1. Spirit Fanfics >
  2. Our Love >
  3. O dia que nos conhecemos

História Our Love - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olá! Essa é uma história que eu queria escrever faz um tempo, então espero que gostem. Qualquer erro podem me avisar :)

Capítulo 1 - O dia que nos conhecemos


Um lip tint de leve...

-WEI WUXIAN! ANDA LOGO!

- JIANG CHENG, NASCEU DE 6 MESES FOI? ESPERA PORRA – ah... quase borrei, credo precisa gritar? – Caralho eu sou muito gato meu deus!

Eu estava usando uma camisa social branca e por cima uma blusa preta com a estampa das mãos de Michelangelo e com a legenda “ You looked like heaven and I felt like hell” ( você pareceu o paraíso e eu senti como inferno), uma calça jeans preta rasgada no joelho com uma corrente que ligava o bolso com a alça e um all star. Coloquei um colar de corrente grossa com um cadeado, só faltava os brincos...

-  A-xian, já está pronto? Precisa de ajuda?

- Yanli, já que perguntou... Me ajuda a escolher os brincos?

- A-xian nós vamos chegar atrasados... – wei mostra duas opções de brincos- os da esquerda.

- Eu também gostei mais deles... Pronto, vamos!

Minha irmã é um amorzinho, diferente do cheng, aquele idiota... Bem meu nome é wei wuxian e no momento estou descendo as escadas para ir para o inferno. Tá não é bem o inferno, mas eu tenho certeza que é bem parecido, estou indo para a festa de natal da empresa do meu pai(adotivo)Jiang, yunmeng, eu não sei por que a gente tem que ir, só tem gente velha e música chata. Mas como ele insiste que a gente vá...

- Wuxian, assim você vai acabar com a reputação da família HAHAHA

- Isso se chama ESTILO, seu mongo. Melhor que você com esse terninho branco sem graça.

- EI! Yanli, você ouviu ele me chamou de mongo! Pra quê ser tão chamativo?

- Eu não sou cesta pra ser básica.

-Meninos, parem de brigar. Vamos, entrem no carro.

- Ouviram a irmã de vocês.

...

Chegamos no local da festa, meu pai deu a chave pro manobrista e o sr. Li, secretário dele, recebeu a gente

- Boa noite, Senhor Jiang. O senhor Lan trouxe os sobrinhos, como foi pedido.

-Boa noite, Li Chang. Obrigado por informar.

Aquele rabugento tem sobrinhos? Ai, coitados . O rabugento é Lan Quiren, o controller da empresa. Eu e o Cheng chamamos ele assim porque o velho é chato, vive brigando com a gente e falando que não sabemos de etiqueta. Espero que os sobrinhos sejam legais. Entramos no salão e como sempre tudo estava lindo, lustres iluminavam todo o salão, toda a decoração variava em tons de creme e dourado e a árvore era enorme, devia ter uns 3 metros de altura. Caminhamos em direção ao rabugento e os dois garotos que estavam com ele, eles estavam de costas

-Boa noite Quiren. Fico feliz que tenha trazido seus sobrinhos.

-Senhor Jiang. Aprecio que tenha permitido com que eles comparecessem. Xichen, wanji cumprimentem o senhor Jiang. Esse é o Lan Xichen, o mais velho e esse é o Lan Wanji, o mais novo.

Eles se viraram e fizeram uma reverência sincronizada. Nossa, eles são muito bonitos... O mais novo está com uma blusa gola alta preta e terno preto, o que realça sua pele extremamente clara, ele tem cabelos bem pretos e olhos cor mel, o irmão é um pouco mais alto, está vestindo um terno cinza e os cabelos dele é em um tom de castanho escuro e é um pouco mais curto que o do irmão, mas eles são bem parecidos se o Quiren não tivesse falado, eu até poderia pensar que são gêmeos.

- Prazer, esses são meus filhos : Jiang Yanli, a mais velha, wei wuxian, o do meio e Jiang Cheng, o mais novo.

-Prazer- falamos em uníssono-

O mais velho, Xichen deu um sorriso simpático, já o Wanji continuou com o rosto inexpressivo

- Wei, Cheng  façam com que eles fiquem a vontade ok?

- Pode deixar pai, eu sei fazer as pessoas ficarem a vontade... AI – O cheng me deu um beliscão, não sei porque. Não falei nada de mais rsrs- Venham, me acompanhem- falei enquanto dava meia volta com um pulinho.

- Não liguem para o meu irmão, ele tem uns parafusos a menos

- Pelo menos eu não sou chato que nem você, pintcher HAHAHA

-WEI WUXIAN, volta aqui. Eu vou fazer você parar no hospital dessa vez seu moleque

- Cuidado como você fala com os mais velhos na frente dos convidados pint... quer dizer, Cheng.

A virada de olho clássica, deve ser a marca registrada dele. Daqui a pouco ele vai ver o cérebro

-O que vocês gostam de fazer? Ali tem uma área de descanso e a direita uma sala de jogos. Vocês são bem quietos né?

-Sim rsrs. Quantos anos vocês têm mesmo?

- Eu tenho 15, o Cheng 14 e a Yanli 17

- Você e o Wanji tem a mesma idade... O que você acha de ficar com o Wuxian enquanto esperamos a ceia?

-Uhum

...

O wanji ficou o tempo todo sentado em um canto lendo um livro, ele deve estar entediado... vou falar com ele. Cheguei perto dele e... ele é bem bonito...

-Então... Wanji né?

-Uhum

MEU DEUS será que ele só sabe falar isso? Ou será que ele participa de uma fraternidade monossilábica?

- Ok, o que você acha de jogar comigo, no fliperama? É melhor do que ficar lendo... “A Crítica da Razão Pura, Immanuel Kant” CARALHO quantos anos você tem? 60?

Ele não falou nada, a mesma expressão... Ele é um idoso de 60 anos no corpo de um jovem de 15, eu preciso resgatar a alma jovem dele

-Vem- falei já pegando a mão dele e indo para o fliperama, entramos e escolhi o jogo do carro- olha, se você não souber jogar, tudo bem, eu te explico, é só controlar o volante e a velocidade. O pedal da direita é o acelerador e da esquerda é o freio. Nós somos uma dupla, ou seja, os dois precisam ganhar, mas essa primeira partida pode ser de teste. Entendeu?

Ele olhou pra mim com a cara de robô dele e saiu. Simplesmente saiu, sem falar nada. Eu tenho uma leve impressão de que ele não gostou de mim.

- A-Xian, está na hora da ceia, depois você volta a jogar.

-Ainda bem, achei que ia morrer de fome

Sentamos na mesa central, onde fica a minha família e os amigos próximos do meu pai, o rabugento é um deles, então consequentemente os sobrinhos estão também. Meu lugar é de frente ao Wanji. Meu pai foi fazer o discurso de sempre

- Primeiramente obrigado a todos por comparecerem, a presença de vocês é muito especial para mim. Esse ano foi....

Blá blá blá, a partir dai ele vai falar sobre o crescimento da empresa, o que precisam melhorar e etc, vou poupar vocês disso.

O Wanji estava muito concentrado no discurso entediante do meu pai e eu “sem querer” esbarrei minha perna na dele

-Desculpa

Ele só me olhou com a cara de robô, será que ele não tem outra expressão não? Pra quebrar o clima eu sorri e ele virou a cara de volta pro meu pai. Eu acho que passei o discurso inteiro olhando para o Wanji, por que quando meu pai ia sentar o Cheng me deu um chute por debaixo da mesa, para que eu prestasse atenção no pai

-Bem, novamente obrigado por terem vindo. Eu pedi para o Quiren trazer os sobrinhos para que vocês conheçam eles, porque ano que vem eles vão para a escola de vocês. Eu sei como é difícil adaptar-se a um novo ambiente, então espero que vocês ajudem eles, ok?

Então o Wanji vai pra minha escola? Isso pode ser bom ou muito ruim...


Notas Finais


Eu vou tentar postar toda quarta-feira, não vai ter um horário específico. Se tiver alguma mudança de cronograma eu aviso nas notas finais dos capítulos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...