História Otsutsuki Kyuubi - Capítulo 4


Escrita por:

Visualizações 571
Palavras 3.242
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Harem, Hentai, Romance e Novela, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


E ae men! De boa? Sim? Q legal man! *-* aqui está mais um capítulo, e talvez o maior que vou fazer em toda a história dessa fic, espero q gostem!

Capítulo 4 - Quarta morte: treinamento, adeus amigo.


O treinamento com o sannin já havia começado, foi algo difícil, Jiraiya deixou bem claro que não ia pegar leve. Ensinando sobre controle de chackra Jiraiya ensinou Naruto a controlar seu olho que o mesmo chamou de rinnegan, sem dar muitos detalhes ao loiro sobre o mesmo.

Com o passar de três dias Naruto já tinha um ótimo controle de chackra, mas ainda não era o suficiente para fazer seu olho voltar ao normal, se isso fosse possível afinal aquele olho pertencia a Kurama. Ele já tinha uma amizade com o sannin que o contava histórias sobre o quarto hokage, seu melhor aluno, também contou um pouco sobre sua mãe, Kushina.

Naruto: dominar a aldeia? - pergunta em frente a uma fogueira, comendo um peixe assado que ele havia pescado.

Jiraiya: sim, não tenho muitas informações, na verdade eu só sei disso porque Tsunade ficou bêbada e me contou tudo após perder uma partida de cartas comigo, apostei a informação, e ganhei honestamente! - levanta o polegar e da um sorriso - eu sou de mais, né? Nihihihi.

Naruto: porque você não conta pro hokage? Ou pra alguém que pode fazer algo?

Jiraiya: ainda não tenho provas, e mesmo que faça tal coisa será em vão Tsunade já é hokage e Kushina tem total controle sobre ela. Além do mais se eu fizer isso será questão de tempo até que ela me descubra e faça como fez a todos os seus incómodos, eliminar e apagar os rastros - disse ele colocando um pouco de suco em dois copos e dando um para o loiro.

Naruto: veneno? - pergunta com receio.

Jiraiya: pelo visto você aprendeu a lição, hihi, pode beber, é só suco você pegou o peixe e ajudou a preparar, devo contribuir com algo - fala bebendo seu suco.

Naruto: você é alguém legal sannin dos sapos - fala bebendo o suco.

Jiraiya: um coroa como eu legal? Aháháháhá - ele riu com aquilo, foi a primeira vez depois de tanto tempo que alguém diz que ele é legal.

Naruto: qual a graça? Coroas podem ser legais.

Jiraiya: deixa pra lá. O que você sabe sobre seu pai?

Naruto: nada... Eu nem sei meu sobre nome.

Jiraiya: hun, deixa eu vê, você é filho de Kushina Uzumaki então seu sobre nome e Uzumaki, Naruto Uzumaki, gostou?

Naruto: não quero o sobre nome daquela mulher - respondeu em um tom sério na voz e logo se lembrou de algo - então é por isso que aquela empregada me chamava de proprietário, mas ainda não faz sentido, para eu ser proprietário eu teria que ser dono, algo que não sou.

Jiraiya: aquela mansão não pertence a Kushina e sim ao seu pai - o albino olha para o céu - isso o faz o único herdeiro, certo? Que reviravolta - bebé o suco.

Naruto: o único herdeiro? Isso é bom, mas e minha irmã?

Jiraiya: isso é um segredo. Você acha possível gêmeos nascerem com pais diferentes? - pergunta e logo o loiro se levanta irritado.

Naruto: como assim?! Está dizendo que Naruko é minha meia irmã?!

Jiraiya: acalme-se garoto eu não disse nada só fiz uma pergunta e mesmo assim você ficar bravo não mudaria tal fato - Naruto o olhou com uma expressão seria em seu rosto, mas logo se alcamou, mesmo que Naruko fosse sua meia irmã ou mesmo que ela não fosse, isso não ia mudar o fato de que ela é sua única família.

Naruto pensamentos: isso! Ela é minha família, tenho que protege-lá! - pensa balançando a cabeça positivamente, o albino o olhou e sorriu imaginando o que se passava na cabeça do loiro.

Jiraiya: proteja o que você mais ama, mas não com os punhos, a violência pode trazer mais problemas, quando que fogo foi combatido com mais fogo? Use sua melhor arma, seu cérebro depressivo para pensar em algo - fala o albino pensativo para o loiro que entendeu o que ele quis dizer.

Naruto não tinha só que ficar mais forte e sim mais experto.

Naruto: você tem razão sannin.

Jiraiya pensamentos: tenho?

Jiraiya: claro que tenho, sou um sábio garoto, e seu sensei, aprenda comigo como um aluno faz.

Jiraiya pensamentos: isso aí, mostrei quem manda! Não subestime o sannin dos sapos! - bebé seu suco com um sorriso em seu rosto e um brilho em seus olhos.

Mais três dias depois.

Naruto já dominava a técnica de invocação e ele era capaz de usar a técnica de múltiplos clones usando o chackra da raposa, que o mesmo já controlava com perfeição já que tinha a ajuda da mesma. Sua próxima técnica era o rasengan, que encontrava uma certa dificuldade em fazê-lo.

Lá estava Naruto dando socos em um tronco de árvore, em suas mãos tinham ataduras o que diminuía a dor do impacto, mas mesmo que estivesse sem não sentiria quase nada já que aprendeu a controlar o chackra da kyuubi em suas mãos potencializando o poder de cura.

Jiraiya: ainda estou sem ideias para meu livro.... - solta o ar de forma pesada - já está bom garoto - fala para o Naruto que para e olha para ele - tire as ataduras, quero vê suas mãos.

Naruto as tirou revelando suas mãos que estavam cheia de machucados e um pouco inchada.

Jiraiya: normal, você ficou a noite toda socando esse tronco. Faz como eu te ensinei.

Naruto: sim, sensei! - fala o loiro e concentra um pouco de chackra da Kurama em sua mãos, que são curadas em questão de segundos.

Jiraiya: você aprende rápido loirinho - fala passando a mão na cabeça do Naruto que sorri feliz pelo elogio - logo você vai ser capaz de se curar sozinho, sem precisar ficar concentrando chackra você mesmo, a Kyuubi é capaz de restaurar seu corpo vocês só precisam treinar um pouco. Descanse e coma, eu irei testar suas habilidades em um combate mano a mano, irei te esperar daqui a meia hora aqui nesse local - fala desaparecendo em uma explosão de fumaça.

Naruto: haii, sensei! Hora de caçar a boia! - fala sacando sua kunai de três pontas, a mesma que ele tinha encontrado no quarto pendurada na parede.

Desde quando o treinamento começou Naruto teve que caçar e preparar a própria comida, seguindo os "ACSV" de Jiraiya: "Abrigo, Comida e Se Vira!".

Naruto: está na hora de tentar aquela técnica - fala tirando um pergaminho de dentro de seu kimono e o abrindo colocando no chão a sua frente.

Naruto estava trabalhando secretamente em uma técnica especial para usar contra Jiraiya, assim como o sannin havia lhe dito no começo do treinamento, crie sua própria técnica! Ele morde o canto do dedo causando um leve sangramento, faz uns selos de mão.

Naruto: Jitsu clone das sombras, técnica de invocação! - fala colocando a mão no pergaminho, e em uma explosão de fumaça, surge uma garota que tinha aparentemente sua idade a mesma possuída orelhas de raposa acima de sua cabeça e duas caudas, ela estava usando uma roupa igual à do loiro, um kimono preto sem mangas, seus cabelos eram vermelho e longos assim como seus olhos que eram vermelho em fenda.

Kurama: naniii?? - pergunta confusa olhando para o loiro e suas orelhas dão uma leve mexida.

Naruto: funcionou, é, mais ou menos, não esperava orelhas nem caudas posso resolver isso, um dia. Ué você é uma garota, por essa eu não esperava - fala e logo Kurama agarra seu pescoço.

Kurama: vai me explicar isso pirralho?! - pergunta estrangulado o loiro.

Naruto: por-por que está me estrangulando?!

Kurama: sempre quis fazer isso! - responde sorrindo e soltando o loiro - consciência limpa - fala ainda sorrindo mexendo suas orelhas - então essa é sua nova técnica? Não é útil já que você tem metade do meu chackra em seu corpo, só não entendi o por que do justu clone das sombras.

Naruto: tem que ser útil, foi difícil criar um clone perfeito para que você usasse como corpo! Juntar duas técnicas é difícil, sabia?!

Kurama: uhum - responde ignorando o que o loiro havia dito e mexendo seu corpo - por que uma criança? Eu sou bem mais venha que isso!!

Naruto: usei um clone meu para invocar você, você deve ter minha idade em aparência, bem eu não tenho muito tempo, tenho que comer, descansar, e ir lutar contra o sannin!

Kumara: e qual minha função aqui, pirralho?

Naruto: temos a mesma idade, então não sou pirralho! Você tem que procurar lenha para o fogueira e eu ir atrás de comida.

Kurama: entendi, pirralho, você procura lenha e eu comida! - fala e sai correndo, sumindo da vista do loiro em questão de segundos.

Naruto: espera, eu que ia procurar.... E ela sumiu, pelo menos fiquei com uma parte fácil.

(....)

Naruto terminou de fazer a fogueira e logo Kurama surgiu com um enorme javali morto carregando em seus ombros.

Kurama: foi mal amigo era eu ou você, a natureza acolheu você, nihihi.

Naruto: eu não sei preparar isso.

Kurama: me dá sua kunai, e deixa que a bela raposa cuida de tudo! - fala e assim o loiro fez, deu sua kunai a ela que preparou tudo.

Naruto: está uma delícia! - fala comendo - não sabia que você sabia preparar javali, e tão bem!

Kurama: vários dos meus jinchūriki sabiam cozinhar, foi impossível não aprender algo - fala comendo um enorme pedaço de javali.

Após terminar de comer o loiro foi descansar, ele tinha que guardar forças para sua luta contra o sannin Jiraiya. Kurama já havia desaparecido, como um clone que desaparece após seu tempo limite ser atingido, Naruto só estava esperando o sannin aparecer.

Após um bom tempo esperando no local marcado, o loiro estranha, Jiraiya nunca foi de se atrasar tanto, então ele decidiu procurar o albino seguindo rumo onde ficava a mansão.

Quando se aproximou do local ouviu sons de armas se chorando, então ele decidiu correr para chegar mais rápido, chegando lá ele se depara com um local todo destruído e de um lado o sannin e de outro um Anbu mascarado, Jiraiya estava todo machucado e o Ambu possuía poucos ferimentos.

Jiraiya: parece que virei um problema para Kushina e como todos os problemas que ela tem devem ser eliminados, hun? Onde está o outro Anbu? - pergunta olhando para os lados.

Um Anbu surge atrás dele, com uma espada em mãos efia ela nas costas de Jiraiya.

Anbu (1): não abaixe a guarda!

Naruto: sensei! - fala correndo em direção a Jiraiya, que explode em uma explosão de fumaça e o verdadeiro surge e acerta o Anbu com dois rasengan em suas mãos no estômago, que é jogado a vários metros.

Jiraiya: eu que digo isso.

Naruto: sensei o senhor está bem? - pergunta se aproximando do albino que rapidamente o agarra pela cintura o tirando daquele lugar.

Jiraiya: temos que sair daqui.

Anbu (2): ele está morto? - pergunta olhando para seu parceiro Anbu que estava imóvel no chão, e uma espada atravessa seu peito perfurando seu coração.

Kushina: ele morreu porque não era útil o mesmo digo para você - fala para o Anbu que cai no chão já morto - eu assumo daqui.

Mais a frente.

Naruto: por que me trouxe pra cá? - pergunta para a Jiraiya que se senta no chão.

Jiraiya: estou velho de mais para isso - fala se escorando em uma árvore.

Naruto: Kushina está por trás disso não é? - pergunta para o albino que o olha.

Jiraiya: ela estava me manipulando e acabei caindo em sua armadilha - pega um pergaminho e entrega a Naruto - pegue isso e fuja para o mais longe que puder.

Naruto: por que? Você não vem? - pergunta para Jiraiya que sorri e passa a mão na cabeça do loiro.

Jiraiya: tenho que resolver alguns assuntos. Seu pai ficaria orgulhoso de você, Naruto - fala sorrindo e levanta.

Naruto: você vai voltar para me treinar não é?

Jiraiya: claro que vou, ainda nem vi você fazer um rasengan direito, tenho que te ensinar meu truque pra fazer um rasengan potente, e não aquela imitação barata que você faz e mal da pra soprar um vento. Agora anda, corra o mais rápido que puder - fala e o loiro sai correndo para o mais longe dali.

Naruto: você vai vê sensei vou dominar sua técnica e vou te deixar surpreso com a minha técnica de invocação.

Jiraiya: Kushina - fala em um tom sério e olha para trás vendo um Anbu parado atrás dele.

(....)

O loiro correu e correu para o mais longe que podia

Kurama: já está bom garoto, pare de correr - pede na mente do loiro que estava ofegante e ainda continuava correndo.

Naruto: tenho que... Levar esse pergaminho... Para o mais longe que posso... Ele é importante para o sensei - fala ofegante, e ouve uma enorme explosão e ao mesmo tempo tropeça caindo no chão - aii.

Kurama: se tivesse seguido meu aviso isso não teria acontecido.

Naruto: o que foi aquilo? - pergunta olhando para uma enorme nuvem de fumaça que se estendia até o céu.

Kurama: perigo na certa, melhor você procurar um lugar para se esconder - avisou Kurama.

Vendo que o loiro ainda estava parado olhando a fumaça desaparecer, imaginou que ele estava planejando algo.

Kurama: Naruto, o que você está pensando em fazer? - pergunta, era impossível saber o que se passava pela cabeça do loiro.

Logo ele começou a correr em direção a explosão.

Naruto: vou salvar o sensei!

Durante esse tempo de treinamento Jiraiya tinha se tornado um grande amigo do loiro, Jiraiya por diversas vezes disse que nunca se devia fugir de uma luta, era hora de seguir o conselho.

Kurama: isso é perigoso, deixa o sannin lidar com isso - fala, mas o loiro não lhe deu ouvidos, continuou correndo e logo se viu diante de um lugar parcialmente destruído.

Fumaça ainda saia de algumas árvores que estavam caídas no chão.

Naruto: sensei? - chamou até que de trás da árvore surge alguém, ele rapidamente saca sua kunai, mas logo abaixa vendo quem era, era Jiraiya que estava todo machucado - sensei!

Jiraiya: eu te disse para se afastar - fala a cai no chão - droga o veneno já começou a agir.

O loiro foi até o seu sensei e se ajoelhou ao lado dele, mas Naruto estava calmo.

Naruto: vamos sair daqui, deixa que eu vou cuidar de seus ferimentos - fala sorrindo.

Naruto confiava em Jiraiya, ele é um sannin nada irá detê-lo, ele vai se recuperar rápido, era o que o loiro pensava para se manter tão calmo e ainda sorrir ao vê seu único amigo, alguém que nunca o viu como monstro e o fez acredita que nesse mundo existem pessoas boas, naquele estado, mas o albino apenas sorriu para o loiro.

Jiraiya: você tem que sair daqui, Naruto, o tempo está acabando para mim - fala para o loiro, que muda sua expressão para uma séria e coloca a mão do sannin em seus ombros tentando o levantar.

Naruto: não vou sair sem você, vamos embora daqui você vai se recuperar logo porque é um dos lendários sannin - fala apertando os olhos tentando evitar de chorar, mas logo uma lágrima caiu.

O albino ficou surpreso, o quanto Naruto o considerava importante? O tempo em que eles passaram juntos treinando era pouco não era o suficiente para criar um vínculo afetivo forte, ainda mais ao vê que o loiro odiava as pessoas ao seu redor, tanto ao ponto de considerar sua irmã como sua única família. O albino sentiu seu peito apertar por conta do veneno que já tinha se espalhado por todo o seu organismo, seu tempo estava acabando, notou as lágrimas no rosto do loiro.

Jiraiya: por que está chorando garoto?

Naruto: porque você é meu amigo, e por que... De todas as pessoas, você foi o único que me olhou e sorriu, você é meu amigo - responde já não conseguindo segurar as lágrimas.

Jiraiya: estou tão feliz... - disse ele fechando os olhos e sorrindo.

O albino sempre viveu sozinho, ele sempre andou de vilarejo em vilarejo, se dedicando aos seus livros e suas pesquisas, mas todas as noites ele olhava para o teto do seu vazio quarto e se perguntava se essa iria ser a vida que ele iria tomar até o fim de seus tempos, cada um de seus antigos amigos sannins tinham pegado rumos diferente, ele não pôde nem ajudar Tsunade que agora era brinquedinho da Kushina.

Jiraiya: Naruto, você ainda tem aquele pergaminho que te dei? Abra-o - pergunta e o loiro faz o que ele mandou, o pergaminho estava em branco, Jiraiya tinha colocado um Justu de ocultamento para impedir que as outras pessoas pudessem ler o conteúdo do pergaminho.

Ele fez uns selos de mão e assim várias palavras surgiram no pergaminho, e ao mesmo tempo sumiram.

Jiraiya: estou deixando em suas mãos Naruto, não deixe.... - da uma breve pausa ele estava se sentindo casando a dor em seu corpo causada pelo venero era quase insuportável, mas ele estava aguentando para evitar de deixar o loiro mais preocupado e fazê-lo desperdiçar suas lágrimas com ele - não deixe Kushina dominar a aldeia, torne-se mais forte - disse ele em suas últimas palavras, fechando os olhos lentamente, e assim, morrendo.

Naruto: sensei?... Sensei!! - grita chorando.

O loiro ficou lá ajoelhado ao lado do albino chorando, Kurama pensou em dizer algo, mas decidiu deixar o loiro chorar até que seu coração estivesse vazio.

Um Anbu surgiu silenciosamente atrás do loiro, ele se preparou para da um golpe na nuca do loiro para o deixa inconsciente, mas assim que sua mão chegou perto da nuca dele, Naruto levantou a mão e a segurou.

Naruto: foi você, não foi, Kushina? - perguntou em um tom calmo a olhando por cima do ombro.

Kushina: achei que tinha ocultado muito bem minha presença - tira sua máscara Anbu - mais respeito eu sou sua mãe, mas respondendo, e se tiver sido? Vai fazer o que? Ele acabou com meus planos, agora é questão de tempo até que me prendam, mas vou dar um jeito.

O loiro virou para ela a encarando nos olhos.

Naruto: Kushina! - grita enfurecido, seu olho direito ficou vermelho - você vai me pagar! - um tomoe surgiu em seu olho.

Kurama: pirralho? - pergunta na mente dele sentindo algo estranho vindo do loiro.

Kushina: vou é? Você acha que pode me vencer, garoto demônio? - pergunta com um sorriso largo e psicótico em seu rosto.

O loiro apertou os dentes que ficaram pontiagudos e seus cabelos espetados, surgiram veias em seu olho direito como se ele estivesse o forçando, logo outro tomoe surgiu em seu olho e em seguida mais um.

Kurama: pirralho?! - chama o loiro que permanece encarando a ruiva.

Kushina: isso é um sharingan? - pergunta surpresa.

Naruto: eu vou... - suas unhas viraram garras e sua sua pele começou a rachar - matar... - uma aura vermelha cobriu o corpo do loiro e em seguida uma cauda apareceu - você!!

Gritou o loiro enfurecido uma rajada de vento surgiu indo em direção a ruiva.

Kushina: algo está errado, não era pra isso acontecer! - fala com uma mão em frente ao seu rosto, assim que ela tira sua mão para olha para o loiro, ela não o vê, ele havia sumido diante dela - pra onde ele... - não conseguiu terminar sua pergunta pois levou um potente soco no queixo.

Ela foi jogada a vários metros de distância, batendo em várias árvores.

Kurama: tsk! O que está acontecendo?! - pergunta sentindo uma enorme quantidade de seu chackra sendo sugado e indo para o corpo do loiro.

Naruto: você vai pagar por tudo que fez! - grita.

Seu tapa olho cai no chão e desaparece virando cinzas, outra cauda surgiu e assim mais outras duas o deixando com quatro caudas, o loiro rapidamente foi coberto por uma aura composta por chamas vermelhas virando uma espécie de raposa de quatro caudas vermelha.

Ele abriu seus olhos, de um lado tinha um rinnegan e de outro um sharingan.

Continua.


Notas Finais


Eitaaaa! Modo hack ligar! Nossa, q triste... Pretendo postar o próximo capítulo hoje, e quem sabe atualizar algumas de minhas outras fic.

E ae gostaram? Querem me bater por algo que escrevi? ;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...