História Os Três Elementos - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Big Bang
Personagens D-Lite (Daesung), G-Dragon, Personagens Originais, Seungri, T.O.P, Taeyang
Tags Bigbang, Gtop, Magia, Romance
Visualizações 35
Palavras 873
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Fluffy, Hentai, LGBT, Magia, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Capítulo novo gente! Espero que gostem! Já favoritaram? Ainda não? Tá esperando o quê bb?
Não se esquece de compartilhar, ok?
Boa leitura!

Capítulo 7 - Acordos


A noite de Ji-Yong e Seung-hyun foi longa. Eles fizeram amor em todas as posições possíveis.

–Precisamos voltar.. - disse Ji-Yong, sua respiração estava irregular.

–Mas aqui tá tão bom.. - diz Seung-hyun, sua respiração também irregular.

–Voce não cansa de comer meu cu nao?

–Nao.

Ji-Yong ri e se levanta, mesmo com as pernas doloridas. Ele torna a se vestir, e mesmo sem querer, Seung-hyun faz o mesmo.

Logo eles voltaram para casa. Quando voltaram, ficaram boquiabertos com a cena.

–Como..como isso aconteceu? - se perguntou Seung-hyun espantado.

Os três pequenos estavam deitados no sofá, dormindo feito anjinhos. A casa estava intacta, sem nenhum arranhão.

–Preciso chantagear Taeyang mais vezes.. - disse Seung-hyun.

Ji-Yong apaga a luz da sala. –Vamos pro quarto, deixa eles dormirem.



Taeyang ficou a manhã inteira atrás de Seung-hyun. Queria que ele cumprisse logo a sua parte do acordo.

–Vai ficar me perseguindo mesmo, oh Rumpelstilskin!

–Quem fez o acordo foi você! Só quero que cumpra a sua parte! Já cumpri a minha! E não foi fácil!

–Tenha calma! Já tenho tudo planejado! - disse ele, sentando-se calmamente no sofá.

–Como assim?

–As 19 horas, vá para a pracinha aqui do lado! Mas vê se não conta pra ninguém e não arrume problemas. E o mais importante: Não use seus poderes!

–Mas...mas C-como?

Seung-hyun ri. –Um mágico nunca revela seus truques! Apenas espere.

E ele esperou. Esperou o dia inteiro, treinando como controlar seus poderes para não acabar queimando o cabelo da garota acidentalmente.

19 horas em ponto, Taeyang saiu e virou a esquina, chegando na pracinha perto de sua casa. Quando chegou, ele logo viu Sana, tentando andar de skate. E fracassando.

–Parece que você está um pouco enrolada aí! - disse Taeyang se aproximando da crusha.

–Eu queria aprender a andar, mas não consigo.

–Eu posso te ensinar! - sugeriu Taeyang.

–Ah, não precisa se incomodar.

–Incomodo de cu é rola. Venha!

Ele puxa a garota pela mão e a ajuda a subir no skate.

–Faca impulso com o pé no chão, esse pé virado pro lado e esse para frente, sempre mantenha equilíbrio.

–Me segura..

–Pode confiar em mim!

Taeyang coloca suas mãos em volta da cintura de Sana, ajudando a mesma a criar equilíbrio. Ela começa a andar com o skate lentamente, e ele a acampanha.

Taeyang decide soltar a garota, mas ela tropeça e cai por cima dele, ambos parando no chão, rindo.

–Acho que eu deveria sair de cima de você né. - ela disse se levantando.

Taeyang levanta logo atrás, mas Sana tropeça no skate, quase caindo para trás. Taeyang segura a mesma e a puxa com tanta força, que seus lábios acabam se tocando.

Eles separam rapidamente, ambos corados. Taeyang estava prestes a se desculpar, quando Sana junta um beijo de propósito e Taeyang retribue.

Era um beijo doce e delicado, porém não muito demorado.

–Eu...eu tenho que ir. - disse Sana tentando não sorrir e com vergonha.

–Tudo bem, a gente se vê!

Sana sai da pracinha e Taeyang fica ali, observando-a sair correndo e sorrindo. O mesmo sorriso estava em seu rosto.



Enquanto isso, em casa, Seungri estava no quarto, saindo do banho. Ele foi trocar de roupa quando Daesung apareceu no quarto. O menor da um pequeno gritinho ao ver Seungri pelado.

Seungri ri da reação de Daesung e continua procurando uma roupa.

–D-desculpa S-Seung-gri...eu...eu..eu venho mais..mais tarde.. - ele disse nervoso, e de olhos fechados, pronto para sair do quarto, mas Seungri o chama.

–Ta tudo bem! Eu já vou me vestir. E também, não é como se você já não tivesse nada disso.

Daesung, ainda de olhos fechados, se aproxima do maior e se senta na cama. Seungri observa ele, querendo abrir os olhos, mas forçando-se a não fazer isso.

Seungri se aproxima lentamente do mesmo e segura em sua mão, lentamente ele leva-a até seu membro, acariciando-o com a mão de Daesung.

O menor da outro gritinho ao sentir a intimidade de Seungri em sua mão e fecha os olhos com mais força. Seungri ri de lado e fala:

–O que foi? Por que não abre os olhos. Garanto a você que é uma espingarda.

Daesung abre os olhos aos poucos. Quando estão finalmente abertos ele agradece por finalmente ter lentes e conseguir enxergar aquilo. 

–Gosta do que vê? - pergunta Seungri.

–S-sim.. - disse Daesung, sua mão ainda acariciando o membro do maior, que estava começando a ficar duro. –M-mas eu não sei se estou pronto pra isso ainda...

Seungri soltou a mão de Daesung, xingando-o mentalmente por ter ficado duro por nada.

–Tudo bem. Não vou te forçar.

Seungri achou algumas roupas e começou a vesti-las. 

Quando saíram do quarto, encontraram Taeyang, alegre, no corredor. Faíscas de alegria saiam de seu corpo.

–Parece que conseguiu sua garota. - Seungri diz.

–Elementar, meu caro irmão!

Taeyang solta uma faísca no cabelo de Seungri, que a apaga com um jato de água.

–Vao brincar de SharkBoy e LavaGirl lá fora, ok? - falou Ji-Yong, passando por eles.

Eles reviram os olhos e Ji-Yong se aproxima de Daesung, checando, descretamente, se estava tudo bem com seus olhos.

–Voces viram o Seung-hyun?

–Ele já sumiu? - pergunta Seungri.

–Peli visto, sim, mas o carro está na garagem. Aonde será que ele foi?

Foi então que eles ouviram um barulho e um cheiro. Um cheiro de queimado.

–Nao fui eu! - assumiu Taeyang.




Notas Finais


Esse foi o capítulo bbs! Espero que estejam gostando! Se sim, não se esqueçam de comentar e me seguir!
Beijos com purpurina! Até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...