1. Spirit Fanfics >
  2. Os Olhos da Alma >
  3. O Sentimento que nos Une

História Os Olhos da Alma - Capítulo 16


Escrita por:


Capítulo 16 - O Sentimento que nos Une


Alguns dias depois 

 

Sage 

 

Estou muito feliz que finalmente conseguimos resgatar o Regulus e agora ele está se recuperando bem com os cuidados do Shion e do Asmita.  Ontem recebi uma mensagem do Sisifos e senti um grande alívio ao saber que ele encontrou a nossa deusa e ela está bem, agora temos que esperar a burocracia terminar para a trazer para o santuário. 

Agora a única coisa que me preocupa são os gêmeos, sei que sou o culpado por eles terem ficado daquele jeito. Deveria ter os levado para um lugar onde fossem criados sem aquele enorme desprezo, mas agora só me resta tentar consertar o erro. Mesmo com o passar do tempo os dois continuam tendo sentimentos muito ruins e não sei mais o que fazer para os ajudar. 

Aspros 

 

Faz algum tempo que estou longe do santuário, aperfeiçoei os meus poderes e sem dúvidas sou o dourado mais poderoso e que possui o golpe mais mortal. Mas nada tira o enorme ódio que possuo no coração, a minha vontade é destruir todo o santuário mas sei que não ganharia nada com isso então fico quieto com meus pensamentos. Sou temido por todos naquele lugar horrível mas isso ainda é pouco, sinto falta de ter mais poder e também gostaria de realizar todas os meus desejos sem importar com nenhuma consequência. 

 

Defteros 

 

Ficar isolado nessa ilha só me deixou com ainda mais ódio daquele santuário, eles sempre nos trataram pior que um bicho e agora querem se livrar de mim. Passei todos esses anos treinando e estou ainda mais poderoso, a única coisa que mudou é que não sinto mais ódio do meu irmão, no fundo ele foi uma vítima assim como eu. 

A minha vontade e de destruir aquele santuário e a deusa que seremos obrigados a proteger, prefiro que Hades vença essa guerra pois quero ver aquele povo nojento sofrendo no inferno. Sinto pelo cosmo que o meu irmão também está longe do santuário, se unirmos as nossas forças poderemos acabar facilmente com aqueles nojentos pois somos os mais poderosos. 

Aspros: Sinto que o meu gêmeo não está muito longe de mim e decido ir até dele.  O seu cosmo é idêntico ao meu, até o ódio dele é igual ao meu, juntos podemos não apenas destruirmos o santuário mas sim acabar com quem desejarmos. 

- Há quantos anos, maninho. 

- Realmente faz anos que não nos vemos. Mas o que te trás até aqui irmão? Não me diga que abandonou aquele lugar. 

- Eu jamais ficaria perto daquelas pessoas egoístas, simplesmente não suporto tanta falsidade então vou desenvolver us poderes em um lugar bem longe. 

- Também não suporto aquele povo nojento e hipócrita, foi até bom ficar isolado nessa ilha. Sabe maninho, nós dois somos os mais poderosos e se nos unirmos poderemos nos vingar do santuário e de todos que nos fizeram mal. 

- Aquele povo egoísta sempre nos tratou mal por sermos gêmeos, como se isso fosse um crime e nós não pedimos para nascermos assim. Tudo o que mais desejo é vingança e não existe ninguém que pode nos enfrentar. 

- Também tenho esse desejo há anos e agora que o nosso cosmo está no máximo podemos destruir tudo o que quisermos e nos vingarmos de todos. Nós fomos tratados pior que bichos e aquelas pessoas merecem irem para o inferno. Não tenho medo de nenhum dourado e nenhum deles pode nos vencer, até o nojento do Sage não pode nos derrotar. 

- Naquele lugar horrível ninguém é capaz de nos vencer. Mas o melhor seria conseguirmos uma armadura para lhe proteger. 

- Sim esse seria o melhor, mas não me importo em lutar sem uma armadura e a de gêmeos só pode proteger um de nós mesmo que aceite nós dois. 

- Gêmeos só pode proteger um de nós, mas existem outros deuses que podem nos oferecer proteção e nada melhor que procurar aquele que o santuário odeia. 

- Que eu saiba o santuário odeia Hades e Poseidon, esses dois estão na lista negra daquele povo nojento. Mas você tem razão, somos poderosos e certamente um deles nos dará proteção se o servirmos. Qual deles devemos procurar? 

- Hades odeia os humanos assim como nós odiamos a maioria deles. Então é melhor procurarmos ele. 

- Isso é verdade e tenho certeza que ele adorará receber a nossa ajuda para eliminar o santuário de uma vez por todas. 

Assim que terminarmos de conversarmos siamos em busca de um modo de encontrarmos o deus dos mortos. Após dias de caminhada nós encontramos um templo dedicado ao deus dos mortos onde conseguimos comunicarmos com o deus da morte que é braço direito de Hades. Thanatos percebendo que somos muito fortes nos aceita no exército do submundo. 

Através do seu poder a armadura de gêmeos que Aspros usava se torna preta como a noite, ela até brilha de tão bela que fica e no meu corpo aparece uma vestimenta igual a que o meu irmão usa, o deus nos explica que elas são sapures, as armaduras usadas pelo exército dos mortos e por causa do seu poder a armadura de ouro de gêmeos não existe mais. 

Enquanto isso no santuário o grande mestre e os cavaleiros de ouro se apavoram ao sentirem que algo muito grave tinha acontecido pois a armadura de gêmeos emitia uma energia maligna muito forte e o cosmo dos gêmeos estava ainda mais forte e cheio de ódio. 

Imediatamente Sage dá o sinal de alerta e todos começam a se preparar para um possível ataque dos irmãos, naquele momento o povo do santuário sofria as consequências da enorme maldade que tinham feito com os gêmeos que naquele momento estavam fora de controle e ainda mais poderosos. 

O Clima no santuário estava muito pesado pois todos estavam apavorados pois sabiam do enorme poder daqueles dois e tudo indicava que teriam uma batalha sangrenta naquele lugar. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...