1. Spirit Fanfics >
  2. Os olhos do vigilante.-Dekubowl >
  3. “Capítulo especial: Detalhes da noite Kamideku.”

História Os olhos do vigilante.-Dekubowl - Capítulo 20


Escrita por:


Notas do Autor


Leia importante !

Eu decidi mudar o shipp não vai ser Kirikami vai ser kirikamideku, então não terá kirikami pra felicidade de vocês :)

E vou explicar uma coisa, eu estou realmente ocupada, o fim de Haikyu me abalou mas estou conseguindo me ajeitar e aceitar que acabou, eu também tenho que por meus animes em ordem, e também não sou movida vinte quatro hora para ficar escrevendo capítulos, eu não vou citar nomes de quem fica me pressionando, mas eu tenho uma vida atrás da tela, amigos, família e eu ainda estou na escola !

Então eu estou arrumando os horários de atualização, terça será 'Foda-se vocês ! Eu vou para a Aoba Johsai !' , que já está acabando e daqui uns dias será ocupado por outra fic, quarta vai ser 'Apenas uma aposta.' E quinta vai ser 'Os olhos do vigilante', os finais de semana eu decido qual postar.

Se eu não conseguir atualizar esses dias é que eu estarei extremamente ocupada com provas ou trabalhos, ou a internet acabou, e atraso um pouco a atualização, mas atualizarei no outro dia.

Espero que entendam.

Vocês queriam detalhes ?!
Pronto os detalhes em capítulo especial só para vocês xuxus !

Agora vamos pro capítulo !

Capítulo 20 - “Capítulo especial: Detalhes da noite Kamideku.”


Fanfic / Fanfiction Os olhos do vigilante.-Dekubowl - Capítulo 20 - “Capítulo especial: Detalhes da noite Kamideku.”

Pikachu (Denki) on


-Hey Bakubro ! O que faz aqui ?- falo chegando perto de Katsuki que estava descendo a rua do nosso apartamento, tínhamos escondido a van-carro à algumas quadras atrás, e viemos de a pé carregando as sacolas.


-Nada seu maldito ! Volte do lugar que você veio !- disse e saiu do nosso alcance sumindo per trás do prédio.


-Nossa ! Viado ! Aquele filho da puta estava com cheiro de sexo !- disse Mei, logo nos entreolharmos.


-Casa...- falo e olho para ela mais fixamente.


-Sexo...- continuou ela.


-IZUKU !- gritou nós dois e corremos com a sacola até no nosso apartamento.


Abrimos a porta com afobamento e deixamos as coisas na porta, corri o mais rápido possível até o quarto.


La estava Izuku, deitado de bruços dormindo, e nu, agora eu vou matar um porco espinho loiro ali e já volto.


-Viado ! Você transou !- gritou Mei se tacando em cima dele.


-AÍ SUA PUTA PIRANHA ! SAÍ DE CIMA !- disse o mesmo tacando ela pra baixo, suas asas estavam abertas.


-Tá bom explica aí oque merda que aconteceu nesse exato momento, que eu vi o Bakubro lá fora.- falo meio enciumado, claro um dos meus crush's transou com outro.


-Eu falei pra ele quem eu sou, e meu cio acabou chegando bem na hora...- ele disse se ajeitando.


-Quando vem outro onda de pico do cio ?- pergunto tirando meu relógio e sapatos, eu teria que ajudar Izuku com o seu cio, e não vou reclamar ficar dentro dele é bem quente e confortável.


-Acho que daqui a uma hora.- respondeu olhando o relógio da parede.


-Tá tome um banho e come, daí eu espero e eu te ajudo.- respondo saindo pela porta.


Sigo até o corredor, e recolho as sacolas e deixo em cima da ilha da cozinha, pego um copo d'água e encho, logo tomando todo o conteúdo.


-Bakugo, você não ficará com ele pra você, mesmo que sejam amigo de infância, eu vivi mais com ele do que você.- sussurro para mim mesmo.


-Denki é melhor para com esse ciúmes aí viu ? Você não vai ficar com ele porque eu quero ver um harém !- disse ela pegando uma cafeteira.


-Nossa bela amiga tu é, viu ?- falo cabisbaixo.


-Cheguei, vou comer e daí te espero lá Denchan !- falou Zuku chegando perto e tentando alcançar o armário.


Chego atrás dele e seguro sua cintura e o subo, encostando sua bunda em minha intimidade, logo ele alcança e o desço, saio dali e vou me sentar no sofá para me acalmar-tesão.-


Logo vejo Deku passar por trás e ir até o quarto, pego o controle e ligo a TV.


Passava sobre um crime que tinha acontecido em um banco aqui perto, dois ladrões foram pegos e o resto fugiu.


Logo sinto um cheiro que já conhecia muito bem, Izuku está em seu pico do cio de novo, desligo a televisão e sigo até o quarto abro a porta divagar.


-Denchan hã~- gemeu o meu nome, logo sinto a minha ereção apertar as minhas calças.


Brócolis (Izuku) on


Kami chega perto de mim, eu gemia seu nome já não aguentando muito mais eu precisava de alguém me tampando.


-Zuzu precisa de ajuda~- disse sedutoramente mordendo o lóbulo da minha orelha.


-Preciso sim~- gemo em resposta para o mesmo.


Começamos com um beijo calmo e foi para feroz, mordeu o interior dos meus lábios e dei um gemido, Denki aproveitou isso para invadir minha boca com sua língua, eu sentia cada espacinho ser vasculhado por ele, logo a falta de ar fez presente, e tivemos que nos separar, o mesmo tira minha camisa.


O Pikachu aproveitou de mim e começou a fazer chupões e mordidas em todo o meu pescoço, gemo alto quando nossas ereções se encontram.


Sinto ele descer os beijos para baixo chegando até meu mamilo, o mesmo para do nada, eu olho para ele em sinal de reprovação, Kaminari sai da cama e volta depois com algumas coisas que nunca vi que tinha ali.


Ele alcança um tapa-olho e coloca em meu rosto, logo depois tem uma corda amarrada em meus pulsos, e prendeu no encosto da cama.


-O que é isso ?- pergunto e sinto uma dor em minha coxa.- Hã !- gemo, isso era para doer mas está sendo prazeroso.


-Eu sou seu mestre ! Entendeu ou meu chicote pode te ensinar isso ?~- perguntou chupando meu mamilo.


-Hum~ Hã~- gemi, logo sinto uma coisa em minha boca um tipo de gravata mas tinha um bola.


-Fique quietinho meu gatinho~ ou se não eu te puno~- falou. 


-Vamos ver até quando você aguenta~- sussurrou em meu ouvido, vejo por baixo do tapa-olho grampos de roupa de varal, ele segue sua mão até meu mamilo e aperta.


A dor e o prazer vem como ondas para mim, logo sinto a mesma coisa no outro, não consigo gemer direito por causo do negócio que tampa minha boca ? Tapa-boca ? A sei lá só vou aproveitar.


Minha calça foi tirada em segundo, o mesmo para por um tempo e ouço um lacre abrindo, logo sinto uma coisa gelada em minha entrada.


-Eu fui comprar isso para você~ o lubrificante no começo é frio e vai esquentando depois~- falou novamente e enfiou um dedo em mim, soltei um gemido de reprovação.


Me acostumei e ele enfiou outro dentro de mim, esperou um pouco e o terceiro já estava dentro. 


Fez o movimento tesoura dentro de mim, e gemo cada vez mais alto, o líquido meio viscoso que estava frio agora estava quente, a sensação era ótima.


-Vou tentar sentir o gosto~- sussurrou baixinho mas eu ouvi e sinto sua língua em meu orifício, ele puxava e lambia.


-Hãn~ Hã~- gemo em resposta pra esse ato, sendo que o negócio atrapalhava minha boca.


Logo ele tirou a língua e coloca a ponta do seu membro e vai entrando lentamente, depois de chegar até o final, esperamos um pouco para respirar, comecei a rebolar sinalizando para ele se mexer.


-Não se apresse bunny~- sussurrou e mordeu novamente minha orelha.


Ele começou a estocar lentamente, indo e vindo, foi acelerando, e no quarto só ouvia nossos gemidos e os sons das batidas contra a pele.


Sem ver o que ele está fazendo é um pouco estressante, os meus pulsos estão doendo um pouco já, mas tudo isso sumiu quando ele estocou em um ponto.


-Achei~- falou e começou a acertar naquele ponto dentro de mim.


Minha mente estava em branco era muito prazer só para um dia, mas eu só deveria aproveitar e é o que eu estou fazendo.


-Hãn~- gemo e me desmancho em minha barriga.


-Hurg~- gemeu e como o gozo não foi dentro de mim, ele estava com camisinha. 


-Descanse porque ainda tem mais dois dias baby boy~- falou isso saindo de mim e deixei a escuridão consumir.



Próximo capítulo...

Briga na 1-A...

Conversas...

Sobre um esverdeado...

Que roubou o coração de todos...




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...