História Our Love (G!P) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camila Cabello, Camren, Camrengip, Drama, Fifthharmony, Gip, Intersexualidade, Lauren Jauregui, Laureng!p, Laurengip, Laurenjaureguig!p, Romance, Sexo
Visualizações 676
Palavras 1.266
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Orange, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey!! Me desculpem por esse hot bosta mas é que eu realmente não sei como fazer isso.
Enjoy!

Capítulo 10 - Michelle Morgado?


Fanfic / Fanfiction Our Love (G!P) - Capítulo 10 - Michelle Morgado?

Pov Camila

Já havia se passado 4 meses desde o acidente de Lauren, ela já estava recuperada e fazia uma semana que tinha voltado a sair à procura de emprego mas não conseguia nada. Até tentei convencê-la a me deixar procurar um emprego mas ela continuava irredutível, quando eu tocava nessa assunto ela incorporava a minha mãe quando estava lavando louça e eu colocava algo sujo na pia.

Estava terminando de preparar nossa janta quando Lauren entra pela porta e joga a chave do carro na mesinha de centro.

− Boa noite amor. − diz vindo até mim e me dando um selinho demorado. − Quer ajuda aí? − pergunta sorrindo.

− Bom noite. − dou outro selinho nela. − Não precisa anjo, já estou terminando. − me viro para mexer o macarrão. − Pode ir tomar seu banho. − ela assente e vai em direção ao quarto.

Depois que Lauren saiu do banho ela disse que iria arrumar a mesa e eu aproveite e fui tomar um rápido banho, logo já estava de volta e jantamos enquanto conversávamos sobre o dia dela, que sempre era a mesma coisa, "Nós entraremos em contato", mas nunca nos ligam. Quando terminamos de jantar, ela me ajudou a guardar o restante da comida e lavou as louças enquanto eu enxugava e guardava. Deixamos tudo limpo na cozinha e fomos para nosso quarto assistir um filme enquanto o sono não vinham.

Lauren estava sentada na cama com as costas encostada na cabeceira e eu estava sentada entre suas pernas com as costas em seu peito e ela tinha os braços em volta da minha cintura me mantendo bem próxima a ela. Em um determinado momento do filme, começou uma cena de sexo e senti a respiração de Lauren ficar um pouco descompassada, decidi provocar um pouco e discretamente rebolei em seu pau que já dava sinais de excitação. Senti ela suspirar em meu pescoço e colocar o quadril um pouco mais pra frente pro atrito ser maior.

− Parece que alguém acordou. − disse sorrindo maliciosa e rebolando um pouco mais.

− Você que fica me provocando. − trilhou beijos do meu ombro até minha orelha. − Acho que não quero mais ver esse filme. − mordeu de leve minha orelha e eu prendi um gemido.

− Não seja por isso. − saí do seu aperto, desliguei a TV e retirei minha camisola e calcinha, vendo Lauren fazer o mesmo com sua camisa e cueca. − Adoro quando você não usa calça. − engatinhei na cama até sentar em seu colo. − Fica menos roupas pra tirar.

Com uma mão ela apertou minha bunda e com a outra me puxou para um beijo cheio de desejo. Senti a cabeça de seu pau em minha intimidade e o peguei com uma mão e comecei a masturbá-la.  Lauren gemeu em minha boca e levou a mão que estava em minha nuca até meu clitóris, onde começou uma massagem lenta que fez um gemido arrastado sair por entre meus lábios.

− Oh... − gemi assim que sua boca se afastou da minha e foi para o meu mamilo esquerdo, onde ela chupou com força. − Camisinha. − disse em um suspiro e ela se esticou até o criado mudo e pegou uma camisinha, logo desenrolando a mesma em seu membro e me penetrando devagar.

− Oh Camila... − ofegou quando seu pau estava todo dentro de mim. − Tão quente. − gemeu e começou a se movimentar.

Rebolei em seu membro e retirei por completo pra logo depois sentar com força, sentindo ele bater no fundo da minha buceta, gememos juntas, Lauren ficou de joelhos comigo ainda em seu colo e nos deitou na cama, ficando por cima e eu abracei sua cintura com minhas pernas. Ela metia rápido e forte e eu estava me segurando pra não gemer muito alto e a vizinha fofoqueira ouvi.

− Mais... forte. − pedi e ela rapidamente atendeu meu pedido, indo tão rápido que a cabeceira da cama batia na parede.

Nos virei na cama e fiquei por cima dela, colocando as mão apoiadas em seus ombros e cavalgando forte e ficando cada vez mais próxima do meu orgasmo ao ouvir os gemidos de Lauren. Ela levou as mãos aos meus seios e começou a apertar e eu gemi de dor e de tesão, Lauren sentou na cama e começou a chupar meus seios e eu comecei a rebolar mais lento. Ela viu que eu estava cansando e começou a investir de baixo pra cima e senti minha buceta apertar seu pau.

− Eu vou gozar. − avisei entre gemidos e ela aumentou a velocidade das investidas.

− Eu também. − levou uma mão até meu clitóris e fez movimentos circulares, me levando ao precipício, gozei enquanto tentava abafar meus gemido em seu pescoço e Lauren gozou logo depois de mim.

Caímos na cama, eu por cima dela e ela ainda dentro de mim, meu coração batia tão rápido que era possível sentir em meus ouvidos, estávamos com nossas respirações desreguladas.

− Você está cansada? − perguntei com a voz abafada pelo seu pescoço.

− Eu aguento a noite toda. − disse ficando por cima de mim e tomando minha boca em um beijo apaixonado.

Pov Lauren

Acordei e senti um peso em minhas costas, nem precisei abrir os olhos pra saber o que era, Camila adorava dormir em cima de mim. Ontem a nossa noite foi longa, fomos dormir mais de 4 horas, na verdade eu acho que desmaiamos mesmo. Tentei me mover mas não conseguia, ouvi Camila resmungar algo.

− Camz, acorda bebê. − chamei e ela me apertou ainda mais. − Vamos meu bem, eu tenho que sair.

− Eu quero dormir Lo. − disse emburrada e escondendo o rosto em meus cabelos.

Decidi deixar ela dormir um pouco mais e consequentemente eu dormi também. Acordei depois de um tempo e me assustei ao ver que já era mais de 11 horas da manhã. Camila não estava mais no quarto, me levantei rápido e fui tomar um banho mais rápido ainda, logo já estava no cozinha, onde minha latina preparava bacon com ovos.

− Bom dia amor. − ela sorriu assim que me viu. − Dormiu bem? − perguntou e voltou a mexer os ovos na frigideira.

− Melhor impossível. − disse enquanto sentava no banco alto do balcão.

Camila desligou o fogão e colocou o conteúdo da frigideira em um prato e serviu dois copos de suco pra nós. Comemos em um silencio confortável, e trocamos olhares e sorrisos durante todo o nosso café da manhã/ almoço.

− Camz, eu tenho que ir. − disse rindo pois ela não queria me largar.

− Eu sei amor. − fez biquinho e eu fiz questão de beijar. − Vai logo antes que eu desista. − disse me empurrando pra dentro do carro.

...

Eu já estava cansada de todo dia sair e não encontrar nada, tinha perdido as contas de quantos lugares eu já tinha ido. Já era perto das 16 horas e eu estava morrendo de fome, parei em um café e pedi um cappuccino e um pedaço de bolo de limão. Sentei em uma mesa um pouco distante das outras pessoas e fiquei observando a rua. Meu pedido não demorou muito pra chegar e eu comecei a  apreciar aquela maravilha, já estava quase acabando quando uma mulher magra e de cabelos negros se aproximou e sentou na cadeira a minha frente.

− Como vai Lauren Jauregui. − apoiou os cotovelos na mesa e as mãos no queixo. − Ou seria Michelle Morgado? 

 

 

 


Notas Finais


É isso pessoal.
Perguntinha: Vocês lembram se em algum momento eu falei se elas eram casadas?
Perguntinha ²: Lembram se eu já falei na família da Lauren?
Até depois


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...