1. Spirit Fanfics >
  2. Os olhos do seu pai >
  3. Seus olhos brilham como se fossem o próprio Sol

História Os olhos do seu pai - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Não tem nenhuma explicação para o porquê de eu estar escrevendo isso, a não ser uma inspiração repentina para escrever alguma coisa com o Menma sendo filho de SasuNaru, e coisa triste, tudo junto. O que aliás, me deu inspiração pra reescrever uma fanfic minha com essa tema (que era SasuHina, poise, shippo muito). Ficou curtinha e sem tanto sofrimento quanto eu queria, mas ainda assim, eu espero que gostem <3 (e que fiquem tristes pq esse é o objetivo)

Capítulo 1 - Seus olhos brilham como se fossem o próprio Sol


Sasuke sempre via Naruto nos olhos de Menma, e isso era inevitável. Sempre que o garoto aparecia em seu campo de visão com um sorriso largo e as bochechas rosadas sujas de terra aqueles olhos azuis brilhavam. Brilhavam como se tivessem roubado todo o brilho das estrelas para si. Menma era uma estrela.

Uma estrela tão reluzente quanto o Sol, tão reluzente quanto Naruto, e que ele jurou proteger desde o primeiro momento que o pegou em seus braços, o corpinho tão pequenino e tão frágil que ele teve medo de quebrar, o chorinho tão fino que seu coração ficou em frangalhos por não poder consolá-lo. Seu filho, seu menino mais precioso que qualquer joia, que ele cuidaria por todos os dias de sua vida. Menma estava crescendo rápido demais… E Doía em Sasuke não poder parar o tempo para ficar mais ao lado dele.

Porque o tempo ao lado de Naruto foi curto demais.

Os dias que os dois passaram juntos se findaram antes que pudesse sequer piscar. Cinco anos nada mais era senão um sopro. A vida, como a chama de uma vela que se apagou antes que sequer se desse conta, antes que Menma sequer abrisse os olhos. Mas mesmo antes disso, ele estava chorando. Chorando como se soubesse que sua chegada era também uma partida. Sasuke ganhou o menino que mais amava em sua vida, e também perdeu o homem que mais amou. Um fim sem possibilidade de um adeus em meio a um nascimento prematuro, e seu chão se partiu.

Se partiu, mas ele não podia simplesmente cair com uma criança em seus braços, e então por ele, e somente por ele, decidiu ficar em pé e continuar. Naruto teria feito a mesma coisa, e consolava-o pensar que onde quer que estivesse, seu raio de Sol estaria sorrindo enquanto Sasuke cuidava e amava a pequena estrelinha que os dois tanto esperavam. 

E toda a tristeza, ainda que continuasse ali e não desse sinais de ir embora, era sufocada por cada sorrisinho que aquela boca desdentada de um pingo de gente abria porque aprontou. Toda a angústia era esquecida, cada vez que tocava a pele quente de seu rosto, maculada por três risquinhos de cada lado. Todo o desespero, era simplesmente aplacado quando os braços curto envolviam sua cintura de forma manhosa. 

Há dez anos, Sasuke conheceu Naruto. Há cinco, perdeu. Há cinco, Menma estava ali. E os olhos tão azuis quanto o céu também. Seu mantra diário sempre escapando por entre seus lábios ao acariciar aqueles cabelos escuros, o único traço, único detalhe, que podia dizer que era seu. 

“Você tem os olhos do seu pai.”

 


Notas Finais


Não me arrependo de nada.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...