História Os Filhos da Classe do Assassinato - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Ansatsu Kyoshitsu (Assassination Classroom)
Personagens Personagens Originais
Tags Lua Destruída
Visualizações 45
Palavras 2.961
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


bem, boa leitura^^

Capítulo 2 - Brigas Familiares


Fanfic / Fanfiction Os Filhos da Classe do Assassinato - Capítulo 2 - Brigas Familiares

Horibe Chiharu P.O.V

Eu estava vindo para casa com o Akio como sempre

Ele é tão doce, mas eu queria que ele não escondesse tanto os seus sentimentos...

(Akio):Ei, Chiru

Eu olhei curiosa para ele

(Eu):Sim?

Ele procurou as palavras certas para falar

Ele sempre faz isso, tão cuidadoso...

(Akio):Você não acha que a Kemi anda um pouco estranha?

Eu coloquei a mão no meu queixo pensativa

Realmente, ela anda um pouco estranha. Parece que não dorme direito e, frequentemente, acaba chorando. Isso é muito estranho, ela geralmente é alegre

(Eu):Sim, eu queria que ela me contasse o que está acontecendo...

O Akio sorriu de leve para mim

(Akio):Não se preocupe, cedo ou tarde ela vai te contar. Afinal, vocês são melhores amigas

Eu sorri

(Eu):Tem razão!

Nós paramos em frente a minha casa

(Akio):Até amanhã
(Eu):Até!

Eu acenei para ele e entrei em casa

O papai ainda está na empresa...

Eu subi para o meu quarto e me troquei, coloquei uma blusa cinza que deixa meu ombro a mostra e uma legging preta. Eu desci e comecei a cozinhar algo

Eu acho que o papai vai gostar disso!

Quando terminei de cozinhar, eu guardei a comida, coloquei ela num pote e o coloquei numa sacola. Depois eu fui para a porta, coloquei meus sapatos, tranquei a porta e fui em direção a empresa

O papai disse que o pai dele tinha essa empresa e ele a perdeu. Depois de ganhar muito dinheiro, que ele não quis me dizer como arrumou, ele comprou a empresa novamente. O tio Taisei e o tio Takuya o ajudam algumas vezes na administração

Eu cheguei lá e alguns funcionários me cumprimentaram

Todos são muito gentis aqui

Eu cheguei em frente a secretária do papai. Uma mulher pálida, com cabelos negros e ondulados e olhos azuis

(Eu):Yamamoto-san?

Ela ergueu os olhos e sorriu

Yamamoto Ayako, ela é bem gentil mesmo

(Ayako):Chiharu-chan! Boa noite!
(Eu):Boa noite

Eu sorri

(Ayako):Suponho que veio trazer comida para o seu pai, certo? Pode entrar, ele está sozinho neste momento
(Eu):Muito obrigada

Eu bato na porta e entro

(Eu):Papai?

Ele ergue seus olhos amarelos para mim

(Papai):Chiharu, pode entrar

Eu sorri, entrei e fechei a porta atrás de mim

Horibe Itona, ele tem uma empresa de eletrônica e, durante toda a minha vida, é meu pai. Ele me adotou quando eu tinha quatro anos, nessa época eu era apenas uma garota de rua. Ele me encontrou e me acolheu, me adotando logo em seguida. Em um encontro com seus amigos, eu conheci o Akio, o Daisuke e a Akemi, e, nem preciso dizer, que são meus amigos até hoje

Eu puxei um banquinho e me sentei ao seu lado, lhe estendendo a sacola

(Eu):Vim te trazer comida

Ele esboçou um leve sorriso de canto

(Papai):Eu já disse que você não precisa fazer isso

Eu sorri para ele

(Eu):Eu não me incomodo! Você está se esforçando no trabalho, esse é o mínimo que eu posso fazer

Ele pegou, limpou um pouco a mesa e começou a comer

(Papai):Como foi o seu dia?
(Eu):Foi divertido! E a minha sala tem mais uma aluna, ela voltou de uma suspensão hoje

Ele pareceu pensativo

(Papai):E qual o nome dela?
(Eu):Akabane Mizuki

O papai soltou uma leve risada

(Papai):Realmente é a filha do Karma

Eu fiquei confusa

(Eu):O senhor conhece o pai dela?

Ele me olhou

(Papai):Bem, eu e ele fomos colegas de classe
(Eu):Na 3-E, certo?
(Papai):Sim

Quando ele terminou de comer, eu peguei as coisas

(Eu):Papai, a Akemi anda meio mal, você sabe o motivo?

Ele balançou a cabeça

(Papai):Não, mas talvez seja porque o Terasaka e a Rio andam brigando demais
(Eu):O que?

Eu nunca ouvi sobre eles brigarem, e o casamento deles sempre pareceu estar tão bem

(Papai):Isso mesmo

Eu comecei a pensar

A Kemi se da muito bem com seus pais, creio que seja por causa disso...

(Eu):Faz sentido, ela sempre se deu muito bem com eles...
(Papai):Acho que foi a lua
(Eu):A lua?

Ele assentiu

(Papai):A lua foi 70% vaporizada no começo do ano em que estávamos na 3-E, acho que os 50% que foram destruídos dessa vez tenha deixado eles estressados
(Eu):Entendo...

A lua... por que eu sinto que tem algo a mais com essa questão da lua ter sido 70% vaporizada com esse ano deles na 3-E?

Terasaka Akemi P.O.V


Eu nem entrei em casa hoje, quando eu cheguei, eles já estavam brigando, então eu saí correndo dali

Eu não aguento mais!

Corri e, quando vi, estava na frente do prédio da classe

Por que aqui?

Eu senti uma mão macia encostando no meu rosto e o secando

(Tako-Sensei):Akemi-chan, o que foi?
(Eu):Tako-Sensei... ?

Ele assentiu, ele parecia um pouco mais sério

(Tako-Sensei):Você foi machucada por alguém?
(Eu):Não é isso...

Eu deixei meus cabelos loiros cobrirem meu rosto

(Eu):É que eu acabei caindo para cá porque não consigo me concentrar nas aulas, meus pais estão sempre brigando e, agora, estão ameaçando se separar, e eu não quero isso!

Eu achava que ia chorar novamente, mas senti o Tako-Sensei encostando no meu rosto e me fazendo olhar para ele

(Tako-Sensei):Aqui

Ele me entrega um bilhete

(Eu):O que é isso?
(Tako-Sensei):Estou chamando os seus pais para virem aqui amanhã

Eu arregalei os meus olhos

(Eu):S-sério?

Ele assentiu

(Tako-Sensei):Eles precisam entender que as brigas deles estão te prejudicando

Ele olhou para o céu

Já anoiteceu

(Tako-Sensei):Quer que eu te acompanhe para casa? Está escuro e pode ser perigoso

Eu sorri e assenti

(Eu):Claro!

Ele sumiu e rapidamente voltou com o rosto pintado com uma base cor de pele

(Tako-Sensei):Eu preciso estar disfarçado

Eu ri e fomos para casa, mas, no meio do caminho, ele se virou para mim

(Tako-Sensei):Akemi-chan, lembre-se que você é uma assassina. Quando precisar enfrentar alguém respire fundo, sorria e seja firme. Essa pode ser a sua melhor arma 
(Eu):Minha melhor arma?

Eu pensei nisso no caminho e quando chegamos em casa, eu me despedi dele e entrei

Vamos lá Akemi, respire fundo e sorria

Eu respirei fundo e segurei o bilhete em minhas mãos. Então eu sorri e entrei na sala de jantar

(Eu):Boa noite papai, mamãe

O clima entre eles parecia tenso, mas ainda sim me responderam

Meu pai, Terasaka Ryoma, é um homem alto com um porte grande. Já minha mãe, Terasaka Rio, anteriormente Nakamura Rio, é uma mulher alta e ágil. Até onde eu sei, eles estudaram juntos na Classe 3-E

(Eu):O meu professor me entregou um bilhete hoje, ele quer falar com vocês sobre o meu desempenho

Eles se olharam

(Mamãe):Precisamos ir juntos?
(Eu):Sim

Eu estava me esforçando para manter o sorriso e estava funcionando

(Papai):Tudo bem, estaremos lá
(Mamãe):Eu não queria ir com você, mas não tenho opção

O papai respirou fundo

(Papai):Rio, nós temos que ir
(Mamãe):Se eu pudesse, eu evitaria de ir com você

Eu sabia que eles iriam brigar, então respirei fundo e deixei o sorriso murchar. Minha voz se tornou séria

(Eu):Será que vocês não podem parar de brigar por apenas um segundo? Eu estou de saco cheio

Eu fui para a cozinha, peguei uma maçã e subi para o meu quarto. Quando entrei, eu tranquei a porta e comi aquela maçã

Será que eu fiz certo em falar assim com eles? Bem, não importa

Eu joguei o caroço da maçã fora e troquei de roupa, depois fui dormir

Espero que tudo dê certo amanhã...

Eu acordei com o despertador e eu sabia que teria que contar aos meus amigos o que estava acontecendo. Então eu levantei, tomei um banho, troquei de roupa, peguei minha mochila e fui para a escola, procurando as palavras certas para contar aos meus amigos. Eu senti alguém encostando no meu ombro e vi uma garota de cabelos avermelhados

(Mizuki):Yo, Akemi-chan
(Eu):Mizuki-chan... ?

Ela sorriu

(Mizuki):Hoje eu tenho que vir a pé, meu pai está ajudando minha mãe com algumas coisas e eu te vi. O que foi? Você parece meio para baixo

Eu senti uma preocupação genuína vindo dela

(Eu):Tudo bem, eu só estou tendo alguns problemas com meus pais
(Mizuki):Eu ouvi o papai e a mamãe falando um pouco sobre eles, eles são um pouco teimosos, certo?
(Eu):Sim

Eu balancei a cabeça e ela mudou de assunto para me distrair

(Mizuki):Você ouviu que o Yuki-san vai nos dar aula de educação física?

Eu me surpreendi

(Eu):Sério?
(Mizuki):Sim, e ele falou que vai vir uma moça que é irmã dele... eu não me lembro do nome dela

Eu soltei uma risadinha

(Eu):Parece que as aulas vão ser divertidas
(Mizuki):Sim

Eu olhei para frente e vi Chiharu e Akio

(Eu):Eu vou indo, até a hora da aula, Mizuki-chan!
(Mizuki):Até

Eu corri até eles

(Eu):Chiru! Aki! Bom dia!

Eles sorriram e acenaram para mim

(Chiharu):Bom dia! Você parece melhor hoje
(Akio):Resolveu o que quer que seja o seu problema?
(Eu):Na hora do almoço eu explico para vocês, prometo
(Chiharu e Akio):Ok

Nós ouvimos um barulho de moto e vimos o Daisuke descendo da moto do pai dele

(Daisuke):Até depois, pai

O pai dele assentiu e saiu enquanto ele vinha para cá

(Daisuke):Bom dia!

Nós respondemos ele e começamos a ir para o campus enquanto conversávamos

Eu me sinto mais leve

Nós chegamos no prédio e vimos o Yuki-san chegando com uma mulher alta com longos e ondulados cabelos loiros que descem até as suas coxas, sua pele é clara e ela usa uma roupa simples. Uma blusa branca com um colete e detalhes azul escuros, luva verde escuras e um shorts da mesma cor. Ela usa uma meia branca que sobe até um pouco acima de seus joelhos e saltos verde escuros

(Akio):Ela é muito bonita
(Eu):Concordo
(Daisuke):Quem será ela?
(Chiharu):Eu bem que gostaria de saber... será que é uma professora?
(Eu):Pode ser...

Nós seguimos para o prédio, quando passamos a frente deles nós os cumprimentamos. Notamos que a mulher possuía olhos negros e seu corpo possuía bastante curvas, sua expressão passava tédio. Então continuamos nosso caminho, entramos na sala, deixamos nossos materiais nas nossas carteiras e nos sentamos

(Akio):Qual será o nome daquela mulher?
(Chiharu):O que ela é do Yuki-san?
(Daisuke):Para estar vindo com ele, deve ser namorada ou esposa
(Eu):Mas ele não usa aliança, as vezes eles podem ser irmãos
(Akio):Mas eles podem namorar a pouco tempo, por isso ainda não tem aliança

Nós todos nos encontramos pensativos até bater o sinal

(Eu):Acho que vamos descobrir
(Chiharu):Espero que ela seja legal!
(Akio):Pela cara dela, acho que não. Você viu a expressão de tédio dela?
(Daisuke):Eles chegaram, xiu!

Nós começamos a prestar atenção

(Yuki):Como eu preciso ficar de olho no progresso de vocês e naquele polvo, meu superior me mandou ficar como professor de educação física de vocês. Essa moça ao meu lado é a agente Karasuma Kaori

Kaori-san continuou com sua expressão de tédio

(Kaori):Yuuuuuki, eu preciso mesmo participar disso?

Ele respirou fundo

(Yuki):Você sabe que sim, idiota

A moça revirou os olhos

(Yuki):Continuando a minha explicação, Kaori me ajudar nas aulas

Ouvimos uma voz lá do fundo

(Mizuki):Ela não parece interessada em nos ajudar

Kaori-san tirou a expressão de tédio

(Kaori):Não estou mesmo

Pudemos ouvir uma leve risada vinda da Mizuki

(Mizuki):Qual o seu nome mesmo? Eu estava distraída e não ouvi

Kaori-san respirou fundo

(Kaori):Karasuma Kaori

Mizuki soltou uma exclamação

(Mizuki):Kirai-sensei

Todos tivemos que segurar uma risada com isso

Foi tão espontâneo!

Kaori-san, ou melhor, Kirai-sensei pareceu irritada

(Kaori):"Kirai-sensei"?

Yuki-sensei esboçou um leve sorriso de canto

(Kaori):De onde saiu isso?
(Mizuki):Porque eu nem te conheço e já te acho detestável
(Yuki):Bem, podemos começar a aula?

Nós saímos da sala e fomos nos trocar. O uniforme de educação física feminino e uma camiseta verde clara com listras verde escuras, um moletom com as mesmas cores da camiseta e uma calça verde escura. O uniforme masculino tem as cores invertidas, onde no nosso é verde claro, no deles é verde escuro e onde é verde escuro no nosso, é verde claro para eles

Mizuki-chan ficou muito bem no uniforme

Nós saímos do vestiário e fomos para o campo, Yuki-sensei havia tirado o blazer e afrouxado a gravata

(Yuki):On... Kaori, distribua as facas para eles

É impressão minha ou ele iria dizer "Onee-chan"?

(Kaori):Ok

Ela nos entrega as facas anti-sensei e se afasta da gente

(Yuki):O que eu quero é ver as suas habilidades... Mizuki-san e Yukio-san, tentem me atacar

Eles fizeram sua ofensiva e ele desviou facilmente

(Yuki):Se todos forem assim, vai ser bem fácil desviar

Ele dispensou eles depois de lhes dar algumas dicas e foi chamando duplas para tentarem acertá-lo. Quem já havia tentado, era separado pela Kirai-sensei em duplas para lutarem entre si. A aula durou a manhã inteira e foi bem interessante

Finalmente almoço!

Nós fomos tomar um banho e trocar para os nossos uniformes, depois disso voltamos para a sala e fomos comer

Não posso mais fugir

Eu respirei fundo

(Akio):Pronta para falar?
(Eu):Sim

Eu expliquei para eles toda a questão das brigas dos meus pais e que eles viriam hoje para conversar com o Tako-Sensei, que estaria disfarçado. Todos estávamos na sala com a Kirai-Sensei quando vimos os meus pais chegando. O papai parecia um pouco aborrecido e a mamãe estranhamente divertida

(Kirai-Sensei):Eles são os seus pais, Akemi-san?
(Eu):Sim, o Tako-Sensei queria falar com eles sobre meu desempenho escolar...

Eu senti o Kazuki-kun me abraçar de lado

(Kazuki):Vai tudo dar certo, Akemi-chan!

Ele sorriu de uma forma fofa e eu vi que todos da classe estavam do meu lado, então eu sorri

(Eu):Obrigada, gente

Eu senti a Yumiko me puxar

(Yumiko):Vai lá agora! Boa sorte, Akemi!

Eu sorri para ela

Yumiko nunca se importou de falar de forma formal comigo, então eu também segui isso. Podemos dizer que temos uma amizade

Eu sai da sala e me encontrei com meus pais na entrada do campus

(Eu):Bem vindos!

O papai ainda parecia aborrecido

(Papai):Eu já tive que subir uma montanha enquanto estudava, agora eu não aguento mais
(Mamãe):Quieto

Eu respirei fundo

(Eu):Vamos, eu levo vocês até a sala dos professores

Nós passamos pela porta da classe e eu vi que ela estava vazia

Foram para traz da janela... ai ai ai

Nós chegamos lá e eu abro a porta

(Eu):Sensei?

Eu vi o Tako-Sensei com uma peruca de cabelos castanhos, seus olhos tinham mudado para azuis e ele havia passado a base pelo rosto novamente

(Tako-Sensei):Akemi-chan, entre. Suponho que seus pais estejam com você
(Eu):Sim

Eu entro e abro passagem para os meus pais, que se sentam a frente do Tako-Sensei. Eu me sento ao lado deles

(Tako-Sensei):Eu queria saber se vocês sabem o motivo das notas da Akemi-chan terem caído

Eles se entreolharam confusos

(Mamãe):Não...
(Papai):A gente tentou perguntar o motivo para ela, mas ela não quis dizer

Tako-Sensei olhou para mim e seus olhos mudaram rapidamente para o amarelo acolhedor de sempre antes de voltarem a ficar azuis

(Tako-Sensei):Ontem ela saiu mais tarde daqui, ela tinha pedido para conversar comigo. Akemi-chan reclamou que vocês andam brigando demais, ela me disse que não aguenta mais isso. Isso está fazendo mal a ela e a Chiharu-chan me disse que ela tem alguns surtos de choro as vezes

Meus pais me olharam surpresos

(Tako-Sensei):Akemi-chan, por que não vai jogar alguma coisa junto dos seus colegas? Preciso conversar com seus pais a sós
(Eu):Okay

Eu me levantei e saí dali, eu fui para onde os outros estavam treinando combate com as suas facas

(Eu):Chiru! Vamos nós duas?

Chiharu acenou para mim

(Chiharu):Ok! Apenas troque de roupa!
(Eu):Ok!

Eu troquei de roupa rapidamente, peguei minha faca e fui para perto dela

(Eu):Voltei!

Ela sorriu e nos posicionamos

(Chiharu):Pronta?
(Eu):Sim!

Nós começamos a lutar. Chiharu é rápida, mas eu sou um pouco mais ágil que ela, então desviava facilmente, até que a derrubei e a imobilizei

(Eu):Eu venci
(Chiharu):Isso não é justo!

Eu sorri, a soltei, me levantei e a ajudei a se levantar antes que começássemos a ver a luta entre Mizuki e Yumiko

Ela está bem acalorada

Golpes rápidos eram desferidos

(Chiharu):Você não acha que isso está indo um pouco longe demais para um treinamento?
(Eu):Sim...

Nós tentaríamos separá-las, mas vimos Yuki-sensei e Kirai-sensei as separando

(Yuki):Parem!

Elas param e se olham

(Kirai-sensei):Isso poderia machucar vocês

As duas se olham

(Mizuki e Yumiko):Desculpe...

Nós notamos o Tako-Sensei chegando aqui com uma caixa de primeiros socorros

(Tako-Sensei):Eu ouvi vocês mandando elas pararem, acho que depois dessa briga, elas precisem de cuidados médicos
(Kin):D-deixe que eu cuide disso!

Ela pega a caixinha e se aproxima delas

(Kin):Sentem-se! Eu irei cuidar de vocês

Todas as facas estavam no chão e nós estávamos conversando, até que eu notei que o papai e a mamãe estavam observando tudo com um sorriso nostálgico

(Akio):Sensei!
(Tako-Sensei):Sim, Akio-kun?
(Akio):Depois disso podemos ir? Digo, não tem mais muita coisa para fazermos...

Eu soltei uma risadinha

(Eu):Aki! Que preguiça é essa de estudar?
(Daisuke):Eu estou com ele, estudar é chato!

Tako-Sensei riu levemente

(Tako-Sensei):Será que vocês vão querer aulas particulares então?
(Akio e Daisuke):Não!

Eu vi o Tako-Sensei tirar rapidamente uma faca da mão da Mizuki

(Tako-Sensei):Mizuki-chan! Não é hora para isso!

Mizuki sorriu de forma sarcástica

(Mizuki):Eu não tentei nada o dia inteiro, sensei

Eu sorri com esse comentário

Eu tenho que tentar algo!

[...]


Na hora do jantar, eu desci e vi meus pais sentados á mesa

(Mamãe):Akemi, sente-se. Queremos falar com você

Eu respirei fundo e me sentei na frente  deles

(Papai):Falando com seu professor hoje nós percebemos uma coisa
(Mamãe):Não é porque estamos numa fase difícil do casamento que devemos ficar brigando do jeito que estávamos. E, vendo a sua classe, nós nos lembramos da nossa própria, onde os problemas não nos atrapalhavam
(Papai):Nós chegamos na conclusão de que não vamos nos separar, nós vamos enfrentar essa fase e vamos superá-la

Eu sorri

(Eu):Isso é incrível!

Eu estou tão feliz que tudo deu certo! Obrigada, Tako-Sensei!


Notas Finais


e é isso, espero q tenham gostado^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...