História Os Novos Vizinhos - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias The Vampire Diaries
Personagens Alaric Saltzman, Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Elizabeth "Lizzie" Saltzman, Hope Mikaelson, Jeremy Gilbert, Lucy Bennett, Matt Donovan, Personagens Originais
Tags Crepusculo, Crossover, Tvd
Visualizações 21
Palavras 724
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olha eu, criando outra fic, com outra não terminada.
Só pra deixar claro, isso aqui se passa depois do final de TVD.
Boa leitura, e nos vemos nas notas finais.

Capítulo 1 - Despedida


Fanfic / Fanfiction Os Novos Vizinhos - Capítulo 1 - Despedida

   POV BELLA

   É noite, estamos na casa de Charlie, comemorando o aniversário de casamento dele e Sue. Já faz cinco anos que eles casaram no papel.
   - Isa, vem logo, deixa de besteira! - Set chamou. Ele quem inventou esse apelido pra mim, e é o único que tem permissão pra usar.
   - Mas se eu for, quem vai tirar a foto, hein? - Retruco. Estava dando essa discussão por vencida, quando Nessie decide intervir a favor do tio:
    - Existe uma coisa chamada temporizador, mamãezinha querida! - Definitivamente, ela está andando muito com Set.
    Reviro os olhos e com um suspiro ajusto o temporizador da câmera, aciono-o e caminho até onde todos estão reunidos. Me posiciono ao lado da poltrona em que Charlie está sentado. Meu meio irmão me cutuca com o pé, fazendo-me abrir um pequeno sorriso bem na hora da foto.
    Assim que ouço o clique, saio da frente da câmera e vou para trás dela, onde confirmo que todos estavam sorrindo, pra não termos que tirar outra foto.
     - Como ficou, Bella? - Pergunta-me meu pai.
    - Está ótima, veja. - Passo-lhe a câmera, fazendo com que veja como ficou. Ele dá um sorriso de orelha a orelha, o que me deixa feliz. É a última vez que nos veremos, nós iremos nos mudar pra alguma outra cidade, já passamos muito tempo em Forks.
    Nesse 'nós' encaixa-se eu, o resto dos Cullen e a matilha de Jacob, afinal aonde Nessie for, Jake vai, e aonde Jake for, sua matilha vai. Nós insistimos para que Reneésme ficasse aqui em Forks, para que a matilha não tivesse que ir embora. Muitos dos lobos não queriam ir, mas a um tempo atrás, antes de decidirmos ir, as duas matilhas já haviam conversado sobre isso, e já decidiram que quando quiséssemos ir embora, eles nos acompanhariam. Alguns até que gostavam de nós, e outros simplesmente se conformaram de que não era certo fazer Nessie abandonar a família.
    Agora, estamos todos aqui (menos Rosallyn), como uma festa de despedida. Sue sabe também, mas está tentando curtir sua última noite com os filhos, e prometeu não contar a Charlie. Sei que não vou conseguir me despedir de meu pai, por isso vou deixar uma carta com Sue, e pedir para que ela entregue, amanhã, à ele.
    Sou tirada de meus devaneios por Edward :
    - Ei, temos que ir. - Diz baixo no meu ouvido. - Nessie pode não demonstrar, mas está morta de sono.
   - Verdade, já passa de três da manhã e temos que ir daqui a duas horas.
     Olho para meu pai que está em uma conversa animada com Emmet e Alice. Vejo Alice mudar sua expressão, quase imperceptível, pra uma cara de desgosto. Então a ouço falar, um pouco mais alto para que todos escutem:
    - Bem, Charlie, a festa foi ótima, mas já é tarde, precisamos ir. - Fala se levantando e dando um abraço no homem a sua frente. Eles são muito amigos e pra Alice também era muito difícil se despedir.
    - Mas ainda tá cedo! - Reclama Reneésme.
    - É, mas você tá pingando de sono, que eu sei. - Respondo-lhe seca.
    Acho que depois desse meu comentário todos perceberam que eu queria terminar logo com aquilo e apressaram a se despedir. Depois ficamos apenas eu e meu pai na casa, Sue estava lá fora se despedindo dos filhos.
    - Então... Vocês vão amanhã? - Questiona-me Charlie, com aqueles olhos castanhos escuros aos quais Nessie puxou. Fico surpresa com a pergunta, ninguém contou pra ele, afinal. A única coisa que consigo responder é:
   - Ficou tão óbvio assim?
   - Bells, eu te conheço bem o suficiente pra saber quando está escondendo alguma coisa.
   Ele vem até mim e me abraça, dizendo-me palavras de conforto e que está tudo bem, pedindo apenas que eu mantenha contato. Retribuo o abraço, abraçando-o o mais forte que seu corpo humano aguenta. Não digo nada, pois tudo que tenho para dizer está na carta, que foi feita para que eu não tenha que passar pelo suplício de uma despedida oficial.
    - Tchau, pai. - Dou-lhe um beijo na bochecha e ele retribui dando-me um beijo na testa.
    - Até mais, Bells.
    Saio da casa e rapidamente subo na minha moto, sentindo Nessie subir na garupa. Dou partida na moto e vamos pra casa.


Notas Finais


Capítulo curto, desculpa.
Vou tentar manter uma frequência, mas não garanto nada.
Espero que tenham gostado.
Beijos de luz! 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...