História Ouça a canção - Capítulo 3


Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 3
Palavras 751
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Orange, Poesias, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oiie!

Pelos erros,I'm sorry!

Tem continuação!

B
O
A

L
E
I
T
U
R
A
!

Capítulo 3 - Park Lia,quer brincar de Marido e Mulher?


Fanfic / Fanfiction Ouça a canção - Capítulo 3 - Park Lia,quer brincar de Marido e Mulher?


 

Me beije e diga,diga que sou seu
Que sou único para você
Não me ama?
Só me der um chance,meu amor!

 

 

 

Coréia do Sul -Seol

Às 21:45 

 

 

- Por que só olha para ele,Lia? Só o deseja? - o quarto intenso e escuro,onde preparei tudo pra mim e ela.

 

- Ah,Lia! Você vai o esquecer! Tem a mim agora. - os gritos no porão se intensifica cada vez que chego mais perto.

 

 - J-Jungkook,por favor,deixe me sair! - era tão hesitante tela assim,perto,indefesa ao meu merecer.Me aproximo da menor

 

Ah,Lia! Por quanto esperei.Estive ao seu lado,mas só me olhava como  seu amigo.

 

- Por que quer sair,amor? - colo nossas testas e faço um leve carinho em sua bochecha rosada.

 

- Jungkook,por que esta agindo assim? - bufo irritado. - Você me deixa assim,Lia! - puxo a para mais perto. - Vem,vamos para o nosso quarto,irei te limpar.

 

Leve a morena ao banheiro onde a coloquei sentada no vaso sanitário,parti em direção a banheira a ligando.Chamei a mais nova com um gesto que tinha certeza que ela intenderia,mas ela não se moveu.

 

- Vem,vou te ajuda,esta fraca! - permaneceu parada olhado para parede branca recém pintada.Fui em sua direção e a puxei pelo braço.

 

- Não esta me ouvido,está surda agora? - a sacudir. - Falei como você,Lia! Me responda! - ela solta um gemido. - Jungkook, esta me machucando! - choraminga baixo.Foi ai que me toquei e percebi que esta machucando amor da minha vida. 

 

- Oh,me perdoe,amor! - puxei para um abraço,mas ela se debate.- Pare com isso! - vocifero.

 

A levei até a banheira e comecei a despi-lá,claro que ela não quis deixa no começo,mas afirmei diversas que não iria fazer nada que ela não quisesse.A acaricie suas costas desnudas e sentir ela arrepiar.

 

Sim,ela sente desejo por mim mesmo que negue. - pensei.- isso,esse pequeno detalhe me fez sorri bobo o resto do banho todo.

 

- Pronto! - a peguei no colo e a leve para a nossa cama. - Deve está com fome.Vou preparar algo! - saio em direção a cozinha.

 

- Jungkook? - me assusto com sua voz baixa atras de mim.

 

- Era para você esta deitada,já irei levar algo para comermos. - falo por cima do ombro a onde a observo seu olhar em mim .

 

- Jungkook,me ama mesmo desse jeito que fala? - como ela podia ter duvidas disso.Giro meus calcanhares em sua direção e encontro a Lia tímida e insegura mordendo o lábio inferior.Abito que ela tem desde do ensino médio.

 

- Ainda não esta claro o suficiente? - seus olhos grande como um jabuticaba denuncia seu nervosismo.

 

- Quer que eu te prove como? - coloco um mexa de cabelo que caia em seu rosto atras da sua orelha.Vejo apensa,enquanto ela pensava puxei sua cintura e unir nossos lábios afoitadamente em um beijo logo e intenso coisa que foi correspondido pela menor de imediato.

 

Passei a língua em seu lábio inferior,e ela entendeu meu pedido e abri a boca para que minha língua explorasse sua cavidade bocal,mordisque seu lábio inferior,ora mordia ora chupava.Puxei sua cintura para que tivéssemos mais contato,mas não adiantou muito,então puxei seu corpo para que ela lançasse as pernas em meu quadril e assim ela fez,movi meu quadril em busca de mais contato com sua intimidade e ouvir seu gemido baixo - A se ela soubesse o tanto que esperei para tela em meus braços. - adentrei meus dedos em seu short jeans e alisei sua intimidade por cima da calcinha.

 

- Ah,já está assim,amor? - fiz movimentos circulares em seu clítoris inchados,ela gemia e se contorcia.

 

- Jungkook,por favor...mais rápido-do! - queria tortura-la, parei. - Sabe...Você não esta merecendo! - tirei meus dedos.

 

- Kookie,por favor,estou quase lá! - choraminga. - Olhei para cama e um pensamento pervertido veio em minha mente. - Vamos para cama. - levei ela assim mesmo,a coloquei cuidadosamente na cama ficando por cima. - Queria tentar algumas coisa indecentes,mas não dar para fazer sozinho,então...

 

- Park Lia, quer brincar de Marido e mulher comigo? - uma gargalhada escandalosa da morena me assustou,mas logo trocou pelo um mini sorriso malicioso. 

 

- De Marido e Mulher? - fez um careta de pensativa

 

Isso sim me fez ir,mas ir mesmo tipo o coringa quando explode ou quebra algo.

Poxa foi engraçado! Ela não fez um simples careta,mas tipo que tava pensando em mim matar não na brincadeira.

 

- Podemos ter casinha e filhos também? -  me olhou inocente.

 

- Isso depende de você!

 

 

 


Notas Finais


Obrigada por lê!

Tchauzinho!

Ass;Com amor ChimChim! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...