História Os Supremos Renascem - Interativa - Capítulo 8


Escrita por:

Visualizações 22
Palavras 1.856
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Saga, Shounen, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - Renascer parte 3


      O Flash e Wiccano saiam do Santuário do Doutor Estranho

 

 

    Flash - E aí, tem alguma ideia por onde começar?

 

 

   Wiccano - Sinceramente ? Não.

 

 

  Flash - Okay, então que tal começar pelos nomes, eu sou o Flash.

 

 

  Wiccano - Eu sou Wiccano, prazer.

 

 

  Ele se cumprimentaram, o Flash olhou para cima era o Elementar que os observava, em um piscar de olhos o Flash estava ao lado do Elementar

 

 

  Flash - Então... você vêm?

 

 

  Elementar - Como você... ! Fez isso?

 

 

  Flash - Eu sou o Flash, prazer.

 

 

  Flash estendeu a mão para cumprimentar o Elementar, mas o mesmo deu as costas para ele

 

 

  Elementar - Desculpe, mas não posso fazer parte de algo assim. 

 

 

  Elementar saltou para outro prédio, mas Wiccano estava o esperando e o Flash chegou até eles

 

 

   Wiccano - Cara, já te vi em ação. Você é incrível e precisamos de todo a ajuda que conseguirmos para enfrentar sei lá o que

 

 

  Elementar - Sei não, hoje já fui atacado por balões gigantes, demônios e uma garotinha assustadora.

 

 

   Flash - Sim, tá acontecendo muitas coisas estranhas, eu mesmo fui atacado por um carrinho de cachorro-quente tentando me devorar e não é nem onze horas ainda

 

   Wiccano - Por favor, pelo menos você sabe algo sobre CBGB?

 

 

  Elementar - CBGB? Se sei, se quiserem que eu leve vocês até lá eu levo, mas é só isso! 

 

 

   Flash - Espera, CBGB é um lugar?

 

 

   Elementar sorriu

 

 

   Elementar - É bem mais que isso. Vamos indo.

 

 

  Os três heróis saíram de Greenwich Village sem saber que estavam sendo seguidos por duas silhuetas femininas 

 

 

   [...]

 

 

   Eles estavam em frente à uma boate onde no letreiro estava escrito 

 

   **CBGB**

 

 

   Flash - Não acredito

 

 

  Wiccano - Nem eu!

 

 

  Flash - CBGB é uma boate? Por que o Doutor nos mandaria até uma boate?

 

 

  Elementar - Talvez fosse para dançar! Descontrair um pouco esse clima tenso talvez

 

 

   Wiccano - Okay, vamos entrar ver se descobrimos algo

 

 

  Flash - Tem razão

 

 

  Wiccano aproveitou que ninguém estava olhando, então os uniformes deles desaparecerem e surgiram roupas civis no lugar

 

 

  Flash - Boa

 

 

  Eles entraram dentro do prédio, enquanto as duas garotas os seguiam. Lá dentro tocava uma musica bem Punk parecia ser uma bandinha desconhecida  tocando

 

 

   - BOA NOITE, GALERA!!!! VAMOS QUEBRAR TUDO ESSA NOITE!?!?

 

 

   - SIMMM!!!!!!

 

 

  A multidão gritava, Maiko estava irritado com aquilo, enquanto o Elementar dançava junto a multidão e Wiccano estava estranhamente calmo com aquela música irritante

 

 

  Maiko - Concentre-se, vocês dois

 

 

  Mas ninguém conseguia ouvi-lo, a multidão começou a pular ao som daquela música, eles pareciam animais irracionais, ele não via sentido naquilo. De repente os três estavam separados e espalhados. Maiko acabou caindo em cima de uma garota de longos cabelos loiros, Maiko corou, pois estava em cima dela

 

 

  - Sai de cima de mim, idiota!

 

 

   Maiko - Me desculpa

 

 

  Ele a ajudou a se levantar, ela parecia irritada

 

 

   Maiko - Eu sinto muito, foi mal mesmo

 

 

   - Não, não foi nada. 

 

 

  Ela se afastou dele como se estivesse com pressa de se juntar a sua amiga que estava logo à frente 

 

   

 

   Maiko - Okay.

 

 

  Ele se afastou procurando o Wiccano e o Elementar, mas parecia que não ia os achar, mas de repente a música parou as pessoas pararam de se mover, ninguém se movia exceto Maiko. 

 

 

   “o que está acontecendo?”

 

 

  Ele olhou em volta e viu que Wiccano e Elementar conseguiam se mover normalmente, mas o que estava acontecendo com as pessoas em volta?

 

 

  - poortaaaal... siiiinnniistrooooo...

 

 

  Disse o vocalista daquela banda no microfone, ele parecia um boneco sendo manipulado por cordinhas 

 

 

   - pooortaaaaal... siiiiiinistrooooo... poortal sinistroo! Portal Sinistro! Portal Sinistro! 

 

 

  Conforme ele ia falando a multidão repitia

 

 

   - Portal Sinistro! Portal Sinistro! Portal Sinistro! PORTAL SINISTRO! PORTAL SINISTRO! PORTAL SINISTRO!!

 

 

  A multidão começa a se agitar como se quisessem sair de lá, ficaram apenas Maiko e os outros e duas garotas q estavam mais afundo 

 

 

   Billy - Espera! Você é a garota!

 

 

   Elementar- Espera, você tá preocupado com isso e não pelo fato de uma multidão saírem por aí feito zumbis enfeitiçados 

 

 

  Billy - E por que você não parece surpreso?

 

 

  Elementar - Bom, talvez por que fui atacado pelos balões mais poderosos da Terra essa noite ou uma garotinha que na verdade era a merda de demônio de sangue verde. Se não fosse isso eu até ficaria surpreso

 

 

  Maiko - Quem são as duas e alguém pode me dizer o que está acontecendo?

 

 

  Artémis respirou fundo então falou

 

 

  Artémis - Ótimo, vou te explicar no caminho.

 

 

  Maiko - Espera nós não vamos seguir os zumbis, vamos?

 

 

  Artémis - Claro, que vamos. 

 

 

  Maiko - Esse era meu medo

 

 

  Artémis e Skyller invocaram seus uniformes, Wiccano fez o mesmo quando eles saíram estavam todos com seus uniformes, o Flash estava à frente com os punhos cerrados e um olhar determinado

 

 

  Flash - Pessoal, vamos nessa!

 

 

 

  [...]

 

 

  Eles seguiram a multidão através das ruas de Nova York e cada rua que passavam mais e mais pessoas se reuniam marchando gritando como zumbis. Maiko pensou em interferir, mas Artémis o impediu, pois eles precisavam saber aonde estavam indo

 

 

  Flash - Então este tal Nagaraj pretende abrir um portal que vai liberar um grande não sei o quê que pode acabar com o mundo?

 

 

  Artémis - Sim, basicamente isso. O Portal Sinistro... só li sobre isso em livros e não continham dados precisos sobre ele e nem como eles irão abri-lo, mas seja como for não é nada bom

 

 

  Elementar - Tsc, eu deveria ter ficado em casa

 

 

  Wiccano sorriu enquanto via a expressão do Elementar

 

 

  Wiccano - Uma trama sinistro para acabar com o mundo e não é nem sexta-feira 

 

 

  Skyller - Prestem atenção vocês. Todos estão se agrupando... parece que estão indo até o Central Park

 

 

   Flash - Central Park? Que estranho.

 

 

  Artémis - o que foi?

 

 

  Flash - não é nada só acho que está acontecendo algo muito errado eles parecem que querem nos trair até lá 

 

 

  Artémis - pode ser que sim por isso não baixem a guarda

 

 

  Elementar - Sim, Senhora Líder.

 

 

 

[...]

 

 

 

  - Barganhar?! Ha! Você parece tão sério, mas diz muitas coisas engraçadas, filho do sonho.

 

 

  Fala Nagaraj enfrente ao filho do deus do sonho Morpheus Da Vinci, enquanto estava ao lado do imóvel Dormammu 

 

 

    Morpheus - Não estou brincando, Nagaraj. Vim barganhar não lutar ou algo do tipo, e sendo assim espero que escute com atenção o que falo.

 

 

   Nagaraj - Pode falar a vontade, claro, se nosso querido anfitrião permitir

 

 

  Nagaraj olha para Dormammu que não fala nada 

 

 

  Nagaraj - Pois bem pode falar!

 

 

  Morpheus - Vamos ver, por onde começo? Você tem um exército muito bom aqui, isso sem falar das forças que conquistaram essa dimensão em menos de poucas horas, mas veja bem, seu plano está fadado ao fracasso e por isso peço que retire suas tropas da Terra e se contente com esta dimensão e também...

 

 

  Nagaraj - Você é muito engraçado, garoto. Mas o que te faz pensar que vou ter de parar?

 

 

  Morpheus - Suas chances não são boas, vejamos, neste momento tem uma feiticeira, uma garota demônio, o homem mais rápido do mundo, um garoto de personalidade eletrizante e outro com os poderes próximos a de um deus. Eles estão prontos para defender a Terra e frustra seus planos.

 

 

  Nagaraj - Muito bem se você acha que estou com tamanha desvantagem que tal testar esse defensores?

 

 

   Morpheus - O que quer dizer com isso?

 

 

  Nagaraj - Simples, uma surpresa os aguarda basta apenas esperar

 

 

 

  [...]

 

 

  O grupo chegou ao Central Park a enorme multidão se reuniu em um círculo onde ainda gritavam a banda que tocava na CBGB estavam em cima de um enorme rocha 

 

 

  - ESTÃO PREPARADOS!!??? VAMOS COMEÇAR !! PORTAL SINISTRO!! PORTAL SINISTRO!!

 

 

  Gritava o cantor da banda

 

 

  -PORTAL SINISTRO! PORTAL SINISTRO! PORTAL SINISTRO!!

 

 

  E como se fosse mágica um raio caiu no meio do círculo e criando um enorme diamante e com uma pessoa amarrada nele

 

 

  Artémis - Não pode ser... pai?!

 

 

  O Doutor Estranho era quem estava amarrado no diamante Artémis voou em direção ao diamante, mas o cantor daquela banda pulou da rocha com um impulso sobre humano ele estava acima de Artémis seu microfone se transformou em um machado bem grande, Artémis criou um escudo o que o segurou, mas ela notou que o escudo estava se partindo, o cantor se afastou e se aterrissou no chão com delicadeza, Artémis também se afastou e retornou ao seu grupo

 

 

  Skyller - O que você estava pensando? 

 

 

  Artémis - Desculpe, eu só não pude me controlar quando vi meu pai ali...

 

  Diz ela em arrependimento e olhando para o chão, mas a voz de Maiko chamou sua atenção 

 

 

  Flash - Não se preocupe. Qualquer um teria feito isso no seu lugar.

 

 

  Ele sorriu para ela e ela não pode deixar de sorrir também 

 

 

  Flash - Certo, agora temos que dar um jeito de chegar lá 

 

 

  Wiccano - Sem machucar essas pessoas

 

 

  Flash - Claro tem isso

 

 

 A multidão se reuniu envolta dos heróis que formaram um circula para se protegerem e esperarem um ataque, mas de repente a multidão se afastou depois se curvou abrindo um espaço entre eles

 

 

  Elementar - Certo, tenho quase certeza que isso não é para a gente

 

 

  - E você está certíssimo, pirralho.

 

 

 Era o cantor daquela banda que falava sendo acompanhado por eles, enquanto passavam pelo espaço feito pela multidão 

 

 

   - Isto seria para nós as verdadeiras estrelas desse Show! Deixem-me apresentar. - Ele levou a mão até a face e uma energia o cobriu junto com o resto da banda, ele desapareceu e eles estavam vestindo armaduras negras altamente tecnológicas e em suas mãos armas de batalha o líder usava um machado maior do que seu braço. - Podemos começar ? Estão prontos ou não aí vou eu, heróis!

 

 

  Ele correu em direção a eles ninguém nem menos o Flash pode vê-lo se aproximar quando Maiko se deu conta o líder da banda estava próximo de corta-lo com o machado, mas parou por pouco

 

 

  - Meu nome é numero 21 e este é meu grupo e vocês são nosso entretenimento esta noite. - ele se afastou novamente. - Vamos, galera! É hora do Show!

 

 

  Os outros 3 homens se moveram junto a outro que não estava com eles antes cada um ficou com um herói, a multidão se afastou ainda mais

 

 

   - Meu nome é número 25, prazer. - diz o guitarrista agora com uma espada na mão indo pra cima de Skyller 

 

 

   - Sou um o número 22. - Fala o baterista agora com duas facas bem afiadas para o Elementar 

 

 

   - Número 27 é um desprazer conhecê-lo! - diz o baixista da banda com um cajado negro que parecia ser de ferro apontado para o Wiccano 

 

 

   - 20. - Fala o único que não era um membro da banda e que também era o único com as mãos limpas sem nenhuma arma a Artémis 

 

 

   - Então... o que acha, senhor velocista? Um x um antes do espetáculo maior começar? - Fala o número 21 ao Flash

 

 

  Então todos começaram a lutar para decidir o futuro do mundo



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...