História Os últimos (sarumi) - Capítulo 1


Escrita por: e MiuyKawaii

Postado
Categorias K (K Project)
Personagens Anna Kushina, Mikoto Suoh, Misaki Yata, Neko, Reisi Munakata, Saruhiko Fushimi, Seri Awashima, Yashiro Isana
Tags Anime, K Project, Lemon, Misaki Yata, Saruhiko Fushimi, Sarumi, Yaoi
Visualizações 53
Palavras 1.356
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Então, sei lá, espero que gostem disso ai

Capítulo 1 - A explosão


Fanfic / Fanfiction Os últimos (sarumi) - Capítulo 1 - A explosão

Saruhiko e misaki estavam em uma batalha de "vida ou morte", estava mais para uma  simples briguinha, os dois eram melhores amigos, mas saruhiko decidiu abandonar a Homra, se juntando aos do grupo scepter 4, fazendo assim misaki ficar extremamente irritado com ele, pois era praticamente uma traição, mas, nada disso iria importar pois algo estava prestes a acontecer

Misaki- você é um traidor fushimi 

Saruhiko- foi necessário yata 

Misaki- idiota, vai pagar caro por ter traido a gente  os dois começam a se atacar

Aconteceu uma grande explosão, não se sabe de onde veio, os dois garotos simplesmente desmaiaram, quando voltaram a consciência perceberam que não estavam mais em seu mundo, até mesmo em sua realidade

Misaki- mais que porra tá acontecendo?

Saruhiko- sei lá miisaaki tenta irritar o mais baixo

Misaki- agora não idiota, onde está todo mundo? Esse lugar é estranho pra caramba

Saruhiko- eu não faço a mínima idéia 

Misaki- merda, tanta gente que eu  poderia ter ficado preso junto, tinha logo que ser você?

Saruhiko- veja pelo lado bom,  enquanto a gente tenta descobrir onde a gente está, aproveitemos e tiramos uma folga de brigas

Misaki- puta merda saruhiko... Ele começa a andar pelo lugar procurando qualquer outra pessoa

Saruhiko- qual é, daqui a pouco vai anoitecer, vamos procurar um lugar pra ficar, amanhã cedo a gente descobre que lugar é esse

Misaki- ahh... que ódio, tenho que concordar com você, será que  nós somos os únicos aqui?

Saruhiko- eu espero que não, mais aqui parece um lugar totalmente abandonado

Misaki- hm... tá, vamos ver se tem alguém naquelas casas ali em frente

Saruhiko- uhum vamos

Os dois seguiram em frente, batendo de porta em porta a procura de alguém, mas aquela cidadezinha estava completamente abandonada

Misaki- o jeito vai ser a gente entrar em uma dessas casa

Saruhiko-  a gente não deveria fazer isso, você sabe né?

Misaki- aah cala a boca  traidor

Saruhiko- cala você seu babaca que  nunca foi amado

Misaki- Você que nunca foi amado

Saruhiko- tô brincando o abraça por trás  eu sempre te amei miiiisaaaakiii

Misaki- você sabe que eu odeio que me chamem de misaki, vai se fuder saruhiko da um soco em saru o fazendo se afastar

Saruhiko- seu grosso, vai escolhe a casa que a gente vai ficar

Misaki- a maior claro, ai dá pra dividir e eu não irei ser obrigado a ver sua cara a todo momento

Saruhiko- irritadinho os dois pularam o muro da maior casa que tinha da cidadezinha

Misaki- e agora? O que a gente faz?

Saruhiko- observe usa uma de suas facas para abrir a porta pronto, agora eu espero que tenha algo para comer, estou morrendo de fome

Misaki- eu irei te matar quando estiver dormindo  os dois entram na casa

Saruhiko- que horror, lembre-se que eu sou o único aqui além de você, se me matar vai ficar sozinho e louco

Misaki- tá tanto faz, vê se tem algo pra comer, vou ver os quartos sobe as escadas indo para o andar de cima

Saruhiko- abre os armários tem bastante coisa, vou fazer alguma coisa pega algumas coisas no armário e começa a cozinhar

Misaki- vou ficar com esse quarto abre os armários que roupas estranhas, acho que o saru achou algo pra comer que ele não subiu ele fechou o armário e foi para a cozinha  tá fazendo o que?

Saruhiko- tô fazendo o jantar, tem várias coisas no armário e na geladeira, bem estranho por sinal

Misaki- não tá vencido?

Saruhiko- não, tudo vai vencer só ano que  vem por ai, estanho mesmo é esse lugar estar abandonado e do nada a gente aparecer aqui

Misaki- então, eu só queria voltar pra casa...

Saruhiko- aqui pra mim é bem melhor do que ficar no scepter 4

Misaki- hm? Por que traidor?

Saruhiko- sinto sua falta um pouco, mas odeio o clã vermelho também

Misaki- você é indeciso isso sim

Saruhiko- sai da hombra por causa daquela violência desnecessária, não gosto tanto do scepter 4 por que não me sinto tão bem machucando todo mundo, sei lá, bater em você é legal dá algumas risadas o jantar tá pronto

Misaki- não colocou nada pra me matar ai não né?

Saruhiko- acabei de falar que não curto violência,  a comida tá  normal te juro

Misaki- hmm você ainda é meu inimigo

Saruhiko- achei que ai no fundo ainda somos melhores amigos

Misaki- eu não sei de nada pega um prato colocando a comida nele o cheiro tá muito bom

Saruhiko- uhum, come ai pega um prato colocando comida no mesmo achou um quarto?

Misaki- sim diz comendo

Saruhiko- vou dormir com você só avisando diz já devorando tudo do prato

Misaki- dormir comigo? Ah claro que pode

Saruhiko- sério?

Misaki- claro, quando eu estiver morto diz sorrindo

Saruhiko- você só pensa em morte, que deprimente misaki

Misaki- cala a boca, já disse que nada mudou você continua sendo meu inimigo

Saruhiko- começa a tossir acho que eu tô doente, depois você me mata

Misaki- hmm... o que você tem?

Saruhiko- tá preocupado? Que fofo, nada não só tô tossindo continua tossindo

Misaki- desse jeito vai ficar gripado sei lá

Saruhiko- vou nada, se não se importar vou me deitar

Misaki- hmm... o quarto é a segunda porta a direita

Saruhiko- beleza ele sai da cozinha subindo para o quarto

Misaki- vai logo atrás dele acho que tem plantas medicinais ali no quintal da casa, você toma chá?

Saruhiko-tomo, mas não se importe tanto comigo, você quer me matar mesmo

Misaki- tenho pena de seres tão fracos

Saruhiko- qual é, eu sou muito mais forte que você nem tem comparação

Misaki- revira os olhos se você acha, já volto senhor convencido desce indo até o quintal, arranca algumas folhas de algumas plantas e faz um chá pronto dá o chá para saru

Saruhiko- obrigado... ei, vem aqui

Misaki- hm? Chega mais perto de saru o que você quer?

Saruhiko- da um selinho nele o chá está maravilhso toma um gole

Misaki- desgraçado... deveria já ter lhe matado  ele pega seu bastão de beisebol

Saruhiko- calma... foi só um beijinho de agradecimento

Misaki- eu sou homem,  você não pode me beijar que nojo

Saruhiko- que falta de classe, cala a boca menininha

Misaki- você que é uma putinha

Saruhiko- vem aqui que eu te mostro a putinha

Misaki- eu não sai de perto de mim,  nunca mais me beije se não eu te mato

Saruhiko- ri muito não prometo  nada, agora, se me chamar de putinha denovo eu te fodo até não conseguir andar

Misaki- sai de mim, filhote de cruz credo

Saruhiko- magoou, estou triste coloca a xícara no criado mudo deita aqui e vem dormir, não vou te beijar

Misaki- prefiro dormir bem longe de você, por muitos motivos

Saruhiko-  vem logo, senão eu te mato dormindo

Misaki- hmm... ele se deitou na cama e se cobriu inteiro

Saruhiko- vai dormir com roupa? Olha, até onde eu sei dormir de calça  jeans não é muito agradável

Misaki- nem fudendo que eu vou dormir só de cueca do teu lado

Saruhiko- já disse que não vou fazer nada com você, Só foi um beijinho

Misaki- não confio em você, tu é um puta de um traidor

Saruhiko- tira suas roupas ficando só de cueca eu que deveria ter medo de você

Misaki- bom ter mesmo assim que se descobre olha fixamente para saru mais que?

Saruhiko- eu não vou dormir com o uniforme da scepter 4 só por que você quer não

Misaki-  beleza, se vira pra lá

Saruhiko- fica olhando para o outro lado finalmente vai tirar essas roupas pesada, tava me dando agonia

Misaki- cala a boca tira suas roupas ficando apenas de cueca por que eu tô fazendo isso...

Saruhiko- olha para ele  olha só, ele treina pesado

Misaki- tá cheio de cortes por que? Até parece que você faz alguma coisa

Saruhiko- eu sou quase o lider do meu grupo, Então eu faço sim alguma coisa, embora prefiro ficar mexendo nos computadores

Misaki- hm... tá, vai dormir logo garoto

Saruhiko- boa noite também

Misaki- boa, irritante apaga a luz do quarto 


Notas Finais


É isso ai, até


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...