1. Spirit Fanfics >
  2. OSNF- shoot out >
  3. Eu não atirei, e essa foi minha ruína.

História OSNF- shoot out - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Yooo, conteúdo um pouco diferente para quem me segue. Eu recentemente me apeguei muito à OSNF, e no final, consegui imaginar 1001 finais alternativos, a maioria triste e tão trágica quanto o real.

Basicamente, se você não assistiu ainda, seria interessante não ler, porque mesmo que eu tenha mudado muitas coisas, você vai tomar spoiler.

Socorrokkk

Capítulo 1 - Eu não atirei, e essa foi minha ruína.


Fanfic / Fanfiction OSNF- shoot out - Capítulo 1 - Eu não atirei, e essa foi minha ruína.


O indivíduo de barba branca agarrou os explosivos, e assim que se virou em direção ao grande estrondo que fôra ouvido, suas pupilas se dilataram, e sua pouca sanidade se foi, tornando-o um homem louco e explosivo. Em sua mão direita, o detonador estava pronto para ser apertado, e levaria consigo todos os outros 6, sendo um deles, o Deus da Morte, que segurava fortemente Elizabeth, prendendo-a num time lock, que depois de alguns momentos, foi solta, já envelhecida e fraca. 


Os cinco amigos estavam entrando em desespero, de certa forma, sabiam que Thiago não sobreviveria, e possivelmente, eles também não. Kenan saltitava feliz em direção ao que antes foi o ferreiro, mas agora, representava o puro perigo e medo. Os olhares assustados e confusos de Elizabeth, Thiago, César, Joui e Arthur acompanharam em câmera lenta o velho indo alegremente em direção à criatura. 

César não queria morrer, naquele momento, não se passou pela sua cabeça que seus amigos não iriam atrás dele. Cohen correu para longe, mas quando se tocou da realidade, se virou em direção à Kenan e atirou, de longe; A bala passou de raspão, o mais velho apertou o dispositivo explosivo, e magicamente, tudo ficou lento na visão semi-turva de César. 


O garoto de longos fios negros teve um flash de tudo; Christopher, o sanatório, as últimas palavras, o Carniçal, a bebedeira, a gasolina, a casa, a comida, as risadas, as fotos, a porta, a floresta, e no fim, o sacrifício do irmão de consideração. Com uma triste melodia desafinada dos gritos desesperados que urravam em seu interior, viu lentamente a mochila nas costas do Thomas explodindo, consumindo primeiramente o Deus da Morte, viu Thiago se incendiando antes mesmo da explosão o atingir, pôde ver a dor nos olhos inchados de Joiu e Liz,  viu também Arthur protegendo o rosto com o único braço que lhe restava.

O que teria acontecido caso não tivesse corrido? Se tivesse atirado antes de deixá-los, teria acertado? Porque estava vendo tudo tão lentamente? O impacto já havia atingido todos eles, e quando os resquícios dela chegaram até César, tudo voltou à ficar rápido. O moreno foi jogado contra as rochas grotescas e banhadas pelo lodo preto, que evaporava. Ele finalmente entendeu o que aconteceu; Todos estavam mortos, e a culpa era sua. Seu corpo doía, sentia seus ossos quebrados, e sem nenhum força, apenas se deitou de bruços no chão da caverna, no seu último ato de sanidade, deixou as lágrimas quentes de arrependimento caírem sobre o chão arenoso, e aos poucos, sentia as pedras desmoronando sobre sí. 

E quase que sem nenhum tipo de esperança, ouviu a voz do pai sussurrar suavemente em seu ouvido um " apenas feche seus olhos", e pela primeira vez em 30 anos, ouviu as recomendações de Cristopher sem questionar. Cerrou os olhos, ainda chorando, e foi tomado pela escuridão... 




.......






Até ter coragem de os abrir novamente, e se ver abraçado ao pai, abaixo de uma grande árvore de folhas brancas. Seus amigos também estavam lá, abraçados aos que partiram antes deles, incluindo Kenan e o ferreiro, que agora, voltara a ser o Miguel.  No final, a morte dolorosa e agoniante lhe valeu à pena. 


Notas Finais


Curtinho porque eu não gosto de nada muito longo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...