História Os Opostos Se Atraem (hiccstrid) - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Como Treinar o seu Dragão
Personagens Astrid, Bafo e Arroto, Banguela, Bocão, Cabeçadura Thorston, Cabeçaquente Thorston, Melequento, Perna-de-Peixe, Soluço, Stoico, Valhallarama
Tags Ação, Hiccstrid, Somance
Visualizações 61
Palavras 822
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Estupro, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii gente, sei que prometi que ia postar um cap ou dois, se desse, a cada dia. Mas espero que me perdoem, leem as notas finais que esplicarei o porque de não estar postando.
Espero que gostem do cap...

Capítulo 5 - "Estamos juntos nessa..."


POV AUTORA    

Já fazia um tempo que Astrid havia saído de sua ilha e sua tia estava preocupada com a sobrinha que considera sua filha. Ela estava sentada em seu trono pensando em um geito para que essa guerra acabasse, mas ela não conseguia pensar em nada, a não ser em Astrid, "E se ela foi capiturada por eles?" "E se ela se perdeu em algum lugar e esta em perigo?" Ela não parava de pensar nas duvidas que envadiam sua cabeça o tempo todo. Mas no fundo ela sabia que sua "filha" estava bem e que ela saberia qual caminho seguir por si mesma.

Stoiko estava na mesma situação, a diferença é que seu filho estava ao seu lado tentando achar um bom plano para acabar de vez com isso tudo, por Soluço eles faziam um acordo de paz e viviam em armonia, mas Stoiko não aceitou a opinião do filho e disse em alto e bom tom que se ele soubesse de qualquer pessoa em sua ilha fosse um Hofferson iria pra forca na serta, com essas palavras o filho do chefe estremeceu, sabia que deveria manter o paradeiro de Astrid em segredo e que não seria fácil. A Hofferson por outro lado estava deitada sobre as estrelas pensando nos acontecimento enquanto via uma estrela-cadente fazer um risco no céu.

Ela estava conhecendo seus poderes aos poucos, ela estava aprendendo sózinha mas não era tão difícil. Astrid ainda não havia contado para o rapaz dos olhos verdes esmeraldas que era uma bruxa, muto menos os poderes. Ela estava indecisa, não sabia o que fazer ou pensar no momento, ela simplesmente levando as duas mãos fazendo movimentos circulares com os dedos fazendo com que alguma coisa qualquer flutuasse acima de sua cabeça, formando algo indefinido, logo depois de ter "brincado" um pouco com o poder e com Tempestade ela acabou dormindo na grama mesmo.

POV ASTRID

Ja faz um mês que saí de casa e ja aprendi muita coisa sobre mim, Soluço tem cido minha única compania até agora, ele era um amigo bom, mas não tive coragem ainda de contar quem eu realmente sou, ele disse que seu pai esta tramando algo para a próxima guerra que esta por vir, até agora a ilha dos Haddok venceu tudas as guerras, mas isso aconteceu porque eles tiveram mais aliados que a minha ilha natal.

Bom... acabei de mandar uma carta pra minha tia dizendo que estou bem e que nada de ruim aconteceu até agora, claro que eu menti na ultima parte, mas não quero que ela fique preocupada, e sem contar que essa é a primeira e ultima carta que eu mandaria pra minha tia...

Ja era de tarde e Soluço estava quase pousando com Banguela, eu estava de costas pra eles olhando para o mar, Soluço se aproximou de mim e se sentou ao meu lado me cumprimentando e logo fala.

_ Infelizmente, tenho más noticias! - ele fala e eu fico quieta em sinal para que ele continuasse - Meu pai disse que se ele ver um membro dos Hofferson na pelas ilhas dele... - ele não conseguiu terminar mas eu ja imaginava o que ele iria dizer, então apenas abaixei a cabeça sabendo que teria que partir o mais cedo posivel, com esse pensamento eu apenas me levantei e comecei a andar em direção a Tempestade

_ Onde você vai? - ele me pergunta se levantando e vindo atráz de mim, me encosto em Tempestade e novamente olho pra baixo - Por favor! Me diz que você não vai embora!? - ele fala pondo a mão em meu ombro e eu continuo olhando pra baixo - Astrid, por favor, não vai - ele diz pondo a mão no meu queixo me fazendo olhar pra ele sem saber ao certo o que fazer então o abracei, não sei o motivo ezato daquele abraço mas me sentia protegida ao lado dele.

Depois de um tempo, ainda abraçados, me separei do abraço e o olhei nos olhos, me perdendo naquela imancidão verde que eu queria ver todos os dias.

_ Eu preciso! Não quero que descubram que você esta me ajudando e ser morto - disse com lagrimas nos olhos, contra a monha vontade uma delas escorreu e ele a limpou passando o dedo indicados gentilmente na minha bochecha.

_ Se você for... - ele fala mas eu o interrompo pondo a ponta dos meus dedos em sua boca em cinal que ele parace de falar e assim ele fez, até uns minutos de silencio se pasaarem - nunca vou me perdoar se alguma coisa acontecer com você!! Estamo juntos nessa Asty- ele fala essa ultima parte quase em um susurro e me abraça novamente e eu retribuo sem pensar duas vezes enterrando minha cabeça em seu pescoso, e ele fazia o mesmo até que nos afastamos um pouco e ficamos a sentimetros de distancia, fomos nos aproximando até que......

 


Notas Finais


Então caros leitores, desculpem a LONGA DEMORA, o motivo de não estar cumprindo minha promessa é que minha mãe não vai pagar a internet de casa esse mês, pq esta um pouco dificil de manter algumas coisas aqui em casa, então estou usando a internet do celular mesmo mas é meio ruim, espero que entendão. Ah... vou tentar postar um cap por semana, se conseguir dois
Mas e ai, o que acharam desse cap??? Comentem o que acham que vai acontecer!! Espero muitooo que tenham gostado. Desculpem os erros 😅
Bjos e queijos😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...