1. Spirit Fanfics >
  2. Our love. - Jung Jaehyun >
  3. Baby, you're worth it

História Our love. - Jung Jaehyun - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


olha só quem voltou com a atualização dessa ficou, depois de ter apagado😏

Capítulo 3 - Baby, you're worth it


Fanfic / Fanfiction Our love. - Jung Jaehyun - Capítulo 3 - Baby, you're worth it

Roma - Itália, 23 de maio 09:30

S/N version

Ele se afastou de mim em silêncio, seguindo em direção a porta. Continuei imóvel onde estava, observando seus passos com meu olhar, respirei fundo sentindo meu coração se acalmar, porém com uma certa melancolia por ele ter que partir logo em nossa primeira manhã juntos

Não tardou para que fosse surpreendida com a voz da rainha ao pé de meu ouvido

- Deve se perguntar o porquê dele ter a escolhido - sussurrou a rainha Victoria ao pé de meu lóbulo, em primeira estância, tal voz me arrepiou

- Desculpe - me virei para a mesma, reverenciando-a -não havia notado sua presença - pude perceber que a mesma lançou um sorriso ao canto do rosto

- Sabe que não precisa reverenciasse a mim - disse estampando ainda mais o seu sorriso - agora você é a rainha

A mulher possuía todos os traços de Jaehyun, desde os cabelos negros ao tom pálido da pele, ela também detinha uma áurea leve o que era diferente do filho, já que o mesmo possuía um ar misterioso

- Gostaria de convidá-la ao passeio por um de nossos jardins - disse a mesma estendendo a mão para mim

- Claro majestade - ao proferir tal frase pude notar que a mulher lançou-me um olhar reprovativo - quero dizer lady Victoria

Passamos um longo tempo em silêncio apenas apreciando à vista durante o caminho de um dos jardins do palácio

- Lembro-me da primeira vez que Jaehyun falou-me sobre você - a rainha fez uma breve pausa e segurou em minhas mãos - olhos dele brilhavam, foi a primeira que tinha o visto daquele modo - aquilo de certo modo a assustou, quando exatamente ele havia me visto pela primeira vez? Como ele podia me amar tanto, se nem ao menos me conhecia?

- Como ele pode me amar tanto se eu mal o conheço? - questionou 

- Está resposta apenas ele pode lhe dar - respondeu a rainha afagando minhas madeixas.

Havia chegado à minha segunda conclusão sobre Jaehyun: ele era uma caixa pandora, por mais transparente que aparentasse ser. 

O que me despertava a vontade de descobrir quem ele era, internamente. Seus gostos, desejos, seus pensamentos, quem era Jaehyun por trás daquele olhar intenso e silêncio constante.

- Mas vamos minha querida - continou a mulher guiando-me para onde tínhamos saído - temos que voltar a tempo para nosso segundo desjejum.

— Oh, Jaehyun — lady Victoria caminhou em sua direção — Estávamos à sua espera
— O que fazem aqui? — disse surpreso
— Viemos acompanhá-los para o almoço. — respondeu a mesma com um sorriso descontraído

Ela parecia não se importar com o tom da voz dele, menos ainda com sua face séria. Seu olhar veio de encontro ao meu, estabelecendo assim aquela intensidade que sempre me deixava envergonhada

— Não me lembro de tê-los convidado. — retrucou Jaehyun mantendo-se sério - aliás, pensei que tivessem ido logo após ao baile
— Ah, deixe de pedir formalidade com sua própria família, queríamos fazer surpresa. — lady Victoria fez que iria se irritar, porém se virou para mim e sorriu

Como se sua reação fosse uma forma de ensinamento para mim. Caminhei até ele, sorri de leve desviando meus olhares pelo percurso.

— Você chegou — disse no meu tom baixo de sempre.
— Disse que viria para nossa refeição — ele mantinha seu olhar em mim sem nenhum constrangimento de toda aquela intensidade que colocava — sempre cumpro minha palavra.

Senti um breve arrepio em meu corpo

— Bem, já que está assim tão mal-humorado que não pode ter a companhia de sua família — pronunciou Victoria que estava ao nosso lado nos olhando
— Sejamos honestos querida, estamos invadindo a privacidade do casal em seu primeiro dia juntos. — disse o lorde Louis de forma franca. Algo no ar me dizia que havia algo entre os dois que os impedia de ter uma relação harmônica, porém Victoria  parecia tentar encobrir
— É claro que estamos agradecidos pela presença de vocês — afirmei mantendo meu olhar em Jaehyun.
— Eu já imaginava que sim — lady Victoria riu um pouco e se dirigiu para o lado do seu marido

Jaehyun pegou em minha mão com suavidade e me guiou até o jardim. Ele parecia um pouco nervoso e desconfortável, mas não conseguia identificar se era pela presença de sua família ou pelo motivo que o fez sair pela manhã. De qualquer forma, parecia sério e a cada instante segurava minha mão ainda mais forte sem perceber

— Jaehyun — disse ao parar de andar, puxando um pouco minha mão para que ele percebesse o grau de sua força
— Perdoe-me — ele soltou minha mão e olhou para o céu, parecia tentar controlar sua voz — Eles não deveriam estar aqui, não mais
— Eu gostei da presença deles — disse tocando de leve seu rosto para que olhasse para mim

Ele permaneceu em silêncio me olhando, percebi que o problema não era realmente sua família

- A rainha é agradável... Quero dizer lady Victoria - disse suavizando ainda mais minha voz — Ela me ajudou a descobrir suas preferências para a gastronomia, além de contar sobre sua infância...

Em um piscar de olhos senti os lábios de Jaehyun tocarem os meus, em uma profundidade incomum que fazia minhas pernas estremecerem. Suas mãos envolveram  minha cintura, aproximando nossos corpos, eu pousei de leve minha mão direita em seu tórax, senti seu coração um pouco acelerado

— Pelo aroma, teremos uma refeição especial — comentei ao me afastar um pouco dele

Jaehyun sorriu de leve mantendo seu olhar em mim.




Notas Finais


depois de uma vida eu resolvi atualizar essa, olha eu espero que vocês gostem???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...