História Os Potter's - Capítulo 43


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Lílian Evans, Lord Voldemort, Marlene Mckinnon, Personagens Originais, Tiago Potter
Visualizações 35
Palavras 895
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Aventura, Famí­lia, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu adorei o resultado desse capítulo, então....

Espero que gostem!

Capítulo 43 - A hora de mudar


Pov's Hermione

O ano finalmente terminou em Hogwarts, de certa forma eu estava feliz por esse ano maldito ter acabado, mas isso significaria que eu teria que voltar para casa, e dessa vez meus pais disseram que viriam me buscar pessoalmente. Normalmente eu comemoria isso, mas depois da discussão que tivemos.... não sei, talvez eles queiram pedir desculpas ou brigar mais comigo. Não sei o que esperar.

Durante a viagem fico pensativa e Harry tenque chamar minha atenção quando o trem para. Todos saiem menos ele e eu.

-Hermione, seja otimista, vai ficar tudo bem, tá? Qualquer coisa me mande uma carta está bem?- Assinto com a cabeça, nós nos abraçamos, nos despedindo.

Sei que vou sentir muita falta dele, se em algumas semanas de briga, já senti saudade, imaginem dois meses. Pelo menos eu sabia que os Potter's me convidariam para ir lá, ou pelo menos para o aniversário dele. O que eu não sabia era se meus pais me deixariam ir.

Quendo eu saio do trem meus pais estão na estação, me esperando. Tento ler suas expressões, mas é quase impossível. Mas consigo perceber que estão um pouco mais nervosos que o normal. Tento pensar no que Harry me disse, " Seja otimista, Hermione".

Vamos para casa em um silêncio absoluto que me recuso a quebrar. Então chegamos, entramos, e antes que eu usasse o meu plano de subir para o quarto minha mãe manda:

- Hermione, sente-se por favor, temos um assunto para conversar.- Obedeço, e meus pais sentam no sofá da frente. Mal sabia que estava diante de algo que me mudaria completamente, algo que nunca imaginei que aconteceria, estava prestes a se concretizar quando meu pai decide abrir a boca.

- Filha, é algo sério e nós realmente precisamos que você seja compreensiva. Eu e sua mãe tomamos uma decisão.- A esse meu coração começa a bater mais forte. Meu pai esta mais informal que o normal e isso está me assustando.- Nós vamos adotá-la.-No mesmo instante sinto que meu coração para e meu rosto perde a cor completamente.

- Hermione, nós te amamos.-Minha mãe quase nunca diz isto, não que fosse uma mãe desnaturada, ela apenas não tinha tempo para essas "baboseiras."-E você é uma ótima filha...

-Então por que?- Pergunto quando finalmente arrumo voz.- Por que vão me abandonar?- Me seguro para não chorar.

- Não, não estamos te abandonando! A verdade é que nós não pretendíamos ter um filho, nosso trabalho ocupa muito do nosso tempo e nós não queríamos porque sabíamos que não teríamos tempo para cuidar dele. Mas então você veio,Hermione, e eu não pude te tratar da forma que deveria.- Explica- Então decubro que você é uma bruxa e de novo fico de mãos atatasas pois não entendo nada sobre isso.

Um silêncio carregado.

- Então, eu vou para um orfanato?- Pergunto, tentando manter a voz.

- Não. Os Potter's aceitaram ficar com você. Eles te buscaram daqui a duas horas.-Fico sem fala novamene e antes que meu pai termine de dizer, "é melhor você ir arrumando suas coisas..." subo para o meu quarto. Quando finalmente deito em minha cama, desato a chorar.

As pessoas podem ne chamar de chorona, mas essa é a forma a qual eu lido com situações difíceis. Algumas pessoas gritam, outras jogam as coisas no chão, eu, choro, choro até não conseguir mais, e quando isso finalmente acontece, me sinto mais relaxada e consigo pensar com clareza.

Meus pais nunca demontraram o que sentem por mim, na maior parte do tempo eu tento decifrar, mas quando finalmente demonstram, é para dar uma notícia ruim. Sempre temi que um dos motivos para meus pais se afastarem ainda mais de mim fosse porque eu sou uma bruxa, então minha mãe simplesmente confirma meu medo . Esses motivos sustentam o meu choro até a calmaria do pensamento vir...


Mas ser filha de Lilly e Thiago não deve ser tão tuim, eu terei 3 irmãos e um deles será o Harry. Rio desse pensamento. Claro que eu e Harry sempre brincamos que éramos irmãos e tudo, mas ser de verdade é estranho. Será que Lilly e Thiago me aceitaram como filha? Então lembro de Lydia e como eles são bons com ela, é, talvez não seja tão ruim.

Com esse pensamento em mente me levanto e começo a arrumar minhas coisas: uma nova vida me espera. Quando termino, sento na cama e apoio minha cabeça em um travesseiro, esperando o momento chegar. Ele começa no instante em campainha toca, me avisando que meus novos pais estão na porta. Com muita ansiedade e nervosismo, pego a minha mochila,abro a porta e desço as escadas.

Me deparo com os pais de Harry- e agora meus também- com um sorriso, no mínimo encorajador, enfrente a porta, paro no último degrau e a minha direita noto meus pais originais me olhando com lágrimas nos olhos, vou em direção a eles e me despeço, tento não chorar, mas é um esforço em vão.

Quando finalmente digo adeus aos meus verdadeiros pais vou ao encontro dos meus novos que me recepcionam com um abraço também. Thiago pega minhas malas e coloca no carro, dou uma olhada na minha antiga casa, me perguntando se um dia voltatei a vê-la. Concluo que isso não tenha tanta importância, e finalmente entro no carro.



Notas Finais


E aí, gostaram?

Vcs estavam esperando por isso?
Ou já imaginavam o que ia acontecer?

Estou numa dúvida constante, devo fazer a continuação dessa história em outra, como uma 2 temp?

Ou está bom aqui?

Se preferirem que seja aqui agr é a hora de me falar, já que está começando uma nova etapa.

Fica da preferência de vcs.

Espero que tenham gostado!

Lembre-se que ser diferente não é uma coisa ruim, só quer dizer que você é corajosa o suficiente para ser você mesmo.💙💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...