História Os Opostos Se Atraem (Imagine - Min Yoongi) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Yugyeom
Tags Bts, Suga, Você
Visualizações 433
Palavras 787
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção Adolescente, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello peope's

Mais uma capítulo da fic espero que gostem.

Boa leitura 💕

Capítulo 2 - Los Angeles!


Estava no aeroporto com os meus pais ao meu lado chorando. Um ano fora sem ver as pessoas que você mais ama, é muita coisa.

- Olha... Tome cuidado - minha omma falou com os olhos cheios de lagrima - Não se esqueça de se comportar, seja uma boa menina, respeite sua tia e nunca durma depois das 21:30 - pediu. Minha omma sempre foi muito protetora comigo. Acho que vocês devem esntender.

- Tudo bem omma, não se preocupe, vai da tudo certo. Ok - falei segurando as lagrimas.

- Nos ligue todos os dias mocinha - meu appa falou.

- Ok, Ok. Agora chega de chorar. Se não, não vou aguentar aqui - falei e eles riram. Logo meu voo foi anunciado - Tchau, vou sentir saudades, amo muito vocês - falei.

- Nós também - falaram - Se cuide.

- Pode deixar - falei e fui em direção ao corredor, que levava até o avião.

Entrei no avião olhei para a janela. Vou sentir falta daqui.

A viagem toda eu dormir. A aeromoça teve que vir me acordar.

Saí do avião e fui em direção ao portão.

Logo que saí dei de cara com uma mulher segurando uma placa com o meu nome.

Logo que me viu veio correndo até mim.

- Minha filha como está grande. Quase não te reconheci - falou me apertando em seus braços - Que saudades.

- Também tia Lica - sorri.

- Vamos seu tio e sua prima estão ansios para ver você.

- Vamos.

Saimos do aeroporto e fomos em direção ao seu carro que estava estacionado do lado de fora.

Tia Lica é uma amor de pessoa. Quando morava na Coreia, sempre cuidava de mim, quando minha mãe estava trabalhando junto com meu pai. Mais depois ela se casou e veio morar em Los Angeles com o meu tio. Mais quando dava ia nos visitar.

Chegamos em casa e logo fui recebida por uma abraço do meu tio e da minha prima Lívia de 15 anos.

- Oi minha sobrina - falou me abraçado - Como está?

- Estou bem e com o senhor?

- Eu.. Eu estou ótimo - falou e todos nós gargalhamos.

- Lívia. Leve sua prima para o quarto. Depois vocês decem ok? - concordamos e fomos em direção ao quarto que eu iria ficar aparti de hoje.

- Essa vai ser seu quarto - falou e eu entrei.

- Obrigada - coloquei minhas malas no chão.

- Me fala.. Qual o real motivo de você vir pra cá? - perguntou curiosa.

Sentei na cama e pedi para que ela viesses também. Ela se sentou e eu comecei a contar minha história pra ela.

- Nossa esse garoto é muito idiota - falou fazendo careta e eu ri da sua cara.

- Pois é.

- Porque eles faziam isso com você? 

- Não sei - suspirei - Acho que não me encaixo nos padrões coreanos.

- Tá de brincadeira comigo... Você é linda garota - falou indignada.

- Claro que não. Eu sou ridícula.

- Não ouse falar isso na minha frente, é capaz de você apanhar - falou e gargalhamos - É só você procurar se arrumar direito, mudar seu estilo, soltar mais esse cabelo, em todos esses anos nunca vi você de cabelo solto, só vive com ele amarrado, e os óculos, deixa eles de mão, você não previsa dele, ele praticamente é só pra leitura.

- Mais eu gosto do meu estilo, gosto de andar de cabelo amarrado, e você esta certa, esses oculos são só pra leitura - abaixei a cabeça - Mais você esta certa, é bom mudar de vez em quando. Mais não vou mudar agora, talvez mais lá pra frente.

- Tudo bem - levantou as mãos e escutamos o barulho da porta se abrindo.

- Estou vendo que estão se dando bem -  meu tio falou.

- Pai nós sempre nos demos bem - Lívia falou.

- Verdade - falou - Vamos almoçar, depois vocês vão passear, e (S/N), durma cedo, suas aulas começam amanhã.

- Já? - perguntei surpresa e ele concordou.

- Vocês duas vão estudar na mesma escola. Vão juntas mais não vão voltar juntas.

- Porque?

- Porque você é do 2° ano do ensino médio e eu sou do 9° ano do fundamental ainda - Lívia explicou - vocês tem masi materia que do ensino médio tem mais materia.

- Entendi.

- Então vamos logo.

Descemos e fomos almoçar.

[...]

Depois do almoço eu e Lívia fomos dar uma volta pela cidade e tenho que dizer, aqui é muito grande. Ficamos até tarde andando pelas ruas de Los Angeles, quando nos demos conta já estava tarde. Então decidimos voltar.

Chegamos em casa jantamos e depois cada um foi para o seu quarto.

Eu nunca poderia estar mais feliz. Estou em um lugar novo, loge das pessoas que me faziam mau, um lugar onde posso ser feliz por um ano sem perturbação.

Um lugar onde posso recomeçar do zero. 



Notas Finais


Capítulo pequeno, eu sei. O próximo e vou fazer maior.

Espero que tenham gostado.

Desculpe qualquer erro

Espero que tenham gostado.

Bjs até a próxima 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...