História Our Childhood - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais
Tags Jikook, Jimin, Jungkook Bts
Visualizações 17
Palavras 1.160
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OLA AMIGUINHOS

COMO VÃO?

Q BOM

Voltei com um capzinho que hmmmmm...

HHHMMMMMMM...

só digo uma coisa

T
R
E
T
A

Bskdnakdnaodnsodkso

Bora le❤

Capítulo 2 - Chapter Two


Fanfic / Fanfiction Our Childhood - Capítulo 2 - Chapter Two

Tchau...

- Ô JEOOON, ENTRA PRA DENTRO! - Minha mãe grita.

TÔ INDO! - Falo subindo na árvore e voltando pra casa.

- Onde tu tava, misera??

Eu tava ali na frente, brincando com um amiguinho.

- Hm, ta. Agora vai pro banho antes de janta. - Ela fala me empurrando pro banheiro - Se arruma bem por que hoje o seu pai vai vim.

Sério?? EBAAA!

- Vamo, entra aí que eu pego a tua roupa. - Fala depois de me ajudar a tirar a roupa e coloca o chuveiro na água quente.

Tomo o meu banho feliz por que papai vem nos ver!

Faz um tempinho que ele não vinha, será que ele trouxe alguma coisa pra mim??

Mãe abre a porta, colocando a minha roupa e toalha em cima da pia e fala que depois é pra eu chama ela.

Coloquei a minha roupa e fui de atrás dela.

MÃÃÃE???

- NA COZINHA. - Vou até lá e ela tá fazendo a janta, que tá com um cheiro muito bom. To com fome agora - Perai. - Ela desliga uma boca do fogão e vai até o meu quarto, pegando a toalha e secando o meu cabelo enquanto penteava - Tu não deixa mais a toalha molhada na cama, entendeu??

Sim.

- Pronto, ta lindo. - Fala e fica me olhando - Agora não se suja mais.

Ta.

- Quando o teu pai chega eu aviso. - Fala e volta pra cozinha, eu acho. Agora, o que eu faço? Não posso mais nem ir lá fora.

O que eu faço?

Me sento na minha cama, pensando no que fazer.

Se ao menos o Jiminnie estivesse aqui... Será que ele vai vim amanhã?

Onde será que ele mora?

Nunca vi ele na rua.

Ele não sabia subi em árvore e não sabia jurar de dedinho... Que estranho.

Será que ele mora num apartamento?

- Jeooon! Teu pai chego!

PAPAAAI! - Saio correndo pra porta da sala, abrindo ela e indo abraça o meu pai. - Papai!

- Como vai, filho? Tá tudo bem?

Aham! - Solto ele - E com o senhor?

- Também. - entra em casa, coloca as suas coisas no sofá e vai pra cozinha - Hmm... Que cheiro bom, amor. O que é?

- Massa (autora: ou macarrão :p) com molho à bolonhesa.

- Parece estar muito bom.

- Jeon, pega a toalha e estende na mesa.

Sim. - Abro o armário e pego a melhor toalha que vi, tinha velas, plantas e um papai Noel desenhados nela, e estendi na mesa, arrumando e tentando não deixa torto.

Fui lá pra cozinha de novo e mamãe me alcançou os prato e os talher, voltei pra mesa e ajeitei nos lugares.

- Então, filho. Como tá indo a escola?

Tá legal, eu consigo ler quase tudo.

- Saaaai da frentee! Panela quente passando! - Fala a minha mãe, colocando a panela na mesa. - Bora come.

Eles se sentam um de frente pro outro e eu no lado. O pai se serviu primeiro, depois a mãe e depois eu.

Quando o papai volta de viagem, comemos com garfo e faca.

Não sei o porquê tambem.

- Então, como é lá nos EUA?

- Normal, não tem nada de mais.

Sério?

- É, só tem um lugar cheio de brinquedos.

De verdade?? - Falo bem animado, imaginando como seria legal ir naquele lugar.

- Sim. Tem também um lugar onde é cheio de doces!

Eles são bons?

- Eu não consegui provar. - Minha mãe pigarra, chamando a atenção de papai.

- Precisamos conversar, lembra?

- É. Jeon, pega a minha mala?

Sim, pai! - Saio correndo pra sala e puxo a sua mala até a mesa.

- Eu trouxe um presente pra você, Jeon. - Fala abrindo a mala, tirando dois pacotes de dentro, um grande e outro pequeno. Ele me entrega os dois! - Vá pro seu quarto e veja o que é.

O-Obrigado, papai! - Vou voando pro meu quarto, quero ver o que é!

Entro e fecho a porta, coloco os presentes no chão e fico na dúvida de qual eu abro primeiro. Vai se o grande? Ou o pequeno?

Será que eu abro?

Tá, vamo pro pequeno.

Me ajoelho no chão, pego o pacote pequeno e abro.

São balas, doces e chocolates!!

Ele comprou daquela lojinha!!

Vou abrir pra provar e...

Não.

Não vou.

Vou comer junto do Jiminnie. Isso. Ele vai vim amanhã.

Tenho certeza.

Pego o pacote grande e fico olhando ele. Parece uma caixa.

Abro ele e vejo um boneco.

Um boneco do homem de ferro!!

Não esperei muito e abri a caixa e tirei o boneco de dentro. Ele era bem grande!

"Era mais um dia normal na cidade de Busan. Sem problemas, sem nada.

Quando, de repente, apareceu o terrível...

...

URSO GIGANTE!

Empurrando prédios, o perigoso urso gigante atormentou a cidade, deixando todos apavorados e sem esperança.

Até que o Homem de Ferro chega e derruba o Urso com um soco.

Mas o urso não se rende e vem com tudo empurrado o nosso herói contra um prédio!

Com um pouco de dano, o Homem de Ferro se levanta, pega impulso e voa em direção do Urso, dando um chute nas partes baixas, fazendo ele voar pra longe e...

..."

Que sono...

Eu nem agradeci o pai de novo... Que estranho, tá um silêncio.

Saio do meu quarto e vou indo pra sala, escutando meu pai gritando com a minha mãe...

Me escondo atrás da geladeira, onde eles não conseguiam me ver e fiquei escutando...

- Eu sei que você quer agradar o meu filho, mas chega.

- Seu filho?? Nosso filho! Ce acha que eu engravidei como? Com os dedo??

- O que eu quero dizer é, a guarda dele é minha.

- Não é nada! Eu criei o Jeon por todo esse tempo sozinha enquanto você viajava e comia qualquer uma que via pela frente!

Comer?? Papai come pessoas? Nossa, deve ter um gosto horrível...

- NÃO IMPORTA O QUE VOCÊ FEZ ATÉ AGORA, O JEON É MEU!

- COM QUEM VOCÊ ACHA QUE TÁ FALANDO?? EU NÃO SOU SUAS AMANTE PRA VOCÊ FICAR GRITANDO!

- NÃO FALE ASSIM COMIGO! - Chegou mais perto da mamãe, com a mão fechada, ameaçando a dar um soco nela. - SE NÃO...

- SE NÃO O QUE?? VAI ME BATER?? VAMOS, ME DA UM SOCO. DEIXA BEM ROXO. VOCÊ IRÁ PRESO DO MESMO JEITO! O QUE SÃO MAIS ALGUNS ANOS DE CADEIA PRA QUEM JÁ PASSOU POR LÁ CINCO VEZES, NÃO É?? - Papai ficou quieto, olhando pra minha mãe de um jeito assustador.

- O Jeon vai ser meu. - Ele sai de casa batendo a porta. Minha mãe se senta no sofá e começa a chorar...

Não gosto de ver ela chorando.

- Será que o Jeon acordo? Espero que não... - Saio do meu esconderijo e volto pro meu quarto, fingindo estar brincando com o meu presente até que mamãe abre a porta.- O-oh, Jeon. Pensei que estivesse dormindo...

É...

- Vamo dormi tá? Tá tarde já.

Mamãe?

- Que?

Posso dormi com você?

- Sigh... Ta bom, só hoje. - Pego o meu travissero... Traves... Travesseiro... Essa coisa aí e o meu ursinho e fui pro quarto da mamãe.

Eu não gosto muito de dormi com ela mas quero estar aqui se papai voltar.

Agora eu tenho medo dele, muito medo.

Me deito na cama e espero o sono vir.

Demorou um pouco pra mamãe voltar e se deita.

Mãe?

- Hm.

Te amo.


Notas Finais


HEHEEHEHEHWHHWEH


TA SÓ COMEÇANO... SÓ

Então? Gostaram?
Comentem, favoritem e me dê um dicionário

2beju e flwww❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...