1. Spirit Fanfics >
  2. Os Marotos - 5º ano >
  3. Não Potter

História Os Marotos - 5º ano - Capítulo 2


Escrita por: wolfxst

Capítulo 2 - Não Potter


P.O.V: Remus Lupin

Havia uma fresta de sol na direção do meu olho, ontem a noite não fechei a cortina direito, acabei acordando de uma vez, sabia que não iria conseguir adormecer de novo, levantei e fui direto pro banheiro, a vantagem de ser o primeiro a acordar é que não tinha que disputar com ninguém e muito menos tinha que esperar o Sirius horas no banheiro arrumando o cabelo.


Não demorei muito no banho, ainda estava cedo, as aulas só começariam pelas 9, vi que ainda eram 07:16, decidi arrumar a cama e esperar os outros acordarem, peguei um livro que estava terminando mas fui interrompido por uma voz rouca 


– Bom dia Remmy – Nem tinha percebido que o James acordara, ele estava se levantando quando me desejou bom dia e eu retribui – Belo dia para uma boa aula de de historia da magia não? – James falou animadamente


Todos sabiam que nem de longe essa era a matéria favorita dele, mas era a primeira vez que ele tinha aula junto com a Lily neste ano, e mesmo que ele não admitisse a gente sabia que o nosso querido Prongs só ia a essas aulas para admirar ela.


Não demorou muito para o Sirius acordar, James tinha acabado de sair do banheiro quando o Padfoot levantava 


– Bom dia Moony – ele olhou ainda com o rosto amassado em direção a mim e deu uma piscadinha – Olá veadinho, já está acordado? 


– É CERVO – ele jogou o travesseiro no rosto do Sirius fazendo com que ele espertasse, e assim ficou, os dois se jogando travesseiro logo pela manhã, até um acertar no Peter que acordou atordoado 


– Tchauzinho Wormtail – Sirius acenou – o banheiro é meu - deu um sorriso e saiu correndo, não acho que o Peter conseguiam pelo menos alcança-ló, estava parecendo um morto-vivo


Depois de horas esperando o Sirius sair do banheiro e escutar os berros do Wormtail pedindo pra ele sair, conseguimos finalmente ir tomar café da manhã, não era fã de comer pela manhã, apenas peguei umas torradas. 


Esperamos o Peter comer os trinta acompanhamentos que ele colocou no prato fomos direto para sala de Historia da Magia


– Bom dia classe – escutava a voz cansada e maçante do Prof. Binns 


– Quando a aula acabar me avisa – Sirius sussurrou perto da minha nuca fazendo eu me arrepiar, provavelmente de susto 


 Não era novidade ele dormir nas aulas de Historia da Magia, Peter por outro lado se esforçava para prestar atenção, mas o resultado nunca era bom, na minha frente ficava o James que nesse momento estava quase babando provavelmente vendo a Lily do outro lado da sala conversando com a Mary, antes de ver em que direção o James tanto olhava, senti um papel voar raspando na minha orelha e vi que era em forma de passarinho.  


Pousou nas mãos do James, acordando do delírio dele, sabia exatamente de quem era, não por que li, James quase de imediato olhou para o Sirius e mostrou o dedo do meio para ele, não era muita novidade que o zombar dele por estar fitando Lily Evans


– Nossa quase me ofendi com esse horrendo dedo do meio – Sirius sussurrava enquanto colocava a mão no peito dramaticamente


– Vai a merda Sirius – ele falou enquanto escrevia algo em outro papel 


E então ele fez outro passarinho voar pela sala enquanto o professor estava de costas, o passarinho pousou na mesa da Lily que pareceu surpresa, ela abriu  olhando pelos lados e leu rapidamente, e quando acabou olhou em direção ao James, apenas deu um leve sorriso e voltou a escrever no papel que tinha recebido, e assim voltou na mesa do James que estava muito esperançoso. Até mesmo eu fiquei curioso pela resposta, mas para a infelicidade do nosso caro Prongs, estava explícito um Não Potter na carta, a Lily não gostava de dar um fora em alguém, pelo contrario que o James falava, eu sabia que ela não daria uma chance pra ele tão cedo mas não acho que ela seja má a ponto de se divertir com o coração dos outros.


A aula tinha acabado, Sirius dormiu desde do ponto em que recebeu um dedo do meio do James, Peter tinha desistido de prestar atenção e ficava rabiscando no pedaço de pergaminho, já o James apenas deitou a cabeça sob a mesa e ficou a aula toda cochilando. 


Assim que fomos liberados todos se levantaram e James deu um tapa na nuca do Sirius pra acorda-lo 





– Não acredito que ela não vai me dar uma chance, qual é, era só um passeio em Hogsmeads – James resmungava ainda indignado com a resposta que recebeu


– Você precisa relaxar, um dia ela te dará uma chance, até lá, você precisa se divertir, veja o quanto de amigas bonitas ela tem... vejamos, Dorcas Meadowes, Mary MacDonald, Marlene McKinoon, Alic- 


– Pensei que... bom... McKinoon? Certeza? - James interrompeu 


– Sim, porque a pergunta? – Sirius falou e James olhou desdenhoso 


– Duvido que tenha superado ela tão rápido, isso é recente – Peter respondia surpreso


– Isso foi ano passado, é claro que sim... – ele deu uma gargalhada que parecia mais um latido – Foi só coisa de momento, só tenho olhos para o meu lobinho – Ele repousou o braço em meus ombros, me fazendo sorrir 


– Ufa, ainda bem, já estava me corroendo de ciúmes de vocês dois – falei  


– Eu sei que estava lobinho – Sirius sorriu enquanto se aproximava do meu rosto – Por isso terminei com ela – ele terminou e a frase e me deu um beijo na bochecha me fazendo corar


– Eu agradeço – brinquei


– Bom Sr. Superado Black, nem todos somos que nem você, não é Peter – agora foi a vez do Peter corar, ele estava a um bom tempo tentando criar coragem pra chamar uma lufana pra sair 


– Oh! você ainda não superou aquela garota pequeno Peter? Precisamos conversar de Sr. Superado Black para pequeno gafanhoto – ele fez James rir enquanto o mesmo gargalhava 


James falou a senha e o quadro da mulher gorda se abriu, dando a passagem para o salão comunal cheio de alunos da grifinória do quinto e sexto ano provavelmente com aulas livres, pegamos nossos matérias para a aula de Trato de Criaturas Mágicas antes do almoço



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...