1. Spirit Fanfics >
  2. Os Marotos - 5º ano >
  3. Uma manhã de estudos

História Os Marotos - 5º ano - Capítulo 8


Escrita por: wolfxst

Capítulo 8 - Uma manhã de estudos


P.O.V: Lily Evans


 – Só quero que der este bilhete ao Remus, ok? Obrigada – ele pegou da minha mão e sai ainda  irritada com quão irritante ele conseguia ser 


Alice me esperava no saguão de entrada, e fomos direto para a biblioteca, precisava fazer algumas coisas antes de estudar com o Remus, me encontrei com o Severo e decidir sentar na mesma mesa que ele estava, fazia algum dever de D.C.A.T e então resolvi ficar por lá junto com ele 


– O Potter pareceu confiante dessa vez, em te chamar para sair, se eu fosse você aproveitaria... Evans – Alice me provocava


– É sério isso Alice? - ela não parecia estar brincando mais pedia muito que sim – Por Morgana nunca faria uma loucura dessas 


– Loucura? Desde quando sair com alguém é loucura? – Alice olhou assustada para mim


– Desde que se a pessoa com quem você saia seja o Potter – respondi 


– O que o Potter tem de tão ruim?


– Quando uma pessoa mimada acha que é adorado por todos, se torna uma pessoa egocêntrica e extremante arrogante, um belo babaca na minha opinião – Severo a respondeu sem tirar os olhos do pergaminho 


– Vocês nunca vão parar de se odiar não? – por mais certo que o Severo estivesse não poderia deixar de pedir a ele tirar esse rancor 


– Não tenho culpa se o seu querido amigo ama ser estupidamente imbecil 


– Amigo? Não! Pode ter certeza que ele não é meu amigo Severo 


– Um dia esse rancor todo vai te fazer mal... a vocês dois, o Potter não é uma pessoa ruim – Snape deu risada como se fosse a piada mais engraçada que já escutara – Eu estou falando serio, Snape – ela o olhou com arrogância – Um dia você vai entender do que eu falo, Lily – Ela me olhou com censura, como se eu fizesse algo de errado – O assunto está ótimo, mas tenho que ir, combinei de estudar com o Frank – Ela deu um tchau e foi embora


– Tchau – foi o que consegui responder 


Alice deu um sorriso e saiu andando com alguns livros da biblioteca na mão


 – Ela tem razão, não estou dizendo que ele é um santo porque é uma grande mentira, mas o que te custa não provoca-lo também? 


– O que me custa? Você esta defendendo ele é isso? Acho que a influência do seu novo amiguinho idiota está lhe fazendo mal, Evans 


– Severo... não fala assim do Remus, ele é uma boa pessoa e muito diferente dos amigos e claro que não estou defendendo o Potte... – ele se levantou pegando os livros – Onde está indo?


– Comunal – ele respondeu seco – Te vejo depois – e ele foi embora me deixando sentada, agora tenho um amigo rancoroso e mal humorado, ótimo, sei que ele não gosta quando falo do Potter, mas foi a Alice que começou ele não pode me culpar. 



~



Fui para a beira do lago esperar o Remus chegar, provavelmente ele chegaria mais tarde mas acabou chegando mais cedo, meio confuso e corado 


– Bom dia Lupin, está tudo bem? 


– Sim Lily... tudo ótimo, poções certo? – ele pegou o livro nervoso e começou a ler 


Ficamos em silêncio por algum tempo, só conseguimos escutar os pássaros cantando, as árvores balançando e o uivo do vento frio de final de verão, até aparecer a última pessoa que queria ver naquele momento 


– Olá gracinha – Potter chegou sem muito alarde e piscou pra mim – tudo certo Remmy?


– Oi Jay, o que faz por aqui? – Remus deu um aceno de cabeça pro amigo


– Nada de especial – Seus olhos encontraram o meu – Já pensou sobre? A proposta de hoje mais cedo? 


– Ah... claro que sim Potter, e a resposta continua a mesma de anos – Ele apenas sorriu


– Você ainda vai ser minha ruiva  


– Sua?! Lamento te informar mas não sou um troféu – Ele me olhou confuso – Se você ainda não percebeu... estamos tentando estudar


– Não era isso, ãhn.... ok... desculpa – Finalmente saiu, sua expressão confusa não tinha desaparecido ainda quando se encontrava no castelo novamente


Remus tinha relaxado mais um pouco, talvez esquecido do ocorrido que o deixara sem jeito antes de me encontrar, ficamos conversando por alguns minutos até que paramos no assunto que sempre foi falado por nós, sobre os amigos do Remus


– Ainda não sei como você é amigo daqueles dois imbecís – Eu revirei os olhos e ele apenas deu um sorriso 


– Mesmo não parecendo eles são legais – e então ele deu uma gargalhada vendo minha cara de nojo – eles me ajudaram em um dos momentos mais difíceis da minha vida, sou muito grato a eles, mesmo você não querendo admitir, eles são boas pessoas – E mais uma vez alguém chamando James Potter de "pessoa boa"   


– No fundo ainda tenho esperança – Remus sorriu – É um milagre o Black não está junto com o Potter 


– Na verdade se chama aposta – eu fiquei confusa – eles fizeram um aposta boba e o James está mais nervoso do que de costume com o Sirius


– Que tipo de aposta? 


– Não sei, eles não me contaram, descobri por conta própria que era um tipo de aposta quando Peter deixou escapar – ele se calou ficando pensativo 


– Só sei que o Potter está mais irritante do que costume, ele me chamou duas vezes pra sair em menos de 10 minutos, como ele não cansa? 


– Sair... – Remus resmungou 


– O que foi? Ele te pediu pra sair também? – Brinquei, mas o Remus continuou sério 


– Não... não ele – ele voltou os olhos pra mim que até então olhava para o chão pensativo – Mas que merda Sirius Black – resmungou outra vez


– Remus... o que aconteceu? Você ainda não me explicou porque veio tão inquieto pra cá


– A droga da aposta, Lily – Ele franziu o cenho 


– Continuou sem entender – mesmo os olhos âmbares de Remus me olhando pareciam desfocados de mim, como se estivesse em outro mundo 


– Sirius e James... estão fazendo uma aposta, e você Lily Evans, está envolvida no meio disso


– Espera... o que? – era tão ruim como de costume, ele realmente acharia que eu iria ceder? – Qual o problema com ele – sentia minhas bochechas esquentarem de raiva


– Ah mas quando eu encontrar o Sirius... o que se passa na cabeça desse garoto?


– O que tem o Sirius? Ele apostou que quem sairia com ele? – perguntei 


– Eu, Lily, EU – O rosto bravo do Remus aliviava toda a tensão que estava sentindo e me fazia sorrir – Do que esta rindo? 


– Sirius Black e Remus Lupin, é algo a se pensar. Sabia? – ele me olhou com as sobrancelhas franzidas – Eu particularmente iria amar ver vocês saindo juntos – Brinquei 


– Evans, você deveria estar brava com o James, esqueceu? – meu sorriso desapareceu mais uma vez – Não vou dar esse gostinho de vitória para o Sirius não, ah não vou – o olhei confusa – Quer dizer, mesmo se eu não soubesse que era uma aposta, não iria aceitar... claro que não – e então Remus ficou exatamente quando o encontrei 


– E o que faremos a respeito? – tentei tirar o sorriso do rosto enquanto prestava atenção no Remus


– Lily, eu preciso que me escute e me leve a sério...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...