (Jin), Min Yoongi (Suga)
Tags Fetiches, Jin, Manias, Seokjin, Suga, Sugajin, Yoongi, Yoonjin
Visualizações 184
Palavras 2.219
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Lemon, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Repostando minha segunda fanfic que postei no YP(YoongiProject).

Boa leitura.

Capítulo 1 - Único



Em todos os poucos meses em que Jin havia vivido em um relacionamento firmado, fixo e um tanto repentino, com Min yoongi, ele já sabia e dizia que já podia criar uma lista, para a suas maiores manias – nada que lhe incomodasse e ele preferia assim – e supostos fetiches que o mais velho tinha. Nada muito alarmante, mas o suficiente para entrar em uma pequena lista que Jin fazia questão em manter para usar contra o Min, que lhe dizia não ter nada daquilo que o mais novo falava.

Yoongi tinha seu jeito preguiçoso, fazia muito as mesmas coisas diariamente, mas nada que tornasse sua vida monótona. Quando conheceu Jin, se encantou de cara com o grandão que torcia por si das arquibancadas, nos jogos de basquete semanais de seu clube. Poucas dias se conhecendo, algumas semanas de amizade e logo já estavam em um firme e forte namoro que muitos – e eles próprios –, julgavam ser provavelmente duradouro.

Foi numa tarde de sábado, quando Yoongi tinha acabado de sair de sua casa, que Jin resolvera criar sua pequena lista. Ele não estava convicto disso, apenas falava para o namorado o que ele fazia, e isso deixava o mais velho desacreditado e a revirar os olhos a cada “mania” sua que Jin citava. Após ser – segundo ele – desafiado pelo mais velho, jurou a si mesmo que faria uma lista bem específica, e esfregaria na cara do namorado por ter duvidado de si e de seu conhecimento sobre o mesmo.


°°°


1- Yoongi come muito aos sábados.


Era uma verdade que até o mais velho admitia, mas não era em vão.

Os bons e agradáveis domingos, aquele dia em especial que para muitos era um dia de martírio e preocupação com o dia de trabalho que viria ao badalar da meia noite; para Yoongi, era o dia de gastar calorias na quadra e mostrar para todos porquê tinha vindo ao mundo.

– Você não acha que já comeu demais? – Jin perguntou sentando ao lado do mais velho, que sorriu abocanhando o pedaço de pizza que estava em sua mão.

– Não! – Foi apenas o que Yoongi disse, recebendo um revirar de olhos de Jin pela resposta que o mais novo já previa que ele iria lhe dar. – Eu não tenho culpa se você não gosta de apreciar o que Deus nos deu de melhor: comer! – Deu de ombros vendo o namorado bufar, pegar o copo, e bebericar o suco que o mais velho segurava na mão que não continha a pizza.

– Mas não é porque podemos, que devemos fazer tão exageradamente. – Yoongi deu de ombros e Jin novamente revirou os olhos.

Isso foi um fato que aconteceu pouco antes de começarem a namorar e, mesmo que Jin não admitisse em voz alta, essa mania que Yoongi tinha de comer tudo que conseguia e podia aguentar, ele pegou também. Mas foi apenas porque, no final, o namorado fazia questão de o ajudar a queimar as calorias ganhas num bom exercício entre quatro paredes, já que o mais novo se recusava a praticar qualquer esporte que lhe fizesse correr, pular, agachar e etc, em demasiado.


2- Yoongi cheira as roupas lavadas feito um drogado.


Não era mentira, e Jin presenciou este fato na primeira vez que Yoongi foi a sua casa. Estava sozinho, seu colega, parceiro e irmão não estava em casa já que SeokJin havia o expulsado para dar uma geral na mesma e, mesmo que fosse tentadora a ideia de colocar Taehyung como seu empregado, não queria ter que livrar a casa de possíveis bolhas de sabão propositais que o Kim mais novo faria ao lavar qualquer coisa que precisasse de sabão.

– Achei que não viria. – SeokJin abriu um largo sorriso ao ouvir a campainha tocar e, ao abrir a porta, ver que Yoongi estava na mesma. – Principalmente depois de ter contado o real motivo para que eu quisesse você aqui. – riu, sendo acompanhado do mais velho.

– Eu realmente não pretendia trocar minha cama para dar uma de empreguete com você, doce. Mas a ideia de ver você com esse “uniforme” era tentadora. – Jin riu ao vê-lo fazer aspas com os dedos e apontar sua roupa – um short curto folgado e uma blusa larga que quase cobria o short –, mordendo os lábios.

Horas se passaram, e Yoongi pedia clemência a cada nova tarefa que começavam a fazer, Jin só sabia rir. e tudo melhorou quando presenciou a cena do mais velho escorregar no sabão que estavam lavando o banheiro, e cair de bunda no chão, molhando parcialmente suas roupas. Após Yoongi se trocar, eles estavam enfim em sua última tarefa: dobrar roupas.


– Você só pode estar de brincadeira… – Yoongi reclamou ao ver a pilha de roupas que tinham para serem dobradas, o que fez com que o mais novo lhe desse um tapa na nuca.

– Para né Yoongi?! Nem são tantas assim.

No final, acabou que o mais velho deu muito mais trabalho do que Jin imaginava, já que, a cada peça que Yoongi pegava para dobrar, ele cheirava pois, segundo o próprio, havia adorado o cheirinho do amaciante que o mais novo usava em suas roupas.


3- Yoongi e o seu cabelo: é melhor nem tocar.


Para SeokJin essa era a pior mania que o mais velho tinha. No ponto de vista do mais novo, pessoas normais, com necessidades capilares normais, não tentariam arrancar fora a mão de alguém por conta de seu cabelo.

O engraçado era que dentro de quadra, o baixinho não dava a mínima para tal assunto, podia bater, esbarrar, puxar… Mas isso apenas, e só apenas, dentro da quadra numa partida de basquete.

O mais novo lembra como se fosse recente quando o recém loiro, pintara seu cabelo para uma cor “radical” como o verde, pela primeira vez. E ainda mais como o próprio irmão sofreu por ter esbarrado e deixado cair suco de uva, bem no cabelo recém pintado do mais velho.

Foi um martírio e tanto – drama na concepção de Jin – vê-lo lamentar sobre o cabelo por horas a fio, no que mais era um monólogo do que um diálogo decente.

– Chega! – Gritou exasperado, olhando para Yoongi que lhe fitava assustado pelo grito repentino. – Você não pode simplesmente voltar no salão e pintar de novo?

– Mas is-

– Eu não quero saber! – Jin ao menos quis ouvir os protestos do mais velho por ter sido carregado até o salão, onde NamJoon o olhava querendo arrancar-lhe a cabeça, por ter estragado a obra-prima que tinha ficado o seu trabalho no cabelo do mais baixo.

No final do dia tudo voltou ao normal, e Taehyung parou de se esconder e correr toda vez que cruzava com o cunhado.


4- Yoongi e o seu relacionamento com a minha bunda.


Parecia brincadeira quando Jimin dizia que Yoongi gostava de pegar a todo momento na bunda de quem ele estava se relacionando. Principalmente porque Jin nunca vira o mais velho fazer isso com o último namorado que teve, antes de se firmar com SeokJin.

Agora ele sabia o porquê. Segundo Jimin, Yoongi só fazia isso se realmente gostasse da pessoa e já tivesse intimidade o bastante para tal ato, porque o mais velho podia ser safado o quanto fosse, mas ele não era invasivo nem desrespeitoso.

Ele, com certeza, não conseguiria contar nos dedos todas as vezes que Yoongi pegara na sua bunda, em um mísero dia. E no meio dessas idas e vindas da mão pequena do baixinho em sua bunda, ele resolveu desafiá-lo.

– Eu aposto que não consegue ficar um dia sem tocar nela! – encarou o mais baixo, que tinha acabado de o abraçar e levar as mãos a sua bunda.

– Como assim, doce? – arqueou as sobrancelhas, sem entender sobre o que Jin estava falando.

– Minha bunda, Yoongi! Eu aposto que não passa vinte e quatro horas sem pegar nela. – encarou o mais velho com um sorrisinho desafiador.

– Se você acha… – deu de ombros tirando as mãos que ainda se encontravam nas nádegas do mais novo. – Preparasse para perder essa aposta! – falou confiante, e selou os lábios do namorado.

No final, SeokJin realmente perdeu a aposta; a paixão do Min pela bunda do mais novo era grande, mas quando seu lado competitivo era acionado daquele jeito, não tinha como ele perder. E acabou que Jin teve que levar o namorado para jantar naquele final de semana.


5- Yoongi gosta de quando eu me toco.


Para Jin, esse era realmente o maior fetiche que Yoongi tinha na hora em que faziam sexo. De todas as etapas daquela relação prazerosa entre duas – ou mais – pessoas, o mais velho amava as preliminares, principalmente se elas envolviam o mais novo se tocando, dando prazer a si mesmo, em sua frente.

– A-assim Y-yoon-nie…?! – Jin ofegou ao sentir seu baixo ventre repuxar, indicando que se continuasse naquele ato, logo chegaria ao seu clímax.

– I-sso Jin… – Yoongi arfava a cada gemido proferido pelo mais novo, a cada dedo penetrando na entrada rosadinha, a cada movimento da mão do mais novo no próprio membro.

Jin, que estava se tocando deitado na cama até o momento, se levantou e engatinhou no colchão, sob o olhar atento do Min para o que ele iria fazer. Sentou na beirada da cama com os pés para fora da mesma, abriu as pernas e mordeu os lábios voltando a se tocar em seu membro.

Gemeu arrastado o nome do mais velho o provocando, e Yoongi ia a loucura quando ouvia-o gemer seu nome. A visão de Jin gemendo era demais para si, os lábios cheinhos e um tanto avermelhados – por causa de tanto mordê-los – do mais novo entreabertos, a expressão de prazer, era tentadora demais.

Ele sabia que poderia gozar apenas com essa visão que estava tendo do mais novo, mas ele era forte, pelo menos era isso que achava. Mas descobriu exatamente o contrário quando, após alguns movimentos do mais novo no próprio membro e alguns gemidos depois, Yoongi gozou, sujando toda a poltrona de Jin, que não se importou na hora, e que ainda sorriu provocante para o mais velho, o chamando com os dedos para perto de si.

Cansou do próprio joguinho e saiu da cadeira, pronto para tomar Jin para si mais uma vez numa noite de puro prazer e juras de amor. Nessa noite Jin teve a certeza da maior mania e fetiche do mais velho.


6- Yoongi é um vampiro.


Ok. Não é um frase afirmativa literal, até porque vampiros não existem, não é?!

Uma certeza que Jin tinha era que, um dia, ainda perderia algum membro de seu corpo pelas mordidas do namorado.  Ele tinha na cabeça de que às vezes, e só às vezes, ele era até carinhoso.

– Min Yoongi! – Jin acordou aquela noite completamente dolorido, e não era por ter transado com o namorado, e sim pelas marcas – bem visíveis por sinal – que haviam em seu corpo.

– Ahn…? Me deixa dormir, doce, estou exausto. – Virou as costas para o mais novo, que se segurou para não dar uma voadora – se isso fosse possível com eles estando deitados – nas costas do mais baixo.

– Ah mas você não vai voltar a dormir nada! – segurou o corpo do mais velho o virando para si – Olha ‘pra mim Yoongi, olha como você me deixou, de novo… – reclamou com um bico nos lábios.

Na real, ele não dava a mínima para as marcas e nem muito para a dor, o pior de tudo isso era ter que usar casacos no meio do verão, com o calor de matar que estava fazendo nos últimos dias.

Yoongi depois daquele dia prometeu pegar mais leve, e como recompensa fez um oral maravilhoso para Jin como um bom dia e selo de sua promessa.


~•~


De todos as manias e fetiches de Min Yoongi, tinha uma, e apenas uma, que ele admitia ter em voz alta.

Jin observava as estrelas atentamente, o céu estava bem estrelado em sua opinião, naquela noite amena de primavera. Levantou o olhar para ver que o namorado o encarava sem sequer piscar; sorriu sendo retribuído pelo menor, que mostrava sua gengiva num sorriso doce e sincero.

– Você me deixa constrangido me olhando assim Yoonie… – SeokJin virou o rosto falando na direção contrária da que o outro o encarava.

– Eu só estou admirando sua beleza, doce. – sorriu pousando a mão na bochecha do mais velho a acariciando, logo passou a mão para o queixo, segurando alí e fazendo o mais velho lhe fitar corado.

Jin podia ser bem extrovertido, quase sempre era, principalmente com o namorado, mas ele não sabia porque aquele ato, aquela mania, aquele fetiche do namorado lhe fitar tão intensamente como se estivesse vendo sua alma, era um tanto intimidante e o deixava com vergonha.

E mesmo ele não sabendo ou entendendo, o mais velho tinha sim um por quê. Eram os olhinhos grandinhos e redondinhos que o mais novo tinha, eram suas bochechas cheinhas que ficavam ainda mais adoráveis coradas, era seu cabelo caindo levemente sobre a testa cobrindo parcialmente seus olhos, eram seus lábios, seus maravilhosos lábios cheinhos e vermelhos que tanto amava beijar, era SeokJin por completo.

Mesmo que aquilo deixasse o mais novo acanhado, ele nunca pararia de fazer porque, para ele, SeokJin era a mais pura beleza e serenidade num ser só, e se aquela era a maior mania dele, ele nunca se cansaria de a fazer, mesmo que o namorado ficasse envergonhado; ele não deixaria de fazer, e mesmo que fosse deficiente visual ele não deixaria de fazer pois, para Yoongi, Jin era uma obra prima que merecia ser admirada por ele e ninguém mais além dele.


Notas Finais


Agradecer aqui a minha unnie linda e fofa que fez a betagem dessa fic @Kess_yoongi


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...