História Os Opostos Se Atraem (Imagine - Min Yoongi) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Yugyeom
Tags Bts, Suga, Você
Visualizações 342
Palavras 1.146
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção Adolescente, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha eu de novo, com mais um imagine do Suga.

Nesse imagine eu to tendo inspiração daquelas histórias de garoto popular e garota nerd e blá, blá, blá...

Então é isso...

Espero que gostem....

Boa leitura 💕💕

Capítulo 1 - Já chega


Olá, meu nome é (S/N), tenho 17 anos, sou mestiça, meu pai é coreano e minha mãe é brasileira. Eu não nasci falando coreano, eu simplismente fui aprendendo a falar com o passar dos anos.

Sofro bullying na escola por ser inteligente, e também acho que porque eu sou brasileira, e não me encaixo nos padrões coreanos.

Não tenho nenhum amigo, sempre fui sozinha, na hora do intervalo, vou para um lugar bem escondido na escola onde leio meus livros e escuto música. Sempre gostei de lê e escutar música.

[...]

Acordei com o barulho do meu despertado tocando, levantei da cama e me arrastei até o banheiro. Fiz minhas higienes matinais, coloquei uma calça preta, um All Star velho, um moleton cinza, fiz um rabo de cavalo e por último coloquei meus óculos de descanso.

Desci e foi direto para a cozinha onde meus pais já estavam de pé preparando o café.

- Bom dia - falei e dei um beijo no rosto de cada um.

- Bom dia pequena - falaram.

- Fiz o seu preferido hoje - minha Omma falou.

- Obaa - comemorei e eles sorriram.

(O café da manhã de sua preferencia)

Depois de tomar café, me despedi dos meus pais, coloquei meus fones de ouvido e sai rumo a escola.

Chegando na escola, entrei e fui direrto para o meu armário, enquanto andava pelos corredores senti olhares sobre mim e os murmuros começaram.

Abri meu armário e peguei os materiais necessários.

- Olha gente quem está aqui... A esquisita - falou uma voz inconfundível atrás de mim.

Me virei e vi Min Yoongi e sua turma rindo atrás de mim.

- Porfavor... Me deixem em paz pelos menos um dia - falei.

- Ohhh, ela tá triste - começaram a rir de novo.

Tentei sair, mas ele pegou meu braço e me jogou contra o armário, nesse ato minha bolsa caiu no chão.

- P-Para - meus olhos já estava marejados.

- Ela quer chorar gente  - todos riram.

Jimin pegou minha bolsa, abril o zíper e jogou meus livros no chão, logo depois a bolsa.

Ele me soltou e eu começei a guardar minha coisas. Depois que terminei, tentei sair dali, mas nessa tentativa, Hoseok colocou o pé no chão e acabei caindo e a escola toda começou a rir.

Me levantei chorando dali e sai correndo para o meu "esconderijo".

Eu sou muito idiota... Como fui gostar de alguém como ele... Mais isso vai mudar. Não vou mais sofre. Eu vou superar ele.

Tudo que eu sentia agora era ódio. Ódio de Min Yoongi.

Coloquei meus fones de ouvido e fiquei escutando música até dá a hora da saída.

[...]

O sinal da última aula tocou e eu esperei mais 10 minutos antes de sair, não queria ver ninguém depois dessa humilhação.

Assim que os minutos acabaram, saí do meu "esconderijo" e fui em direção a saída, pelo menos quando passei pelos corredores, não havia mais ninguém lá, ainda bem.

Saí da escola e quando ia começar a andar escutei uma voz atrás de mim. Min Yoongi.

- Senti sua falta na sala hoje, esquisita - falou e escutei risadas atrás de mim.

Eu não acredito.

Me virei e vi a metade da escola ali. Tentei sair, mais senti um puxão no meu braço.

- já vai embora? - perguntou debochado.

- Por favor me deixa ir - falei com a voz fraca.

- Já...? Mais ainda nem começamos - depois que falou isso senti ele tacar alguma coisa na minha cabeça. Era ovo.

Sua tuminha veio até mim e começaram a jogar ovo podre e farinha em mim. Vi que o Jin não estava entre eles, ele apenas observava tudo, com uma expressão triste no rosto, como se não concordasse com essa barbaridade.

Apesas de ser popular, o Jin nunca me tratou mau, ao contrário dos seus amiguinhos, que sempre me maltrataram.

Depois de toda essa bagunça, enquanto todos estava rindo eu estava chorando, a única coisa que conseguir fazer foi sair correndo dali.

Chequei em casa, meus pais ficaram preocupados comigo.

- Minha filha o que aconteceu? - minha omma perguntou.

Não respondi a única coisa que eu fiz foi continuar chorando.

- Meu amor responde. Quem fez isso com você? 

- F-Foi lá na escola.

- Mais porque? - meu appa perguntou.

- N-Não sei... E-Eles nunca gostaram de mim - falei com a voz embargada.

- Não é a primeira vez que isso acontece? - perguntou com os olhos arregalados e eu neguei, nessa hora minha mãe já estava com os olhos marejados.

- A chuva de ovos sim, mais não é a primeira vez que me maltratam.

- Maltratam você na escola? Desde quando? - perguntou.

- Sim - abaixei a cabeça - Desde que eu entrei naquela escola. 

- Porque nunca nos falou? - minha omma pergunta de olhos arregalados.

- Não queria preucupar vocês com isso.

- Isso não vai ficar assim, eu vou falar com a diretora - falou alterada.

- Não Omma. Porfavor - pedi.

- Como não... Isso é errado, precisa ser tomada uma atitude contra isso.

- Não... Omma.. Eu não quero mais voltar pra quela maldita escola. Eu não aguento mais - as lagrimas voltaram a cair mais ainda.

- Tudo bem. Suba, tome um banho e depois volte aqui para conversarmos - meu appa falou e eu o obedeci.

Cheguei no meu quarto, coloquei minha bolsa em algum canto do quarto e depois me direcionei ao banheiro.

Enquanto a água do chuveiro escorria pelo meu corpo, voltei a chorar, me lembrando da minha humilhação de hoje mais cedo.

- Como eu te odeio Min Yoongi, como eu fui gostar de uma pessoa como você - resmungei pra mim mesma.

[...]

Depois que terminei de tomar banho, vesti um short, uma blusa larga, fiz um coque e calcei uma rasteirinha.

Me lembrei que meus pais queriam falar comigo então desci. Fui até a sala e os encontrei sentados no sofá.

- Queriam falar comigo? - perguntei e eles me olharam.

- Sim.. Sente-se aqui pequena - meu appa se afastou para que eu sentasse no meio dos dois.

- Nós falamos com diretora da sua escola e pedimos sua transferência. Como não encontramos nenhuma escola com vaga aberta, vamos te mandar para onde sua tia Lica está.  - minha omma falou.

- Em Los Angeles? - perguntei surpresa.

- Sim. Você só vai ficar lá um ano, vai fazer o 2° lá e o 3° vai terminar aqui. Não se preocupe, enquanto você tomava banho, ligamos pra ela - explicou.

- Entendi.

- Está feliz - meu appa perguntou.

- Estou. Estou muito. Mais triste também.

- Porque? 

- Vou sentir saudades - falei.

- Nós também. Vai ser só um ano.. Você aguenta - minha omma falou com um sorriso.

- Ok. Quando eu vou? - perguntei ansiosa.

- Bom... Amanhã.

- O QUE? Já? - fiquei assustada.

- Sim - sorriu da minha reação - É bom se apressar.

Sai correndo em direção ao meu e comecei a arrumar minhas malas. Eu estava tão feliz.

Feliz por sair daquela escola.

Feliz porque não irai ver Min Yoongi.

Feliz por não sofrer mais na mão daquelas pessoas.

Já chega. Eu vou superar o Yoongi. Eu vou dar a volta por cima. Vai dá tudo certo.




Continua????


Notas Finais


Hello people's

Espero que tenham gostado do imagine...

Perdão pelos erros.

Bjs até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...