História Our Love - Capítulo 6


Escrita por: e Bee26h

Postado
Categorias Antoine Griezmann, James Rodríguez, Mats Hummels
Personagens James Rodríguez, Personagens Originais
Tags Futebol!, James Rodriguez, Romance, Triângulo Amoroso, Troca De Casal
Visualizações 64
Palavras 1.161
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Festa, LGBT, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltamos com mais um capítulo para vocês!!

Capítulo 6 - Babá


Fanfic / Fanfiction Our Love - Capítulo 6 - Babá

Giovana P.O.V

Hoje era uma quinta-feira e acordei com uma ligação da minha chefe, dizendo que eu não iria mais trabalhar na casa onde estava trabalhando, e sim em outra, ganharia um salário mais alto, e ainda mais, ja poderia começar hoje. Eu fiquei muito feliz mas ao mesmo tempo preocupada, porque será que eu gostaria da criança que cuidaria? Mas eu faria o possível para me dar bem com ela.

Após desligar o telefone, tomei um banho me arrumei, comi uma fruta e peguei um táxi. Cheguei lá e fiquei de queixo caído de como aquela casa era imensa. Fui recebida pelo segurança que chamou a empregada que veio até mim.

- Oi, meu nome é Helene, você deve ser a nova babá de Salomé, certo? - Ela me perguntou enquanto eu a seguia até a entrada da casa.

- Prazer, meu nome é Giovana - Falei gentilmente - Isso mesmo, sou a nova babá.

- Sente-se, vou chamar o Senhor Rodríguez - Falou apontando para o sofá, onde me sentei e ela subiu a grande escadaria.

Vou confessar que fiquei um pouco preocupada quando Helene falou que iria chamar o Senhor Rodríguez, porque esse era o sobrenome de James. É o nome de sua filha era Salomé como ela havia dito um pouco antes. Se essa fosse realmente a casa dele o clima ficaria um pouco estranho entre a gente, pois eu imaginava que a única coisa que ele queria comigo era sexo, já eu não, desde muito tempo já era apaixonada por ele e não queria ser só mais uma que ele come e larga. Então eu teria que ser difícil e se ele realmente quisesse iria sofrer um pouquinho.

Os meus pensamento foram interrompidos quando vi James descendo a escada acompanhado por Helene.

- Não creio - Falei quase sussurrando.

Ele chegou até mim me deu um beijo na bochecha e me fez levantar me dando um abraço.

- Eu sabia que meu plano daria certo - Ele disse olhando nos meus olhos.

- Como assim? Que plano? - Falei um pouco assustada.

- A minha filha vai chegar aqui hoje, a mais ou menos uma hora, e eu precisava de uma babá para ela, então fui em uma agência que vi pela internet e perguntei se havia alguma babá que poderia cuidar da minha filha nessas férias - James disse olhando no fundo dos meus olhos - E eles me mostraram as fotos de todas que eles tinham e as que não estavam disponíveis tinham um X vermelho bem no meio da foto - Ele deu um leve sorriso - Até que eu vi a sua foto e nela havia um X, então eu disse para sua chefe que daria o dobro do seu salário se trabalhasse para mim, e na hora ela aceitou.

- Uau, não imaginava que você faria isso - Falei impressionada, processando tudo que ele havia falado.

- É, mas eu fiz - Ele se virou e pegou as chaves do carro que estavam na mesa atrás dele - Você quer ir pegar a Salomé no aeroporto comigo? - Perguntou.

- Claro - Disse dando um sorriso forçado.

- Ok, deixe suas coisas aí, quando voltarmos eu lhe mostrarei a casa inteira, e principalmente seu quarto.

Eu conheci a linda filha de James, ela era uma menina encantadora, super simpática e muito bem educada. Em pouco tempo que nos conhecemos já tínhamos nos apegado muito.

E o que posso falar daquela casa? MEU DEUS! Aquela casa era perfeita, mas eu me perdia nela de 3 em 3 minutos. Era realmente uma mansão e eu estava muito feliz com tudo o que tinha acontecido. É foi apenas o primeiro dia de trabalho. 

Quando eu cheguei na pensão que estava ficando com Danielle, a contei tudo, e ela ficou muito feliz por mim. Fui tomar um banho e descansar porque no outro dia teria que cuidar daquela menininha novamente.

James P.O.V

Ja faz 1 semana que Giovana esta trabalhando aqui em casa, e eu to tentando transar com ela desde o primeiro dia, mas confesso que ta sendo difícil, as vezes ela da um deslize, mas logo volta a ser difícil novamente.

Depois de 3 dias, Giovana começou a dormir aqui, porque as vezes Salomé acorda de madrugada a pedindo.

Eu estava saindo do banho. Hoje tenho uma festa para ir, de um amigo meu, David. Na hora que sai do banheiro dei de cara com Giovana arrumando o meu quarto. Quando ela me viu, parecia que ela tinha visto um fantasma.

- Me-me desculpe, eu ja estou de saída.- Antes que ela pudesse sair, eu fui e tranquei a porta.

- Para que pressa? - Falei andando em sua direção - Eu sei que você quer ficar Giovana - Falei perto de seu ouvido.

- Eu não quero James - Falou quase sem voz.

- Fala mais alto então - Ela apenas me encarou - Foi o que eu imaginei.

- Sabe qual é o problema James? - Eu olhei - Não quero ser mais uma na sua lista. Fiquei surpreso com o que  ela disse, porque alguma coisa dentro de mim dizia que ela não seria apenas mais uma, eu estava realmente muito afim de descobrir o porquê.

- Você não vai ser só mais uma, princesa - Falei a puxando pela cintura - Me da uma chance.

E foi ai que eu senti seus lábios nos meus, nos beijavamos loucamente. A peguei no colo e a levei até a cama. Quando eu ia tirar a minha toalha, ouço uma batida na porta. Giovana se levantou rapidamente e eu voltei para o banheiro. Percebi que era Salomé pois ouvi sua voz. Quando voltei para o quarto, Giovana não estava mais la, sorri em pensar no que acabará de acontecer e puta que pariu o beijo dela é incrível.

Ja passava da meia noite e pela primeira vez eu estava entediado em uma festa, várias vadias ja tinham dado em cima de mim, mas eu não estava afim, só conseguia pensar em Giovana, quando de repente vejo Bettina entrando na festa, ela estava muito linda e gostosa, não havia visto ela desde o dia em que sua amiga se machucou. Resolvi falar com ela, sabia que iria me animar. Pensei mordendo os lábios e chegando nela.

- Ola mamacita - Falei dando um sorriso sexy.

- Eai babaca - Ela rividou dando o mesmo sorriso.

- Quanto tempo né, estava com saudades de você - Ela riu alto quando eu falei isso.

- Ata. Bom eu fiquei sumida porque aconteceu algumas coisas, mas agora ja estou bem - Ela falou e pude perceber seu olhar meio triste e preocupado. Mas logo voltou a cara de deboche natural dela.

- Sua amiga ta bem?

- Digamos que sim, mas ela esta irritada por conta de estar com o braço e o tornozelo quebrado - Ela falou rindo.

- Vamos beber? - Perguntei e ela assentiu com a cabeça.

Estavamos bebendo e conversando no bar improvisado da casa de David, quando de repente percebo Bettina ficar séria e preocupada.

- James, eu preciso da sua ajuda, agora - Ela falou em tom de desespero.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...