História Our Love - Capítulo 5


Escrita por: e txxkyo

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 8
Palavras 1.574
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - O que está fazendo aqui?


Fanfic / Fanfiction Our Love - Capítulo 5 - O que está fazendo aqui?

Rebeca's P.O.V 


Depois daquele espanto todo, resolvo sair um pouco. Vou em direção ao meu quarto e entro no banheiro que havia no cómodo e fecho a porta com o pé direito. Ligo a torneira no modo quente na banheira e sento numa das bordas da banheira esperando a mesma encher. Meço a temperatura colocanco uma das minhas mãos na banheira pré-enchida, e reparo que já esta numa temperatura favorável. Retiro minha blusa e o resto da roupa, amarro meu cabelo com uma presilha e entro na banheira. Sinto dois leves arrepios por minha espinha. Solto um sorriso involuntário e entro por completo na banheira.




(...)



Catarina's P.OV

─ Bem, vamos animar, gente. Não é o fim do mundo certo? ─ Digo calma tentando reconfortar os meninos, que pelos vistos resultou. 

─ Você tem razão, Catarina, o mundo não vai acabar por causa disso. ─Disse Jungkook.─ Vamos cuidar dessa criança como se ela fosse nosso 'xodózinho.─ O mais alto coloca sua mão direita em minha barriga e sorri carinhosamente, mostrando seus dentinhos de coelho que encantam qualquer um

Taehyung aparece na sala extremamente noiado.

─ Ahn? O que aconteceu? O QUE EU PERDI? ─ O mais alto vem correndo em minha direção o mais rápido possível e empurra o Jungkook. Taehyung segura em meus ombros e fica me agitando.─ VOCÊ ESTÁ DOENTE? O QUE ACONTECEU COM ELA DEUS? OLHA SÓ, VOCÊ ESTÁ PÁLIDA!!! AI MEU SENHOR, ELA TÁ COM ANEMIA, VAI COMER AGORA MENINA! ─ Grita o mesmo fazendo todos que estavam no cómodo começarem a rir. ─ O que foi?

─ A Catarina está grávida, Taehyung! ─ Diz o Jimin entre risadas!

─ É O QUE? ─ Taehyung grita ao mesmo tempo que Jin, o mais velhos estava com um avental cor de rosa escrito "Você é melhor mãe do mundo", com alguna detalhes em florzinhas.

─ QUEM FOI O ORDINÁRIO? ─ Exclama o de cabelos negros completamente indignado. O mesmo estava com o rosti vermelho, só faltava sair fumaça pelas orelhas. Solto um riso soprado com meu próprio pensamento, mas volto a realidade com Jin me chacoalhando. ─ VOCÊ ESTÁ RINDO NUMA SITUAÇÃO DESSAS, CATARINA? E EU NÃO VOU PERGUNTAR DE NOVO, QUEM FOI O ORDINÁRIO QUE ENGRAVIDOU A MINHA BEBÊ? ─ O mesmo me abraça apertado.

─ TPM tá atacada, hein. ─ Rebeca surge do nada na sala e deita no sofá. ─ Vish, O Jin já soube, fudeu! ─ A mais alta começa a rir. 

Jimin senta no sofá também e coloca um filme qualquer, suponho que seja de romance.

─ Aigoo, Jimin, tira essa merda. ─ Diz Rebeca emburrada.

─ Eu peguei o controle primeiro, então eu decido o que vamos assistir.

─ Vai tomar no cu. ─ Rebeca diz em português e eu começo a rir escandalosamente. Rebeca me lança um olhar dizendo "Miga, para." e eu "paro" de rir, ou pelo menso tento.

─ Owwwnt!!! Primeira briga de casal, que fofinhos!─ Diz Jungkook fazendo um coração com as duas mãos na direção de Rebeca e Jimin. 

─ Casal? Onde? ─ A mais nova coloca a mão sobre a testa e finge estar procurando algo. ─ Não tem casal aqui. ─ Diz rápido, devia estar com vergonha.

Namjoon permanecia em silêncio, pois sabia que Jin Hyung iria brigar bastante com ele, dava pra perceber o quando estava nervoso.

Jin permanecia abraçado a mim. Até que o mesmo volta a fazer a pergunta:

─ Quem-Foi-O-Ordinário? ─ O mesmo diz pausadamente e eu só vejo Rebeca rindo. Olho com um olhar mortal pra ela e a mesma para de rir.

─ F-fui...fui eu...─Namjoon finamente toma coragem e admite. Sinto meu corpo ser largado violetamente. Jin fecha os punhos bastante irritado.

─ NAMJOON SOME DA MINHA FRENTE AGORA ANTES QUE EU META A CHINELA NA SUA CARA SEU IRRESPONSÁVEL! ─ O mesmo dava vários tapas na nuca de Namjoon, que pareciam ser bem fortes, pois Namjoom reclamava imenso de dor, de longe conseguia ver sua nuca ficar encarnada. Jin para com os tapas e fica olhando profundamente nos olhos do mais novo. ─ Você vai limpar esta casa por uma semana, vai cozinhar, vai lavar a roupa, VAI FAZER TUDO COMO CASTIGO. ISSO É PRA VOCÊ APRENDER A NÃO ENGRAVIDAR UM BEBÊ! E VOCÊ ─ O mesmo aponta pra mim. ─ Que irresponsabilidade, nunca pensei isso de você, emgravidar desse...desse...SAFADO ORDINÁRIO! ─ Jin respira fundo e passa a mão pelos cabelos. ─ Eu vou pro meu quarto descansar. ─ O maior sobe as escadas e some do meu ponto de vista.Do nada Rebeca e Jimin começaram a rir escandalosamente.

─ Eu não conheço esses dois. ─ Taehyung coloca a mão no peito e faz uma cara de "nojo" por assim dizer. 

─ Do que o casalzinho está rindo aí? ─ Yoongi senta no meio dos dois e faz uma cara de moon face.

─ Eu vou enfiar esse "casalzinho" no teu cu. ─ Diz Rebeca fazendo aspas quando fala "casalzinho" e cruza os braços tentando esconder a vergonha. Jimin abaixa a cabeça e coloca as mãos no rosto.

─ UI UI, FICOU TODA CORADINHA ELA! A REBECA GOSTA DO JIMIN A REBECA GOSTA DO JIMIN!! ─ Yoongi se levanta e começa a correr pela casa repetindo a frase.

Rebeca começa a correr atrás dele com um vaso ameaçando jogar nele, o resto das pessoas que estavam na sala começaram a rir, exceto Jimin.

─ Eu digo e repito, eu não conheço esse povo.─ Diz Taehyung indo em direção a cozinha.

Escutamos Jin gritar a famosa frase: "QUE PORRA ESTÁ ACONTECENDO?" e desce logo do quarto. Começa a correr atrás dos dois com uma chinela na mão.

Suspiro e sento no sofá ao lado de Jimin, e Namjoon vem logo atrás coçando a nuca.

─ Aigoo, está doendo! ─ Namjoon passa a mão pela sua nuca e começa a coçar. ─ O Jin Hyung bateu com muita força. ─ O messmo faz uma cara de choro, eu começo a rir e o abraço de lado.

 PARAAAA!! ─ Vejo Rebeca correndo em direção ao sofá. Hmm, tive uma ideia. Coloco meu pé na frente fazendo a mesma tropeçar e a minha ideia funciona, ela cai em cima do Jimin. 


Rebeca's P.O.V 

Eu e Yoongi estávamos fugindo de Jin oppa, aquele ali devia estar com tpm atacada. Yoongi consegue fugir, mas, a azarada aqui ainda está sendo perseguida. Meu planonera me esconder atrás do sofá e os serezinhos me protegerem, mAS NÃO. Tava lá no meu desespero correndo até á sala orando pro meu plano dar certo, tava tudo de boa, mas quando ia pra trás do sofá, algum ser ou alguma coisa me faz tropeçar e eu caio em cima de alguém,  e adivinha em quem eu "cai"? EM CIMA DO GOSTOSAO VULGO PARK JIMIN QUE LEGAL HEIN! Azar bateu na porta e eu abri. Juro, eu estava tão vermelha, que se o Faustão me visse na rua iria gritar: "OLHA O FOGO BICHO".

Como não conseguia olhar nos seus olhos dirigi meu olhar para sua boca, e caralho, que boca dos deuses, Senhor Jesus amado. Estou imapactada, dá vontade de beijar essa boquinha até ficar vermelha, okay, parei. Jimin nãoestava muito diferente de mim, estava muito vermelho, acho que mais vermelho que eu. 

Mas o que eu estou fazendo aqui mesmo? Me levanto e vou pro meu quarto rapidamente morrendo de vergonha. Eu queria dar uma de borboleta e voar, saor desse inferno de vida e nunca mais voltar. Me taco na cama e fico pensando nas coisas que eu poderia ou não poderia ter feito...Aigoo, e agora? O que ele irá pensar de mim?

─ Caralho, eu sou uma merda mermão. ─ Choramingo e me viro de barriga pra cima encarando o teto. ─ Forró boys vai me ajudar a animar. ─ Pego meus fones que estavam na mesinha de cabeceira, e o meu celular que estava no meu bolso do moletom branco que vestia. Desbloqueio meu celular e abro no aplicativo Spotify, conecto meus fones e fico escutando música da sofrência. 



Jimin's P.O.V

Eu estava sem palavras, e certamente meio animado também, pois a garota caiu com a bunda bem em cima do Alfredo, tadinho, levou com um rabetão daqueles em cima dele, mas também quem não gostaria? oKAY JIMIN PARA, EU SOU UM GAROTO PURO, SANTO, SOU UM MENINO DE IRGEJA, NÃO POSSO PENSAR NESSAS COISAS. Aí né, momento passou, fogo apagou (mentira), vejo um mini-satanás rindo da minha cara de tomate.

─ FOI VOCÊ, SUA...SUA FILHA DA MULHER BONITA!

─ Ishe, calma, vai dizer que não gostou? ─ Diz Catarina fazendo a tipica cara de moon face

─ Eu não disse que não tinha gostado...MAS PORQUE FEZ IISSO? 

─ Vocês dois são muito cu doce gostam um do outro e nem admitem. ─ Catarina suspira e arqueia uma das sobrancelhas. 

MAS PERA PERA PERA PERA PERA, ELA FALOU QUE A REBECA GOSTA DE MIM? AI PUTA MERDA, MEU SONHO SE REALIZOU, CARALHO EU NÃO SOU TROUXA,  TOMA PRA QUEM DUVIDOU DE MIM! Tá Jimin, se controle.

─ Mas como que ─ Sou interreompido pela porra da campainha. ─ Eu vou lá abrir. ─ Me levanto e caminho em direção á porta, a abro e dou de cara com um moço bastante alto, e pelo visto muito bonito mas pera...esse não é aquele amigo do Tae...o...Baek...BAEKHYUN EXATO. Mas o que ele está fazendo aqui?

─ Olha o Tae deve estar dormindo então valta mais tarde, tchauuu!! ─ Fecho a porta na sua cara, mas ele coloca o pé.

─ Eu não vim ver o TaeHyung, eu vim ver a Rebeca.








Continua?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...