História Os Oito Ás - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 6
Palavras 415
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Luta, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hhhhh

Capítulo 5 - Aula prática


      Kenzo, desesperado parra ter sua ficante de volta bola um plano infalível para reconquista-la. Chamando Gabriel ele descobriria como seduzir uma mulher e ainda ser bom de cama. Em pouco tempo a campainha do sobrado de Kenzo tocou. Ele estava sozinho e foi atender a porta.
      -Eae gado. Pronto para a aula? – Gabriel provoca.
      -Se você enfiar um dedo no meu cú eu te mato. – Kenzo avisa.
      Os dois finalmente entram em casa. Embora Kenzo tivesse medo da “parte prática", ele estava preparado para reconquistar sua garota.
      No início Kenzo resistiu a ter aquela a aula, foi tentando distrair Gabriel. Os amigos passaram três horas seguidas jogando Fortnite. Gabriel começou a se irritar com a enrolação se Kenzo, então o empurrou para o quarto e abaixou suas calças do amigo a força.
      Kenzo se assustou com a atitude do colega. Gabriel começou a meter sem piedade, Kenzo não resistiu e deixou fluir. Gabriel o puxava de um lado para o outro, sem tirar seu pênis da bunda do amigo. Os gemidos altos chegaram a assustar os vizinhos.
      Gabriel lambia o pescoço de Kenzo, que não hesitava em momento algum, inclusive rebola no membro do colega. Ambos estavam cansados já, porém não queriam parar. Gabriel, no auge da satisfação faz uma sugestão muito ambiciosa a Kenzo.
      -Cara, se você me masturbar todos os dias no intervalo, eu te pago cinquenta conto toda semana. – Gabriel sugere.
      Kenzo estava muito carente e aquela era a oportunidade perfeita de acabar com essa carência. Após muito pensar ele decide aceitar a proposta.
      -Olha, eu até posso fazer isso, mas não deixa ninguém saber... – Kenzo advertiu seu amigo.
      -Ninguém vai saber. Não se preocupa. Mas o trato começa agora. Entããão...
      E assim os dois fizeram um trato.
      No dia seguinte, Edward havia espalhado que Kenzo tinha o ameaçado de morte. Aquele era o assunto mais comentado da sala. Até Leon e Bito estavam sabendo do ocorrido. Todos estavam interrogando Kenzo, até os professores.
      No canto da sala Diego e Alana conversavam.
      -Cara, o Kenzo é muito desesperado mano. Ameaçou o Du de morte. Mano, como alguém consegue gostar de uma pessoas por tanto tempo? – Diego questionava.
      -Ééé... Eu sempre gostei de alguém por muito tempo... – Alana falava em um tom de voz extremamente baixo.
      -Oi? – Ele pediu que a amiga repetisse.
      -Âân... Nada... – Alana ficou corada.
      -Fala! Fala! – Diego colocava a ponta do dedo indicador em seu rosto para “força-la" a falar.
      -Depois eu falo... Olha, o professor quer falar...
      Continua...

 


Notas Finais


Diego senpai


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...