1. Spirit Fanfics >
  2. Our Last Summer >
  3. Idiota

História Our Last Summer - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Idiota


Quando faltava apenas dois dias para a viagem, Mike e Luna decidiram não ir, e invés disso viajar com a mãe de Luna, que era a ideia inicial, Katie ficou quase que as duas semanas inteiras falando com a mãe para não ir, até a irmã mais velha teve que interferir, a Gardner tinha uma irmã mais velha, já formada, que estava no segundo ano de faculdade e namorava o filho mais velho de Ares, Sherman, a garota interveio na conversa, para conseguir convencer a mulher de que Katie realmente queria ir e se comportaria, fazendo a mulher finalmente deixar. Travis e Connor Stoll era um caso a parte, Travis havia pensado em tudo e Connor o ajudava com a ideia, sendo assim, os dois iriam, mas uma noite, dois dias antes da viagem, a mãe dos Stolls foi até a casa de Hermes, conversar com o ex-marido sobre os meninos, queria que eles passassem as férias com ela, o resultado foi Connor falando que iria de boa vontade com a mulher e Travis conseguindo ficar para a viagem que havia planejado, o que resultou em um Travis até que triste, sem o irmão mais novo para ir na viagem com eles.

Dia da viagem, 16:45 da tarde

ㅡ Luke, cadê a minha mala? ㅡ Chris gritou de seu quarto, enquanto os meninos faziam as malas de última hora, ou seja, jogavam as coisas de qualquer jeito, dentro da mala.

ㅡ A mala é sua, você que procure

ㅡ Já procurei, não achei. Cadê a sua outra mala?

ㅡ Sei lá

ㅡ Luke, cadê a mala?

ㅡ No sótão? Eu não sei, vai procurar.

Enquanto isso, Travis já havia terminado as malas em poucos minutos e agora estava jogado na cama, enquanto mandava jogava algum jogo no celular, esperando os irmãos. O trem que pagariam era às 18h e combinaram de se encontrar na casa de Percy que era a mais próxima de lá, eram quase 17h e queriam comer algo antes de sair de casa e pegar o trem, devido ao movimento que o restaurante do trem fica no começo das viagens, Travis estava impaciente, ele já estava pronto desde o começo da tarde e estava ansioso para ir logo na viagem, queria ir logo para a casa de Percy, encontrar os amigos e ir para o trem, aproveitar as férias de verão que o garoto estava ansioso para ter.

ㅡ JÁ SÃO 17 HORAS, DA PRA VOCÊS ACABAREM LOGO? ㅡ O garoto gritou, não gostava de atrasos.

ㅡ Se acalma, a gente tá praticamente pronto... ㅡ Chris respondeu

ㅡ Então andem ㅡ o garoto disse olhando o relógio — 1h, temos 1h.

— Travis, não surta, se acalma um pouco, nós já estamos prontos — Chris falou, com uma mochila nas costas e uma mala de mão na mão direita.

— Ótimo, podemos ir? — O Stoll levantou da cama e pôs a mochila nas costas com uma mala de mão grande em uma de suas mãos, assim como Luke

— Não sei, Hermes está em casa para nos levar? — Luke perguntou já descendo as escadas — Ou ele esqueceu que seria hoje?

— Ele disse que estaria — Travis falou, procurando o pai pela casa.

{...}

— Isso tá errado — Annabeth continuou, enquanto Percy insistia que estavam indo na direção certa

— Não está, Annie, vamos chegar no nosso trem rapidinho, você vai ver.

— Vocês tem certeza que vamos ouvir o Percy? — Bianca perguntou e ele a olhou como se estivesse ofendido — Sem ofensas Percy, é só que a Annie... Geralmente está certa — Ela deu de ombros

— Olhe Percy, não estamos falando que você não sabe onde é, só é sexta-feira e tem muita gente, é normal se atrapalhar — Jason falou, procurando algum funcionário para pedir orientação, até que achou uma mulher de mais ou menos 30 anos e conseguiu descobrir onde deveriam embarcar no trem.

— Viram, deu tempo de pegar o trem tranquilamente e eu não estava na direção errada o tempo todo, apenas passamos um pouco — O garoto de olhos verde-mar falou, assim que já estava no quarto do trem que dividiria com Jason, Nico, e os filhos de Hermes que ainda não haviam entrado no quarto, enquanto o loiro se jogava na cama, aparentemente cansado e o moreno de olhos pretos sentava na parte de baixo da beliche que iria dividir com Jason

— Percy, elas não quiseram dizer que você estava errado, apenas que estava demorando para achar. — Nico disse, enquanto Jason dormia na cama de cima.

O Jackson apenas deu de ombros e se jogou na cama de baixo da beliche ao lado

— Eu sei... eu deveria ter medo? De dormir com algum filho de Hermes na cama de cima e outro ao meu lado?

— Claro que sim, eles são loucos. Apenas quero que ninguém bote eles para fora do trem

— Por falar nisso, onde estão? — Percy olhou para o Di Ângelo, esperando a resposta

— Travis deve estar incomodando algum passageiro, Luke se pegando com alguma garota e Chris... deve estar atazanando Clarisse até ela bater nele ou ajudando Travis a fazer algo

— É, faz sentido

— Sabe o que eu acho? — Nico perguntou e Percy o olhou, indicando para que continuasse — Que Travis briga, faz pegadinhas e provoca Katie de propósito

— É, ele gosta de provoca-la

— Você não me entendeu — Nico disse em um suspiro, olhando para a parte de cima da beliche sob ele e se calando.

O Di Ângelo estava errado sobre o que de fato os amigos estavam fazendo, sobre quem estava fazendo o que.

— Sai Stoll! — Katie bufou com o garoto que fez questão de sentar ao lado da menina que revirava os olhos

— Por que, Katie-Kat? Te incomodo? — Ele deu um sorriso divertido no rosto e ela se colou na janela, tentando ficar o mais longe possível dele, coisa que não deu certo, já que o garoto chegou mais perto, ainda sorrindo

— Você não pode me deixar quieta e sair daqui?

— Mas ai a minha diversão acaba, jardineira

— Me deixa quieta, Ladrão — Ela pediu mais uma vez e ele sorriu

— Talvez mais tarde. — Ele retrucou e ela deu um tapa nele, os tapas de Katie Gardner não doíam, eram fracos, apenas causam uma leve incomodação, ela tinha medo de machucar se batesse forte, então não fazia isso

— Adoráveis — Comentou Rachel, sentando de frente para os dois, junto com Drew que riu

— Tirem ele daqui, ele é irritante demais. Insuportável.

— Lembre-se Katie, se tem ódio tem amor — Silena comentou, abraçando o namorado

— E se tem amor tem fogo — Drew retrucou, olhando os dois que não ficaram nem um pouco sem graça, apenas riram, já eram acostumados com comentários assim, principalmente de Drew, Rachel ou Clarisse e Silena nunca se importou de falarem aquilo

— E eu espero que nunca acabe — Silena respondeu, fazendo pouco caso, sem se importar com os outros que os olharam, ela apenas deu um sorriso e um selinho no garoto ao seu lado

— Vocês dois nem precisam se preocupar com isso, eu duvido que acabe, apenas espero pegar o quarto mais longe possível de vocês dois, prefiro dormir tranquilamente do que ouvir alguma coisa totalmente desnecessária

— Nossa Drew, ainda bem que sabe, aconselho a pegar um distante ou por fones de ouvido — Silena respondeu e voltou a deitar a cabeça no ombro do namorado

— Eu digo o mesmo sobre Thália e Nico — Respondeu Annie, ao lado de Luke que antes contava algo em um tom baixo para a melhor amiga.

— Que gente que não sossega — Luke retrucou, fazendo os amigos que estavam ali o olharem — O que?

— Ás vezes eu realmente acho que ele nem nota o que diz — Beckendorf comentou

— Só as vezes? — Rachel perguntou sem nem se dar ao trabalho de virar para os amigos, ainda olhando a janela do trem

— Nossa Rachel, será que é ciúmes? — O Castellan perguntou com um sorriso convencido, a fazendo olhar para ele, mas continuando séria

— Não se preocupe Luke, de você o máximo que eu sinto é raiva. Se me dão licença, voltarei ao meu quarto para ver se as meninas estão bem. — Ela levantou da mesa e foi em direção ao vagão que fica seu quarto.

— Ás vezes eu sinto que você realmente quer ver ela te matar — Murmurou Annabeth para o loiro que gargalhou ao seu lado

{...}

— Oi Clarisse, Silena está te esperando no restaurante — A ruiva disse assim que passou pelo quarto que Clarisse dividiria com Silena, Piper e Drew

— Tá — Ela disse mexendo em sua mochila, procurando algo e a ruiva entrou no quarto ao lado, que era o que ela dividiria com Annie, Bianca, Thália, Katie e Zöe

A La Rue saiu com o celular em mãos, mexendo no mesmo sem notar o filho de Hermes que aumentava os passos para conseguir alcança-la, finalmente conseguindo, ele apenas a puxou para faze-la parar e andar alguns passos para trás, puxando a mesma para uma pequena cabine que tinha algumas vassouras, baldes, panos e outras coisas

— Você está maluco agora, Rodriguez? — Ela o olhou séria mas ele nem mesmo tirou o sorriso que havia em seu rosto, apenas fechou a porta e a fitou

— Clarisse... — Ele disse baixo, puxando a mesma para perto de si, coisa que ela não recusou. Se falassem para Clarisse La Rue há um ano atrás que ela estaria beijando Chris Rodriguez em um lugar apertado, escuro e que alguém poderia chegar a qualquer momento e pega-los ali, ela provavelmente bateria nessa pessoa, mas agora, ali estava ela, encostada em uma parede, com uma mão apertando os ombros do latino e outra em seu antebraço, sentindo a respiração dele se aproximar, enquanto uma mão dele estava na parede e outra apertando a cintura dela

— Você vai me beijar ou não? — ela pergunto, detestava quando ele demorava de proposito, paciência nunca foi o forte dela e sinceramente, ele adorava isso nela.

Então ele apenas colou seu corpo com o dela, a prensando mais contra a parede e seu corpo também, a beijando, sentindo a garota puxar seu cabelo, até que ambos percebem a porta ser aberta, resultando em um pequeno susto de ambos e uma Clarisse que tratou de empurrar o Rodriguez o mais longe possível. Assim que ambos olharam para a porta notaram a expressão de confusão no rosto do Jackson que foi quem abriu a porta

— JACKSON! — Gritou Clarisse aparentemente furiosa, querendo o matar apenas com o olhar

— Percy... — Chris o olhou, negando com a cabeça — Acho melhor você esconder-se dela agora — Ele disse, mas não antes de Clarisse segurar Percy e o fazer engolir em seco, a olhando

— Se abrir, ou melhor, se pensar em abrir essa boca grande, Poseidon perde um filho, entendeu? — Ele assentiu— Você não viu nada, Percy. NADA! — Ela ainda estava furiosa e o Rodriguez sabia que ele também seria xingado

— Melhor você ir, Percy... — Chris disse, tirando a mão de Clarisse da blusa azul marinho que o garoto usava. Ele acreditava que se fosse uma criança que estivesse naquela situação a La Rue já teria feito chorar a tempos.

— É, vai logo Jackson — Ela rosnou. Percy deu um passo atrás e logo deu as costas voltando ao quarto de onde realmente não deveria ter saído, onde Nico esperava pela vassoura que o garoto tinha ido buscar

— Onde está a vassoura, Percy?

— Sem vassouras, Nico. Clarisse não está em um dia bom

— Do que está falando? Ela estava até rindo agora pouco — ele retrucou

— Clarisse não está mais em um dia bom. — Ele voltou a se jogar na cama.

— O que você fez dessa vez? — O Di Ângelo soltou um suspiro e fitou o amigo

— Eu apenas a vi — “Com o Chris”, completou mentalmente

— Da próxima vez eu vou e você fica aqui, assim não encontrara ela e garantimos eu você fique vivo... por hora.

{...}

— Você cala a boca e cai fora logo, foi uma ideia estupida e idiota Rodriguez, saia logo daqui, caramba! — Ela disse, aparentemente furiosa com ele, coisa que ele esperava.

— Vai me culpar pelo Percy abrir junto essa cabine? Não foi culpa minha Clarisse — Tentou defender-se

— É claro que vou. A culpa é tanto sua quanto dele, foi você que me trouxe pra cá e ele que entrou justo aqui

— Você não protestou em vir aqui também — Ele respondeu e ela o olhou furiosa

— Você não se prestou nem para travar a maldita porta — Ela respondeu o olhando e ele fechou a porta, a travando em seguida

— Pronto, porta travada agora

— Agora eu vou comer algo ¬¬— Ela usou o tom sério de sempre

— Não, vai atrasar alguns minutos

— O clima foi estragado quando você não travou a porta e Percy nos viu. Talvez outra hora ladrão — Ela o afastou novamente e abriu a porta, virando as costas para ele que a puxou com ambas as mão em sua cintura, a dando um selinho rápido, para solta-la novamente.

— Até mais tarde — Ele disse enquanto ela saia

— Chris? — Ela parou na porta e virou-se para trás, o olhando — Idiota — E virou-se para frente novamente, seguindo o caminho para o restaurante.


Notas Finais


curto né? o próximo vai ser maior, mas talvez demore um pouco


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...