História Os Heróis e a Vilã - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Midoriya Izuku (Deku), Shouto Todoroki, Toga Himiko, Uraraka Ochako (Uravity)
Tags Izuku X Toga, Uradeku, Uraraka X Deku
Visualizações 93
Palavras 2.100
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), FemmeSlash, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shounen, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


A diferença entre o número de palavras desse Cap e do primeiro é de apenas 8, Wow... Exceto que agora dia 14/08 eu atualizei o Cap pra adicionar essa frase no inicio em Negrito, então o número subiu de 8 pra 45

Capítulo 2 - O Engano


‘’Izu-Kun, Ochaco-Chan. Eu vou fazer vocês dois serem meus, eu vou melhorar vocês. Vou arrumar os seus rostos lindos! Vocês vão ver, o mundo que eu vou fazer existir! Vai ser um mundo mais fácil para eu viver, o meu mundo perfeito!’’

...

 

Foi há aproximadamente 10 anos atrás em uma escola primária, havia uma garota de 6 anos chamada Toga Himiko. Ela era diferente da maioria dos alunos, a primeira coisa que chamava a atenção é que pelo que aparenta, ela não tinha uma individualidade, e a segunda coisa é que sempre que ela se deparava com sangue seu rosto ficava.. Corado, ela não conseguia tirar os olhos de qualquer gota de sangue, apesar disso ela parecia alguém relativamente normal.

Ela era extremamente otimista, alegre e simpatizava com qualquer pessoa.. Qualquer pessoa mesmo, havia um certo garoto de cabelos castanhos que implicava com ela nessa época, por ela não ter individualidade e mesmo assim, Himiko o via como mais um amigo.. Na verdade, ela tinha um olhar diferente para ele..

Mas quando todos em sua volta perceberam, era tarde demais.. Um dia esse garoto foi encontrado coberto de sangue.. Morto e ao lado dele, estava Himiko com uma faca em suas mãos..

Essa foi uma cena responsável por traumatizar uma professora desse primario, ela se deparou com essa cena enquanto a sala estava vazia, depois disso.. Ela nunca mais deu uma aula nessa escola..

Esse foi o dia em que Toga descobriu a sua individualidade, antes as pessoas achavam que ela não poderia seguir o seu sonho de ser uma heroína por não ter uma individualidade, agora achavam isso por sua individualidade envolver beber sangue de outras pessoas.

Ela viu como o mundo era complicado, mas apenas era assim porque as pessoas o fizeram assim, o mundo poderia ser mais fácil de se viver, um mundo onde ela poderia ser ela mesma. Ela faria um mundo mais fácil para ela viver, ela prometeu a si mesma.. Depois desse incidente, tudo o que se sabe é que seus pais foram encontrados mortos, muito provavelmente foi por ela mesma.. Depois disso, ela seguiu assassinando quem ela queria, muitas vezes sequer sem uma razão específica.

Chegando o ponto onde ela se uniu a Liga dos Vilões, até onde ela está agora…

Já faz uma semana desde o encontro entre Deku e Toga fora dos dormitórios da U.A, mas isso poderia ser uma pista para o possível vazamento de informações que foi responsável pelo ataque no acampamento, que terminou com Katsuki sendo capturado pela Liga dos Vilões.

Na manhã depois do ataque de Himiko, Midoriya, Uraraka e Todoroki contaram sobre o que aconteceu na noite passada para Aizawa-Sensei, logo todos os professores e alunos acabaram sabendo de alguma forma, mas o Diretor Nezu pede para que não comentem sobre isso por múltiplas razões, uma delas é para evitar que Eri saiba sobre isso, quando ela soube do ferimento, Izuku insistiu que ele apenas havia feito um arranhão na perna durante um de seus treinamentos.

Desde esse incidente, Izuku se mostra preparado para mais um ataque de Toga, ele não sabia como, mas ela deu um jeito de passar despercebida por todo mundo, até mesmo pelos professores.. É quase inacreditável que Ochaco e Shouto conseguiram aparecer a tempo de resgatar ele.

Endeavor e Hawks se encontraram em uma luta contra um Noumu no Edifício Umai há alguns dias, posteriormente isso levou a uma reunião familiar entre Endeavor e seus filhos, Shouto, Fuyumi e Natsuo.

Era uma bela manhã de Sábado, Uraraka estava sentada num banco em um parque de Musutafu, ela estava vestida com uma camisa amarela, um short preto e sapatos rosa. Ela tinha também uma bolsa branca, ela parecia bem alegre. Bem, é normal que estivesse afinal, ela estava em um encontro com Midoriya Izuku, eles estavam namorando a pouco tempo, esse seria o seu primeiro encontro de verdade.

Izuku deixou Ochaco por um tempo, ele disse que ia buscar uma surpresa.. O que seria? Uraraka não parava de pensar! Mas ela percebe o esverdeado voltando com um sorriso no rosto, correndo até ela e se sentando ao lado dela.

‘’Deku-Kun, você voltou! Mas e a surpresa?’’ Perguntava a Ochaco

‘’Ah.. A surpresa..’’ Izuku não parecia muito expressivo, ele sequer olhava para o rosto de Uraraka ‘’Eu não consegui achar, mas tem algo que eu posso te dar’’ O jovem de cabelos esverdeados coloca as mãos sobre o rosto de Uraraka e dá um selinho nela.

Com os olhos fechados, ele sorria. Mas não era o sorriso de Deku, era uma expressão pervertida, seu rosto estava corado.. Seu olhar… Era o mesmo de Toga Himiko! Isso faz a Ochaco se levanta assustada, logo Toga percebe que foi descoberta, mas ainda não desfaz o seu disfarce.

‘’O que foi, Uraraka-San? Não quer passar o tempo com o seu Deku-Chan? Você acha que o Deku não é bom o suficiente para você, é isso?’’ Himiko deixava cada vez mais claro que era ela, mas mesmo assim, não se revelou diretamente até agora..  ‘’Você quer outra garota, né? Você quer uma Yanderekko pra você, né? É assim que as pessoas me chamam por aí, antes de ficarem cobertas de sangue!’’

Uraraka parecia hesitar, ela parecia bem nervosa quanto a Himiko. Ela sabia que teria de lutar e não deveria contar com suporte de outras pessoas, é possível que Deku nem mesmo volte a tempo de ajudar a Ochaco!

Mas ganhar tempo não seria uma alternativa tão ruim, talvez conseguisse dialogar com Himiko?

‘’Você não disse nada’’ Toga se levantava do banco, olhando para Uraraka de forma pervertida, era estranho ver tão olhar vindo do rosto de Izuku ‘’Vou entender isso como um sim!’’

Enquanto isso, Midoriya corria pela cidade, procurando por algo. Ele pensou em levar algumas flores para Uraraka mas.. Não achou que fosse o suficiente, ele estava incerto de que isso a agradaria, com um buquê em seus braços, ele procurava por algum outro presente.

‘’Que tal comida? Eu acho que ela gosta de Mochi…’’ Pensava o jovem esverdeado, sem perceber que sussurrava tudo o que passava pela sua cabeça, parando na calçada por um momento ‘’Mas e se ela se ofender… E se ela entender como se eu estivesse chamando ela de gorda? Não, a Uraraka não vê as coisas assim.. Ou será que ela vê? Já tem tanto tempo que a gente se conhece, mas.. E se ela sempre suprimiu esse modo de ver as coisas? Que nem… Não, ela nunca esconderia isso de mim, nós somos.. Eramos amigos afinal de contas e agora somos um casal!’’

Isso chama a atenção das pessoas a sua volta, que ao ver os sussurros do garoto, passavam olhando por ele.. Alguns até falaram sobre ele, o garoto do Festival Esportivo e tudo mais. Quando Izuku percebe isso, ele fica extremamente constrangido.. Apenas ignorando a situação e continuando a andar. Até ser chamado por um idoso.

Esse homem idoso diz saber o presente perfeito para a namorada do garoto, ele indica um local para o jovem e então Izuku segue até o lugar. Era uma loja de roupas de baixo

‘’Era um pervertido..’’ Izuku parecia decepcionado ‘’Acho que de agora em diante, é melhor eu escolher o presente e não outra pessoa..’’ Com um longo suspiro, o garoto volta a caminhar pela cidade, ainda a procura de um presente..

De volta ao parque, Ochaco e Himiko estavam frente a frente. Uraraka estava bem tensa, se preparando para a próxima ação de Toga

‘’Não tem ninguém aqui, mas mesmo assim. Em um lugar aberto e em plena luz do dia.. Eu não tenho muito o que fazer por agora.. Brincamos mais depois Uravi-Chan!!’’ Logo, Toga voltava para a sua forma normal, mas não parecia que seu tempo havia acabado..

Himiko corria para longe, era rápida demais para Uraraka seguir. A Ochaco se sente aliviada, se sentando no banco novamente.

‘’Quando é que isso vai acabar..?’’ A garota das bochechas rosadas olhava para o céu azul

Já haviam passado quase 30 minutos desde que Izuku havia deixado Uraraka, ele estava desesperado procurando por algum presente, até que alguém o surpreende!

‘’Deku-Kun!’’ Dizia a garota das bochechas rosadas, surpreendendo Izuku

‘’U-Uraraka-San!’’ O Esverdeado parecia surpreso, mas ele também parecia um pouco envergonhado por não ter achado nada ‘’D-Desculpe.. Sobre a surpresa…’’’

‘’Que flores lindas! São para mim?’’ Dizia a garota, com um brilho nos olhos.

‘’S-Sim… Eu espero que goste…’’ O Esverdeado coçava a nuca, olhando para o lado, gestos esses que mostravam estar constrangido.

Uraraka apenas o responde com um abraço e um sorriso, ela logo sugere um lugar para os dois, era um restaurante que ficava algumas quadras dali, seu nome era ‘’Reach and Eat’’

Mesmo estando juntos há um tempo, Izuku ainda não estava acostumado com isso, seu rosto estava corado, vermelho como um tomate! Ao notar isso, Uraraka solta uma pequena risada

‘’Com licença, vocês já decidiram?’’ Perguntava o garçom, parando em frente a mesa onde os dois estavam sentados

‘’Eu gostaria de um prato de Katsudon, e você Uraraka-San?’’ Pergunta o Esverdeado, Uraraka pede o mesmo que Deku

‘’Deku-Kun, eu percebi que você estava um pouco.. Inquieto sobre essa surpresa.. Eu te fiz se pressionar tanto assim.. Me desculpe!’’ Uraraka abaixava a sua cabeça, até receber as palavras de Izuku

‘’Não.. Eu disse que ia te dar algo e.. Eu não tinha nada em mente além dessas flores, eu.. Não foi o suficiente, né? Eu vou pagar tudo hoje, então não se preocupe com a conta! E me perdõe por te deixar esperando tanto tempo!’’ Izuku abaixa a sua cabeça também, logo se levantando quando seu prato é colocado em sua mesa.

‘’Deku-Kun… Eu…’’’ Mas antes que a garota do rosto arredondado sequer conseguisse dizer algo, alguém abre as portas do local, chamando a atenção do casal.

Era ninguém mais ninguém menos que.. Uraraka? Nesse momento, Izuku se levanta de sua mesa, ele fora enganado pela Himiko e isso estava mais que claro agora! A Ochaco coloca seus olhos em Toga, que revela sua verdadeira forma.

‘’Como você chegou aqui?’’ Pergunta a loira.

‘’Eu não sou tão ingênua assim pra cair no seu joguinho, e eu aposto que Deku-Kun iria perceber uma hora ou outra!’’ Uraraka lentamente se aproximava de Toga.

Toga estava de pé, nua e com uma faca em sua mão, em frente a Midoriya Izuku. Um dos funcionários se aproximava, pedindo para ela se retirar, mas ela lança uma faca em direção ao homem. Ochaco consegue parar a faca, sendo atingida no braço.

‘’Urarak…’’ Izuku estava preocupado, mas quando ele tira os olhos de Toga, ele percebe que ela desapareceu. Ela era rápida demais para que ele simplesmente se distraísse assim.

O esverdeado olhava para todos os lados, procurando pela loira, ao piscar os olhos ele percebe que ela estava segurando Ochaco pelas costas, com sua faca apontada para o pescoço da garota de bochechas rosadas.

‘’Sabe, eu sempre prefiro chupar o sangue direto da ferida, kiss’’ Dizia a Himiko, fazendo biquinho com sua boca ‘’Sempre vai ser melhor do que qualquer máquina.. Mas me diga, Deku-Baby. Não seria trágico se eu acabasse matando a Ochaco-Chan por um acidente?’’ Toga lambia o pescoço de Uraraka, ainda olhando para Izuku, que estava suando, congelado no mesmo lugar.

Toga percebe, que o funcionário que estava atrás dela, estava amedrontado, mas lentamente se arrastava para fora do lugar, ele provavelmente iria ligar para a polícia, ou talvez apenas iria escapar..

‘’É melhor parar aí mesmo, se não…’’’ Toga enfia  sua faca na perna desse homem, que já não se movia mais, talvez tivesse desmaiado ‘’Ótimo, não quero que ninguém estrague a nossa diversão, né Deku-Ba--’’ Toga tirou os olhos de Uraraka por pouco tempo, mas foi o suficiente para a Ochaco fazê-la flutuar e se soltar da loira.

‘’Deku-Kun! Rápido!’’ Apenas essas palavras foram o suficiente para indicar ao esverdeado o que ele deveria fazer.

Izuku ativa o Full Cowl com 10% de seu poder, ele iria dar um golpe para nocautear Himiko, mas no momento que ele iria golpear a ela, porém ocorre uma explosão no lugar, tudo estava coberto por fumaça e chamas, da cor azul!

‘’Uraraka-San, você está bem?’’ Izuku se levantava, coberto por poeira, ele olhava em sua volta, era difícil de ver qualquer coisa, porém ele percebe as chamas se abrindo e um homem se aproximando.

‘’Francamente, eu odeio ter que participar desse joguinho ridículo da Toga.. Mas já que eu estou aqui.. Eu não vejo o porquê de não te derrotar!’’ Dabi parecia indiferente, até passar a ter um olhar confiante, confiante de que derrotaria Midoriya Izuku!

 


Notas Finais


Hoje nós tivemos uma ponta do passado de Toga (É claro que ainda tem mais, eu sequer entrei em detalhes :v mas isso é coisa para o futuro) um pouco da vida de casal de Izuku e Uraraka, algumas citações ao Arco do Endeavor (Que durou entre os Caps 185-192 do mangá, eu acho)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...