História Our KittY- Interativa- Imagine BTS e Jay - REESCREVENDO - Capítulo 17


Escrita por: ~ e ~marceladovrau

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Block B, EXO, Jay Park, LOCO, Okasian, Simon D.
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Jay Park, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, LOCO, Lu Han, Okasian, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Simon Dominic, Suga, Suho, Tao, V, Xiumin, Zico
Tags Híbrido, Sadomasoquismo
Visualizações 119
Palavras 2.763
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOLTEI
DESCULPA PELA DEMORA .>_<
BOM, SE O CAPITULO ESTIVER RUIM, SORRY, TA DIFICIL EU CONSEGUIR ESCREVER
OBRIGADA DE KOKOROKO AOS 99 FAVORITOS, AIN GDEUS, OBRIGADA GENTEN DE KOKOROKO
ESPERO QUE GOSTEM, DESCULPA QUALQUER ERRO ORTOGRÁFICO
COMENTEM OQ ACHARAM DO CAPITULO.

Capítulo 17 - Cypher 16


Fanfic / Fanfiction Our KittY- Interativa- Imagine BTS e Jay - REESCREVENDO - Capítulo 17 - Cypher 16

Continuação...

 Troquei-me e quando fui separar algumas coisas para minha aula amanhã, reparei que a gargantilha do Hope ainda está comigo, sai de meu quarto e fui à procura do de Jung Hoseok, depois de errar duas vezes e entrar no quarto do Namjoon e do Yoongi, encontrei o quarto correto, Hope estava sem camiseta apenas com uma cueca, de costas para mim procurando algo no guarda roupa. Bati na porta e ele se assustou e bateu a cabeça.

            -Desculpa! Eu só vim devolver a gargantilha.

            -Ai, tudo bem não foi sua culpa. Pode deixar em cima da mesa.

            -Desculpa não queria te assustar- Fiquei meio sem graça pelo fato dele estar só de cueca.

            -Bom hoje foi bem legal, espero que tenha gostado.

            -Gostei foi bem divertido, apesar do medo que eu senti meu dia está sendo ótimo.

            -bom saber- ele sentou na cama, deitou e bateu duas vezes do lado dele pedindo para eu me sentar- Desculpa pelo que eu fiz mais cedo.

            -Tudo bem- respondi baixo, mas ele conseguiu ouvir.

            -Mesmo?- concordei com a cabeça- Posso fazer mais uma vez?- E foi ai que eu congelei, não sei oq que responder a ele, deixo ou não ele me beijar?

Muito envergonhada e com o coração acelerado concordei baixinho, Hope sorriu, e que sorriso lindo, ele se sentou de lado na cama e eu não conseguia me mover, talvez por estar um pouco nervosa.

-S/N, se não quiser é só dizer- ele me confortou percebendo meu nervosismo, virei-me de frente para ele e o mesmo levou sua mão até minha bochecha e começou a fazer carinho ali.

 Hope olhava em meus olhos, depois para minha boca e ficava intercalando até que nossas bocas estivessem coladas, foi apenas um selinho demorado, mas ainda assim queria mais e ele percebeu isso, ele juntou nossas bocas novamente agora em um beijo lento, estava tudo indo bem lentamente e aparentemente romântico. Enquanto minhas mãos faziam carinho nos cabelos dele, suas mãos passeavam por meus braços fazendo carinho, quando a falta de ar se fez presente no separamos, senti minhas bochechas esquentarem e Hope me deu mais um selinho demorado.

- Queria poder te chamar de minha, mas agora tenho que te dividir com os outros- Hope confessou, fiquei em silencio por mais que esse não tenha sido meu primeiro beijo ainda assim me sentia como se tivesse sido- Me desculpe se você não gostou do beijo.

-Eu gostei, só que, bem... É como se tivesse sido meu primeiro beijo- abaixei a cabeça envergonhada, Hope deu uma risadinha e me abraçou.

-Como você pode ser tão fofa? Ai Deus como eu quero te ter só para mim- Ele me abraçou forte e deu um beijo na minha testa.

A porta do quarto foi aberta e nela estava um Jin com cara de sono, Namjoon com seus óculos e um livro em mãos e Taehyung com fone de ouvido cantarolando algo.

-S/N, pode vir com a gente rapidinho? – Jin perguntou docemente enquanto Namjoon olhava com uma cara nada boa para Hope.

-Claro, boa noite Hope- Dei um beijo em sua bochecha e sai do quarto.

-O que aconteceu lá dentro S/N? – Namjoon perguntou parecendo estar irritado

-Ele te forçou a algo? – Jin estava mais preocupado do que tudo, isso era visível.

-Não aconteceu nada muito sério, eu estou bem meninos, ele não me forçou a nada.

-Certeza? – Jin e Namjoon perguntaram ao mesmo tempo, percebi que Tae estava dançando Likey, ele é realmente uma criança ainda.

-Sim, mais alguma coisa?

-Não – Namjoon respondeu, Jin me deu um sorriso fofo e beijou minha testa.

-Boa noite, não se esqueça de que tem aula amanhã – Jin entrou em uma das portas provavelmente em seu quarto, Tae apenas me mandou um beijo no ar enquanto dançava e foi para o quarto de Hope, permanecemos eu e Namjoon no corredor.

- O que aconteceu lá? – Ele perguntou olhando para os pés

- Apenas nos beijamos Nam, não se preocupe.

-Ah~ - De alguma forma ele parecia um pouco triste- Bom, acho que vou para meu quarto...

-Também tenho que ir... – Nós estávamos sem jeito, eu um pouco envergonhada e Nam parecendo um pouco triste.

-Bom acho que boa noite então - ele voltou a olhar para mim, colocou seus óculos e se abaixou para dar um beijo em minha testa.

-Boa noite Nammie - abracei-o e o mesmo retribuiu, fomos andando abraçados até a porta de meu quarto, abri a mesma e entre no quarto, Namjoon já estava indo para o seu quarto, mas quando ele ameaçou ir eu o chamei.

- O que foi? – ele se virou para mim

- nãofiquetristeporcausadobeijo – disse baixo e rápido

-Não entendi S/N

-Não fique tristeporcausadobeijo

- Não ficar? Como assim? – Ele se abaixou um pouco para tentar ouvir o que eu disse

- Não fique triste por causa do beijo – Eu disse em seu ouvido, ele virou o rosto para mim e sorriu mostrando suas covinhas.

-Não fiquei triste – Mentiroso, pensei - ta talvez só um pouco, mas tudo bem – ele fez um biquinho muito fofo.

 Antes que ele ajeitasse a postura deu um selinho rápido nele, disse boa noite, fechei a porta e pude ouvir uma risadinha fofa dele e seus passos se distanciando. Terminei de arrumar meu quarto e minhas roupas, coloquei o celular para carregar, me deitei e fiquei pensando nos acontecimentos das últimas 24 horas, principalmente nos dos últimos 15 minutos. Senti minhas bochechas esquentarem e sacudi a cabeça tentando espantar esses pensamentos, mas foi em vão já que acabei sonhando com eles.

Dia seguinte...

Acordei com o som de meu despertador, vulgo Lu do Luhan, e ao invés de desligar deixei a música tocando enquanto me espreguiçava e ia até o banheiro para lavar meu rosto, escovar os dentes, fazer tudo que era preciso. Olhei o relógio e ainda era 6:10, tinha tempo o suficiente para comer, tomar banho e me arrumar.

Desci as escadas ainda de pijama e encontrei quase todos os meninos na mesa, faltava apenas Jungkook, Jimin e Yoongi. Dei bom dia a todos e comemos tranquilamente enquanto Jin e Nam discutiam algo sobre a empresa deles, Hope conversando com alguém sobree sua agenda, Tae misturando vários sucos diferentes e anotando o gosto que ficava, e eu apenas ali comendo em silencio de vez em quando rindo de Tae, trocando olharas e sorrisos com Hope e Nam.

-Bom dia família! –Jimin chegou à mesa cumprimentando a todos, e logo se sentou, Jungkook vinha junto dele com cara de sono.

- S/N, já são 6:30, se quiser chegar no horário é melhor se apressar – Jin advertiu - Se quiser carona peça ao Kook ou ao Yoongi, hoje é dia dele mesmo, boa sorte para acorda-lo.

-Obrigada Jin, acho que vou tentar acordar o Yoongi, Jungkook parece morto-vivo.

-Ele quis passar a noite organizando os sapatos dele, mas eu ficava bagunçando toda hora –Jimin explicou

        - Essa peste – Kook apontou para Jimin que ria – Toda vez que eu terminava de arrumar, ele ia lá e bagunçava, arrumei mais de dez vezes e fiquei parte da madrugada acordado por causa dele, demônio!

        - Tenho eu ir me arrumar, com licença. – Me levantei da mesa e subi as escadas.

        Procurei pelo quarto de Yoongi, na segunda tentativa encontrei, ele dormia serenamente e parecia estar em sono profundo, seu quarto tem cores claras, várias fotos espalhadas pelas paredes, uma câmera e várias lentes espalhadas em um canto, uma mesa com um computador e partituras, uma estante cheia de livros de musica e alguns sobre fotografia.

         Cheguei mais próxima de sua cama, o cutuquei algumas vezes no braço e o chamei baixinho, mas ele nem sequer se meia, comecei a balançar ele, quando eu ia voltar a cutucar ele, ele segurou meu braço e me jogou na cama, ele prendeu meus braços com suas mãos e se sentou em cima de mim.

        -Me dê um bom motivo para você ter vindo me acordar – ele falava ainda sonolento, mas com raiva em seu olhar.

        -Primeiramente: Bom dia, Segundo: hoje é seu dia, Terceiro: Em vinte minutos eu tenho que estar chegando a minha faculdade, Quarto: Saia de cima de mim.

        - Tudo bem, te levo, bom dia, em quinze minutos estou te esperando na sala – ele saiu de cima de mim e andou para o que parece ser seu banheiro e se trancou lá.

        Fui para meu quarto e entrei em meu banheiro, tirei o pijama e tomei um banho rápido e relaxante, me enrolei na toalha e fiquei pensando no que vestir, olhei em meu celular e ainda tinha mais dez minutos para me arrumar, peguei um blusão leve e bem grande cinza com várias caveiras e rosas em cores um pouco chamativas desenhadas aleatoriamente, um jeans rasgado nas pernas e na coxa, o all star que Namjoon me deu, a gargantilha e por fim arrumei meu cabelo e fiz uma maquiagem bem leve. Peguei meu celular, material e desci as escadas encontrando os irmãos Kim todos de ternos e bem arrumados, Jimin com uma calça de moletom, uma blusa que faz referencia a Star Wars e tênis que pareciam ser de academia, Jungkook com uma camiseta preta lisa, calça jeans, uma blusa de flanela vermelha em mãos, toca na cabeça e um par de botas Timberland nos pés, Hope já havia saído por ter um horário bem cedo em sua academia de dança.

        -Você está linda S/N – Jimin começou

        -Linda é pouco – Vez de Tae começar a me bajular

        -Já são quase sete horas temos que ir, S/N tenha um bom dia e cuidado. – Jin disse arrastando Tae consigo.

        -Tchau pequena – Nam me deu um beijo na testa e saiu acompanhando os irmãos.

        -Temos que ir, o Yoongi vem? – Jimin perguntou

        -Já estou aqui, vamos logo – Ele estava de terno tão bonito quanto os outros três.

        Jimin e Jungkook subiram em suas respectivas motos e saíram apostando corrida, Yoongi se dirigiu ao seu Porshe e entrou no mesmo, entrei também e fomos em direção à faculdade com Yoongi no telefone conversando provavelmente com sua secretaria sobre sua empresa. Chagamos a faculdade sempre com muitos alunos babando pelo carro de Yoongi e pela moto de Jungkook, me despedi de Yoongi com um beijo na bochecha e o mesmo disse que viria me buscar mais tarde.

        Cheguei ao pátio da faculdade e assim que tentei entrar em meu prédio fui barrada pelo trio que vive apenas para me atormentar, tenteei passar por elas sem ter que dizer uma palavra sequer, mas elas começaram a me fazer várias perguntas toscas e desnecessárias, não respondi a uma sequer, e eu já estava ficando brava por isso.

        - Vai S/N, conta pra gente, quanto você recebe por cada vez que dá pra eles – A líder do trio disse e as outras duas riram, isso não me afetou, mas mesmo assim conseguiu me deixar ainda mais irritada.

        - Acho que ela dá de graça para eles, viu, cada dia foi um diferente que veio buscar ela. – a morena disse dessa vez, olhei em meu celular e percebi que se não acabasse logo com isso eu chegaria atrasada na aula.

        -Algum problema aqui? – Jungkook apareceu atrás de mim, nunca agradeci tanto pela presença desse ser.

        -Kookie oppa! – essa vozinha enjoativa a líder quase me fez vomitar, as outras meninas pararam na hora de rir do que estavam fazendo comigo.

        -S/N? Tudo bem? – Ele perguntou ignorando a presença das três, respondi acenando com a cabeça – Vamos, ou vai se atrasar.

        Jungkook pegou em minha mão e pediu licença as garrotas que estavam barrando a entrada, elas ficavam me encarando boquiabertas e com raiva, agradeci ao kook pelo que ele fez e logo ele foi para sua sala, depois que sentei em minha carteira não tardou muito para que o professor chegasse e começasse a passar matéria e revelar que teríamos um teste surpresa na próxima aula.

        Depois de uma prova longa e um pouco difícil me dirigi à cantina, mal havia saído de minha sala quando uma criatura que chamo de amiga pulou em cima de mim, conversamos bastante sobre nossos finais de semana e acabei contando a ela sobre o beijo com Hope e sobre Nam também, ela me contou que acabou conhecendo um rapaz online e que eles iriam se encontrar ainda hoje, depois de comermos e colocar o papo em dia volteia minha sala e tive o restante de minhas aulas uma melhor que a outra já que esses professores aparentavam estar sob efeito de algo.

        Quase uma hora da tarde fomos liberados, sai de minha sala e no pátio esbarrei com Kook, ele ficava me provocando e fazendo brincadeirinhas comigo e eu com ele, depois de uns dez minutos ouvi gritinhos, provavelmente Yoongi havia chegado.

        -S/N! Vamos! – Yoongi gritou um pouco distante.

        -Vamos gatinha – Jungkook bateu em minha bunda e saiu correndo

        -Yoongi! Ele bateu em minha bunda, falei quando já estava mais próxima do pálido, que olhou para Jungkook parecendo que ia matar o garoto.

        -Jeon Jungkook, se prepara que eu vou te arregaçar muleque – Ele começou a ir andando na direção de Kook, que correu até sua moto e desesperadamente a ligou o mais rápido possível e foi embora.

        -Acabo com ele quando chegarmos à casa principal, hoje você ira me acompanhar em um dia de trabalho. – Yoongi pegou minha mão e me guiou até seu carro.

         -Tudo bem, como está sendo seu dia?

        -Até que esta sendo bom, e o seu?

        ´-Tirando o trio piriguete meu dia está sendo bom.

        -Trio piriguete?

        -Lembra semana passada da garota que praticamente se atirou em cima de você? – Ele concordou com a cabeça prestando atenção no transito – Bom, ela e suas amigas implicam comigo sem motivo.

        -Inveja, você é mais bonita, gostosa e bem melhor que ela como pessoa.

        -Obrigada, eu acho.

        -Quer ir almoçar?

        ‘-Não, estou sem fome – Ele estacionou o carro em frente a um prédio muito bonito e com suas iniciais na fachada do prédio seguido de Entertainment.

        -Vamos.

         Ele saiu do carro e eu também, Yoongi deu a chave de seu carro a um rapaz que parecia ser um chofer, segui ao lado de Yoongi e entramos na empresa, ele deu apenas dois passos e uma mulher com camiseta social mais decotada que o necessário e saia curta viesse ate ele e lhe entregando alguns papéis, ela o seguia ignorando minha presença e falando algo sobre reuniões com Yoongi, eles passaram por um sistema de catracas me deixando para trás por não ter autorização para seguir por ali.

        -Yoongi, uma ajudinha – Chamei por ele que não estava a longe, apenas alguns passos, quando ele ia falar algo a mulher se pronunciou.

        -Pode deixar senhor, eu cuido disso- Ela se aproximou de mim e me olhou de cima a baixo- Ande menina, vá embora, não são permitidas crianças aqui, muito menos animais. – ela disse me olhando com cara de deboche

        -Senhorita Kwan! Você está demitida!  - Yoongi disse um tanto auto o que chamou atenção dos seguranças e de algumas pessoas que passavam por ali.

        -Mas, senhor, o que eu fiz?! – Ela perguntava com lágrimas nos olhos.

        -Além de faltar com respeito, chamou minha futura esposa de animal!- Pera, agora eu estou mais perplexa que a mulher com que ele está brigando, FUTURA ESPOSA??!

        -Mil perdões senhor Yoongi! – Ela se ajoelhou em frente a ele, que ignorou a mulher e liberou as catracas para eu poder passar.

        - Não me ouviu? Você está demitida, me entregue os relatórios e deixe seu crachá e outras coisas na recepção, passar bem.

        -Mas, mas... – ela repetia com lágrimas nos olhos.

        Ele pegou os papéis que ela carregava do chão, olhou para ela com raiva e pegou minha mão e seguimos para os elevadores, as pessoas que estavam ali assistindo começaram a conversar entre si, provavelmente sobre o que Yoongi disse e sobre mim. Entramos no elevador em silencio e as pessoas que estavam no mesmo sempre cumprimentavam Yoongi com uma reverencia e às vezes ele respondia. Depois de alguns andares, seguimos para o que aparentava ser sua sala, e no caminho reparava o quão provocativa eram as roupas daquelas mulheres, uma ou outra usava vestes decentes. Yoongi abriu a porta da sala e colocou os papéis sobre a mesa que havia ali, afrouxou sua gravata, passou a mão pelos cabelos loiros bufando e se sentou na cadeira.

        - Primeiramente: Obrigada por me defender, Segundo: Que história é essa de futura ESPOSA?!

        -Vai dizer que não gostaria de ser a senhora Min? – Ele me olhou com um sorriso malicioso esperando minha resposta.

        O que eu respondo? 


Notas Finais


BOM, FOI ISSO, ESPERO QUE TENHAM GOSTADO
COMENTEM A RESPOSTA DE VCS!
TAVA COM SDS DE VCS
BJS
BULTAOREUNE...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...