História Os opostos se atraem ! - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Armin, Castiel, Dajan, Dakota, Jade, Kentin, Lysandre, Nathaniel, Personagens Originais, Rosalya
Tags Drama, Revelaçao, Romance, Sexo
Visualizações 28
Palavras 1.794
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


♥ Oie,tudo bem eu espero que sim ! ♥

♡ desculpem eu dei uma sumida, era pra ter postado na quarta e não deu...Tive uns problemas com o celular e tals mais resolvi, e trago esse capítulo !♡

♥espero que gostem !♥

♡♡♡ Partiu leitura ! ♥♥♥

Capítulo 4 - Ex noiva, ciúmes ?


Fanfic / Fanfiction Os opostos se atraem ! - Capítulo 4 - Ex noiva, ciúmes ?

  ♡_♥_♥_♥_♥_♥_♡

             Katherine

Acordo umas 8:30, já que minhas aulas voltariam hoje e eu estudava...no turno tarde, acordava mais tarde.

Estava tão adormecida até escutar alguém bater com força na porta, me sento na mesma e meu pai entra ele estava furioso, mais ao ver meu estado sai as custas.

Gabriela - bom dia minha pricesa !

- bom dia...mãe ! - rio fraco.

Gabriela - oque houve ? - fecha a porta.

- ham...houve ?

Gabriela - sim, não está no mesmo quarto que o Castiel ! - se senta na cama.

- nada mãe, decidimos assim ! - falo curta.

"Não deveriamos ter passado pro mesmo quarto, desde que fomos pra "lua de mel" isso está me matando aos poucos, preciso ver a real maneira de acabar com oque sinto !"

Gabriela - vocês...pareciam tão bem ! - pega em minha mão.

- aparências enganam ! - solto sua mão, me levanto. - fala pro empregados trazerem as coisas dele pra cá, e que tudo volte como se eu fosse solteira...porém casada ! - me retiro do quarto de ospedes deixando minha mãe sozinha.

  Eu estava muito nervosa, queria apenas acorda, ele ia me estrupar realmente ontem ?, ele...quiria aquilo !

Alguem me tira dos pensamentos,ou no caso a pancada na cara.

- ai... - falo chorosa.

Castiel - des...desculpa ! - me olha assustado. - te machuquei ?

- não... - era difícil mater meus olhos nele.

   Entro em meu quarto,o deixando do lado de fora, sinceramente eu não me entendia, não mais... tudo que um dia eu soube nesse momento estava sendo apagado, todos diziam que com ou sem amor era... normal, mais eu queria agora me manter longe dele.

Estava trancando a porta, deixei meu corpo cair no chão e as lagrimas caiem.

- por...por quê ? - falo fraca, apenas minha respiração ofegante em tentar segurar.

 Quando desisto; desmorono, por quais raios eu estavam daquele jeito, passado ficou pra trás. 

Levanto minha cabeça seco minhas lágrimas, e saio daquele chão gelado que me encomodava, vou pro closet pego meu uniforme no maior animo.

Enquanto estava tomando banho alguém bate na porta, eu não quis atender. Meu mau humor era visto de longe, até mesmo de dar explicações. 

Do nada vêm a minha cabeça não ir pra escola, Castiel iria sair meus pais também, eu ficaria sozinha pelo menos.

Saio da banheira, me seco e visto uma roupa simples porém dava pra sair se eu precisar, seco meu cabelo e faço uma escova nele. Desço e como dito o pessoal ia saindo, me despeço e mando as empregadas fazerem oque eu disse pra minha mãe.

Fiquei na sala vendo TV, o sono vinha e ia, era legal cochilar e acorda.

Hingrid - senhorita ?

- sim ?

Hingrid - os quartos estão prontos !

- obrigada !

Hingrid - deseja tomar café ?

- não tomarei fora !

Hingrid - ok senhorita ! - sai.

 Olho ela indo, me sento naquele sofá enorme sozinha. 

Me levanto, pego uma chave de qualquer carro que teria na garagem e sigo meu rumo, quando chego na mesma pego um carro qualquer (não entendo de carro !).

Vou pra uma praça era linda e calma, fiquei numa lanchonete pedi um caputino extra forte, e a vista que aquilo dava era muito boa. 

Rosa - Kat ? - pergunta me olhando.

- R-Rosa ? - Falo super, surpresa era imprevisto vela por aqui.

Rosa -carne e osso, oque faz aqui...e sozinha ?

- a mesma serve pra você ! - continuo espantada. 

Rosa - compras ! - se senta.

- compras, não deveria está na escola ?

Rosa - o sujo falando do mal lavado !? -revira os olhos.

- normal... - tomo meu "café".

Rosa - como ta as coisas ?! - faz um pedido nada haver.

- irritantes, chatas, estúpidas, arrogantes e se serve de chave de ouro o Castiel tentou fica comigo ontem ! - falo quase guspindo as palavras.

Rosa - uau...que...estranho ! - da pausas em algumas palavras. 

- põe isso...

   Era legal conversa com minha amiga, ela podia ser oque for porém...era bom ficar nisso.

Ficamos ali vendo o tempo passar oque não irrita ninguém, conversamos um pouco, mais a hora de irmos deu.

Rosa - vai amanhã ?

- sim infelizmente terei de ir, quero ter o ensino médio completo, mesmo isso não sendo minha culpa ! - falo lembrando da greve de um ano.

 Nós despedimos, e eu fui pra casa e quando chego era estranho.

- Hingrid cheguei ! - jogo a chave na bancada e subo.

Hingrid - Kat...Kat espera ! - me segue tentando me parar. 

- oque foi Hingrid ? - paro mais logo volto a andar.

Hingrid - não entra....ai... - para de falar.

Quando entro no quarto, estava uma mulher que eu não conhecia, porém tinha um ar de superioridade. 

- oque deseja ?

??? - boa tarde...princesa ! - fala com um certo nojo.

- oque deseja ? - cruzo os braços. 

??? - nada demais, só meu ex noivo !

- seu oque ?

??? - Castiel...idiota ! - fala bruta.

  Ela mal me conhecia, e estava me chamando de "Idiota".

- olha senhorita, poderia telo esperado lá na sala, mais por gentileza !, se retire do meu quarto...agora !

??? - pra um princesa, isso parece o fim do mundo !

    Ela sai rebolando, eu não gostei dela a sigo e a mesma se senta no sofa jogando a bolsa no outro lado.

??? -me diga princesinha, qual seu nome ?

- Katherine Dominic, mais pra você por favor princesa ! - rio fraco me sentando a sua frente. - e o seu ?

Deborah - Deborah...como eu disse ex noiva do seu marido !

- oque deseja ?

Deborah - quero falar com ele oque eu quero !

- seja oque for o assunto, DEVE me dizer oque ele se trata ! - falo autoritária. 

Deborah - ok, você pediu !

- uhum...

Deborah - porém sendo ou não a realeza eu...conto pra ele primeiro !

  Eu já disse que odeio ela ?, ela me olhava friamente mais também com nojo,garanto que ela não era a única. 

Aquele silêncio e aquele olhar dela me deixava arisca, quando a porta foi aberta nossos olhares foi ao de encontro com os de Castiel. 

Castiel - Deborah, oque foi ?

- isso que EU quero saber em cerca de ... 1 hora ! - rio forçado.

Deborah - Gatinho... que saudade ! - ela se levanta e corre até ele.

 Ela estava tão nojenta o abraçando,ele não entendia ao certo oque aquilo se tratava.

Muito menos eu, poderia muito bem te-la soltado mais a apertou mais contra sí, Castiel pelo amor de deus a solte agora.

- ham...desculpa eu estou aqui sabem ! -cruzo os braços. 

Castiel - vamos pro Escritório ! - a puxa.

Eu fiquei sozinha de novo, dessa vez sozinha com a minha TPM (Ciúme cof cof).

Me jogo no sofa como uma criança mimada que perdeu algo importante, peço um café e minha paciência tava tanta que derramei tudo em mim.

- merda...puta que pariu ! - falo me queimando, pego um guarda napo e tento limpar oque eu machei em mim.

Hingrid - que desastre senhorita !

- Hingrid, peça pra que levem as coisas do Castiel pro meu quarto...

Hingrid -mais...senhorita ?

- Hingrid ! -falo autoritária.

 Ela afirma e sai, a Hingrid não tinha culpa da ex do Castiel ter voltando e me deixado nervosa, mais em boa parte essa mulher chamada Deborah não me cheira bem.

Deborah - princesa...

- hum ? - a olho terminando de seca minha roupa.

Deborah - Castiel disse que eu posso ficar aqui por o tempo necessário...

- de que ? - falo confusa.

Deborah - bom...ser princesa cansa, então vim fazer umas férias aqui !

- OQUE ? - deixo minha xícara cair.

Deborah - espero que não morra até lá ! - ri alto.

 A guerra seria feita ou eu estava implicando atoa ?, que raios eu estou sentindo. Ela sai rindo como se eu tivesse feito algo que ela queria, Castiel foi louco em ter deixando isso acontecer.

Subo correndo deixando, xícara paciência tudo pra trás, entro batendo a porta assutando o Castiel. 

Castiel - que merda Katherine oque ta fazendo ?

- por favor me diga que não deixou sua ex ficar com nós até essa porra de férias, QUE ELA CRIOU, aqui na minha casa !

Castiel - primeiramente, é minha casa também e se esta achando ruim, fale com o pai dela e o mandado que ele me mandou eu vigia-la ! - fala frio.

- AAAHW SEU IDIOTA ! - vou até ele e soco seu peitoral com raiva, mais foi envão.

Castiel - eu... Não estou com ressaca ! - fala segurando meu pulso forte.

- me solta...AGORA SEU MEDILCRE ! - Falo perdendo a paciência que eu não tinha.

Castiel - ta com ciumes estou certo ?

- Nunca... - falo quase sem voz.

Castiel - ok, então se não se importa hoje andarei de cavalo com ela...

- oque ? - o olho nervosa. - se você for...eu te capo ! - Falo fria sem vê oque eu disse. - espera...pode ir eu não ligo ! - finjo não ligar. 

Castiel - depois jantaremos fora, e pra não te irritar... dormiremos num hotel !

- OQUE....n-não...nunca ! - me solto dele.

Castiel - admite que tá com ciumes !

- nunca...

   Saio dali nervosa, ele tava bêbado ontem então deixarei isso passar, e sim eu estava me corroendo de ciúmes, mal eu sei por quais motivos.

Desço novamente e a Deborah estava comendo uma coisa rosa, que no caso era meu...

- onde pegou isso ?

Deborah - na geladeira !

- sabe...que isso era meu !

Deborah- não, mais se quiser de volta ! - ri fraco porem falso.

   Eu me sento no sofá ao lado e fico a olhando com aquele olhar de " que você morra engasgada por come minha comida".

Castiel - hoje a noite sairemos !

- pra ?

Deborah - bar...escutaremos música boa ! - olha pro Castiel e ri.

Castiel - Se arrume bem em Kat...

 Eu afirmo sem animo, e quando eu subo pro quarto fiz um coque muito bosta, fiquei olhando alguma roupa no closet até escuta a voz do Castiel, em meu ouvido (imagem da capa).

Castiel - me perdoa por ontem ?

- está... Está tudo bem... prefiro esquecer ! - falo meio espantada, tentando falar normal.

Castiel - eu sei fui errado em ter feito isso !

- chegou tarde ontem, tentou me estrupar nada demais esquece isso !

Castiel - não...

   Ele falou num tom tão doce que quis beija-lo agora mais eu estou desentendendo tudo, o casamento não tem amor, ele era ou é um príncipe mimado e até mesmo rebelde...sedutor e que passei a desejar !?

Ele me pega pela cintura me virando pro mesmo, era bom ver que ele em sã consciência era doce e deseja isso.

Castiel - você quer ser minha eu sei... mesmo não tendo sentimento !

- e...e se isso fosse coisa da sua cabeça ? - pergunto com certa dificuldade. 

Castiel - seu corpo te entrega !

- eu...Não sei... - eu ia dizer mais alguma coisa e alguém abre a porta.


Notas Finais


♡quem sera em... Deborah, Gabriela, Tayler ou... (suspense !?) ♡

♡ espero que tenham gostado, até o próximo !, alguma crítica pode faze-la eu tentarei melhorar isso ! ♡

♡ se teve erros mil perdões, não teve correção nesse capítulo ! ♡

♥ tirando isso, Boa noite e um beijos doce e Abraço caloroso !♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...