História Os Proxies De Slenderman - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Creepypasta, Horror, Proxies, Proxy, Slenderman, Terror
Visualizações 4
Palavras 2.262
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Terror e Horror
Avisos: Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


A origem da Proxy do Slenderman
Acho que poucos de vcs conhecem essa proxy

Capítulo 1 - Rouge


Fanfic / Fanfiction Os Proxies De Slenderman - Capítulo 1 - Rouge

O homem adentra mais a fundo a densa floresta gritando em desespero o nome de sua namorada, eles haviam entrado juntos na floresta para fazer um piquenique ,mas depois de ter saído para fazer xixi a garota havia sumido, isso tinha sido as 15:50 da tarde e agora já eram 16:30 e o sol começava a dar seus primeiros sinais de mudança, era outono e o sol refletia as incontáveis folhas caídas no chão, enquanto o homem continuava gritando o nome de sua amada, ele sabia que havia algo errado, que algo muito ruim havia acontecido, quando havia ouvido os gritos de pavor de sua namorada, e viu Varias marcas de mãos ensanguentadas nas arvores alem de um nostálgico simbolo feito com alguma ferramenta cortante, o homem continua andando e a floresta começa a parecer mais assustadora quando ele tropeça em um cadáver de um grande cervo e quando olha em volta há outras dezenas de animais mortos alem de roupas rasgadas penduradas nos galhos das arvores. Ate que finalmente vê sua namorada, a felicidade que durou alguns segundos logo se transforma em preocupação quando ele vê que ela esta totalmente ensanguentada e correndo quase exausta, ele grita o seu nome e ambos correm um para o outro. Ele a abraça fortemente e tocando suas costas sente enormes marcas que haviam cortado a roupa e feito profundos cortes.

Homem: O que houve?! Algum animal fez isso com você?!


Mulher: Foi ela... Ela voltou... Essa floresta... Ela está aqui!

Ambos ouvem sons de folhas sendo pisadas e então se viram na direção de origem do barulho, e eles avistam uma figura horrenda, é uma garota, ela usa uma máscara aterradora banhada em sangue e com enormes dentes desenhados, ela usa um casaco esfarrapado e calças meio rasgadas alem de botas pretas pesadas, e esta com as roupas totalmente banhadas em sangue, neste momento ambos estão paralisados ate que o homem vê que nas luvas que a garota esta utilizando garras enormes de aço, pingando sangue, então uma memória vem a sua cabeça e ele começa suar frio enquanto as lembranças retornam...

Sara não era uma garota comum, sua vida e sua criação estavam longe da de uma criança normal, quando sua mãe logo apos o casamento experimentou muita dor e sofrimento como ela mesma experimentara por toda sua vida, o pai dela, Josh era um sádico que constantemente espancava sua mãe Ana, mesmo quando Ana estava gravida ele batia nela e ate chegara a apagar cigarros na barriga de Ana e ate a dar socos, sua forma de tortura preferida era colocar uma coleira de cachorro no pescoço de Ana e trancar ela no porão junto dos cães da casa, que viviam em péssimas condições sem água ou comida regularmente.

Quando Ana decidira fugir de casa com sua filha na barriga Josh a impediu e quando ia espancá-la na rua, a bolsa de Ana estourara, e Josh a levara para o hospital, quando Sara finalmente nascera foi colocada nos braços da mãe , foi a conta certa de Ana olhar a filha, uma garotinha linda, e alguns segundos depois de abraçar a filha morrer por complicações no parto. A bebê ficara sob observação no hospital durante alguns dias e logo apos foi levada para a casa por Josh, que por fora demonstrava imensa compaixão pelas pessoas mas por dentro sentia um ódio enorme da garota. Ele cuidara muito mal de sara, ate que quando sara completou 3 anos, Josh conhecera uma mulher chamada Andra , um monstro exatamente como Josh, eles abusam e cuidam muito mal da menina e por conta do ódio que sentira por Sara por ela ainda não saber falar, Andra colocara a coleira nela e depois a trancou no porão junto dos cães.

Andra: Já que não sabe falar,vamos ver se aprende a latir..Hahah

Os anos se passam e a garota continua a ser tratada como os cães da casa, comendo os mesmos restos e recebendo os mesmos maus tratos, nos invernos e noites frias que se passaram sara só sobrevivera pois se juntava junto dos cães em um canto do comodo, cada ano que se passava sara estava mais se comportando como um cão, ela ate começara a latir e rosnar para josh e Andra quando algum deles descia para o porão. Quando ela chegara aos 12 anos seu corpo já estava mudando e seus algozes perceberam isso e resolveram tirar proveito, um casal amigo deles Paula e Ricardo pagava para abusar de sara. Os abusos continuaram ate quando a garota completou 13 anos, ela presenciou algo assustador, no meio da noite ela viu um homem diferente aparecer no porão, este homem não era normal, ele era enorme, tão alto que tinha que se encurvar para poder ficar em pé no porão, usava um terno preto e não tinha rosto, sara e os cães começaram a latir e ficaram apavorados com a presença repentina do homem. Andra e josh descem furiosos com o barulho dos cães e o homem desaparece, e eles espancam os cães e sara, logo após sobem novamente para ir dormir, enquanto sara muito machucada desmaia . Quando acorda esta em um lugar totalmente branco, ela olha em volta assustada e então vê novamente a figura do homem esguio, ela se assusta mas logo apos sente uma calma e um conforto enorme com a presença dele, e então ela adormece.

Alguns meses se passam e frequentemente o homem esguio aparece no porão, Aara não tem mais medo e mesmo com todos os abusos exteriores ela sabe que pode confiar nele. Ate que em uma noite, ela é teletransportada novamente para a outra dimensão e Slenderman toca a testa de Sara, nesse momento ela se lembra de sua memoria mais antiga, ela se lembra de estar no colo de sua mãe e dela a abraçando e sorrindo, nesse momento lagrimas descem de seus olhos e ela as enxuga com suas mãos, ficando na primeira posição humana depois de anos, então ela reaparece no porão e é invadida por uma fúria enorme, uma fúria humana e animalesca que permanecera adormecida dentro de si só aumentando á cada abuso, então ela solta um alto e doloroso uivo, que é acompanhado pelos cães , Sara tenta se por em posição bípede e com muita dificuldade e quase caindo ela finalmente consegue e logo apos solta outro alto uivo. Andra, que estava sozinha em casa pois Josh havia saído para fazer compras ouve os uivos e pega um bastão e desce as escadas do porão reclamando e xingando.

Andra: Menina idiota, vira-lata estúpi...

Ela para de falar subitamente quando da de cara com sara que esta de pé.

Andra: Você está... De pé...

Enquanto Sara com um olhar de puro ódio começa a fitar Andra, e nesse momento Andra e invadida pelo medo e começa a recuar subindo lentamente as escadas de costas, e logo após se vira e começa a correr mas acaba tropeçando em um degrau, Sara começa a rosnar para Andra e logo apos com uma agilidade animalesca salta sobre o cercado que delimitava onde os cães ficavam, e sobe as escadas de quatro mordendo as costas de Andra e a sacudindo, Andra se vira dando uma cotovelada em Sara que recua mas logo após morde seu braço arrancando um enorme pedaço de carne e morde novamente tentando chegar ao pescoço de Andra.

Andra: Me solta!

Andra diz pegando o bastão e batendo em Sara que cambaleia para traz devido ao golpe, andra se levanta e avança novamente mas Sara salta para traz e recua sendo encurralada aos poucos por andra na parede, Sara esta com medo e com a cabeça sangrando devido ao golpe de andra.

Andra: Morra, desgraçada!!

Quando andra vai acertar novamente Sara, ela por um segundo á mais desvia então quando ela olha para sua mão, ela vê que tem duas luvas com garras de metal enormes, ela avança sobre o braço de andra cortando a mão com um, único golpe e muito sangue esguicha da ferida enquanto andra grita desesperada e cai no chão, Sara salta sobre ela e com suas garras começa a desferir enormes golpes no peito e no rosto de Andra enquanto ela grita, logo após,, mordendo sua traqueia e arrancando um pedaço fazendo Andra morrer engasgada com o próprio sangue enquanto ela continua dilacerando com fúria o corpo de Andra. Do porão ouve-se a porta da frente da casa se abrindo .

Josh: Andra! Vem me ajudar com as compras.

Sara se levanta e abre a porta do canil libertando os cães que começam a sair alegres, ate que quando sobem as escadas e vêem josh, eles começam a rosnar para ele, e Josh começa a chutá-los e bater neles com um pedaço de madeira.

Então josh ouve passos de alguém subindo as escadas.

Josh: Andra, por que você soltou a merda dos cachorr...

Ele para quando vê, Sara de pé totalmente ensanguentada.

Josh: Sara... como você esta de... oque diabos você fez com a Andra ? Em?? Responda vadia !!

Sara corre em direção a josh que a acerta na cabeça com o pedaço de madeira , logo apos acertando novamente, mas sara se levanta e faz um corte profundo no peito de Josh, mas ele, furioso acerta outra vez a garota a fazendo bater na parede e cair no chão logo após lhe dando um chute no estômago, ate que um dos cães avançam em josh mordendo sua perna e logo apos alguns outros que começam a morder josh, até que Josh lutando puxa uma pistola de sua cintura e começa a atirar nos cães, depois se levanta e puxa o gatilho novamente, mas as balas haviam acabado e os outros cães começaram a se aproximar rosnando para josh que sem escolha recua e sai da casa logo apos batendo a porta, e depois sai em direção ao seu galpão para pegar sua espingarda. Sara esta caída olhando para a figura alta de Slenderman no canto do cômodo, ate que em um piscar de olhos ela esta bem novamente como se as dores tivessem parado, ela se levanta e quando se vê no espelho ela esta vestida com um moletom vermelho, uma calça jeans e botas pretas e na mesa ao lado ela vê uma mascara, como que sabendo oque fazer ela põe a mascara. Josh pega a espingarda e quando esta se aproximando da casa ele ouve a porta sendo aberta e vê a matilha de cães saindo furiosos e rosnando, eles o atacam novamente mas josh atira em suas direções e eles recuam.

Josh: podem vir vira-latas nojentos !!

Sara sai da casa e anda em direção a Josh ainda com dificuldade em andar de forma bípede, e Josh apontou a arma na direção de sara.

Josh: Onde você arranjou essas roupas ?? droga..!!! e como esta andando assim ?! você é só uma aberração!! vou te mandar direto pro inferno pra você se encontrar com a vadia da sua mãe !!!

Quando Josh vai atirar sua cabeça se enche de estática e ele larga a arma e tampa os ouvidos com as mãos, enquanto Sara se aproxima e começa a golpear Josh, que cambaleia para traz, logo apos corre para a floresta , onde é perseguido e caçado por Sara e pelos cães, até que Sara sai correndo de quatro e joga Josh no chão e começa a cortá-lo novamente enquanto ele grita .

Josh: Pare! Pare por favor, Sara, minha filha!

E então Sara finalmente balbucia e diz suas primeiras palavras enquanto estripa Josh.

Sara: Me.. meu nome é Ro.. Rouge !!

No dia seguinte Ricardo e Paula estão chegando a casa de Josh e Andra para abusar de Sara, mas vêem que a casa esta cercada por fitas amarelas de investigação e há muitos policiais em volta, e quando vão entrar são parados por um deles .

Policial: Não podem passar, senhores!

Ricardo: O que houve ?

Policial:é a cena de um crime, o casal que morava aqui foi assassinado.

Paula: Mas o que?! Como?!

Policial: Parece que foi usada algum tipo de lâmina muito afiada além de que foram encontradas várias mordidas de cães e algumas mordidas humanas nos corpos das vitimas.

Quando eles olham para a casa vêem varias marcas de garras e um grande símbolo desenhado com sangue na porta, um circulo com um x no meio.

Ricardo e Paula saem da cena do crime e vivem suas vidas normais depois disso ainda pagando para abusar de crianças, e vários processos são abertos contra eles mas, nenhum consegue ser provado se é verdadeiro por falta de evidencias.

Até que alguns anos depois eles vão fazer um piquenique em uma floresta, que já tinha uma péssima fama de desaparecimentos, Paula sai para fazer xixi e então ricardo ouve o grito da namorada, ele vai ate lá, mas não á encontra e fica preocupado, e vê nas arvores marcas de sangue, de garras e o simbolo. Ate que ele encontra Paula que esta toda ensanguentada.

Paula: foi ela... ela voltou... essa floresta.. ela está aqui !!!

Rouge então aparece os observando com todo o ódio novamente.., mas agora com um desejo de crueldade muito maior...,Eles começam a recuar devagar mas rouge se abaixa e começa a rosnar como um cão para eles e logo após avança com fúria sobre Paula, aprofundado suas garras no estômago dela, logo após puxa ate em cima rasgando tudo e fazendo muito sangue descer e esguichar, Ricardo fica paralisado e Rougue salta sobre ele o jogando no chão e começa a golpeá-lo e estripá-lo enquanto ele grita, e enquanto os rosnados de Rouge se misturam com suas gargalhadas sádicas...


Notas Finais


:^ entaum foi isso


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...