História Our Love - Capítulo 1


Escrita por: e Minna_Fnaf

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Arthur Pendragon, Ban, Diane, Elizabeth Liones, Escanor, Gowther, Hawk, King, Meliodas, Merlin, Zeldris
Tags Amizade, Família, Gravidez, Meliodas X Elizabeth, Merlin X Escanor, Nanatsu No Taizai
Visualizações 59
Palavras 1.173
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Fluffy, Luta, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


══════⊹⊱≼LEIAM≽⊰⊹══════

Olá! Tenho vários avisos sobre está fanfic, vamos lá:
1º: Eu e Minna (a outra autora) já escrevemos uma parte dela, mas só o início, então, sugestões serão bem vindas.
2º: Eu peço desculpas pela minha escrita ruim, eu vou melhorar, mas pra isso, preciso escrever e receber críticas construtivas.
3º: Vocês vão perceber que eu mudei MUITA coisa do anime, para a fanfic de desenrolar melhor, principalmente as personalidades dos personagens, que podem ter mudado um pouco.
4º: O shipp principal é Escanor e Merlin, mas vai ter outros.
5º: Como eu disse, eu adicionei muita coisa na fanfic: Personagens, ataques, poderes, cidades, locais etc.
6º: Sim, uma personagem vai ficar grávida, me desculpem se eu expressar errado a gravidez, por que eu estou me baseando em um site para mostrar o que a personagem está sentindo (e eu não sei quase nada sobre isso)
7º: O Escanor não tem aquilo de ficar fraco e virar praticamente outra pessoa de noite, nem aquilo de ser invencível durante o dia. Na fanfic ele tem sua aparência de dia e sua personalidade é uma mistura das duas.
8º: Capa e prólogo temporários.

Ufa! Acho que é isso, espero que gostem. Aprecie...

Capítulo 1 - Como tudo começou...


══════⊹⊱≼LEIAM AS NOTAS DO AUTOR≽⊰⊹══════

O sol estava se pondo e uma certa maga de cabelos escuros está deitada em uma enorme cama de casal, ao lado do seu amado. Merlin e Escanor haviam acabado de passarem pela melhor noite de suas vidas, e com certeza, não se arrependiam.

Merlin estava deitada de barriga pra cima, nua, pensando sobre tudo que ocorreu, ela realmente amava Escanor e não se arrependia de nada que havia feito com ele. Se surpreendendo, Merlin vê que uma de suas mãos estavam em cima de sua barriga, a afagando. A maga ergue sua sobrancelha para o ato e logo afasta sua mão.

— O que houve Merlin? — Com um susto, a morena sente braços fortes a envolverem e logo relaxa, se virando e ficando cara a cara com Escanor — Perdeu o sono?

— Sim, acho que sim — Merlin sorri levemente ao receber um beijo na testa.

— Permita-me lhe fazer companhia então.

— Como quiser — Merlin fechou seus olhos e se aninhou mais ainda em seu peito, com um pequeno sorriso nos lábios, e assim os dois dormiram, aproveitando o calor do corpo um do outro.

Haviam se passado duas semanas após aquele dia em que eles passaram juntos, e todos os pecados estavam um tanto preocupados com o pecado da gula. Merlin estava comendo cada vez mais e constantemente se trancava no banheiro, onde ficava por um bom tempo (Diane jura que ouviu ruídos de alguém vomitando) além de estar praticamente evitando todos os pecados, ficando o dia inteiro em seu laboratório.

Era uma manhã de sol e todos os pecados estavam reunidos na cozinha do Chapéu de Javali. Elizabeth, Diane, Gowther e Escanor estavam sentados em uma das mesas do local, Ban escorado em um pilar de madeira, Meliodas sentado na bancada da cozinha, e King flutuando acima de suas cabeças.

— Por que estamos aqui mesmo? — Ban perguntou franzindo a sobrancelha e cruzando os braços. Ele realmente não entendia o que tinha de mal em Merlin comer um pouco mais que o normal, afinal, ela é o pecado da gula, e vamos combinar, ninguém resiste a sua comida. Sobre se trancar no laboratório, não é como se ela fosse a pessoa mais comunicativa do mundo.

— Para falar sobre a Merlin — Meliodas colocou uma de suas mãos no queixo pensativo — Ela está realmente estranha.

— Ahn, Sir Meliodas, você não acha melhor esperar o Hawk voltar com a Senhorita Merlin antes de começarmos a falar sobre ela? - Elizabeth disse, Hawk havia sido encarregado de buscar a maga, para ela dar respostas válidas para todos sobre seu comportamento estranho.

— É verdade, assim ela pode pelo menos se defender - King falou com uma careta, ele realmente estava preocupado com a morena, mas não tinha certeza de que ela se abriria tão facilmente.

— Está tudo bem Escanor? Tá tão quieto - Diane perguntou sentada ao lado do pecado do orgulho, logo, todos viraram suas cabeças para o homem alto e musculoso que, pouco tempo atrás, tinha seu olhar focado na mesa redonda e de madeira.

— Ahn? A sim, claro, está tudo bem - O homem saiu de seus pensamentos e levantou seu olhar para todos.

Ele estava tentando se recordar de qualquer coisa que poderia ter afetado sua amada, ele até chegou a pensar que ela se arrependeu de ter dormido com ele, mas isso não iria explicar seu afastamento da equipe, pois, se ela estava magoada com ele, por que envolveria a equipe no meio?

Logo seus pensamentos o levaram a dias atrás, naquela cama de casal, após eles fazerem amor, o comportamento estranho da maga, será que tinha algo haver? Mas realmente não importava, Escanor estava disposto a fazer de tudo para arrancar respostas de Merlin.

— Cheguei pessoal! — A porta é aberta e logo todos se viram para ela, onde escutam barulho de patas e do salto de longas botas. — E aqui está ela! — Hawk se aproximou de Elizabeth e deixou Merlin sozinha na porta.

— Por que estão todos aqui? E onde está o monstro colossal de seis cabeças que ameaça a vida de todos na terra? — Merlin cruzou os braços olhando para todos com um leve indicio de raiva.

— Sério que você usou essa desculpa para chama-la aqui? — Meliodas se virou para Hawk com um ar decepcionado.

— SE NÃO GOSTOU POR QUE NÃO FOI VOCÊ LÁ? O QUE ESPERAVA QUE EU DISSESSE?

— Anh, Senhor Hawk, se acalme — Elizabeth segurou o porco que havia subido em cima da mesa.

— Então era mentira?! — Uma voz fria e carregada de raiva inundou o ambiente, Hawk estremeceu e se virou para a maga, tomando um susto ao ver sua expressão sombria e se escondendo atrás da princesa platinada.

— Querida! Sente-se, por favor — Escanor se levantou e ficou em frente a maga, segurando suas mãos e as apertando gentilmente, a expressão de Merlin logo suavizou. A maga se deixou ser conduzida até a cadeira que Escanor se sentava anteriormente.

— Okay Merlin! Você já deve saber sobre o que queremos conversar, não é? — Meliodas pulou da bancada e se sentou em frente a morena, que tinha o cenho franzido e uma expressão de puro desconforto, Escanor estava parado ao seu lado e segurava uma de suas mãos.

— Sei capitão? Acho que não, nenhum inimigo está nos perseguindo e o time está completo, não vejo qualquer motivo para conversas paralelas.

— Senhorita Merlin, por favor, nos deixe te ajudar — Elizabeth deu um pequeno sorriso caloroso, a expressão de Merlin suavizou por alguns segundos, mas logo voltou a sua cara desafiante.

— Merlin....acho melhor você contar — Todos se voltaram para o pecado que estava quieto desde o inicio da conversa, o pecado da luxúria da cabra, Gowther — Receio que será melhor do que manter segredo

— Não Gowther! — Merlin se virou para o rosado — Eu só preciso de tempo para me livrar disso e então tudo voltará ao normal

— Livrar? Se livrar do que? — King se abaixou a altura de Ban ficando ao seu lado, mas ainda sem tocar o chão, e segurando seu imenso travesseiro, tinha uma face preocupada.

— Espera, o Gowther sabe? — Diane perguntou confusa.

— Merlin! Qual é o problema? Se você não falar, não vamos conseguir te ajudar — Meliodas disse se levantando e colocando as duas mãos na mesa, enquanto olhava para os olhos da morena.

— Argh! Como vocês são insistentes — Merlin fechou os olhos e suspirou pesadamente, puxando a mão de Escanor para a sua barriga nua, o loiro a olhou confuso, enquanto o resto os olhavam com curiosidade e confusão, exceto Gowther, que exibia um minúsculo sorriso. — Escanor, eu estou grávida.

—...— A sala ficou completamente em silêncio após a declaração de Merlin, todos estavam completamente em choque.

— Bem, acho que é isso não é? Vocês queriam respostas, e acabaram de as conseguir — A maga negra se soltou de Escanor e se levantou da sua cadeira. — Não se preocupem, logo tudo vai voltar ao normal — Antes que qualquer um pudesse fazer alguma coisa para impedir, Merlin estalou os dedos e se teleportou para algum lugar, levando Gowther consigo, e sumindo imediatamente com o pecado da luxúria.


Notas Finais


Críticas? Teorias? Comentários? Sugestões? Hotel? Trivago!

Viram? A personalidade deles mudaram bastante, eu sei. Eu ainda não tenho certeza dos pares, só sei que Escanor e Merlin / Elizabeth e Meliodas é certo que vão aparecer.

Até a próxima ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...