História Our Little Tae - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Taegi, Taehope, Taekook, Taemin, Vhope, Vkook, Vmin
Visualizações 11
Palavras 702
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem<33

Capítulo 1 - 1


Seus cabelos voavam com a brisa; o olhar calmo e sereno era visível, terrivelmente belo. A melhor definição para Taehyung.

Sempre sorrindo. Conhecido como o ser mais adorável da escola.

— Hoseok hyung... Para! — repreendeu seu hyung, por este não parar de apertar suas bochechas. Hoseok, era barulhento e estranho. Mas continuava sendo o raio de sol do grupo, animava a todos.

— Não dá!! — disse abraçando o dongseang — Você é fofinho demais!

— Hoseok! Pare de incomodar nosso dongseang! — A voz de Seokjin foi ouvida, também conhecido como a "mãe" de todos do grupo, por sempre ser protetor e ser o mais velho.

— Mas, olha pra ele, Jin hyung... — disse arrastado — É muito fofo!

— Jin hyung, me protege! — disse usando o mais velho como escudo, se escondendo atrás do mesmo — Ele fica apertando minhas bochechas!

— Vamos, eu levo vocês até a escola. — Seokjin era maior de idade, e cursava medicina, e como sua faculdade ficava na mesma direção da escola de seus amigos, ele sempre os acompanhava. Junto de Namjoon, que naquele dia já havia ido a faculdade mais cedo, por isso, não pôde os acompanhar.

(...)

— Até, Jin hyung! — o mais novo se despediu — Boa aula!

— Para você também! — disse, ajeitando o casaquinho de lã de seu dongseang — Não se esqueça de se alimentar direito, preste atenção nas aulas e não deixe aqueles babacas do time de futebol te irritarem! Entendido?

— Sim, mãe... — disse rindo doce, se afastando do mais velho e indo de encontro com Yoongi e Jimin.

— Bom dia, Tae! — Jimin lhe disse com um sorriso amável. Jimin era alegre e amigável, mas não era dócil, e deixava claro que era um grande pervertido. — Dormiu bem? Sonhou com o quê? Comigo?!

— Jimin, para de provocar o Taehyung... — Yoongi repreendeu. A princípio rabugento e frio, mas quando você faz amizade com ele, ele se prova amável e leal. — Bom dia, Tae.

— Bom dia, hyungs! — disse sorrindo, e novamente atraindo atenção indesejada.

— Vocês ouviram? Vai entrar um aluno novo hoje! — disse Jimin animado — Espero que seja gatinho!

— Eu nunca entendo o que você diz Jimin hyung... — Tae disse com um biquinho nos lábios.

— É melhor não entender, Taehyung... — disse Yoongi apoiando a cabeça na palma da mão, fingindo decepção. — Vamos para a aula.

Disse vendo Jimin abraçar Tae por trás, e colocar seu queixo no ombro do mesmo.

(...)

A professora entrou na sala junto de um garoto alto e forte. — Crianças, este é seu novo colega de sala. Se apresente, por gentileza.

— Yo, meu nome é Jeon Jungkook, não sejam babacas e nos daremos bem. — disse desinteressado. Uma aparência desleixada: cabelos escuros e bagunçados, o blazer da escola claramente amarrotado, assim como a camisa que não estava completamente abotoada, a gravata mal colocada e um brinco pequeno na orelha direita. Um pedaço de mal caminho, as meninas já soltavam gritinhos agudos e exagerados.

— Jungkook, sente-se atrás de Taehyung. — disse — Taehyung levante a mão.

O menino levantou a mão minimamente, apontando para si mesmo.

O Jeon caminhou até a mesa e se sentou. Logo sentindo o cheiro agradável de Taehyung, parando para observar o garoto. Era lindo. Não pode deixar de sentir as bochechas se esquentarem.

Mesmo com a aparência de delinquente, Jungkook não era arrogante, nem rude, era educado e se dava bem na aula. Gostaria de cutucar o menino a frente e lhe chamar para sair, mas percebeu que o menino era mais difícil que isso. E não queria detonar suas chances com aquela fofura tão cedo.

Decidiu focar na aula, e tirou seu estojo da bolsa. Mas não encontrou nenhum lápis. Bufou e cutucou o menino a sua frente.

— Pode me emprestar um lápis, por favor? — pediu.

— Ah, claro! — disse com um sorriso, entregando o lápis — Pode ficar!

Quando Jungkook pegou no lápis, as pontinhas de seus dedos se encostaram levemente nas alheias. E ele não queria soltar, mas o fez. Algo sobre aquele menino o deixava estranho. Não sabia se era a voz doce e gentil; a aparência adorável; seu cheiro; ou todas as alternativas juntas. Mas o deixava apreensivo. Estranho, não é?


Notas Finais


Espero que tenham gostado~
Um beijinho~
Até mais...
(づ ̄ ³ ̄)づ


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...