1. Spirit Fanfics >
  2. Our Dear Girl (Imagine Jihyo) >
  3. Capítulo 5

História Our Dear Girl (Imagine Jihyo) - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente sou eu de novo.

🤦

Gente aconteceu de novo, o meu capítulo apagou e já tava mais da metade pronto, gente não confiei no Spirit e muito menos na Wattapad eles são muito filhos da puta, bando de pau no cu, manoo que vontade de me taca no rio, mais fazer o que é a vida, agora vou ter começa a escrever tudo de novo em plena madrugada, que saco viu.

Eu ainda mato o filho da puta desgraçado arrombado, que fez essa merda ser apaga sozinha, palhaçada.

Bom, desculpe o meu pequeno surto.
Era só isso.

Aproveite ^_❤️

Capítulo 5 - Capítulo 5


Pov's (S/n)

Acordo no dia seguinte com Hana pulando em cima de mim.

— Bom dia meu amor — A puxei para mim a abraçando.


— Pala mamãe vuxe tá me apetado — Falou gargalhado.

A soltei e ela sentou em minha barriga.

— Dormiu bem amor ? — Perguntei.


— Sim, eu sonhei.


— Sonhou com o quê ?


— Eu sonhei com meu papai.


— Seu papai ? Como foi o sonho ? — Meu coração acelera toda vez que ela falava desse pai que ela tanto quer.

Sentei-me na cama e coloquei-a sentada na minha frente.

— Sonhe que ele blicava comigo e com o Mark — Sorriu — Ele era tão legal. Mamãe ? — Me chamou balançado minha perna.



— Oi ? — A olhei.


— Vuxe não gosta do meu papai ? Ele te deixou tliste ? 

Saber quando alguém mexer na sua ferida mais dolorida ? Então foi isso que ela fez, mais com inocência, sem intenção nenhuma. Ser ela soubesse que o pai dela foi quem mais me machucou nessa vida. Um nó se forma em minha garganta, mais eu não vou chorar, não frente dela.

— Me ajudar a preparar o café ? — Perguntei descontraída, para pode mudar de assunto.

Ela me olhou sem entender, mais concordou. Levantei da cama e a peguei, escovei nosso dentes e tomamos banho juntas. Vesti uma roupa nela e vesti um vestido em mim.

Formos para a cozinha e a coloco sentada no balcão.

— O que vamos fazer ? — Perguntei a olhando.


— Panquecas com mel — Falou erguendo os bracinhos.


— Boa escolha — Beije seu nariz.

Preparei as panquecas e comermos, formos para a sala e eu coloquei o filme Cirderela, como havia prometido na noite passada.

Deitei ela no sofá e ela se deitou na minha frente, passei meus braços sobre ela e a aproximo para mim.

Assistiamos o firme em silêncio.

— Bom dia — Nayeon entra na sala, com um pranto de panqueca e se sentou na poltrona.


— Bom dia — A respondi.


— Nem te vi chegar ontem.


— Cheguei tarde.


— Vai ser puxado né.


— É.


— Dormiu — Aportou para Hana. Olhe para ela ela que dormia agarrada no meu braço.


— Ela acabou de acordar e já tá dormindo — Falei sorriso fraco.


— Ela foi dormir tarde ontem na esperança de ver você chegar — Diz.


— Ela é a que mais vai sofrer. Ela não para de perguntar quem é o pai dela — Suspirei.


— E o que você responder ?— Pergunta.


— Sempre mudo de assunto, não tenho o que responder — Passou a mão pelo cabelo.


— Ela fica vendo todas as coleguinhas dela falarem sobre o pai, aí fica na vontade de ver como é ter um também.


— É.


— Agora preciso ir, tô 5 minutos atrasada — Fala olhando o seu relógio de pulso.


— Vai lá. Até amanhã.


— Até amanhã mesmo — Ela dar um beijo na minha bochecha e outro na testa da Hana.

Fiquei mais um tempo ali deitada pensando nessa voltade da Hana de ter um pai, vai chegar um dia que eu não vou conseguir mudar de assunto.



«««



Já é hora do intervalo na faculdade, comprei uma água gelada e me sentei em umas das poucas mesas que então vazias, ponho minha bolsa em cima da mesa e encaro minhas unhas preciso urgentemente arrumar elas.

— Oii — Lisa senta ao meu lado e dar um beijo na minha bochecha.


— Oi — Dou um sorriso forçado.


— Que tristeza é essa ?— Pergunta me olhando.


— Não é nada, só estou cansada — Falei, e ela me olhou desconfiada.


— Okayy — Ela me encarou com os olhos semi serrados, dei um sorriso fechado — Mais mudado de assunto, você vai na festa esse final de semana ? — Perguntou, agora animada.


— Que festa ?  — A encarei confusa.


— Ah festa de boas-vindas aos novos universitários, vai ser sábado, nove horas na quadra.


— Acho que não.


— Porque ? — Antes que eu pudesse responde, meu celular toca, peço licença pra Lisa e pego meu celular na bolsa, vejo que é a Nayeon, meu coração acelera, pode ser alguma coisa com a Hana.

            

                         Ligação On

Nayeon aconteceu alguma coisa com a Hana ? — Perguntei preocupada.


Não aconteceu nada de grave, ela só tá chorando querendo você, pensei em ti ligar pra falar com ela — Meu coração apertou só de pensar na minha pequena chorando.


—  Passa pra ela  — Falei.


Mamãe — Sua voz saiu embaçada por conta do choro.


Oi minha pequena porque você tá chorando ?


Mamãe eu quelo fica com vuxe — Ela fuga.


Filha daqui a pouco a mamãe tá aí. Vai demorar só um pouquinho.


Tô com muta sadade de vuxe mamãe — Diz manhosa.


Eu também tô amor. Morrendo de saudades.


Eu te amu, vem logo.


Eu também te amo. Até daqui a pouco.

                            Ligação off

Guardei o celula na bolsa e dei um longo suspiro, meu coração estava apertado.

— Esse é uns dos motivos que eu não vou a festa — Falei pra Lisa que me olhavam com curiosidade.


— Você tem uma filha ? — Me olhou supresa.


— Tenho — Sorrir — Uma linda princesa de três anos.


— Nunca me passou pela cabeça isso, quantos anos você tem ? — Me olhou.


— Dezenove, tive ela com dezesseis mais não me arrependo, ela é meu mundo — Sorrir boba a lembra da minha princesinha.


 — Quero conhecer ela — Falou super animada, me fazendo rir.


— Quando você quiser vai lá em casa, tenho certeza que ela vai adorar te conhecer — Falo sorrido.


Xxx : Amor, vai ter uma festinha em uma boate depois da faculdade, vamos ? — Uma menina branquinha de cabelos castanhos, muito linda se aproximou falando com Lisa, junta a ela a tal Jihyo.


— Claro. Primeiro deixa eu apresentar vocês, essa é a (S/n) e (S/n) essa é a Jennie minha namorada e aquela idiota ali é a Jihyo.


—  Oi — Sorrir simpática, a Jennie retribuir o sorriso e a tal Jihyo apenas me encarou.


— Você também está convidada (S/n) — Disse Jennie.


— Obrigada, mais eu não vou poder ir — Falei.


— Ah que pena, então deixa pra próxima — Falou simpática.


— É. Lisa será que ser eu mata as últimas aulas vai dar algum problema ? — Pergunto voltando minha atenção a Lisa.


— Não ser suas notas forem boas, você só não pode fazer isso com frequência. Ficou preocupada com a ligação ? — Pergunto.


— Fiquei, nem vou conseguir prestar atenção na aula mais.


— Então vai lá, se por acaso alguém lhe perguntar, você fala a verdade.


— E né, então e já vou indo — Me levantei — Depois a gente ser fala — Dei um beijo na bochecha de Lisa e peguei minha bolsa — Tchau gente — Falei para Jennie e Jihyo e novamente Jennie ser despediu de mim com um “Tchau„ e aquela Jihyo apenas me encarou novamente.

 Ué eu em será que ela não fala ? A (S/n) para de ser idiota claro que ela fala animal, eu  acho que ela não fui muito só com a minha cara, deve ser por conta do que aconteceu no corredor ontem. Mais fazer o que ? É a vida.

Deixei esses pensamentos bestas de lado e seguir meu caminho para casa.





««« 





— Mamãe — Minha pequena veio até mim, correndo assim que abrir a porta, a peguei no colo e a abracei.


— Ela tava de plantão na porta te esperando  — Fala Nayeon, joguei minha bolsa no sofá e me sentei na poltrona.


— Tadinho do meu bebê — Beijei sua cabeça.


— Eu não sou um bebê mamãe, eu sou uma mocinha — Disse nos fazendo rir.


— Isso uma mocinha, minha mocinha — Ela deitou a cabeça no meu ombro e ficou mexendo no meu cabelo.


Em poucos minutos seu corpinho amoleceu, percebi que ela tinha dormido, dei boa noite a Nayeon que foi para seu quarto. A levei para o nosso quarto e a coloquei na cama.


Fui para o banheiro fiz minhas higienes e tomei banho volte para o quarto, vesti um pijama e deitei na cama. Hana ser aconchegou em meus braços e logo peguei no sono.
















Notas Finais


E aí o que acharam ? Gente o que será que o pai dar Hana fez pra @ ? Deixe suas teorias nos comentários 😗✌️

Olha pra fala a verdade era pra mim ter postado esse capítulo ontem dez horas da noite, só que como virão o Spirit não colaborou, mais fazer oq e a vida.

Eu não sei ser hoje sair mais um, porque eu tenho milhares de coisas pra fazer e o engraçado e que eu abri minha boca pra falar que não tinha nada pra mim fazer, que minha mãe surgir de nárnia falando que eu tenho que fazer não sei o que, aff.

Mais assim que eu fica livre postarei o próximo capítulo.

Até mais ^_^
Bjs, se cuide ✨


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...