História Os Filhos de Draco Malfoy - Capítulo 39


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Astoria Greengrass, Draco Malfoy, Harry Potter, Hermione Granger, Luna Lovegood, Neville Longbottom, Pansy Parkinson
Tags Dramione, Drastoria, Romione
Visualizações 235
Palavras 1.467
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Policial, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 39 - Epígolo


Fanfic / Fanfiction Os Filhos de Draco Malfoy - Capítulo 39 - Epígolo

"Felicidade não se acha, se conquista." (Léa Waider)



__ Oh! Não acredito nisso.- Exclamou Hugo chocado com a cena que ocorria à sua frente. Observou os dois foragidos se soltarem. - Julie!

A loira se soltou de Austin que engoliu em seco, tentou arrumar o seu vestido amassado, os cabelos longos e loiros estavam desarrumados assim como o seu rosto e do loiro ao lado que estava manchado de batom.

Os olhos azuis dela fitaram seu irmão mais velho, por mais que fossem totalmente diferentes. Já que Hugo puxou a descendência de seu falecido pai e ela o lado de sua mãe, ninguém poderia dizer que eram irmãos.

__ Austin.- Exclamou Hugo olhando para o loiro que tomou fôlego. Estavam trancados dentro do closet do quarto de Alice.- Papai vão matar vocês.

Hugo se referia a Theo, afinal, ele havia se casado com Pansy. Criado os filhos e assim se tornando o pai que ambos necessitavam.

__ Hugo..- Murmurou Julie seguindo o irmão mais velho. Hugo saía do quarto totalmente chocado, por mais que sua irmã tivesse dezesseis anos ainda não compreendia a situação. Era um homem de vinte e quatro anos que odiaria pensar que sua irmã poderia ser bolinada.- Por favor, não conta para o papai.

__ Conta o quê?

O trio olhou para frente encontrando com Maxon que mordeu uma maçã. Ali, estava o caçula dos irmãos. Os olhos claros como os de Theo e os fios escuros. Tinha treze anos, era o mais fiel deles. Talvez, todos fosse. Menos Hugo que dava um de maduro.

Os olhos esverdeados de Maxon fitaram Austin ao lado da sua irmã mais velha. Desviou para Hugo que não estava com uma expressão muito boa.

__ Okay, se papai descobrir está morta.- Disse Maxon dando de ombros. Passou pelos três seguindo para o banheiro onde o casal se pegava.

Hugo respirou fundo, virou-se para a dupla de adolescentes que estavam com a expressão que tinham matado o presidente.

__ Não quero os dois presos no mesmo lugar, não importa onde.- Ordenou Hugo. Ele meio que entendia um pouco como era aquela fase.- Você…- Apontou para Austin.- Converse com o meu pai, só estou avisando. Vamos para fora, agora.

Os dois assentiram, passaram correndo por Hugo que respirou fundo. Olhou para trás vendo que Maxon ainda estava parado no corredor mexendo no celular, devia estar esperando a maçã ser terminada.

Desceu as escadas seguindo para o quintal, estava tendo uma reunião entre amigos e familiares. Havia dois comunicados que seriam feitos naquele dia. Seguiu para o lado de fora observando a enorme mesa de madeira, os adolescentes. Avistou sua mãe arrumando a mesa com Cho ao lado. Seu pai conversava animado com Draco.

Pansy havia mudado muito através do tempo, os cabelos estavam curtos. Havia ganhado um pouco de peso, nada que ultrapassasse ou lhe achasse gorda. A loira havia se tornado uma ótima médica ao lado de Theo. Ambos se casaram um tempo depois quando Julie havia completado três anos. Depois disso decidiram construir sua própria vida, além de ter Hugo, Julie,terminaram de criar Jade - filha de Theo - e tiveram mais um menino. Maxon. O caçula da família.

Jade ganhou o mundo, era uma pesquisadora e bióloga. Diferente de Hugo que era um ótimo Engenheiro, Julie terminava o seu colegial. Assim, como Maxon que duraria um bom tempo.

De todos os filhos apenas Jade se casou, mesmo assim, Hugo havia noivado com Alice e ambos estavam morando juntos. O relacionamento dos dois realmente durou, coisa que ninguém acreditava.

__ Cadê o refrigerante dessa casa? - Perguntou Rachel para ninguém em particular. Pegou um copo que estava em cima da mesa e foi se servir.

Rachel era melhor amiga de Julie, sua maior confidente. Assumiu um namoro com Connor fazia poucos meses, demorou um pouco para seu pai não surtar com a notícia. Harry poderia ser mais protetor que seu padrinho. Era uma morena de madeixas escuras, tão esperta que a própria mãe. Filha única, apenas ela e seus pais.

Luna e Harry Potter casaram-se um tempo depois de Hermione e Draco. Continuaram no ramo da Polícia até que Luna decidiu abandonar o barco quando ela tinha treze anos, apenas seu pai continuava trabalhando e sua mãe estava em uma escola que dava aulas de autodefesa. Ela ainda estudava, havia se mudado para Nova York aos dez anos.

__ Me dê um pouco.- Murmurou Maya ao lado de Rachel pegando um pouco de refrigerante.- Valeu.

Maya era uma asiática bem descolada, usando roupas folgadas de skatistas. Era filha de Cho e Ron Weasley, tinha treze anos e seu  irmão mais novo, dez. Vivia andando com Maxon para cima e para baixo, melhores amigos. Luke era o irmão caçula, usava óculos e tinha uma calma que com certeza pertencia ao pai.

Cho continuou no ramo da Polícia, Ron abriu uma empresa em Nova York onde começou a trabalhar com Hugo. Tinham a própria empresa de Engenharia, onde faziam associações para empresas de construção. Haviam decidido se mudar fazia quase cinco anos.

__ O feijão está pronto.- Anunciou Hermione para a galera que amou a resposta. Não sabia quanto tempo estava esperando por aquele almoço. Viu Maxon surgir da casa indo sentar-se ao lado de Maya.A morema começou a temperar o feijão enquanto conversava com Luna.

Hermione ainda atuava na área da saúde, uma médica exemplar. Assim como Draco que havia conseguido subir até se tornar Chefe do Distrito de Nova York. Até que naquela altura da vida conseguiam parar mais em casa.

Zoe que estava perto dos seus vinte e cinco anos, estava noiva de Matthew, um rapaz que ralou contra Theo para conseguir ficar com sua filha. Matthew era um homem inteligente, usava óculos, os cabelos negros e uma postura mais introvertida. Mesmo sendo mais fechado, tinha lutado para ficar com Zoe. Trabalhava em uma empresa de advocacia.

Ainda lembrava que Matthew tinha corrido muito de Theo até conseguir pedi Zoe para sair. Nunca pensou que ele fosse uma atlético por trás de toda aquela roupas, havia ficado irritada com o filho. Diferente de Draco que aplaudia sem parar, até suspeitou de todos os presentes que o filho mais velho ganhava.

Isso havia durado um tempo até que Draco e Theo adorasse o garoto e lhe aceitasse na família. Dizendo que ele realmente queria Zoe por ter lutado tanto. Agora, ambos estavam pensando em morar juntos, entretanto, queriam esperar que Zoe se graduou em Psicologia. Assim, poderia iniciar sua vida de casados.

Diferente de Theo que aos vinte e um anos disse com todas as letras que sua namorada estava grávida. Nem imaginou como não teve um enfarte naquele dia, Naomi, era uma jovem linda que aguentava o temperamento do seu filho. Mesmo assim, ambos decidiram se casar, não foi fácil. Lembrava-se das inúmeras vezes que deu broncas e conselhos aos dois. Assim, ganhou seu primeiro neto, Henry, era lindo e fofo da família.

Theo havia se tornado um lutador de artes marciais, ganhando campeonatos. Participando de algumas lutas. Professor. Atleta. Diferente que Naomi que era uma cozinheira de mão cheia, por isso achava que seu neto iria engordar muito, não Theo, já que este vivia fazendo esportes.

Alice se graduou em Fisioterapia, noivou com Hugo e havia começado a sua vida ao lado dele. Diferente dos gêmeos que ainda moravam consigo, estudavam. Connor era o mais apegado a estudos, vivia com um livro para cima e para baixo. Diferente de Austin que sua praia era jogos onlines.

Nem parecia que sua vida tinha passado tanto, Natalie e Lucius viviam juntos a poucos metros da sua casa. Não demorou para ambos decidirem tentar mais uma nova relação. Ninguém foi contra a isso. Às vezes olhava para o trás vendo que o tempo havia passado, agradeceu por ter tido a oportunidade de observar cada mudança.

__ Venham comer.- Disse Luna alto.

Assim, aos poucos cada um foi se servindo. Sentaram-se na mesa enorme colocando o papo em dia, Hermione estava ao lado do marido e Luna. O seu neto estava brincando com o cachorro de Hugo e Alice.

__ Pessoal..- Exclamou Alice chamando atenção de todos. Levantou-se.- Temos uma notícia para dar.

Hugo também ficou em pé do lado de loira segurando seu mão.

__ Mas antes vou deixar que Julie diga sua novidade.- Murmurou Alice apontando para a loira que se levantou ao lado de Austin.

__ Estamos namorando.- Disse Julie rapidamente sentando-se novamente. Austin não disse nada, não conseguiria.

__ O QUÊ? - Gritou Theo chocado.

Todos ficaram em silêncio.

__ Estou grávida.- Disse Alice.

Aquilo sim tinha sido uma notícia, Hermione levantou-se eufórica para abraçar a filha. Draco ficou estático apenas pensando que Alice tinha sido bolinada, fuzilada, tocada. Mesmo ela sendo noiva pensava que ela ainda era pura, ela só poderia ter sido tocada na lua de mel. Aquilo estava errado.

Tomou fôlego.

__ Theo.

Theo levantou-se em um pulo. Hugo saiu correndo.

__ Volta aqui seu cabra safado.- Exclamou Theo correndo atrás de Hugo.



Notas Finais


Olá Pessoal!

Primeiramente, quero agradecer quem acompanhou e comentou no decorrer da minha fanfic, isso me deixa muito feliz. Segundamente, espero que tenham gostado desse final, que tenham gostado do enredo, obrigada por tudo, espero encontrá-los em outras fanfics.

Ah!

Beijos da Lay :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...