1. Spirit Fanfics >
  2. Marina e Oito >
  3. Sonho ou visão

História Marina e Oito - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Oiiieee espero que gostem. Esse capítulo quem vai narar é o Oito desculpa se ficou muito repetitivo é que eu quero mostrar os sentimentos do Oito, coloquei uma pequena parte do livro no começo.

Capítulo 3 - Sonho ou visão


Fanfic / Fanfiction Marina e Oito - Capítulo 3 - Sonho ou visão


Oito


Alguém que eu não consigo ver o rosto levanta voo.


-- não! -- Marina grita


Mas essa pessoa dispara em direção a Nove com uma lâmina de trinta sentimentos que parece uma agulha letal e precisa , sei o que fazer Nove não ter uma  profecia de morte, ele tem um futuro eu não


 olho para Marina queria dizer os meussentimentos por ele.....talvez se eu não salvasse o Nove eu e Marina nos tornariamos um casal oficial nos casariamos e teríamos filhos, me pergunto se eles se pareceriam comigo? NÃO não posso deixar o Nove morrer.


Me teleporto na frente do Nove me preparando para a dor que irei sentir, mais acabo caindo da cama de cara no chão, uffa... foi só um sonho ou visão, quando se é lorieno os sonhos não são só sonhos, olho pro relógio na parede 4:00 horas da manhã queria ver a Marina mas não posso ir no quarto dela uma hora dessas.


-- se controle Oito foi só um sonho -- digo para mim mesmo 


Deito na cama e sinto o sono me levar, abro os olhos estou em um quarto e logo percebo que não é meu, me levanto e olho pra um espelho grande na parede, e quase caio no chão com o susto que eu levo, estou mais velho não envelheci muito já que os lorienos quando chegam na fase adulta demorar o dobro do tempo de um humano para envelhecer, me levanto da cama e saio do quarto


 " essa casa é muito grande para eu morar sozinho " penso, entro no quarto do lado parece ser bem infantil encontro uma mulher reconheço ela na mesma hora Marina ela está mais velha assim como eu, não usa maquiagem como se não quisesse chamar a atenção mais não funciona ela é linda, ela está acordando duas crianças uma menina e um menino eles são bem pequenos devem ter seis anos no máximo.


-- mamãe me deixa dormir -- fala a menina 


chego mais perto para poder olhar melhor as crianças, o garoto me vê e levanta em um pulo 


-- papai -- fala o garoto 


-- que bom que já acordou meu amor -- diz Marina se aproximando de mim e me beijando.


-- eca -- diz a garota fazendo cara de nojo e o garoto ri


agora posso olhar melhor eles a garota tem cabelos longos encaracolados e olhos verdes e a pele bronzeada muito parecida comigo e o menino tem cabelos castanhos até as orelhas e olhos azuis pele branca igual a Marina, é conserteza são nossos filhos.

 

-- Adel e Rey vamos já preparei o café da manhã -- diz Marina com um sorriso lindo no rosto 


-- me carega papai -- diz Adel


-- claro minha filha -- digo com orgulho de chamar ela de filha 


Acordo do sonho ou visão de novo, tomo um banho e saio do quarto chego onde estamos treinando que o Nove chama de "sala de aula" todos estão lá menos a Marina


-- nossa finalmente acordou dorminhoco -- provoca o Nove


-- o que tá acontecendo, por que todos estão aqui -- pergunto ignorando o comentário do Nove 


-- não fasso idéia -- fala o Três -- já estou faz tempo aqui só estávamos esperando o resto do pessoal chegar


-- os cepans querem falar de alguma coisa com a gente -- diz a Um ela deve saber já que é a mais velha 


-- cadê a Marina -- pergunto 


-- ela não acordou ainda -- fala a Maggie 


-- vou chama-la -- digo saindo 


-- claro que vai -- esculto o Nove falar para a Maggie que dá um risinho


 Chego no quarto da Marina e bato na porta como ela não sai eu entro e escuto o barulho do chuveiro então deito na cama dela e espero algum tempo até ver ela saindo do banheiro.


-- tá bonita número sete -- digo me teleportando na sua frente ela se assusta e quase cai no chão mais eu a seguro pela cintura e puxo ela para cima para não cair.


-- desculpa -- digo envergonhado, ainda segurando sua sintura


-- tudo bem -- diz ela ficando um pouco vermelha 


-- vir buscar você -- digo -- para a reunião que os cepans estão fazendo 


-- como entrou aqui -- pergunta ela repentinamente 


-- entrei pela porta -- digo é óbvio -- pensei em me teleporta até seu quarto mais não sabia como era então preferir não ariscar -- admito 


A porta do quarto se abre me viro e vejo a Ella a garota parece ficar envergonhada em ver eu aqui mesmo que ela já saiba que eu ia vir buscar a Marina.


-- me mandaram vir buscar você já que o Oito estava demorando muito -- diz a Ella 


Levanto as mãos para cima como para dizer "a culpa não minha", Ella sai do quarto, Marina está pronta para seguir ela mas eu seguro seu braço


-- eu ainda não agradeçi por você salvar minha vida no Novo México devidamente  -- digo -- que tal a gente fazer um passeio depois da reunião -- digo pegando sua mão 


-- tá -- é só o que ela fala 


-- primeiro as damas -- digo 


Nós saimos do quarto e eu fico pensando no nosso beijo no Novo México espero poder beijar ela de novo se eu tiver tempo.



Notas Finais


Espero que tenham gostado

Continua ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...